Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

I Samuel 17:1-58 - AO SENHOR PERTENCE A BATALHA

Estamos vendo a Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27, que foi dividida em três grandes seções: A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30. B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5. C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27.
Estamos, portanto, ainda na seção: A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30 que também foi dividida em quatro: 1. A unção de Davi por Samuel – vs 1 – 23 – já vista. 2. O sucesso de Davi e a aprovação inicial de Saul – 17:1 – 18:5. 3. O sucesso de Davi e a inveja de Saul – 18:6-16. 4. O sucesso de Davi e a astúcia de Saul – 18:17-30.
2. O sucesso de Davi e a aprovação inicial de Saul – 17:1 – 18:5.
Aqui se tem início uma das maiores histórias de todos os tempos em que alguém muito pequeno, fraco e, visivelmente, inferior, derrota, sem o uso de qualquer arma letal, um gigante, sabidamente mais preparado, mais forte e armado até os dentes.
Derrotar o gigante ou o Golias é uma expressão que significa que a luta será muito difícil, mas a vitória será certa. Ela virou chavão em nosso mundo e em nossa literatura. Para os que creem ela serve de sinal que diz em seus corações que a vitória vem do Senhor!
Não há o que temer, pois a batalha pertence ao Senhor. E por falar que a batalha pertence ao Senhor, recomendo o seguinte livro, em meu KINDLE: “The Battle Belongs to the Lord: The Power of Scripture for Defending Our Faith” [Paperback], K. Scott Oliphint (K. Scott Oliphint is professor of apologetics and systematic theology at Westminster Theological Seminary in Philadelphia and has written three books and numerous scholarly articles. See http://wts.edu/faculty/profiles/ksoliphint/kso_writings.html).
Apologética não é apenas para os filósofos, defendo o autor acima. Todos nós precisamos de sabedoria para defender a nossa fé. Assim, este livro, continua o autor, nos prepara para responder a incredulidade por meio de nossa arma mais poderosa.
K. Scott Oliphint investiga seis textos bíblicos sobre o assunto. Ele resume a mensagem como se segue:
Uma vez que Cristo é o Senhor, e a batalha é dele, devemos:
·        Sempre estarmos prontos para lutar pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos.
·        Temos que usar armas, mas não as que são deste mundo e sim do Senhor.
·         Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo. (II Co 10:4,5).
O livro de K. Scott Oliphint está baseado neste versículo de I Samuel 17:47, do qual ele somente apanhou o trecho: “the battle is the Lord’s”, em português: “A batalha pertence ao Senhor”.
Deus usa quem ele quer usar. Quando vamos à batalha, seja ela qual for, existe uma maneira especial de obter a vitória e não se queimar. Ela pertence ao Senhor e a quem ele quiser dar. Há sempre um jeito perfeito de se fazer algo... mas esse jeito perfeito pertence somente ao Senhor e àquele a quem ele quiser revelar... Pertence a nós!
I Coríntios 1:27 pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes;
I Coríntios 1:28 e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são;
I Coríntios 1:29 a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus.
I Samuel 17:47 e para que toda esta assembléia saiba que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; pois do Senhor é a batalha, e ele vos entregará em nossas mãos.      .
Quando Davi enfrentou Golias, ele não era um tolo. Para derrotá-lo - um gigante e poderoso guerreiro -, somente um guerreiro mais forte do que ele. Quem foi este guerreiro? Davi? Nunca! Davi não lutou sozinho, este foi seu segredo! Ele não foi em seu próprio nome contra o gigante guerreiro experiente, mas ele foi em o nome do Senhor.
No entanto, se coloque na posição de Davi e veja que complicado quadro temos ali que somente uma fé muito louca poderia superar. Eu, de fato, nem sei se seria como Davi, antes, creio, seria como todos os outros soldados, ou pior, nem soldado seria.
Davi agiu daquela forma por causa do Espírito Santo de Deus que o incitou a ir contra o gigante e lhe deu vitória. Depois da vitória, a exaltação e a glória, pois todos comentavam tão grande proeza, coragem e feito.
