Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

sábado, 26 de maio de 2018

27 de Maio - 454 anos da morte de Calvino - Qual o Sentido da Vida?


Na data de 27 de maio de 2018, comemoramos 454 anos da morte de João Calvino ou em dias, para quem gosta, 165.824. Eu estou aproveitando este dia, esta oportunidade de pregação, este momento, para trazer aos nossos corações uma reflexão sobre a palavra de Deus.

É interessante compararmos João Calvino com Martinho Lutero. 
Ambos viveram em uma época interessante na história da igreja e pelas suas vidas trouxeram transformações que mudaram o mundo por causa do apego que tiveram à Palavra de Deus.
O pai de João Calvino queria que seu filho fosse teólogo e este se formou em direito. O pai de Martinho Lutero queria que seu filho se formasse em direito, mas este se formou em teologia. 
Mesmo assim, ambos são fenômenos, verdadeiros gigantes na fé. Nós hoje devemos a estes homens e ao empenho deles a Bíblia que está em nossas mãos.
Uma pequenina história sobre o sentido da vida!
Livro disponível à venda em
www.ossemeadores.com.br
- Havia um sábio que vivia numa montanha onde todas as pessoas daquela região seguiam e havia um discípulo mais chegado que em um determinado dia, antes da morte do sábio, resolveu fazer-lhe uma pergunta importante sobre o significado da vida e perguntou-lhe:
- Mestre o que é a vida? O sábio parou, refletiu e logo lhe respondeu: filho, a vida é um rio.
Aquele discípulo ficou tão encantado que começou a passar aquele conceito para todas as pessoas que conhecia e a informação foi indo de vizinho a vizinho e todos se admiravam com aquilo “A vida é um rio!”.
Até que a informação chegou a um simples camponês que resolveu perguntar. Tudo bem, é bonito, a vida é um rio, mas... por que a vida é um rio?
E assim aquela pergunta voltou pelo caminho de ida até chegar naquele primeiro discípulo que andava perto do homem sábio que não resistindo resolveu questionar o homem sábio:
- Mestre por que a vida é um rio?
O sábio lhe respondeu: - filho a vida não é mais um rio!
Nessa historinha oriental o sentido da vida estava num significado que quando foi questionado o seu sentido, misteriosamente perdeu o seu sentido.
Mas sim, qual o sentido da vida? A ciência busca isso, bem assim os filósofos e estudiosos em geral. Ao contrário da historinha cujo significado da vida se perdeu porque este significado foi questionado, nós apresentaremos um significado que depois de questionado mais firme ficará em nossos corações.
É interessante notarmos que Calvino buscando este significado dizia que há três questões básicas da vida que necessitam ser tratadas de imediato:
1) Como uma pessoa se relaciona com Deus.
2) Como uma pessoa se relaciona com outras pessoas.
3) Como uma pessoa que se relaciona com Deus e com as outras pessoas se relacionam com o mundo criado por Deus.
Quanto a esses relacionamentos Abraham Kuyper (1837/1920) faz a seguinte colocação em seu livro CALVINISMO:
Resumo dos Três Primeiros Relacionamentos:
Assim, é demonstrado que o Calvinismo tem um ponto de partida claramente definido para as três relações fundamentais de toda existência humana própria: a saber, nossa relação
·       com Deus,
·       com o homem
·       e com o mundo.
Para nossa relação com Deus:
uma comunhão imediata do homem com o Eterno, independentemente do sacerdote ou igreja.
Para a relação do homem com o homem:
o reconhecimento do valor humano em cada pessoa, que é seu em virtude de sua criação conforme a semelhança de Deus, e portanto da igualdade de todos os homens diante de Deus e de seu magistrado.
E para nossa relação com o mundo:
o reconhecimento que no mundo inteiro a maldição é restringida pela graça, que a vida do mundo deve ser honrada em sua independência, e que devemos, em cada campo, descobrir os tesouros e desenvolver as potências ocultas por Deus na natureza e na vida humana.
Isto justifica plenamente nossa declaração de que o Calvinismo deve responder as três condições acima mencionadas, e assim está incontestavelmente autorizado a tomar sua posição ao lado [atrevo-me a coloca-lo acima, por causa de sua origem, de cima, do alto, de Deus] do Paganismo, Islamismo, Romanismo e Modernismo, e a reivindicar para si a glória de possuir um princípio bem definido e um sistema de vida abrangente.” 
(CALVINISMO, de Abrahan Kuyper).

