Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 55 - Faltam 514 dias para 26/04/13 e 925 dias para a Copa

A vitoria sobre Ai foi uma bênção de Deus que está toda narrada em Js 8. Logo no primeiro versículo está o Senhor a animar e a fortalecer a Josué que estava abalado com o acontecido anteriormente quando fora derrotado por causa de Acã que tomara das coisas que o Senhor tinha proibido.

O Senhor o animou e lhe deu as estratégias para que derrotasse Ai. Seguindo as instruções do Senhor e fazendo tudo conforme a palavra que Deus revelara a cidade pode ser conquistada e o rei aprisionado e levado a presença de Josué.

Dessa vez, o Senhor permitiu que se levassem ou se tomassem dos despojos da guerra. Vemos nisso que a obediência as palavras e mandamentos do Senhor produzem vitórias e conquistas que são abençoadas e não trazem dores, nem maldições, castigos e derrotas.

Tudo foi feito em obediência ao Senhor. Primeiramente o Senhor encorajou o seu grande líder. Ele os instruiu e lhe deu as estratégias. O Senhor disse o momento de fazer e de esperar. Eles tudo seguiram. Mataram o rei e ergueram um altar ao Senhor conforme Moisés tinha dito que se fizessem com pedras toscas ou virgens que ainda não tinha sido manejadas por qualquer mão humana.

Josué então tira uma cópia xerox da pedra da lei com as suas próprias mãos ao escreve-las diante dos filhos de Israel. Pronuncia ali no Siquem as bênçãos e maldições sobre os montes Gerizim (bênçãos) e Ebal (maldições). E, em seguida, lê toda a lei de Moisés.

Por falar em Siquem, vale a pena reproduzir o material coletado em http://www.bibliaonline.net/dicionario/?acao=pesquisar&procurar=siqu%E9m&exata=on&link=bol&lang=pt-BR

Ombro [significado de Siquem no hebraico]. 1. Cidade que ficava no vale entre Ebal e Gerizim, no espinhaço da Palestina, distante 64km de Jerusalém, no caminho para Nazaré (Gn 33.18) - também se chama Siquém (At 7.16). o nome de Neápolis (de onde ae deriva a moderna Nablus) lhe foi dado pelo imperador Vespasiano. Veio Abraão para este vale (Gn 12.6 e seg.) - e foi ali que ele teve a visão, na qual lhe foi prometida a terra em herança. Aqui também ele edificou um altar ao Senhor. Neste lugar comprou Jacó um campo, levantou um altar, e cavou um poço (Gn 33.18 a 20,34 - 35.4 - Jo 4.6). Por este mesmo sítio andou José procurando seus irmãos, tomando depois a direção de Dotã, para onde eles tinham passado (Gn 37.12 e seg.) - para ali foram levados os ossos de José, vindos do Egito, sendo sepultados na parte do terreno que Jacó tinha comprado (Js 24.32). Quando se tratou da divisão da terra coube Siquém a Efraim, embora estivesse perto de Manassés (Js 17.7). Passou depois para os levitas, fazendo-se dela uma cidade de refúgio (Js 20.7 - 21.21 - 1 Cr 6.67 - 7.28). Siquém foi teatro de uma notável reunião nacional, edificando Josué, nessa ocasião, um altar no monte Ebal que dominava o vale - e ali inscreveu em pedra as palavras da Lei, a qual ele então leu ao povo que estava em grande ajuntamento nas rampas opostas dos montes Ebal e Gerizim (Js 8.30 a 35). A partir deste tempo foi aquele sítio o ponto das grandes reuniões do povo israelita (Js 24.1 a 25 - 1 Rs 12. 1 - 2 Cr 10.1). Siquém era a terra natal de Abimeleque, e foi o lugar da sua insurreição, e da parábola de Jotão (Jz 8.31 -9). Abimeleque foi morto com uma pedra arremessada por uma mulher, depois de ele ter arrasado a povoação, e ter mandado cobrir de sal o seu sítio (Jz 9). Foi reedificada por Jeroboão (1 Rs 12.25). Jeremias diz-nos que alguns dos seus habitantes, que iam no seu caminho para Jerusalém, foram mortos por ismael (41.5,7). Foi em certo lugar, afastado cerca de 3km de Siquém, que Jesus esteve conversando com a mulher de Samaria (Jo 4.1 a 42). os discípulos, talvez, também exercessem aqui o seu ministério (At 8.25). (*veja Jacó (Poço de.) 2. Filho de Hamor, um heveu, sendo a principal autoridade de Siquém, quando Jacó ali chegou (Gn 33.19 - Js 24.32 - Jz 9.28). Pelo seu procedimento para com Diná (*veja a palavra) foi Siquém morto pelos irmãos dela, e a sua cidade assolada (Gn 34.2 a 26). 3. Filho de Gileade (Nm 26.31 - Js 17.2). 4. Filho de Siquém 3 (1 Cr 7.19).

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

terça-feira, 29 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 54 - Faltam 515 dias para 26/04/13 e 926 dias para a Copa

333... farei hoje uma pequena pausa para reproduzir aqui um testemunho meu ocorrido há 24 anos, ou em dias, 8766 dias. Amanhã, prosseguiremos com a linhagem messiânica. Deus abençoe a todos.
Eram 3 horas da tarde daquele abençoado domingo de 29 de novembro de 1987. Curiosamente, 29/11, foi o 333º dia daquele ano (é óbvio que 29/11 será também o 333º dia de todos os anos não bissextos) e para o primeiro dia do próximo ano, ou seja, até 01/01/1988, faltavam exatos 33 dias!
Eu e minha esposa estávamos casados a menos de um ano, em dia, 316 dias de casados. Na época eu estava com 10.33? dias de vida (é somente fazer as contas: 11/08/1959 a 29/11/1987).
Foi repentinamente que aconteceu, foi incrível, jamais imaginei que isso pudesse ocorrer comigo e, pasmem, aconteceu o mesmo para nós dois ao mesmo tempo. É muita, muita coincidência para não falar outra coisa.
Para mim o que ocorreu, foi sobrenatural!
Donde já se viu a língua ficar, literalmente, fora de controle? Imagine você, por exemplo, que sua mão ou seu pé, ou outro de seu órgão, começasse a se movimentar sozinho, como se houvesse alguém dentro de você fazendo dele uso, pois foi assim que aconteceu com minha língua! Ela não parava de falar, falava, falava, uma língua num idioma para mim totalmente desconhecido. Eu me senti assim como se estivesse num cantinho, apenas vendo aquele mistério se desenrolando, mas isso não é tudo.
Foi me dada também em meu coração, em minha mente o entendimento (não me pergunte o como, pois eu não sei) de tudo o que minha língua falava. A voz audível, pronunciada pela minha língua, que minha esposa estava ali escutando era desconhecida para ela, mas em meu interior, tudo era revelado. E as palavras eram palavras de exaltação, glorificação e agradecimentos a Deus. Incrível!
Você já passou por isso, mas sem perder a consciência e podendo, a qualquer hora, pelo seu exercício de sua vontade, interromper esse mistério que estava se desenrolando?
Afinal de contas, como começou isso tudo e o que se seguiu?  E minha esposa, ficou ali observando ou algo a envolveu também em grande mistério?
Aquele domingo de 29 de novembro de 1987 era o sétimo dia da campanha (mais uma curiosidade interessante: eu completei 10.333 dias de vida no 3º dia dessa campanha!) que nós dois resolvemos fazer buscando o que se chamava de batismo no Espírito Santo, conforme relatado na Bíblia, mais precisamente no Novo Testamento, em diversas passagens. Eu bem poderia, neste momento, enveredar-me por um caminho de demonstração bíblica exegética desse fenômeno, mas prefiro não fazê-lo, não agora.
Como eu estava falando, no sexto dia da campanha, brigamos por conta de um espírito de ciúmes e eu ainda fumava (pouca vergonha...). A briga ficou muito séria e minha amada ameaçou jogar fora a aliança, mas na hora do culto, conforme nossa programação de busca do batismo no Espírito Santo, resolvemos ceder e fazer o nosso culto doméstico de busca. Foi muito complicado, sem clima, nossos rostos e expressões faciais estavam carrancudas, mesmo assim, cantamos, louvamos, oramos. Ao término de nosso culto, ela foi dormir e eu fui para cozinha lavar louça e eu não parava de cantar uma canção cuja letra dizia:
1ª parte: " Eu te louvarei, Senhor, de todo meu coração. " (2x)
2ª parte: " Na presença dos anjos, a ti cantarei louvo-o-res " (2x)
Fui dormir na sala, enquanto minha esposa dormiu no quarto e a noite inteira louvei ao Senhor e isso se prolongou durante o dia daquele domingo até por volta das 3hs da tarde quando me aproximei dela, peguei o maço de cigarros que eu ainda usava, amassei-o juntamente com os cigarros, atirei-os longe e lhe disse que não fumaria mais a partir daquele momento. Em seguida, meio ajoelhado, meio debruçado em seu colo, pedi-lhe perdão por tudo e comecei um ato simples de oração de agradecimento a Deus pela vida dela, pela minha vida, por aquele momento e foi nesse instante que, repentinamente (eu não estava sentindo nada, nada, nada mesmo, a não ser aquela manifestação de oração simples, despretensiosa de graças a Deus), fui tomado em línguas estranhas.
Minha esposa ao ver aquela cena e ouvir o que ouvia, abriu a sua boca e eu pude perceber que dos seus lábios somente saíram: “Meu Deus, ele está falando....” pronto, ela também entrou no mistério e ficamos ali naquele clima pentecostal por mais de 2 horas, ininterruptas. Aleluias, glórias a Deus!
Tem gente que diz que precisamos ficar repetindo palavras como “glória”, “glória”, “glória”, “glória” ... que logo haverá uma enrolação da língua e... pronto,  passaremos a falar em línguas! Bem,  conosco não foi assim.
Tudo foi muito natural...sobrenatural...
... mais? (quer saber mais, contate-nos! Deus abençoe a todos!) - Fonte: http://www.scribd.com/doc/16854904/333
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 53 - Faltam 516 dias para 26/04/13 e 927 dias para a Copa