Para não cair em pecado de orgulho e de vaidade, somente devolvendo toda a glória a quem tem glórias de direito, ao Senhor da glória. Sem ele, nenhuma vitória aconteceria.
Afrontar a Deus é um ato insensato que Golias pagou com sua própria vida, sendo humilhado em sua derrota, por um menino ruivo e simpático, armado com paus e pedras como um perseguidor de cães.
Ana falou disso também em seu cântico. Ela falou dos que afrontam a Deus: I Samuel 2:10 Os que contendem com o SENHOR são quebrantados; dos céus troveja contra eles. O SENHOR julga as extremidades da terra, dá força ao seu rei e exalta o poder do seu ungido.
Repetindo o que já disse quando falei sobre o cântico de Ana: Quem é que contende com o Senhor? Porque resolvem afrontá-lo como se Deus fosse algo desprezível ou fosse como os deuses antigos que não passavam de invencionices humanas? O homem criou deuses à sua imagem e à sua semelhança para se relacionarem com eles porque queriam se relacionar com Deus à sua maneira e não como Deus orienta em sua palavra.
O resultado disso foi que o gigante em que confiavam os filisteus caiu e tombou diante dos israelitas, depois de 40 dias afrontando. O próximo passos deles seria arrasar e destruir Israel para sempre, mas os passos de Deus eram outros.
Os filisteus oprimiram muito os filhos de Israel, mas também foram muito humilhados. É só lembrar de Sangar, o terceiro juiz de Israel de origem desconhecida - Jz 3:31; Jz 5:6 - que venceu também os filisteus usando igualmente a Sansão uma aguilhada de bois e abateu também 1000 deles.
Acho que os filisteus já estavam criando traumas contra Israel. Davi – mais para frente teremos a oportunidade de ver - ainda porá um fim definitivo a todos os filisteus.
I Sm 17:1 E os filisteus ajuntaram as suas forças para a guerra
            e congregaram-se em Socó, que está em Judá, e acamparam-se entre Socó
                        e Azeca, no termo de Damim.
I Sm 17:2 Porém Saul e os homens de Israel se ajuntaram e acamparam
            no vale do carvalho, e ordenaram a batalha contra os filisteus.
I Sm 17:3 E os filisteus estavam num monte de um lado,
            e os israelitas estavam num monte do outro lado;
                        e o vale estava entre eles.
I Sm 17:4 Então saiu do arraial dos filisteus um homem guerreiro,
            cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura
                        seis côvados e um palmo.
            I Sm 17:5 Trazia na cabeça um capacete de bronze,
                        e vestia uma couraça de escamas;
                        e era o peso da couraça de cinco mil siclos de bronze.
            I Sm 17:6 E trazia grevas de bronze por cima de seus pés,
                        e um escudo de bronze entre os seus ombros.
            I Sm 17:7 E a haste da sua lança era como o eixo do tecelão,
                        e a ponta da sua lança de seiscentos siclos de ferro,
                                   e diante dele ia o escudeiro.
            I Sm 17:8 E parou, e clamou às companhias de Israel, e disse-lhes:
                        Para que saireis a ordenar a batalha? Não sou eu filisteu
                                   e vós servos de Saul? Escolhei dentre vós um homem
                                               que desça a mim.
                        I Sm 17:9 Se ele puder pelejar comigo, e me ferir,
                                   a vós seremos por servos; porém, se eu o vencer,
                                   e o ferir, então a nós sereis por servos, e nos servireis.
            I Sm 17:10 Disse mais o filisteu:
                        Hoje desafio as companhias de Israel, dizendo:
                                   Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.
I Sm 17:11 Ouvindo então Saul e todo o Israel estas palavras do filisteu,
            espantaram-se, e temeram muito.
I Sm 17:12 E Davi era filho de um homem efrateu,
            de Belém de Judá, cujo nome era Jessé, que tinha oito filhos;
                        e nos dias de Saul era este homem já velho e adiantado
                                   em idade entre os homens.