quarta-feira, 23 de maio de 2018

SERMÃO DO CASAMENTO REAL - 2018

Fonte da imagem: https://media3.s-nbcnews.com/j/MSNBC/Components/Video/201805/tdy_news_royals_wedding_sermon_717_180519_1920x1080.today-vid-canonical-featured-desktop.jpg

Esta é uma síntese do sermão do casamento entre o Príncipe Harry e Meghan Markle.que tem mais de 20 minutos de duração... 
👑 SERMÃO DO CASAMENTO REAL 👑
"Muitas águas não podem apagar o amor, nem inundações podem afogá-lo".
Dr. Martin Luther King Jr. disse certa vez: "Precisamos descobrir o poder do amor, o poder redentor do amor. E quando descobrirmos isso, seremos capazes de fazer deste velho mundo um novo mundo.
O amor é o único caminho.
Há poder no amor. Não o subestime. Qualquer um que já tenha se apaixonado sabe o que eu quero dizer.
Mas pense no amor sob qualquer forma. Ser amado e expressar amor é bom. Há alguma coisa certa a respeito disso. E por um motivo.
Um antigo poema medieval diz: "Onde houver o amor verdadeiro, o próprio Deus estará presente".
Na Bíblia, João diz isso da seguinte forma:
"Amada (o), vamos amar um aos outros
porque o amor vem de Deus; todos os que amam são filhos de Deus.
Aquele que não ama não conhece Deus
Porque Deus é amor."
Há poder no amor. O amor pode ajudar e curar quando nada mais pode. O amor pode levantar e liberar para a vida quando nada mais o fará.
E o amor que aproxima duas pessoas é o mesmo amor que pode mantê-las juntas, seja no cume da felicidade ou nos vales da dificuldade.
 *O amor é forte como a morte
Seus clarões são clarões de fogo.
Muitas águas não podem apagar o amor.
O amor pode ver através de você. Há poder no amor* .
Mas o amor do qual eu falo não é apenas para casais que se casam ou apenas para relações interpessoais.
Jesus de Nazaré nos ensinou que o caminho do amor é o caminho para uma relação verdadeira com o Deus que criou todos nós, e o caminho para uma relação verdadeira com os outros como filhos de um único Deus, como irmãos e irmãs na família humana de Deus.
Um erudito disse isso da seguinte maneira: "Jesus encontrou o mais revolucionário movimento da História humana: um movimento construído sobre o amor incondicional de Deus pelo mundo e o mandato para viver este amor" (Charles Marsh, "The Beloved Community")
E ao fazer isso, mudamos vidas e o próprio mundo. Há um motivo para isso.
Um velho 'espiritual' pode sugerir por quê:
"Se você não pode pregar como Pedro,
E não pode orar como Paulo,
Você pode falar do amor de Jesus,
como ele morreu para nos salvar
Há um bálsamo em Gileade
Para curar os feridos
Há um bálsamo em Gileade
Para curar a alma doente do pecado
Apenas fale sobre o amor de Jesus, como ele morreu para nos salvar."
Ele não sacrificou sua vida por si mesmo, por nada que pudesse ganhar. Ele fez isso pelos outros, pelo outro, pelo bem e o bem-estar de outros. Isso é amor.
Como Paulo diz isso?
O amor não é invejoso, rude ou arrogante
O amor não busca os seus próprios interesses.
O amor é altruísta, se sacrifica, é bom e justo.
O amor busca o bem e o bem-estar do outro.
O amor cria espaço para que o outro seja.
Esse amor, esse é o caminho de Jesus. E é o que muda o jogo.
Imagine nossos lares e famílias quando esse caminho de amor é escolhido.
Imagine nossos bairros e comunidades quando o amor é o caminho.
Imagine nossos governos e nossos países quando o amor é o caminho.
Imagine os negócios e o comércio quando o amor é o caminho.
Imagine o mundo quando o amor é o caminho.
Nenhuma criança iria para a cama com fome em um mundo como esse.
A pobreza seria história em um mundo como esse.
Nós trataríamos uns aos outros como filhos de Deus, sem prestar atenção nas diferenças.
Nós aprenderíamos a largar nossas espadas e escudos à beira do rio e não estudaríamos mais a guerra.
Haveria um novo céu, uma nova terra, um novo mundo. Uma nova e bela família humana.
Este é o sonho de Deus."
REV. MICHAEL B. CURRY

sexta-feira, 18 de maio de 2018

VIGIAI E ORAI...