O grande líder fora derrotada em AI na primeira tentativa por causa de Acã que tinha desobedecido as suas ordens e pego coisas que não deveria daqueles que eles derrotaram em Jericó. Josué 7:1 Prevaricaram os filhos de Israel nas coisas condenadas; porque Acã, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zera, da tribo de Judá, tomou das coisas condenadas. A ira do SENHOR se acendeu contra os filhos de Israel.
Acã tinha cobiçado das coisas proibidas e assim trazido fragilidade ao povo de Israel e a sua vitória sobre Ai teve de ser adiada. Ele tinha cobiçado uma boa capa babilônica, 200 siclos de prata e uma barra de ouro. Josué 7:21 Quando vi entre os despojos uma boa capa babilônica, e duzentos siclos de prata, e uma barra de ouro do peso de cinqüenta siclos, cobicei-os e tomei-os; e eis que estão escondidos na terra, no meio da minha tenda, e a prata, por baixo.
Por causa disso, Israel fora derrotada e envergonhado e Josué ficou aborrecido e confuso tanto que indagou a Deus o que estava acontecendo e por que tinha feito o povo passar o Jordão. Ele atingiu limites perigosos, pois em sua indagação ele chega a acusar ao Senhor de o estar entregando eles nas mãos dos amorreus, para os fazerem perecer. Ele chega a praguejar dizendo que tomara nos contentáramos com ficarmos dalém do Jordão.
Josué estava embalado, confiante e de repente uma derrota que faria com que os cananeus se engrandecessem diante deles e viessem, eles e todos os povos, com toda força contra eles fazendo o grande nome do Senhor ser desraigado da face da terra. Ele realmente estava chateado e por isso falou como guerreiro que não compreendia o que se passava.
O Senhor, porém o exorta e lhe dá uma bronca dizendo porque ele estava ali prostrado, choramingando... Josué 7:10 Então, disse o SENHOR a Josué: Levanta-te! Por que estás prostrado assim sobre o rosto? Josué 7:11 Israel pecou, e violaram a minha aliança, aquilo que eu lhes ordenara, pois tomaram das coisas condenadas, e furtaram, e dissimularam, e até debaixo da sua bagagem o puseram.
O Senhor lhe diz para se levantar e diz a razão por que Israel não pode triunfar. Deus é santo e exige santidade em seu meio. Ele diz que Israel tinha pecado, violando a sua aliança e assim, como seria ele com eles? O Senhor até lhe diz o que fizeram.
Agora o método de se achar a Acã diante de todo aquele povo... foi algo assim que contando ninguém acredita. Eu já passei por estripulias em minha vida sendo eu o autor da transgressão e sendo indagado diante de todo um pelotão, temi, tremi, e fiquei calado e ninguém me dedurou. Todos tiveram de “pagar o pato”, sendo que somente eu tinha feito a coisa. É terrível a sensação de que você está em tão grandes apuros.
O mesmo deve ter se dado com Acã. Ele nem imaginava que aquele sorteio de tribos, famílias, casas e homens fosse revelar ele, mas revelou. Eu fui poupado e certamente sofri o juízo de Deus, pois ninguém que faz algo errado fica impune e se fica, o juízo sobre esse é até maior e pior, no tempo devido de Deus.
Fizeram os sorteios e a sorte bateu em Acã, o autor da transgressão. Josué o intima e lhe pede que dê glórias a Deus e a ele renda louvores e depois confesse e ele confessou. Ai vem o juízo e este veio com rigor e fora punido não somente ele, mas todos os seus. Foi feito injustiça com os dele? Eu creio que não e ai imagino que houve cumplicidade.
Josué 7:24 Então, Josué e todo o Israel com ele tomaram Acã, filho de Zera, e a prata, e a capa, e a barra de ouro, e seus filhos, e suas filhas, e seus bois, e seus jumentos, e suas ovelhas, e sua tenda, e tudo quanto tinha e levaram-nos ao vale de Acor. Josué 7:25 Disse Josué: Por que nos conturbaste? O SENHOR, hoje, te conturbará. E todo o Israel o apedrejou; e, depois de apedrejá-los, queimou-os. Josué 7:26 E levantaram sobre ele um montão de pedras, que permanece até ao dia de hoje; assim, o SENHOR apagou o furor da sua ira; pelo que aquele lugar se chama o vale de Acor até ao dia de hoje.
Quem hoje ousa conturbar o Senhor? Tomemos cuidado, irmãos, com as nossas cobiças e as coisas cobiçadas; com as nossas alianças e cumplicidades; com o desejo malígno de nossos corações e com o que diz a nossa boca... vigia irmão(ã)! Por que perderias a tua bênção tão próxima de ti?
Depois de eliminado o mal de Israel, o Senhor lhes deu vitórias! Será que há alguma capa babilônica, ou prata e ouro condenados debaixo de sua cama, de sua tenda, de sua casa?
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

domingo, 27 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 52 - Faltam 517 dias para 26/04/13 e 928 dias para a Copa


As muralhas de Jericó foram derribadas e a cidade conquistada. Terror por todos os lados se espalham entre as nações vizinhas, pois o Senhor era com Josué e a sua fama corria por toda a terra. A maldição da reconstrução da cidade e do soerguimento de seus muros é lançada por Josué.