            I Sm 17:13 Foram-se os três filhos mais velhos de Jessé,
                        e seguiram a Saul à guerra; e eram os nomes de seus três filhos,
                                   que se foram à guerra, Eliabe, o primogênito,
                                   e o segundo Abinadabe, e o terceiro Sama.
            I Sm 17:14 E Davi era o menor; e os três maiores seguiram a Saul.
            I Sm 17:15 Davi, porém, ia e voltava de Saul,
                        para apascentar as ovelhas de seu pai em Belém.
I Sm 17:16 Chegava-se, pois, o filisteu pela manhã e à tarde;
            e apresentou-se por quarenta dias.
I Sm 17:17 E disse Jessé a Davi, seu filho:
            Toma, peço-te, para teus irmãos um efa deste grão tostado e estes dez
                        pães, e corre a levá-los ao arraial, a teus irmãos.
            I Sm 17:18 Porém estes dez queijos de leite leva ao capitão de mil;
                        e visitarás a teus irmãos, a ver se vão bem;
                                   e tomarás o seu penhor.
I Sm 17:19 E estavam Saul, e eles, e todos os homens de Israel
            no vale do carvalho, pelejando com os filisteus.
            I Sm 17:20 Davi então se levantou de madrugada, pela manhã,
                        e deixou as ovelhas com um guarda, e carregou-se,
                                   e partiu, como Jessé lhe ordenara;
                        e chegou ao lugar dos carros, quando já o exército saía em
                                   ordem de batalha, e a gritos chamavam à peleja.
            I Sm 17:21 E os israelitas e filisteus se puseram em ordem,
                        fileira contra fileira.
            I Sm 17:22 E Davi deixou a carga que trouxera na mão do guarda
                        da bagagem, e correu à batalha; e, chegando, perguntou a seus
                                   irmãos se estavam bem.
            I Sm 17:23 E, estando ele ainda falando com eles, eis que vinha
                        subindo do exército dos filisteus o homem guerreiro,
                                   cujo nome era Golias, o filisteu de Gate;
                                   e falou conforme àquelas palavras, e Davi as ouviu.
            I Sm 17:24 Porém todos os homens em Israel, vendo aquele homem,
                        fugiram de diante dele, e temiam grandemente.
I Sm 17:25 E diziam os homens de Israel:
            Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel;
                        há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de
                                   grandes riquezas, e lhe dará a sua filha,
                                               e fará livre a casa de seu pai em Israel.
            I Sm 17:26 Então falou Davi aos homens que estavam com ele,
                        dizendo: Que farão àquele homem, que ferir a este filisteu,
                                   e tirar a afronta de sobre Israel?
                        Quem é, pois, este incircunciso filisteu,
                                   para afrontar os exércitos do Deus vivo?
            I Sm 17:27 E o povo lhe tornou a falar conforme àquela palavra
                        dizendo: Assim farão ao homem que o ferir.
            I Sm 17:28 E, ouvindo Eliabe, seu irmão mais velho, falar àqueles
                        homens, acendeu-se a ira de Eliabe contra Davi, e disse:
                                   Por que desceste aqui? Com quem deixaste aquelas
                                               poucas ovelhas no deserto?
                        Bem conheço a tua presunção, e a maldade do teu coração,
                                   que desceste para ver a peleja.
I Sm 17:29 Então disse Davi:
            Que fiz eu agora? Porventura não há razão para isso?
            I Sm 17:30 E desviou-se dele para outro,
                        e falou conforme àquela palavra;
                        e o povo lhe tornou a responder conforme às primeiras palavras.
            I Sm 17:31 E, ouvidas as palavras que Davi havia falado,
                        as anunciaram a Saul, que mandou chamá-lo.
I Sm 17:32 E Davi disse a Saul:
            Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá,
                        e pelejará contra este filisteu.
I Sm 17:33 Porém Saul disse a Davi:
            Contra este filisteu não poderás ir para pelejar com ele;
                        pois tu ainda és moço, e ele homem de guerra
                                   desde a sua mocidade.