____UM BOM DIA PARA REFLETIRMOS_____
Um cavalo estava amarrado a uma árvore. Um demônio veio e o soltou.

O cavalo entrou na horta de camponeses vizinhos e começou a comer tudo.

A mulher do dono da horta, quando viu aquilo, pegou o rifle e matou o cavalo. O dono do cavalo viu o cavalo morto, ficou enraivecido e também pegou seu rifle e atirou contra a mulher.

Ao voltar para casa, o camponês encontrou a mulher morta e matou o dono do cavalo. Os filhos do dono do cavalo, ao ver o pai morto, queimaram a fazenda do camponês.
O camponês, em represália, os matou.

Aí perguntaram ao demônio o que ele havia feito e ele respondeu: – “Não fiz nada, só soltei o cavalo”. Viu? O diabo faz coisas simples ... porque sabe que se o nosso coração está sujo, a nossa maldade faz o resto.

Por isso, vamos pensar antes de fazer algo vingativo, mandar indiretas, desejar ou maquinar o mal contra nossos irmãos! Vamos cuidar do nosso coração ... porque para o Demônio, basta só "soltar o cavalo".
Créditos ao A.D.
#Vigiai

domingo, 13 de maio de 2018

TRIBUTOS ÀS MÃES

Ouça uma linda homenagem na http://radio.ossemeadores.com

Maternidade é sacerdócio sem ócio.

É jugo desigual na sociedade laboral.
Falar de mãe não é tarefa fácil. É assunto complicado. Lhes sobram virtudes, gestos nobres, elementos vitais e um bocado de predicado...
Mãe, monossílabo universal que embute a força de um substantivo coletivo, simboliza energia e paz até aquele ser pouco amado e menos afetivo...  
Não se iluda, mãe não se destempera: dá tempero à vida efêmera...  
Que tal usar o latim, inglês, alemão ou um pouquinho de espanhol, e honrar essa pessoa tão especial, que ilumina vidas com a intrepidez de um raio e a intensidade de um caloroso sol...
Use um anagrama à palavra “mãe” e ache a razão de sua existência imperativa: ãme! uma ordem, uma linda diretiva...
Mãe-avó, mãe-coruja, mãe-parceira, mãe-trator pro que der e vier, mexa com sua prole e verás que o melhor jeito é fugir e dar no pé...
Mãe sentimento que exala poros pele afora doce e suave frescor do eterno mistério do amor, perfuma nossas vidas além d´alma com gostoso e profundo olor...
Quando o mundo parece não querer mais abraçar, trisca em nós singelo cafuné, afago e palavra que se assume santa, capaz de fazer voar e quiçá até sonhar...
Quem inventou mãe mascarou com zelo a fórmula e seu segredo. Quer saber, com tal sabedoria evitou assim um mundo menos insípido e tão azedo...
Mãe é luz, paixão e cumplicidade, não à toa desde o cordão umbilical rega vida com sal a gosto e doses de felicidade sem igual...
Filhos podem ser bastardos. Pais biológicos e sociais. Mães são de vários tipos, mas sempre originais... 
Aquele que diz que mãe ama mais a caçula que aquele irmão, desconhece pouco importar o tamanho da ação e reação, o que ela quer é repartir um colo quente e doar, vá lá, uma lasquinha mínima que seja pra todos de seu grande coração...  
Mãe é ser complexo, sem etnia, intrigante, angelical, amorosa, amante, com virtudes e defeitos sem iguais. A mais durona consegue destilar sutis traços de uma realeza espiritual, que rompe paradigmas e conceitos radicais.     
Mãe é igual à partitura de orquestra, quiçá de um coral. É ouvir a mais espetacular composição sob uma regência que proporciona benção descomunal... 
Mãe berimbau faz dançar quanto aprontas sem igual, busca educar com palavra tal, sempre em busca de teu bem, polindo caráter, sem nunca cultivar o mal....
Sem cuidar de tempos de tristezas e lutas pessoais, não se permite o capricho de esquecer de outros seres em suas angústias existenciais, opta relevar seus próprios descompassos emocionais...            
Mãe cosmopolita, trabalhadora, Geni, pura ou idealista. Por que um simples rótulo, pois sempre nos seduz, ajuda e reconquista?
Mãe não tem preço e é rica em apreço e que Deus te protejas sem limites. Jogues fora palavras duras e servidas a frio. Olhe mãezinha, fiques sempre bem e estejamos quites...
Nenhuma delas escolhe que tipo de mãe será. Somente a vida ensinará como proceder e compartilhar, seja ela de um quilombola, criada em Santos, BH ou veredas do Ceará...   
Qual mãe não deseja ser amada e sonhar sonhos pueris, não tão santos e bem desafiadores. Outros apenas precisam um pouquinho mais da atenção e parceria dos senhores...
Certo poeta ofereceu-lhes lírica e doce letra que se tornou densa e terna composição, pudera, falar de mãe é nadar gostoso e seguro rumo à alma e percorrer as trilhas sinuosas do amor incrustadas no coração...   