Josué 6:26 Naquele tempo, Josué fez o povo jurar e dizer: Maldito diante do SENHOR seja o homem que se levantar e reedificar esta cidade de Jericó; com a perda do seu primogênito lhe porá os fundamentos e, à custa do mais novo, as portas.

Depois de algum tempo, Hiel, rejeitando a palavra de maldição de Josué se atreve a reedificar Jericó e conforme as palavras proferidas de Josué perde tanto seu primogênito como seu filho mais novo. I Reis 16:34 Em seus dias, Hiel, o betelita, edificou a Jericó; quando lhe lançou os fundamentos, morreu-lhe Abirão, seu primogênito; quando lhe pôs as portas, morreu Segube, seu último, segundo a palavra do SENHOR, que falara por intermédio de Josué, filho de Num.

Raabe foi livrada e juntada ao povo de Israel. Ela e toda a sua família foi poupada. Alguém estava de olho nela e devido a sua fé ela iria fazer parte da linhagem messiânica. Não podemos esquecer que na nossa reconstituição – embora, reconheço, fraquinha – o nosso alvo é a linhagem messiânica.

Uma pequena pausa: O ELOGIO É O MAIOR PHOTOSHOP QUE EXISTE! Nós temos de tratar a nossa esposa como gostaríamos que ela fosse. Por exemplo, para a esposa rabujenta que atormenta tanto, não se dirija a ela a adjetivando negativamente, nem cobrando dela mais mansidão ou mais controle, mas na hora certa trate-a como se se ela fosse meiga. Aproveite as oportunidades e exalte o bem que vês nela e na hora das crises em que vai se tornar rabujenta, ela se controlorará mais. E quem sabe não se curará definitivamente?

Até o semblante de quem recebe elogios sinceros e verdadeiros e que é tratada nesse photoshop, com certeza, melhorará a sua aparência e se tornará com a pele melhor, sem rugas e até na velhice os outros reconhecem aquela pessoa como simpática e de bem com a vida. quer ver uma pessoa amarga e desogostosa, trate-a sempre de forma rude e grosseira.

O elogio é muito bom, um photoshop mesmo, mas não pode ter foco errado. Por exemplo, tinha um irmão na igreja que elogiava todas as mulheres da igreja e dizia que estava cheirosa, bonita, bem vestida, arrumada, menos a que Deus lhe dera. Até que um dia o Pr. Jeová, anjo da Igreja Batista Ebenézer, ficou encafifado com aquilo e o esperou pacientemente na hora de entrar na igreja.

Quando ele entrou, o Pr. Jeová logo o viu e foi se aproximando dele e pedindo para o irmão o cheirar no cangote, debaixo dos braços, e o irmão dizendo ao pastor porque daquele comportamento e o pastor aproveitou e lhe disse para toma vergonha na cara e parar com aquele comportamento absurdo junto com as irmãs da igreja.

Se aquele irmao elogiasse mais a sua esposa a sua situação em casa não seria tão ruim com acontecia.  Ambas as histórias dessa pequena pausa, enquanto Josué está para ser derrotado pelos moradores de Ai, foram compartilhadas pelo meu filho Gabriel, 21 anos, junto com a sua vó Pastora Gildete, na mesa de refeição do almoço de hoje. Até amanhã!

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

sábado, 26 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 51 - Faltam 518 dias para 26/04/13 e 929 dias para a Copa

As muralhas em nossas vidas continuarão a ser derrubadas pelo Senhor que derruba muralhas.
Josué 6:1 Ora, Jericó estava rigorosamente fechada por causa dos filhos de Israel; ninguém saía, nem entrava. Josué 6:2 Então, disse o SENHOR a Josué: Olha, entreguei na tua mão Jericó, o seu rei e os seus valentes. Josué 6:3 Vós, pois, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercando-a uma vez; assim fareis por seis dias. Josué 6:4 Sete sacerdotes levarão sete trombetas de chifre de carneiro adiante da arca; no sétimo dia, rodeareis a cidade sete vezes, e os sacerdotes tocarão as trombetas. Josué 6:5 E será que, tocando-se longamente a trombeta de chifre de carneiro, ouvindo vós o sonido dela, todo o povo gritará com grande grita; o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si.
E hoje qual muralha irá ser derrubada em sua vida?
Fonte da foto: http://transmitindoheranca.blogspot.com/2010/05/aula-queda-das-muralhas-de-jerico.html

A maior de todas as muralhas, aquela que fazia separação entre nós e Deus, foi vencida e derrubada pelo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ela era a muralha do pecado que nos afastava de Deus e nos impedia de termos hoje uma vida abundante e próspera diante do Senhor. Por meio de seu sangue foi destruída essa barreira e hoje com ousadia podemos nos achegar ao trono da graça para acharmos ocasião em tempo oportuno.
É por isso que Deus requer de nós, hoje, a fé nele e em sua obra redentora. Os que não tem fé, antes insistem em permanecer na incredulidade, Deus diz que para estes não há paz e, portanto, não podem entrar em seu descanso. "E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade." (Hb 3:19).
Em outro trecho bíblico, constatamos que a fé foi a principal responsável pela queda da muralha de Jericó.
"Foi a fé que pôs abaixo as muralhas de Jericó, depois que o povo de Israel tinha andado ao redor delas durante sete dias, como Deus lhes ordenara." (Hb 11:30). Que fé poderosa! O texto bíblico é claro ao dizer que foi a fé e a obediência às instruções claras de Deus que pôs abaixo as muralhas de Jericó.
As muralhas de Jericó não eram quaisquer muralhas, pelo contrário, enormes (Js 6:1). Suas principais características eram: a cidade de Jericó ocupava uma área aproximada de uns 32 km quadrados. Era protegia por muros altos de quase 10m de altura por cerca de 6m de largura, divididos em dois. O primeiro de uns dois metros de espessura e o interno de uns 4m de espessura, sendo que entre um e o outro muro havia uns 5m. Dizem que as sentinelas, soldados que montavam guarda em cima dos muros, podiam ser avistados de longe. Era realmente, na época, uma cidade inexpugnável, colossal.
Fé e obediência! As nossas armas não são carnais. Não foi usado dinamite, pólvora, bombas, nem foram realizadas reuniões, estratégias militares, políticas, mas tão somente a fé e a obediência. "Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas, sim, poderosas em Deus, para destruição das fortalezas." (2Co 10:4)". Deus prometeu a vitória e o povo crêu e obedeceu. A vitória foi grande e o temor e o terror caíram sobre os habitantes da vizinhança.
É de se notar que o povo israelita estava cansado e já peregrinava no deserto por 40 anos e agora para conquistar Canaã surge em seu caminho uma cidade fortaleza como essa! Se não tivessem aprendido a lição no deserto que os fez peregrinar tanto tempo: um ano para cada dia, quando chegassem em Jericó teriam desfalecido. No entanto, não recuaram, nem murmuraram, mas obedeceram, cantaram louvores e a vitória foi grande.
Diante do obstáculo da muralha, Josué, não usou meios humanos para rompê-la, antes, confiou cabalmente em Deus. Depois que Israel fez tudo o que Deus ordenou, a muralha ruiu e o povo pôde conquistar a cidade. Não há muralhas em nossas vidas que não possam ser rompidas pela fé! Rompa as muralhas da tua vida pela fé! Se uma tão imensa muralha foi derrubada pela fé dos israelitas que estavam sob o comando de Josué porque Deus tinha um propósito específico na vida deles quanto mais em nossas vidas cujo próprio Senhor se animou a morrer por nós nos dando sua própria vida? Não tenha medo de romper as muralhas que estão diante de ti! Mas vença-as seguindo as orientações de Deus!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 50 - Faltam 519 dias para 26/04/13 e 930 dias para a Copa

A muralha continua a ser derrubada e ontem caiu a muralha da dúvida que impedia o agir de Deus em nossas vidas.