I Sm 17:34 Então disse Davi a Saul:
            Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai;
                        e quando vinha um leão e um urso,
                                   e tomava uma ovelha do rebanho,
            I Sm 17:35 Eu saia após ele e o feria, e livrava-a da sua boca;
                        e, quando ele se levantava contra mim, lançava-lhe mão da
                                   barba, e o feria e o matava.
            I Sm 17:36 Assim feria o teu servo o leão, como o urso;
                        assim será este incircunciso filisteu como um deles;
                                   porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.
I Sm 17:37 Disse mais Davi:
            O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso;
                        ele me livrará da mão deste filisteu.
Então disse Saul a Davi:
            Vai, e o SENHOR seja contigo.
            I Sm 17:38 E Saul vestiu a Davi de suas vestes,
                        e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze;
                                   e o vestiu de uma couraça.
            I Sm 17:39 E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes,
                        e começou a andar; porém nunca o havia experimentado;
                                   então disse Davi a Saul:
                                   Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei.
            E Davi tirou aquilo de sobre si. I Sm 17:40 E tomou o seu cajado na
                        mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro,
                                   e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber,
                                               no surrão, e lançou mão da sua funda;
                                                           e foi aproximando-se do filisteu.
            I Sm 17:41 O filisteu também vinha se aproximando de Davi;
                        e o que lhe levava o escudo ia adiante dele.
            I Sm 17:42 E, olhando o filisteu, e vendo a Davi,
                        o desprezou, porquanto era moço, ruivo, e de gentil aspecto.
I Sm 17:43 Disse, pois, o filisteu a Davi:
            Sou eu algum cão, para tu vires a mim com paus?
                        E o filisteu pelos seus deuses amaldiçoou a Davi.
            I Sm 17:44 Disse mais o filisteu a Davi: Vem a mim,
                        e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo.
I Sm 17:45 Davi, porém, disse ao filisteu:
            Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo;
                        porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos,
                                   o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.
            I Sm 17:46 Hoje mesmo o SENHOR te entregará na minha mão,
                        e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos
                                   filisteus darei hoje mesmo às aves do céu
                                               e às feras da terra;
                                               e toda a terra saberá que há Deus em Israel;
            I Sm 17:47 E saberá toda esta congregação que o SENHOR salva,
                        não com espada, nem com lança;
                                   porque do SENHOR é a guerra,
                                               e ele vos entregará na nossa mão.
            I Sm 17:48 E sucedeu que, levantando-se o filisteu, e indo encontrar-se
                        com Davi, apressou-se Davi, e correu ao combate,
                                   a encontrar-se com o filisteu.
            I Sm 17:49 E Davi pôs a mão no alforje, e tomou dali uma pedra
                        e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa,
                                   e a pedra se lhe encravou na testa, e caiu sobre o seu
                                               rosto em terra.
            I Sm 17:50 Assim Davi prevaleceu contra o filisteu, com uma funda
                        e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou;
                                   sem que Davi tivesse uma espada na mão.
            I Sm 17:51 Por isso correu Davi, e pôs-se em pé sobre o filisteu,
                        e tomou a sua espada, e tirou-a da bainha, e o matou,
                                   e lhe cortou com ela a cabeça;
                        vendo então os filisteus, que o seu herói era morto, fugiram.
I Sm 17:52 Então os homens de Israel e Judá se levantaram,
            e jubilaram, e seguiram os filisteus, até chegar ao vale,
                        e até às portas de Ecrom;
            e caíram os feridos dos filisteus pelo caminho de Saaraim até Gate
                        e até Ecrom.
            I Sm 17:53 Então voltaram os filhos de Israel de perseguirem
                        os filisteus, e despojaram os seus arraiais.
            I Sm 17:54 E Davi tomou a cabeça do filisteu, e a trouxe a Jerusalém;
                        porém pôs as armas dele na sua tenda.
I Sm 17:55 Vendo, porém, Saul, sair Davi a encontrar-se com o filisteu,
            disse a Abner, o capitão do exército:
                        De quem é filho este moço, Abner?