                                            DIA DAS MÃES –– IVAN PEDRO BRAGA FILHO
MAIO DE 2018

domingo, 29 de abril de 2018

A Importância da Escola Bíblica Dominical (EBD)

| Para nossa reflexão:

Muitos cristãos ainda desconhecem o prazer de frequentar assiduamente a Escola Bíblica Dominical. Para eles, o desafio de acordarem mais cedo no domingo parece algo intransponível. Mas qual é, de fato, a importância dessa programação no domingo? Por que deveríamos considerar participar da Escola Dominical? Abaixo, seguem algumas sugestões.

• A Escola Dominical ajuda a aumentar o seu conhecimento bíblico. O estudo de diferentes assuntos à luz das Escrituras auxilia o aluno a conhecer mais o conteúdo bíblico, bem como a manusear melhor o Livro Sagrado.

• A Escola Dominical contribui para o seu crescimento espiritual. Cada sala de aula na Escola Dominical contém alunos e professores que se interessam por nossos dilemas, acompanham-nos em oração e nos oferecem exemplo de vida cristã. Dessa maneira, esses momentos se tornam fundamentais para o nosso avanço na fé e crescimento na comunhão dos santos.

• A Escola Dominical nos ensina de maneira mais prática o que significa “pertencer”. Nesse ambiente, somos reconhecidos pessoalmente e podemos compartilhar nossas necessidades e preocupações de maneira mais direta. Enfim, nesses momentos sabemos que, de fato, pertencemos a uma família!

• A Escola Dominical ajuda a estabelecer relacionamentos mais aprofundados. Assim como somos conhecidos no nível pessoal, também conhecemos novas pessoas e ouvimos a história delas. E esse processo pode resultar em amizades profundas.

• A Escola Dominical apresenta inúmeras oportunidades de servir a outros. Nesses momentos podemos identificar pessoas que necessitam de nossa ajuda, podemos servir no arranjo das cadeiras, abrindo a Bíblia para quem não está tão familiarizado com ela ou até mesmo recebendo melhor um visitante.

• A Escola Dominical providencia um lugar onde toda a família será alimentada. O fato de haver divisões em classes proporciona que as crianças aprendam segundo sua capacidade e interesse, bem como ajuda os adultos a tratarem de temas mais apropriados a eles. Assim, toda a família poderá ser beneficiada nesse contexto.

Dessa maneira, se você já frequenta a Escola Dominical continue com esse propósito. 

Se você ainda não o faz, considere mudar os seus hábitos e acorde mais cedo para estudar a Bíblia conosco!

(texto atribuído ao Pr. Valdeci Santos)
👇
Temos (Ministério Mais de Deus e, em breve no Ministério Os Semeadores): 
- classe de família 
- crianças (toda faixa etária) 
- classe adolescentes 
- classe jovens 
- classe de atualidades
- classe de intercessão

terça-feira, 10 de abril de 2018

FOCO NO ALVO!