A nossa segunda muralha depois da dúvida é o engano, a ilusão. Devemos estar atentos para não sermos iludidos pelas aparências do mundo. Um bom exemplo disso e uma viagem em um cruzeiro onde tudo é colorido. Há cores, luxo, luzes, fartura, abundância, diversão, shows, sorrisos e muita aparência. Muita gente se reúne com um só objetivo: curtir a vida e tudo o que de bom ela pode oferecer. Eu não considero errado, curtirmos a vida e os bens que Deus nos proporciona.

No entanto, ao sairmos desse mundo fantasioso, a vida lá fora não é este mar de rosas. O mundo tenta nos atrair e nos fazer esquecer de Deus. Que coisa mais terrível, não é? Primeiro, a dúvida que tenta nos afastar de Deus nos mostrando nosso Deus como mentiroso (e tem gente que ainda dá crédito a Satanás). Segundo, ainda ele, Satanás, tentando-nos com as delícias deste mundo no afã, máximo, de esquecermos de Deus achando que estamos num paraíso.

Ele é tão sujo que quando percebemos que o mundo não é como ele pinta, então ele nos oferece as drogas, o álcool, o cigarro, as pílulas. Seu objetivo é fazer mesmo a gente se esquecer de Deus. Ele insiste em nos dizer: é possível viver neste mundo, ser feliz, desfrutar do bom e do melhor, curtir adoidado sem termos que darmos glórias a Deus. Tente! Eu irei te ajudar! Você quer seguir a Satanás? Cuidado para não cair em seus laços de engano e ilusão.

Cada escolha que fazemos traz consigo as suas consequências. Escolha sempre confiar em Deus e nenhuma muralha será grande demais que te impedirá de ter, com Deus, uma vida abundante. Aleluias.

Já derrubamos duas muralhas importantes: a dúvida e o engano, mas há mais a ser derrubado. É o que a bíblia fala de coisas que sufocam a palavra tornando-a infrutífera. E o que é que sufoca a palavra de Deus?

"Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera." (Mc 4:19).

Podemos reparar neste breve estudo que o alvo principal até o momento tem sido a PALAVRA DE DEUS! A dúvida está relacionada à PALAVRA DE DEUS. O engano e a ilusão tem por objetivo nos afastar da PALAVRA DE DEUS. E os cuidados deste mundo, o engano das riquezas e outras ambições, visam, todas, sufocar... o quê? A PALAVRA DE DEUS! Todos os ataques fora feitos contra a PALAVRA DE DEUS.

Hodiernamente, somos e estamos tão envolvidos com tantas atividades e ocupações que estamos sendo sufocados. O próprio tempo já se tornou curto para darmos contas das exigências do dia-a-dia. A internet e a informática tornou o mundo pequeno e há tanto no que navegar, explorar, investigar, estudar. Não basta apenas ler um jornal, revista, assistir um jornal. Precisamos estar atualizados também na internet. Em nosso trabalho e estudo seremos bem vistos se estivermos por dentro de tudo.

Isso tudo, dependendo de como estamos em nossa vida espiritual de relacionamento com Deus, pode ser um desastre espiritual fazendo sufocar em nosso espírito a PALAVRA DE DEUS.

Além dos cuidados deste mundo, desta vida, temos também as seduções das riquezas e outras ambições que outro papel não tem se não o de fazer sufocar em nós a palavra de Deus. Em meu ambiente de trabalho e em muitos lugares eu vejo multidões todas sonhando com o prêmio da loteria, como se a obtenção de riquezas fosse dar solução aos problemas de nossas vidas.

Dinheiro, poder, status, prestígio, fama, prazeres, distrações não completam o homem, mas apenas o distraem e não por muito tempo. Somente uma coisa é capaz de preencher o vazio no peito de cada um, pois os nossos vazios têm um tamanho certo: o tamanho de Deus! Assim, meus amigos vivem da ilusão e quando ela, a ilusão, se torna realidade (1 em milhões) o seu possuidor perde a sua vida e não a acha, como supunha.

Nós fomos feitos para a glória de Deus e somente em Deus – somente em Deus - nos locupletamos! Não adianta nada o esforço, o trabalho, a luta, a conquista quando o objetivo não é darmos glórias a Deus e sim a conquista em si.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 49 - Faltam 520 dias para 26/04/13 e 931 dias para a Copa

O Senhor Jesus Cristo tudo entregou a Josué. Aquela cidade fora entregue completamente e todos os seus habitantes.

O Senhor falava a Josué e lhe dizia que tinha lhe entregue a cidade de Jericó e passou a receita para ele de como derrubar muros enormes que de tão grandes eram capazes de suportar casas e carros em sua largura.

Quais são as muralhas que você está precisando romper? Que muralhas foram levantadas em sua vida contra você? "Foi a fé que pôs abaixo as muralhas de Jericó, depois que o povo de Israel tinha andado ao redor delas durante sete dias, como Deus lhes ordenara." (Hb 11:30).

A primeira grande lição e a mais importante de todas é que romperemos e somente romperemos as grandes muralhas em nossas vidas pela fé! Não há outro caminho nem jeito de conseguir essa grande vitória, se não pela fé.

Foi pela fé que muitas vitórias foram alcançadas pelos grandes homens de Deus do passado, do presente e do futuro. O próprio capítulo 11 narra, de forma bem resumida, essas grandes vitórias e elas são exemplos para nós. Se eles conseguiram, nós conseguiremos, triunfaremos, venceremos e romperemos grandes muralhas.

E as muralhas? A principal delas a ser vencida é a muralha da dúvida! A dúvida foi a arma de Satanás desde o princípio. Ali no episódio de Gênesis quando Adão e Eva estavam no Jardim do Éden, Satanás, muito astuto, lançou seus ataques. Ele soube lançar as sementes da dúvida.

Reparem que ele não contestou o poder de Deus, pois não haveria como convencer Adão e Eva pois eles o conheciam como o criador dos céus e da terra e de tudo o que neles há. Ele também não contestou a existência de Deus, pois era mais do que fato a existência de Deus, pois eles o viam todos os dias. Ele também não contestou o relacionamento entre Deus e Adão e Eva, pois teofanicamente o Senhor lhes aparecia e conversava com eles assim como eu estou falando agora e vocês estão ouvindo (ou lendo).

Deus é o criador de todas as coisas. Deus existe. Deus com eles mantinha comunhão vivendo em um relacionamento profundo.

O que na verdade Satanás contestou foi a palavra de Deus! "Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?" (Gn 3:1). O ataque de Satanás foi preciso e bem cirúrgico. Muitíssimo esperto atacou a palavra de Deus.

Modernamente, temos visto tantos ataques à palavra de Deus! Vejam os filmes atuais de sucesso e suas histórias. Vejam as literaturas, principalmente as científicas que exaltam Darwin, e sua teoria absurda e fantasiosa da evolução das espécies. Ele, Satanás, continua o mesmo e não riá mudar sua forma de agir. A dúvida em nossos corações é uma das principais, se não, a principal muralha a ser vencida. E como iremos vencê-la?

Aleluias! "Foi a fé que pôs abaixo as muralhas de Jericó, depois que o povo de Israel tinha andado ao redor delas durante sete dias, como Deus lhes ordenara." (Hb 11:30).

A dúvida é um terrível obstáculo que somente pode ser vencida pela fé! Se você escolher como escolheram Adão e Eva dando créditos à Satanás, você escolherá duvidar da palavra de Deus que te tem prometido inúmeras bênçãos. Não há barreiras que não possam ser vencidas por Deus! Por isso que a dúvida é uma barreira enorme. A dúvida é uma ofensa e não somente uma atitude qualquer que tomamos sem consequências. Quem duvida de Deus, crê no Satanás, pois é ele quem tem afrontado a palavra de Deus. Cuidado, pois!