            E disse Abner:
                        Vive a tua alma, ó rei, que o não sei.
            I Sm 17:56 Disse então o rei:
                        Pergunta, pois, de quem é filho este moço.
            I Sm 17:57 Voltando, pois, Davi de ferir o filisteu,
                        Abner o tomou consigo, e o trouxe à presença de Saul,
                                   trazendo ele na mão a cabeça do filisteu.
            I Sm 17:58 E disse-lhe Saul:
                        De quem és filho, jovem?
            E disse Davi:
                        Filho de teu servo Jessé, belemita.
Davi venceu Golias! Isso foi o que foi proclamado embaixo do sol e todos comentavam o grande feito de Davi. Recebeu honrarias, prêmios, prestígio, fama e até o direito a ser genro do rei de Israel.
Na verdade, Davi não venceu Golias, antes Deus deu a vitória a Davi por causa da afronta dele contra os filhos de Israel. Davi foi o instrumento pelo qual Deus executou a sua justiça diante do afrontador do Deus de Israel. Que isso fique bem claro para todos nós.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 57 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 475 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

terça-feira, 15 de abril de 2014

I Samuel 16:1-23 - Davi nos planos de Deus

Depois dessas coisas onde Saul fora rejeitado pelo Senhor devido à sua rejeição ao Senhor, entraremos na terceira parte, das cinco propostas, de nossa divisão de I e II Samuel.
Parte III - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27.
Esses capítulos, dessa divisão didática proposta, narrarão em três grandes seções a ascensão de Davi ao poder e à queda e a morte de Saul.
Assim, dividiremos esta terceira parte, seguindo a estruturação da BEG, em três subpartes. A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30. B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5. C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27.
A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30.
Por ironia do destino, que de destino não tinha nada, tudo é propósitos dentro desta terra, a própria família de Saul gostava de Davi. Saul ficou isolado em sua inveja, mas mesmo assim causou muitos problemas a Davi. Também dividiremos esta subparte em quatro seções.
São elas: 1. A unção de Davi por Samuel – vs 1 - 23. 2. O sucesso de Davi e a aprovação inicial de Saul – 17:1 – 18:5. 3. O sucesso de Davi e a inveja de Saul – 18:6-16. 4. O sucesso de Davi e a astúcia de Saul – 18:17-30.
1. A unção de Davi por Samuel – vs 1 - 23.
Samuel ainda estava abatido por causa de Saul e o Senhor o repreende dizendo até quando ele iria ter dó de Saul, havendo ele, o Senhor, o rejeitado?
A escolha de Saul tinha sido do Senhor e agora, novamente, era ele quem escolhia e quem rejeitava. Ele resolveu escolher outro líder para Israel.
Dá ordens para Samuel se levantar, encher o chifre de azeite e ir até a casa de Jessé, pois seria ali que ele iria ungir o futuro rei de Israel. Samuel temeu, a princípio, porque teria de voltar para onde estaria Saul e sabendo quem ele era, temia por sua vida.
O Senhor mesmo lhe dá uma saída e ele vai cumprir algo que nem todos sabiam, mas somente ele e Deus. Para quem o visse e o interrogasse, ele diria que estaria indo sacrificar ao Senhor. Na verdade, na verdade, a missão era bem outra. Curioso este fato.
Realmente ao chegar em Belém sua presença é notada e o interrogam e ele diz que veio sacrificar ao Senhor e convida o povo. E assim santificou a Jessé e convidou eles para o sacrifício.
Na casa de Jessé estavam eles todos e a missão principal de Samuel estava para ser cumprida. Ele reúne toda a família e pede que passe diante dele os seus filhos pois ele iria escolher e ungir um deles.
A aposta de todos era para o primeiro filho de Jessé, Eliabe, de boa aparência, forte, grande, guerreiro, o orgulho do pai. Samuel também se encanta com sua aparência e diz em seu coração que era ele, mas o Senhor dá uma lição muito importante para todos nós.