Certa vez um arqueiro experiente convidou seu aluno para assistir a uma demonstração. Ao chegarem diante de uma árvore, o arqueiro pegou uma flor e a colocou em um dos galhos da árvore. Em seguida pegou o arco e flecha e posicionou-se a uma distância de cem passos da árvore. Amarrou uma venda nos olhos e perguntou ao aluno:

— Quantas vezes você já me viu praticar este esporte?

— Todos os dias — respondeu o discípulo.— E sempre o vi acertar na rosa a uma distância de trezentos passos, mas nunca vendado.

De olhos vendados, o arqueiro esticou o arco e disparou. A flecha nem sequer atingiu a árvore, passando longe do alvo, a uma distância constrangedora.

— O senhor errou! — espantou-se o discípulo. — Achei que queria me mostrar o poder de sua experiência!

Ao que o arqueiro respondeu:

— Eu lhe dei aqui a lição mais importante sobre o poder do pensamento! Quando desejar uma coisa, concentre-se nela: ninguém jamais será capaz de atingir um alvo que não consegue ver.

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” (Filipenses 3.13,14).

PR JORGE PERES

sábado, 31 de março de 2018

ARREBATAMENTO - Prof. Edifran Júnior


Em relação ao arrebatamento:
1) Pré-milenismo dispensacionalista:
O arrebatamento é divido em duas fases. A primeira invisível para a Igreja. A segunda, após a Grande Tribulação com a Igreja.  Nessa visão, a Grande Tribulação não é para a igreja e sim para os ímpios e para o povo judeu desobediente.  A seleção de diferentes textos fazendo encaixes apontam para isso.
2) Pré-milenismo Clássico:
O arrebatamento e a vinda ( parousia) é um único  evento depois da Grande Tribulação. A exegese dos evangelhos e das epístolas de forma alinhada apontam para um único evento.
3) Pós-Milenismo:
Devido uma hermenêutica preterista, a Grande Tribulação já aconteceu durante os anos 66/70 da era cristã. Assim sendo, a igreja vai apenas pregar o evangelho até que boa parte da humanidade se converta... Isso já é o milênio. Após essa conversão da maioria, então Jesus virá. Aqui o arrebatamento é apenas um símbolo da união definitiva de Cristo e a Igreja. Através das parábolas do reino e do texto base de 1Co 15, essa interpretação é possível.
4) Amilenismo:
O milênio é espiritual e começou desde a morte de Cristo na cruz. Após um período de intensa tribulação, Jesus virá em um único evento. No arrebatamento/parousia ele se encontrará para sempre com a igreja. A interpretação simbólica do Apocalipse 20 e a divisão desse livro em 7 momentos cíclicos faz dela uma corrente atraente também.
Essa é uma síntese em relação ao arrebatamento e ao conteúdo delas.
Em acréscimo, dando um parecer científico/teológico. Afirmo que, nenhuma delas consegue fechar a discussão. O assunto não é definitivo. Todas essas interpretações são  resultantes de desenvolturas sociais. Vejamos:
1. O pré-milenismo clássico pós-tribulacionista surgiu em um tempo de intensa perseguição em que a patrística/pais da igreja acreditavam que a vinda de Jesus seria imediatamente após aquele período que para eles era a grande tribulação.
2. O pré-milenismo dispensacionalista surgiu no período do movimento antissemita. Daí a Igreja nos Estados Unidos se voltar para os estudos em relação à Igreja e Israel. O apoio aos judeus pós segunda guerra mundial conduziu ao surgimento dessa corrente. Até mesmo a "visão" da Margareth foi concebida nesse contexto. A influência do seminário de Dallas, o contexto político e o nascente pentecostalismo fez um casamento perfeito para proliferação dessa visão, até hoje a mais popular nas igrejas pentecostais.
3) O Pós-Milenismo aparece no contexto sociológico do século XVII e XVIII, período em que o protestantismo estava crescendo no mundo inteiro. Os grandes avivamentos desse período, as missões, nomes como Jonathan Edwards, John Wesley, George Whitified e outros  "explodindo" e a nova América com o poder do evangelho. Assim, passou-se a acreditar que o mundo ou parte dele se converteria a Cristo.
4) O Amilenismo é resultado da influência da hermenêutica alegórica da escola de Filo sobre Agostinho de Hipona e seus contemporâneos. Naquele contexto social era comum interpretar quase tudo de forma alegórica, figurada, dando um sentido mais "profundo" aos textos. Nisso resulta o Amilenismo que irá influenciar Lutero, Calvino Martin Burcer, etc.
Prof. Edifran Júnior.


sexta-feira, 30 de março de 2018

... MUITO ALÉM DOS RÓTULOS...