Podemos reparar nas nossas meditações bíblicas e bem no ambiente de nossas orações que a dúvida é um ato de ofensa a Deus, por isso ele não pode operar. A incredulidade é sempre repreendida. Em Hebreus a palavra de Deus nos diz que "E a quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão aos que foram desobedientes? E vemos que não puderam entrar por causa da incredulidade." (Hb 3:10). Eles não puderam entrar no descanso de Deus por causa da incredulidade!

"Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hb 11:6). Ao nos aproximarmos de Deus, visando agradá-lo, devemos, em primeiro lugar crer que ele existe e não somente isso, mas que também Deus é nosso galardoador (galardoador dos que o buscam!).

Repare também em nossas orações. Vamos fazer agora um exercício de oração. Fechem os teus olhos e comecem a orar. Quando oramos a Deus jamais nos colocamos diante dele, do Senhor, como estando diante de um ser que nada pode fazer, pelo contrário, sempre o vemos como quem está no controle de todas as coisas. E realmente Deus está no controle de tudo e de todas as coisas, se não não seria Deus nem a ele dirigiríamos nossas orações.

Estamos aprendendo, então, a enfrentar e a derrotar a primeira grande muralha em nossas vidas: a dúvida! Vimos quem é o principal responsável pela sua disseminação e o resultado que ele alcançou com seus ataques. Não é brincadeira, não, nem podemos baixar jamais nossa guarda achando que ele já era ou que foi definitivamente derrotado. Ao menor sinal de vacilo, lá estamos nós cheios de dúvidas e caindo em seus laços. Vigia, crente!

A nossa segunda muralha depois da dúvida é ... amanhã prosseguiremos

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 48 - Faltam 521 dias para 26/04/13 e 932 dias para a Copa

Logo após isso Josué teve um encontro com alguém muito especial. Ele tinha acabado de ser exaltado, estava feliz com a travessia, tinha recebido a palavra do Senhor para tirar do meio do Jordão 12 pedras e com elas fazer um memorial que primeiramente ficou onde eles tinham passado a primeira noite após a travessia e também tinha pego 12 pedras para, no meio do Jordão, erigir ali um memorial. Josué estava cheio do Espírito Santo e ai ocorre este encontro maravilhoso.

Antes do encontro, observamos que a arca da aliança era a principal peça do tabernáculo que ficava no meio do arraial de Israel. Josué 4:7 então, lhes direis que as águas do Jordão foram cortadas diante da arca da Aliança do SENHOR; em passando ela, foram as águas do Jordão cortadas. Estas pedras serão, para sempre, por memorial aos filhos de Israel.

Foi diante da arca que as águas foram cortadas. Essas águas foram divididas quando ela passou pelo rio e a arca não andou sozinha... estava sendo conduzida e não podia ser conduzida por qualquer um, mas pelos sacerdotes.

Todos sabemos que a arca simboliza a presença de Deus e esta é representada pelo Cordeiro. Águas nunca foram problemas para o Senhor e quando elas estavam em seu caminho ou ele as atravessou e elas foram como muralhas a esquerda e a sua direita ou ele andou por cima delas. Assim também como as águas representam obstáculos intransponíveis, as vezes, trazendo grandes problemas, o Senhor sempre está conosco nos ajudando a vencer. Águas também representam nações e povos e o Senhor as governa também.

Como tinha acabado de passar para o outro lado, eis Josué, diante de Jericó, pensando e orando ao Senhor em como iria ele vencer aquele grande obstáculo imponente erigido pelos homens. Jericó se encontrava fechada e parecia inexpugnável. Ninguém podia nem sair nem entrar.

É novamente o Senhor que entra em cena e se aproxima de Josué e lhe diz que tinha entregue nas suas mãos a grande cidade.

Era aos pés de Jericó que Josué estava, mas seus olhos se ergueram e levantou os olhos e olhou. Quando estamos na situação de dificuldade tendo de enfrentar o inimigo que está ali em nosso caminho, nossos olhos devem estar voltados para o Senhor e não para as suas fortificações ou seu poderio militar ou sua imponência, ou seu poder econômico.

Quando levantou os olhos, ele viu que se achava em pé diante dele um homem com uma espada nua e Josué se aproxima com a força de um guerreiro que Deus estava levantando e enfrenta aquele homem obrigando-o a se posicionar por eles ou pelos de Jericó e o homem lhe responde que era príncipe do Senhor e que acabara de chegar.

Foi isso suficiente para que Josué se prostasse com o rosto em terra em adoração. Aquele homem aceitou adoração e ainda pediu a Josué, como pediu a Moisés, que tirasse as sandálias dos seus pés porque a terra onde pisava era santa e Josué obedeceu. Era Jesus Cristo que com sua presença e aparição a Josué o preparava para sua primeira grande vitória militar

Josué 5:13 Estando Josué ao pé de Jericó, levantou os olhos e olhou; eis que se achava em pé diante dele um homem que trazia na mão uma espada nua; chegou-se Josué a ele e disse-lhe: És tu dos nossos ou dos nossos adversários? Josué 5:14 Respondeu ele: Não; sou príncipe do exército do SENHOR e acabo de chegar. Então, Josué se prostrou com o rosto em terra, e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo? Josué 5:15 Respondeu o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim.

O Senhor Jesus Cristo está conosco em todo o tempo, por isso devemos estar seguros. Já estava nos planos de Deus a conquista de Jericó e tudo foi entregue a Josué e a Israel.

Quero aproveitar o ensejo para honrar meu sogro, homem de Deus, que hoje faz exatos 28.490 dias de vida. Deus o abençoe grandemente.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Jonathan Edwards

http://www.ccel.org/ccel/edwards/works2.pdfhttp://www.ccel.org/ccel/edwards/works1.pdf
  A Força de Vontade sempre dá um jeito. -  A Falta de Vontade sempre dá desculpas.

-    A serviço do Senhor dos Senhores, 
no Reino de Deus, 
para cumprir a "Missio Dei", 
pelo Espírito Santo, 
em nome de Jesus, 
a todos os povos, 
para a glória de Deus,
no dia que se chama hoje,
em todo tempo.

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 47 - Faltam 522 dias para 26/04/13 e 933 dias para a Copa