A grande lição era que nossos olhos são enganosos e que buscam a formosura e a aparência, mas o Senhor vê o coração e o mais profundo do ser. Quanto a Eliabe, Deus o havia rejeitado!
Depois fez passar a Abinadabe, a Sama e a todos os seus sete filhos, mas nenhum deles tinha o Senhor escolhido. O próprio pai tinha se esquecido do seu menino mais novo. Tanto que nem ali estava para ser apresentado diante de Samuel.
Samuel mesmo ficou confuso e perguntou ao pai se seus filhos tinham todos estado ali com ele e ele confessa que havia um que estava no pasto cuidando de suas ovelhas.
Jessé manda então chamar a Davi e todos tiveram de esperar ele chegar para que o banquete do almoço pudesse ser servido para todos ali. Isso mostra para nós grandes lições importantes.
Primeira: Deus não chama desocupados, mas aqueles que estão ocupados, não importa com o quê, mas aqui temos Davi que estava trabalhando e sendo fiel na sua missão e cuidando das ovelhas de seu pai. Diz a palavra que se somos fiéis no pouco, no muito seremos constituídos – Lc 16:10.
Segunda: - quando chega a nossa hora, tudo pára a fim de que de o tempo devido para a recebermos e nada pode nos impedir. Samuel parou suas atividades, bem assim Jessé e todos os seus irmãos e toda gente que ali estavam.
Somente teve prosseguimento a unção e o banquete após a unção, depois que Davi chegou.
Então o Senhor confirmou para Samuel que Davi era o escolhido e ele foi ungido na presença de todos. A partir daqui o Espírito de Deus se apossou dele de forma tremenda.
No mesmo instante, o Espírito do Senhor tinha abandonado a Saul e no lugar dele, outro espírito, um espírito maligno, da parte do Senhor que atormentava Saul.
Aquilo era atormentador e Saul muito se incomodava e seus servos lhe mostram uma saída. Ele deveria buscar um tangedor, alguém que soubesse tocar harpa para tocando ela, ele sentir alívio. A busca começa por um tangedor e quem eles escolhem de forma totalmente aleatória? Davi!
Quando Deus está no caso, portas se abrem sem nem ao menos sabermos de onde e como foi aberta, mas abre. E onde vai parar o futuro rei de Israel? Justamente junto, na intimidade, do atual rei de Israel. Saul mandou uma comitiva à casa de Jessé convocando seu filho Davi para um encargo real.
Era como se fosse um estágio supervisionado, uma escola para Davi, um treinamento de primeira linha. Saul se encanta com Davi e se sente muito aliviado quando lhe sobrevém as crises e assim torna ele seu escudeiro e lhe dá lugar de destaque no reino.
À princípio, ninguém o invejou, nem o temeu, pois sua entrada foi tão sutil e tão agradável que também logo conquistou toda família de Saul e os principais dos guardas e líderes de Saul. Ele não representava uma ameaça!
I Sm 16:1 Então disse o SENHOR a Samuel:
            Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado,
                        para que não reine sobre Israel?
            Enche um chifre de azeite, e vem, enviar-te-ei a Jessé o belemita;
                        porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.
I Sm 16:2 Porém disse Samuel:
            Como irei eu? pois, ouvindo-o Saul, me matará.
Então disse o SENHOR:
            Toma uma bezerra das vacas em tuas mãos, e dize:
                        Vim para sacrificar ao SENHOR.
                        I Sm 16:3 E convidarás a Jessé ao sacrifício;
                                   e eu te farei saber o que hás de fazer,
                                               e ungir-me-ás a quem eu te disser.
I Sm 16:4 Fez, pois, Samuel o que dissera o SENHOR, e veio a Belém;
            então os anciãos da cidade saíram ao encontro, tremendo, e disseram:
                        De paz é a tua vinda?
            I Sm 16:5 E disse ele:
                        É de paz, vim sacrificar ao SENHOR; santificai-vos,
                                   e vinde comigo ao sacrifício.