Fui criado no interior de Goiás e sempre perto (não muito) de casa tinha uma quitanda, um armazém ou ainda, para os mais antigos,  um empório aonde minha mãe sempre me enviava para comprar alguma coisa para ela. Isso era o máximo, porque eu amava ir ao mercadinho.
Era um parque de diversões para uma Criança de 7 anos crescendo em uma cidade pequena de Goiás!
Chegava lá e pedia leite fresco da vaca recém ordenhada sem adição de nada. Leite puro, grosso, branco e cremoso. Pedia farinha, feijão, arroz e etc. E lembro-me claramente das sacas de estopa no chão sendo invadidas pelo caneco de alumínio retirando seu produto do interior.
Era demais porque eu tinha certeza da qualidade daquele produto. Eu sabia que era fresco, saudável e bem cuidado. Eu via o produto!
Mas aí os mega supermercados chegaram e com eles o marketing importado do exterior dizendo subliminarmente que o melhor produto era aquele que tinha a melhor embalagem e fomos levados de embalagem em embalagem até que os problema de saúde com a alimentação vieram.
E hoje temos a necessidade de irmos além dos rótulos. Queremos saber o que tem no interior! Tem lactose? Tem Glúten? Quanto de Sódio?
Parece-me que importamos isso para a Igreja hoje. 
Na Igreja e nos ministérios também prestamos mais atenção nos rótulos e embalagens do que no interior.
Canta bem? É estiloso? É bonito?
Fala bem? Tem talento? Tem habilidade?
Parece-me que além dessas perguntas precisamos voltar a fazer outras perguntas. Perguntas que revelem o interior, o conteúdo e não a embalagem como:
Ama a Jesus? É convertido? É frutífero na Igreja local aonde faz parte e congrega? Como anda a vida de oração? Como anda a leitura da Bíblia?
É chegado um tempo no Brasil onde só a embalagem não vai mais conseguir enganar as pessoas porque elas buscarão pela essência.
A essência é Jesus!
Busque-o de todo o seu coração!
Ser bem apresentável é importante.
Cantar bem é importante.
Dançar bem é importante.
Tocar, liderar, fazer qualquer outra coisa da área técnica é importante.
Mas ser um íntimo conhecedor de Jesus, obedecer aos seus mandamentos, viver em santidade e amá-lo de todo o coração é ESSENCIAL.
Att. Mágdiel Martins Ramos

sexta-feira, 23 de março de 2018

EDITORA E LIVRARIA OS SEMEADORES

Venha nos visitar e conhecer nossos produtos e promoções






domingo, 7 de janeiro de 2018

EPIFANIA


EPIFANIA
Do grego epifáneia, o termo "Epifania" significa Manifestação e, juntamente com seus cognatos, é, comumente, utilizado em o Novo Testamento para referir-se à manifestação salvífica de Deus em Cristo.
Hoje[1], o Cristianismo Histórico, portanto, celebra a Epifania de Cristo, a saber, sua manifestação através de seu nascimento (cf.Jo.1.14;Mt.1-2;Lc.1-2), diante dos Magos do Oriente (cf.Mt.2.1-2,10-11), em seu Batismo (cf.Mt.3.13-17,par.), e em seu primeiro sinal em Caná da Galiléia (cf.Jo.2.1-11), quando verte, miraculosamente, água em vinho (símbolo da Nova Aliança em seu sangue purificador).
Tal Tradição Histórica é pré-constantiniana, sendo observada pela Igreja Cristã Primitiva do Oriente desde o III século a.D., no Egito, e, posteriormente, também nas Igrejas de Jerusalém e Síria, no IV século a.D. Celebramos, portanto, a Manifestação de (Deus em) Cristo Jesus, com fins a execução do Plano salvífico de Deus, pois como escrevera São Paulo, "Porque a graça salvadora de Deus se manifestou [epefáne] aos homens." (Cf.Tt.2.11,13).
Soli Deo Gloria.
(D.F.Izidro – escritor da Editora Os Semeadores – https://www.ossemeadores.com.br)