Deus, então,  tinha exaltado a Josué diante de todo o povo. Josué 4:14 Naquele dia, o SENHOR engrandeceu a Josué na presença de todo o Israel; e respeitaram-no todos os dias da sua vida, como haviam respeitado a Moisés. Quando Deus tem uma obra na vida de alguém e quer confirmá-lo, ele confirmará ainda que para isso tenha de fazer o sol parar por um dia inteiro impedindo a noite de chegar.
Ali estava a confirmação do grande líder que iria conduzir o povo naquelas conquistas pós-deserto. Nada seria entregue de mão beijada, antes deveriam de lutar para conquistar, mas a promessa de Deus era de vitória certa.
As nações vizinhas quando viram que Israel passou a pés enxuto o Jordão entraram em pânico. O medo das nações vizinhas por causa da travessia a pés enxutos do Rio Jordão: Josué 5:1 Sucedeu que, ouvindo todos os reis dos amorreus que habitavam deste lado do Jordão, ao ocidente, e todos os reis dos cananeus que estavam ao pé do mar que o SENHOR tinha secado as águas do Jordão, de diante dos filhos de Israel, até que passamos, desmaiou-se-lhes o coração, e não houve mais alento neles, por causa dos filhos de Israel.
Deus não somente exaltou a Josué diante dos seus, mas diante de seus inimigos também que agora estavam apavorados. Como iriam combater aqueles que atravessavam mares e rios com tecnologias de abertura de passagens impossíveis diante de obstáculos impossíveis? Não era para menos o terror que vinha sobre todos os moradores cananeus.
Quando Deus tem obras a fazer em nossas vidas quem poderá nos resistir? Qual o inimigo que poderá oferecer resistência sem ser derrotado e humilhado? Com Deus de nosso lado e em obediência a ele, jamais seremos abalados. É por isso que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja. Mateus 16:18 Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
Não prevalecerão porque ele está edificada sobre a Pedra, a Rocha que é Cristo Jesus, aquele que tudo tem sob seu controle e que governa a nossa história sem ser injusto. O Senhor conduzia seu povo com Josué, expulsava os cananeus, os fazia atravessar mares e rios, dava vitórias a eles e derrotas aos inimigos e, ao final, exercia, perfeitamente a justiça e o juízo sobre a terra, de forma que todos devemos adorá-lo.
Que Deus é semelhante ao nosso Deus que é perfeito em seus caminhos e tudo faz para nós?
O seu cuidado e provisão foram desde o dia em que começaram a viajar pelo deserto até o momento em que começaram a comer do próprio fruto da terra. O maná cessou. As roupas e os calçados pararam de crescer junto com seus corpos. Josué 5:12 No dia imediato, depois que comeram do produto da terra, cessou o maná, e não o tiveram mais os filhos de Israel; mas, naquele ano, comeram das novidades da terra de Canaã.
Cada vez mais que estudo e analiso a história de Israel, mais eu vejo Deus como aquele Deus que tudo faz por nós. Eu também o vejo, nisso, o Deus soberano que respeita a nossa vontade e por ela responderemos diante dele. Isaías 64:4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Interesse em obras de Jonathan Edwards para fins de estudo

Boa noite, meus queridos irmãos.

Estou atrás de algumas obras de Johnatas Edwards e gostaria de saber se poderiam me ajudar. 
Se for digital (doc, pdf, txt, rtf, etc... melhor ainda, pois facilitará sua conversão em MP3). Se for impresso, poderiam me emprestar? 
Em último caso, também estou disposto a comprar os livros. Agradeço a atenção e paciência de todos.

Algumas obras de Jonathan Edwards:
  • Fiel Narrativa da Surpreendente Obra de Deus (também conhecida como Narrativa de Conversões Surpreendentes). 
  • Marcas Distintivas de uma Obra do Espírito de Deus (1741)
  • Alguns Pensamentos Acerca do Presente Reavivamento da Religião na Nova Inglaterra (1742), 
  • Tratado Sobre as Afeições Religiosas (1746)
  • Qualificações para a Comunhão, em 1749, 
  • A Liberdade da Vontade (1754), 
  • O Fim Para o Qual Deus Criou o Mundo 
  • A Natureza da Verdadeira Virtude (1765); 
  • O Pecado Original (1758);
  • História da Obra da Redenção.
OUTROS ESCRITOS:
  • Sermão: "Deus é Glorificado na Dependência do Homem" (1 Co 1:29-31), 
  • Sermão: "Uma Luz Divina e Sobrenatural" (Mt 16:17), 
  • 15 sermões sobre "A Caridade e seus Frutos" (1 Coríntios 13)
  • Sermões sobre 1 Pedro 1:8 
  • Carta: "Relato do Reavivamento de Northampton em 1740-42"
  • Biografia: de David Brainerd (1718-1747) 
  • Diário, um clássico devocional. 

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 46 - Faltam 523 dias para 26/04/13 e 934 dias para a Copa

Para chegarem a Jericó teriam de atravessar o Rio Jordão. Josué tinha falado ao povo para que eles se santificassem porque o Senhor iria fazer maravilhas diante deles. E mesmo o Senhor tinha lhe dito que o iria engrandecer diante de todo o povo para que o povo soubesse que como ele tinha sido com Moisés seria também com Josué.
Tudo estava preparado. Tudo estava planejado. Deus sabia o que estaria prestes a fazer e comunicou a Josué que comunicou ao povo de Deus. Josué recebera as instruções do próprio Senhor que mandou que Josué comunicasse aos sacerdotes e este os instruiu.
A arca de Deus seria conduzida pelos sacerdotes que se aproximariam das águas do Jordão e assim que tocassem com seus pés no rio, segurando a arca, as águas seriam como muralhas diante dos israelitas e como seus antepassados, para os mais jovens, atravessaria o Jordão a pés enxutos. Maravilha do Senhor!
Sem dúvidas, Josué foi engrandecido diante de todo o povo que reconhecerá na sua pessoa a liderança que Deus estava aprovando. Depois de atravessarem, Deus mesmo instrui novamente a Josué para que escolha 12 deles, um de cada tribo, para escolherem 12 pedras do meio do Jordão para servirem de sinal, quando no futuro perguntassem que pedras eram aquelas?
Josué, então, também faz o inverso e ali, no meio do Jordão, onde os sacerdotes pararam segurando a arca ele escolhe doze pedras também e as põe bem nos pés onde ficaram os sacerdotes. Será que elas ainda estão lá hoje, no século XXI? Como eles não tinham filmadoras nem máquinas digitais de fotografia, eles pegaram pedras!
Se eu fosse um cientista eu iria estudar as pedras para ver se elas tem alguma capacidade de armazenamento de imagens e áudio...rs...
Em tudo isso, eu vejo o que Isaias (Is 64:4) disse sobre Deus e que vai se confirmando à medida que a história vai se desenrolando diante de nossos olhos de observadores. Apesar de grandes líderes, Moisés e Josué nada fizeram de si mesmos que não tivesse a orientação, direção e propósitos de Deus.
Lembremos que ali próximo, naquela cidade de Jericó, estava a mulher que carregaria a semente messiânica. Aquela que foi escolhida por Deus!
Travessia realizada! Josué foi engrandecido e o povo todo acabou respeitando ele como respeitaram a Moisés. Na obra de Deus, o patrão é Deus, porque então parecemos meninos disputando cargos e posições e correndo atrás de holofotes? Josué 4:14 Naquele dia, o SENHOR engrandeceu a Josué na presença de todo o Israel; e respeitaram-no todos os dias da sua vida, como haviam respeitado a Moisés.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

domingo, 20 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 45 - Faltam 524 dias para 26/04/13 e 935 dias para a Copa

Seguindo as instruções de Deus, Josué ataca Jericó que parecia inexpugnável. A receita dada por Deus para a vitória era muito simples e ao ser seguida e obedecida, Deus entregaria nas mãos dos israelitas a Jericó. Imagine você que instrução e método militar foi usado: primeiro rodear a cidade por sete dias, segundo, no sétimo dia, rodear a cidade 7 vezes e na última vez, gritar e a grande muralha que protegia a cidade ruiria. Isso não parece coisa de doido?

Que lógica há nisso? Que plano maluco é esse? Tente imitá-lo, você não terá êxito nunca. Aquela estratégia foi única e especialmente voltada para aquela situação e não é para ter lógica alguma. Eu imagino o que se passava na cabeça de cada militar que desfilava todos os dias ali diante daquela enorme muralha que assustava.

Naquela cidade de Jericó havia alguém muito especial, uma prostituta chamada Raabe, que fora pela soberana escolha divina a trisavó de Davi. Josué 6:25 Mas Josué conservou com vida a prostituta Raabe, e a casa de seu pai, e tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje, porquanto escondera os mensageiros que Josué enviara a espiar Jericó. Ela é uma das mulheres que carregou a semente messiânica! Mateus 1:5 Salmom gerou de Raabe a Boaz; este, de Rute, gerou a Obede; e Obede, a Jessé; Bem, Jessé foi o pai de Davi!