                        E santificou ele a Jessé e a seus filhos,
                                   e os convidou ao sacrifício.
I Sm 16:6 E sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe, e disse:
            Certamente está perante o SENHOR o seu ungido.
            I Sm 16:7 Porém o SENHOR disse a Samuel:
                        Não atentes para a sua aparência,
                        nem para a grandeza da  sua estatura,
                                   porque o tenho rejeitado;
                                   porque o SENHOR não vê como vê o homem,
                                   pois o homem vê o que está diante dos olhos,
                                               porém o SENHOR olha para o coração.
            I Sm 16:8 Então chamou Jessé a Abinadabe, e o fez passar
                        diante de Samuel, o qual disse:
                                   Nem a este tem escolhido o SENHOR.
            I Sm 16:9 Então Jessé fez passar a Sama; porém disse:
                        Tampouco a este tem escolhido o SENHOR.
            I Sm 16:10 Assim fez passar Jessé a seus sete filhos diante de Samuel;
                        porém Samuel disse a Jessé:
                                   O SENHOR não tem escolhido a estes.
            I Sm 16:11 Disse mais Samuel a Jessé:
                        Acabaram-se os moços?
            E disse:
                        Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas.
            Disse, pois, Samuel a Jessé:
                        Manda chamá-lo, porquanto não nos assentaremos
                                   até que ele venha aqui.
            I Sm 16:12 Então mandou chamá-lo e fê-lo entrar
                        (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença);
                                   e disse o SENHOR:
                                               Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo.
            I Sm 16:13 Então Samuel tomou o chifre do azeite,
                        e ungiu-o no meio de seus irmãos;
                        e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR
                                   se apoderou de Davi; então Samuel se levantou,
                                               e voltou a Ramá.
I Sm 16:14 E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul,
            e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.
            I Sm 16:15 Então os criados de Saul lhe disseram:
                        Eis que agora o espírito mau da parte de Deus te atormenta;
            I Sm 16:16 Diga, pois, nosso senhor a seus servos, que estão na tua
                        presença, que busquem um homem que saiba tocar harpa,
                                   e será que, quando o espírito mau da parte de Deus
                                               vier sobre ti, então ele tocará com a sua mão,
                                                           e te acharás melhor.
            I Sm 16:17 Então disse Saul aos seus servos:
                                   Buscai-me, pois, um homem que toque bem,
                                               e trazei-mo.
            I Sm 16:18 Então respondeu um dos moços, e disse:
                        Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita,
                                   que sabe tocar e é valente e vigoroso,
                                   e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil
                                               presença; o SENHOR é com ele.
            I Sm 16:19 E Saul enviou mensageiros a Jessé, dizendo:
                        Envia-me Davi, teu filho, o que está com as ovelhas.
            I Sm 16:20 Então tomou Jessé um jumento carregado de pão,
                        e um odre de vinho, e um cabrito, e enviou-os a Saul
                                   pela mão de Davi, seu filho.
            I Sm 16:21 Assim Davi veio a Saul, e esteve perante ele,
                        e o amou muito, e foi seu pajem de armas.
            I Sm 16:22 Então Saul mandou dizer a Jessé:
                        Deixa estar a Davi perante mim,
                                   pois achou graça em meus olhos.
            I Sm 16:23 E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus
                        vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa,
                                   e a tocava com a sua mão;
                        então Saul sentia alívio, e se achava melhor,
                                   e o espírito mau se retirava dele
As coisas de Deus são tão interessantes e fascinantes! Quem diria que Davi que até tão pouco tempo estava ali esquecido, cuidando das ovelhinhas de seu pai tivesse sua vida mudado da noite para o dia?
Ele adormeceu pastor de ovelhas e desprezado até em sua própria casa e amanheceu rei de Israel. É por isso que jamais devemos abandonar nossa fidelidade e serviço e sonhos. Façamos a nossa parte da melhor forma que pudermos, pois alguém pode estar de olho e querer nos ungir para uma obra especial.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 58 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 476 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...