[1] Na verdade, seria no dia 6 de Janeiro (Natividade de Jesus, na Igreja do Oriente). Mas, para efeito de celebração dominical, se celebra hoje (Domingo). O Natal na Igreja do Oriente é em 6 de Janeiro. Na Rússia, porém, se celebra no dia 7. Essa variação de datas, no Cristianismo Oriental, é comum devido às idiossincrasias de cada povo, cultura, tradição, história e região. Recomendamos ver o vídeo sobre o Natal na Igreja Primitiva: www.dfizidro.blogspot.com.br [https://youtu.be/SC2LDdtCFlg], do mesmo autor, onde notaremos a preservação da  essência do seu pensamento crítico a respeito.


...


domingo, 24 de dezembro de 2017

Natal! O que é? O que significa?

Paradoxalmente, há (ainda?) muitos que não sabem, que não compreendem.
Do latim "natalis", que quer dizer Nascimento ou Natividade. O termo tradicional evoca o mistério da Encarnação do Filho de Deus, por ocasião do nascimento do infante Jesus, com fins à Revelação de Deus e à Salvação do mundo, pelo mérito de sua vida, morte, ressurreição e ascensão.
Disse "mistério", do latim misterium, pois tal Encarnação, pelo Evangelho muito bem atestada (cf.Jo.1.1,2,14,18), reúne três atos fenomênicos irracionalizáveis (grosso modo, inexplicáveis), a saber, que:
a)     A Palavra de Deus, pré-eterna,outrora oculta na eternidade do passado, se revestiu da fraca, finita e inferior humanidade (cf.Jo.1.1,2,13,14).
b)     O humano e o divino se uniram, misteriosamente, para nunca mais se separarem, em Cristo, sendo esse último agora (e para sempre) Deus e Homem (cf.1Tm.2.5) - o finito e o infinito reunidos em uma só pessoa, teantropicamente.
c)     Deus, em Cristo Jesus, penetrou no Tempo e no Espaço; na História (dos homens); o ente Divino, portanto, atemporal, Deus, entra no tempo;
O historiador protocristão São Lucas busca, assim, situar a Natividade do Cristo, como a manifestação salvadora de Deus aos homens, em uma determinada configuração da história, mostrando assim que o mistério da salvação por meio do nascimento de Cristo Jesus é, outrossim, não mais um mito, mas um acontecimento histórico (cf.Lc.2.1ss.).
A concretização desse mistério é, indubitavelmente, com fins a Salvação dos homens e a glória de Deus.
Tendo, então, assim, porque celebrar com júbilo o nascimento do Filho de Deus, Salvador do mundo, só nos resta, festejar, louvar a Deus, por tão grande salvação (Cf.Hb.2.4), e dizer àqueles que dessa fé participam:
Feliz Natal! 
Mensagem natalina de prof.D.F.Izidro e Rose Izidro.
_________________________
(O prof.D.F.Izidro é escritor da EDITORA OS SEMEADORES com sua obra EXEGESE BÍBLICA - (https://www.ossemeadores.com.br/livro-impresso-exegese-biblica) Aproveitando o ensejo, desejamos a todos um FELIZ NATAL!)

...


domingo, 10 de setembro de 2017

PESQUISE NA BÍBLIA OS SEMEADORES - PROJETO 1189 - AQUI!

Estamos disponibilizando, abaixo, os links de nossas postagens referente à cada capítulo da Bíblia de nosso Projeto 1189 que começou em 21 de abril 2016 e será concluído em 23 de julho de 2019.

  • Conheça nosso Projeto 1189 no YouTube.
Em cada capítulo da Bíblia, você encontrará uma narrativa escrita - com gráficos, tabelas, imagens e textos - e um link de vídeo dessa postagem no YouTube. Confira!
Neste livro, vc encontrará todo conteúdo de nossas postagens de GN

GÊNESIS

ÊXODO

LEVÍTICO

NÚMEROS

DEUTERONÔMIO

JOSUÉ
21 22 23 24

Adquira nosso livro OS DISCURSOS DE MOISÉS no formato digital ou impresso.