Por causa de Raabe foram poupados em Jericó a casa de seu pai e tudo quanto tinha, pois Raabe tinha escondido e dado abrigo e protegido com risco de sua própria vida os dois espias de Israel que antes do ataque a Jericó espiaram a terra que iriam atacar. Essa situação em especial era como se fosse o seu batismo de morte, pois a morte estava ali presente e bastava que o rei de Jericó soubesse de toda a verdade do que ela tinha feito.

Ao escolher dar abrigo aqueles espias ela, simbolicamente, renunciou a sua vida e pela fé se entregou a Jesus seu salvador e Deus a aceitou, e, também simbolicamente, podemos dizer que a lavou, a batizou e a elegeu para ser uma das mulheres que seria a mãe que carregaria a semente messiânica.

Essa escolha divina e o método de derrotar o inimigo de Jericó é algo que está além do que pudesse supor toda a nossa sabedoria e entendimento das coisas. Simplesmente, não há lógica nenhuma e sim um Deus soberano, sábio e bom que tudo faz com perfeição.

Porque somos tão tardios em compreender e aceitar o governo de Deus em nossas vidas? Antes de chegarem a Jericó teriam de atravessar o Rio Jordão e essa travessia foi outra coisa fantástica e misteriosa. Coisas que Deus faz e permita que se faça que confunde as mentes acostumadas com a lógica e a razão e se esquecem de seu Deus criador.

Deus então diz a Josué que iria começar a engrandecê-lo diante de todo o Israel para que o povo soubesse que assim como Deus fora com Moisés, igualmente, seria com Josué. Josué 3:7 Então, disse o SENHOR a Josué: Hoje, começarei a engrandecer-te perante os olhos de todo o Israel, para que saibam que, como fui com Moisés, assim serei contigo.... continuarei amanhã...

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

sábado, 19 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 44 - Faltam 525 dias para 26/04/13 e 936 dias para a Copa

Embora seja sabido que Josué foi como Moisés um excelente líder de seu povo que Deus levantou para conquistar a terra de Canaã, este caiu num ardil simples de um povo cananeu que estava apavorado com os sucessos que Israel vinha tendo diante de seus inimigos.

A ordem era avançar e conquistar a terra e não fazer com o povo daquela região qualquer aliança, antes obedecer ao Senhor e exterminá-los o que seria feito de forma paulatina para que a terra não produzisse feras e pragas que afetariam também Israel. Deus havia dito que os expulsaria dali. A promessa era de Deus e certamente seria cumprida!

O povo cananeu estava sob o juízo de Deus e Israel estava sendo a nação que estava executando esse juízo. Na história, depois da divisão dos reinos, bem mais a frente, tanto Israel quanto Judá estarão também sob juízo e serão levados cativos. O profeta Habacuque, inclusive, apresenta uma queixa ao Senhor de que Deus estava usando uma nação mais ímpia ainda para isso e se indignava, mas Deus responde as suas queixas e diz que aqueles que estavam sendo usados também estavam julgados e no seu devido tempo seriam responsabilizados e entrariam também em juízo até mais severo.

É Deus quem executa justiça e juízo na terra e usa quem ele quer e da forma que ele quer. Quem se oporá a Deus e lhe dirá que não é justo? Como não seria justo, o único justo que é o modelo de nossa justiça e de quem recebemos o senso dessa justiça? Somente Deus é justo e 100% justo, os demais, os que têm o senso de justiça, não os têm de si mesmos porque são justos, mas porque Deus é justo.

A justiça pertence a Deus e ele a executará. Eu não tenho preocupação nenhuma sobre os que irão ou não para o inferno ou se tiveram ou não a oportunidade de ouvirem o evangelho, pois sei que o único que pode fazer alguma coisa, fará e essa coisa que ele fará muito bem é a justiça.

Vemos que o uso de ímpios ou não para executar o juízo de Deus e a manipulação dessa justiça pertence a Deus que soberana e sabiamente tudo administra de forma que ao usar o ímpio, ou uma nação até pior que a que está sendo julgada, ele, Deus, executa seu juízo, faz a sua justiça e ao mesmo tempo atribui 100& de responsabilidade a quem está sendo usado. É demais! Deus pode julgar e julga. Deus pode exercer o juízo e o exerce. Deus usa quem quer e usa e no final todos serão responsáveis pelos seus próprios atos e Deus continuará sendo justo, executando a juízo e sendo perfeito e bom em tudo o que faz ou permita que se faça. Glórias a Deus! Tu és tremendo Senhor.

Tu és o Deus da justiça, do juízo e do amor. Todas as suas obras são perfeitas, por isso o homem se aproximará a ti para te adorar e te louvar pelos seus grandes feitos e maravilhas. Ensina-me Senhor a tua lei, a tua justiça e me faz aprender em teus juízos a tua bondade, amor e perfeição.

Dessa forma Josué foi conquistando e vencendo seus inimigos, como Jericó... continuarei amanhã...

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 43 - Faltam 526 dias para 26/04/13 e 937 dias para a Copa

Josué, temente a Deus começa sua jornada e desafio de conduzir o povo de Deus naquela situação. Não temas Josué, segue avante, sempre adiante, pois o Senhor é contigo e te prometeu grandes coisas se... Tem sempre um se... qual é o nosso “se”? Jesus nos disse bem assim (há mais passagens semelhantes!): João 14:23 Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.
O papel de Josué seria o de fazer tudo segundo toda a lei que Moisés, seu senhor, ordenou o qual não deveria Josué desviar-se nem para direita nem para esquerda e isso para que ele fosse bem-sucedido por onde quer que ele fosse andar. O ... se... dele era cumprir a lei de Moisés. Ele não poderia cessar de falar deste Livro da Lei; antes, meditar nele dia e noite, para assim ter cuidado de fazer segundo tudo quanto estava escrito. Se ele fizesse assim a garantia da palavra de Deus era: então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.
Qual, então, era o segredo da prosperidade de Josué em todos os seus caminhos? Como ele iria ser bem-sucedido em tudo? Falar... meditar... praticar... não desviar-se...
A palavra a ele aconselhada por Deus ainda vale para nós que estamos no século XXI há mais de 3.500 anos de Josué (em dias, aproximadamente: 1.300.000)! Jesus nos enviou a pregar, a ensinar, a curar, a praticar e a não nos desviarmos. A palavra de Deus para Josué era a Torah, pois para ele ainda não se tinha revelado as coisas que ainda haveriam de ser reveladas. A palavra de Deus para os primeiros cristãos já não comportava mais somente a Torah, mas os demais livros que fazem parte do AT.
A ordem mais correta e completa dessas palavras seria: obedecer, ler, estudar, meditar, ensinar, praticar, pregar, não desviar-se da palavra de Deus que agora, de forma completa, inclui tanto o AT como o NT.
Iremos continuar depois, ok! Tenha um bom dia e confie em Deus! Lembre-se que choramos muito com a nossa barriga cheia!!!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 42 - Faltam 527 dias para 26/04/13 e 938 dias para a Copa

Não temas Josué!
Deus sempre preparou líderes que estivessem à frente de seu povo e este foi bem treinado, pois não saia da presença de Moisés e onde este andava, lá estava ele, próximo, aprendendo.
Josué 1:1 Sucedeu, depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que este falou a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Josué 1:2 Moisés, meu servo, é morto; dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Josué 1:3 Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés. Josué 1:4 Desde o deserto e o Líbano até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus e até ao mar Grande para o poente do sol será o vosso limite. Josué 1:5 Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Josué 1:6 Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Josué 1:7 Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. Josué 1:8 Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. Josué 1:9 Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.
Deus fala com Josué. São palavras de ânimo, de incentivo, de coragem, de exortação e visaram fortalecer a mente e o espírito de Josué. Ele começa então a dizer-lhe, depois de explicar a morte de Moisés, dispõe-te! Tenha disposição! Dispor-se e levantar-se, sair da situação em que se encontra e ir à frente, avante para conquistar uma terra que, Deus mesmo, disse para ele, estava dando aos filhos de Israel.
Os filhos de Israel! São os filhos de Israel que levam a semente messiânica. Deus era com os filhos de Israel e hoje é conosco, seus filhos por adoção, por meio da semente que esmagou a cabeça da serpente, o descendente, o alvo da linhagem messiânica.
Deus mesmo lhe faz promessas de grandes vitórias e de grandes conquistas e diz o que eu mesmo acho o máximo das promessas de Deus para aqueles que ele levanta e os conduzem a grandes obras: "não te deixarei, nem te desampararei".
Vamos meditar um pouco nesta frase e vermos quem a aplica no NT. Hebreus 13:5 Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Isso mesmo, quem fala disso é o escritour de Hebreus. Ele aplica a palavra profética de bênção dirigida por Deus a Josué e a aplica a nós, nos exortando a termos uma vida de contentamento diante de Deus e sem avareza!
E no grego, vejamos como isso se explica:
"... Foi ele quem nos prometeu: "JAMAIS TE DEIXAREI, NUNCA JAMAIS TE ABANDONAREI" (Hb 13:5). Se ele prometeu, ele cumprirá, então eu te convido a ousar e replicar a ele, ao Senhor, com toda a convicção de teu coração, almas, forças e entendimento:
 
- Senhor, eu jamais te abandonarei, nunca jamais te deixarei.
 
A ação da palavra de Deus sendo dirigida a mim dessa forma provoca em mim uma reação. Eu sou obrigado a reagir. Pela ênfase com que o Espírito Santo se dirige a mim, a garantia que tenho é reforçada pelo fato de que não serei deixado, nem abandonado. Sendo assim, posso, com ousadia também afirmar, como se a palavra pronunciada por Deus estivesse se rebatendo num espelho e se voltando para ele mesmo que a pronunciou: Senhor, eu também jamais te abandonarei, nunca também jamais te deixarei. Eu apenas estou pegando carona no reflexo de sua palavra. Eu somente tenho essa ousadia porque Deus foi ousado. Eu somente tenho esta convicção porque o Senhor a pronunciou. A minha garantia não é minha própria: é Deus falando com Deus na infinitude de seu ser a meu respeito.
 
 
Vemos aqui, no grego, que há 5 negativas dando reforço a idéia positiva. Literalmente, a tradução do grego do trecho nunca te deixarei, nunca jamais te abandonarei, pode ser: NUNCA, NÃO te deixarei NÃO MESMO, NUNCA, NÃO te abandonarei. O que isso quer dizer para mim que estou lendo essa palavra ou que estou pregando isso? NÃO TE DEIXAREI, NÃO MESMO, NUNCA, JAMAIS TE ABANDONAREI. Eu não vou te deixar. Eu não vou te abandonar. Eu não vou me esquecer de ti. Eu não vou abandoná-lo. Eu não vou mesmo, jamais, nunca, never, never, never. O Espírito Santo está falando conosco nesta noite e a sua palavra é de que temos a garantia máxima dada pelo próprio Deus de que ele estará conosco e não nos deixará nem nos abandonará. Amém!
 
No comentário de Matheus Henry está dito que nessa promessa simples e perfeitamente aplicada aos filhos de Deus – a nós a quem Jesus Cristo animou-se a morrer sendo nós ainda pecadores, sim, a nós, com certeza absoluta, esta promessa também a nós se aplica! – está contida a soma e a essência de todas as promessas. Aleluias! Diz mais ainda: o verdadeiro crente terá a graciosa presença de Deus com ele na vida, na morte e para sempre e sempre, amém! Aleluias!" ref.: http://www.scribd.com/doc/58751209/Pregacao-Em-tudo-dai-gracas2-PIPPSul-26-6
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 41- Faltam 528 dias para 26/04/13 e 939 dias para a Copa

A morte não é o fim! Cristo venceu a morte! E agora já não mais morremos.
Naquele deserto, naquela escola, muitas lições foram ministradas que nos servem de exemplos a fim de evitarmos cairmos nos mesmos erros do passado. Seria interessante descrevermos cronologicamente os principais assuntos que envolvem os 5 primeiros livros da Bíblia. Minha intenção não seria examinar e me aprofundar em cada acontecimento, mas apenas citá-los cronologicamente.
Meu objetivo, por hora, se limita a perseguir a semente messiânica, por isso deixarei de comentar muitas coisas que seriam interessantes. Vamos então sair do deserto e entrarmos com Josué em Canaã e vivermos um pouco da época dos juízes até chegarmos em Davi.
Considerando o relato cronológico de Lucas, partindo de Adão (1) chegaremos até Cristo (77). São estes 77 nomes que nos interessam. Dos que foram contemporâneos de Moisés até Davi, tivemos os seguintes descendentes: Aminadabe (29) ; Moisés (não fez parte da linhagem messiânica, por isso não ganhou um número de ordem); Naassom (30); Salá (31); Boaz (32);      Obede (33);      Jessé (34) Davi (35).
Deus anuncia a Moisés que o momento de sua partida estava próximo e que ele não iria cruzar o deserto e entrar na terra porque não tinha honrado o Senhor quando feriu a rocha duas vezes. Deus mesmo prepara a sua partida e diante de Deus Moisés é colhido e enterrado em um lugar que somente Deus conhece.
Deus permitiu somente a Moisés olhar a terra e depois partiria. Com Deus não devemos brincar. Aquele grande líder que Deus levantara para conduzir aquele povo rebelde pelo deserto e que pelo povo intercedeu e pediu até para seu nome ser riscado do livro da vida, não pode conquistar a promessa e teve de enfrentar a morte antes disso.
Moisés foi um pastor amado que cuidou e livrou o rebanho de Deus e é um modelo para nós de liderança, abnegação, serviço e temor a Deus. Foi dito que Moisés foi o homem mais manso da terra e este homem cometeu um erro que não poderia na presença de Deus e foi punido severamente. Intercedeu e lutou com Deus em oração, mas Deus lhe disse: - basta! Não me fales mais nisso (Dt 3:26).
Eu sempre digo para mim mesmo: - O QUE TEM DE ACONTECER, ACONTECERÁ E NÃO SERÁ DE OUTRO MODO! E poderia ser diferente? Quem sou eu? Se Deus me levantar, o que eu tenho com isso; se pelo contrário, preferir me deixar de molho, como dele sairei? Deus usa quem quer e julga da forma que quiser, pois somente ele é justo e perfeito em todos os seus caminhos.
Eu sonhava com ser pastor, com ser grande líder, por ser alguém famoso e de grande expressão e que realizaria grandes obras, mas agora, essas coisas passaram e não me atraem mais. Escrevo todos os dias e estou me atrevendo a expor idéias um pouco mais pessoais e até polêmicas, mas estou perdendo o medo. O que tenho eu que não tenha recebido? E se recebi, onde está a minha glória? Não, nada tenho recebido de glória, nem quero.
Meu sonho agora é de ser tão simplesmente um instrumento de Deus que ele usa e usará como quiser, quando quiser e se quiser. Continuarei a buscá-lo, pois isto faz parte de mim. Conheço minhas limitações e GRANDES falhas e que estou longe, ... bem longe ... de meus próprios ideais em Cristo de poder cumprir as simples funções de servo inútil.
Falta-me tanto... e sobra-me tanto que se Deus me revelasse a minha própria miséria, nem precisa ser em plenitude, basta apenas um pouco dela, eu mesmo sentiria vontade de enterrar a minha cabeça na areia para dela não levantar nunca mais!
Moisés, grande líder, morre afinal e Josué é levantado em seu lugar. Eis aqui um novo líder que irá conduzir o povo de Deus do deserto até a posse da terra de Canaã.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br