JUÍZES
RUTE
01 02 03 04

Adquira nosso livro OS DISCURSOS DE MOISÉS no formato digital ou impresso.

I SAMUEL
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 
31
II SAMUEL
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22 23 24

Adquira nosso livro O REINO ETERNO DE DAVI no formato digital ou impresso.



I REIS
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22
II REIS
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22 23 24 25

Adquira nosso livro REINO DIVIDIDO no formato digital ou impresso.

I CRÔNICAS
II CRÔNICAS

ESDRAS
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
NEEMIAS
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13
ESTER
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10



Adquira nosso livro GRANDES LÍDERES no formato digital ou impresso.

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 
41 42

Adquira nosso livro CONFIAR EM DEUS no formato digital ou impresso.



SALMOS
001 002 003 004 005 006 007 008 009 010 
011 012 013 014 015 016 017 018 019 020 
021 022 023 024 025 026 027 028 029 030 
031 032 033 034 035 036 037 038 039 040 
041 042 043 044 045 046 047 048 049 050
051 052 053 054 055 056 057 058 059 060
061 062 063 064 065 066 067 068 069 070 
071 072 073 074 075 076 077 078 079 080
081 082 083 084 085 086 087 088 089 090 
091 092 093 094 095 096 097 098 099 100 

Adquira nosso livro REFLEXÕES NO LIVRO DE SALMOS no formato digital ou impresso.
formato 21x29,7 (+350 pg)
_________________________________________________________________


PROVÉRBIOS
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
31

ECLESIASTES
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
11 12

CANTARES DE SALOMÃO
01 02 03 04 05 06 07 08





Adquira nosso livro OS LIVROS DO HOMEM MAIS SÁBIO DO MUNDO no formato digital ou impresso.
No formato digital: No Amazon, Google Play, Apple Store, etc
_________________________________________________________________________



ISAÍAS
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66


__________________________________

Adquira nosso livro REFLEXÕES NO LIVRO DE ISAÍAS no formato digital ou impresso.
+55-61-9-9558-9682
_______________________________________________________________________
Obs.: Nosso Projeto 1189 no YouTube começou em 21/04/2016 e será concluído em 23/07/2019.

Estaremos disponibilizando cada livro da Bíblia de nosso projeto 1189 assim que formos concluindo. Se o livro de seu interesse ainda não se encontra aqui, aguarde, que com certeza, logo estará.

Não esqueça de citar a fonte quando for fazer citações, referências em seus posts, pregações e livros.

Acompanhe-nos no YouTube e em nossas redes e mídias sociais. Ajude-nos com suas orações!

Quer contribuir/ajudar? Estamos com o firme propósito de confeccionarmos uma edição especial da BÍBLIA OS SEMEADORES com todos nossos links e posts e referências ( ) sim!



PALAVRAS CHAVES: Gênesis,  Êxodo,  Levítico,  Números,  Deuteronômio,  Livros históricos,  Josué,  Juízes,  I Samuel,  II Samuel,  I Reis,  II Reis,  I Crônicas,  II Crônicas,  Esdras,  Neemias,  Ester,  Livros Poéticos,  Jó,  Salmos,  Provérbios,  Eclesiastes,  Cantares de Salomão,  Livros proféticos,  Profetas maiores,  Isaías,  Jeremias,  Lamentações,  Ezequiel,  Daniel,  Profetas menores,  Oséias,  Joel,  Amós,  Obadias,  Jonas,  Miquéias,  Naum,  Habacuque,  Sofonias,  Ageu,  Zacarias,  Malaquias,  Novo Testamento,  Os Evangelhos,  O evangelho de Mateus,  O Evangelho de Marcos,  O Evangelho de Lucas,  O Evangelho de João,  O Livro Histórico,  Atos dos Apóstolos,  Cartas de Paulo,  Romanos,  I Coríntios,  II Coríntios,  Gálatas,  Efésios,  Filipenses,  Colossenses,  I Tessalonicenses,  II Tessalonicenses,  I Timóteo,  II Timóteo,  Tito,  Filemom,  Cartas de outros Apóstolos,  Hebreus,  Tiago,  I Pedro,  II Pedro,  I João,  II João,  III João,  Judas,  O Livro profético,  Apocalipse 

...