quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 83 - Faltam 486 dias para 26/04/13 e 897 dias para a Copa

Davi, movido pelo Espírito de Deus, quis lutar contra o gigante filisteu e foi ao combate e convenceu até o rei de que deveria lutar, embora todas as evidências fossem contraditórias. Aos olhos da lógica humana, aquele combate era ridículo. Na verdade, ninguém nem estava nem ai se ele Davi iria ou não morrer.

Se morresse, morreu. Mas Davi não morreu, antes triunfou e isso com apenas uma funda e cinco pedrinhas. Porque cinco pedrinhas? Elas representavam a palavra de Deus? Embora fossem 5, com apenas uma ele derrubou o gigante, mas somente o derrubou. A morte de Davi não foi ocasionada pela pedrinha em sua testa (no joelho ou na cabeça?).

O gigante Golias que afrontava o exército do Deus vivo morreu pela sua própria espada que Davi dela se apossou e decepou a sua cabeça com um golpe preciso enquanto o gigante estava no chão. O povo entrou em delírio e a comemoração foi grande. Davi então foi exaltado e todos se admiraram de que aquele menino triunfara sobre o inimigo do povo de Israel.

Como prêmio recebeu como esposa a filha de Saul, Mical. Davi agora já fazia parte da família real e logo, logo, seria rei em Israel. Saul ficou muito feliz com a derrota de Golias, mas apreensivo porque alguém estava se destacando muito e isso seria uma ameaça real.

Deus tudo faz. Nosso dever é exaltar e dar glórias ao seu nome. Somos adoradores de Deus e como tais adoradores devemos buscarmos sempre em nossos atos a glória de Deus. Foi em nome de Deus que Davi lutou contra todas as evidências. Foi confiando na glória de Deus cuja honra estava sendo afrontada que Davi se animou a enfrentar o desafio colossal.

A criação, o homem, anjos, a salvação, o evangelho, tudo existe com um propósito e em todos eles veremos que Deus trabalha pela sua própria glória e honra. Assim, se somos seres inteligentes, veremos que honrá-lo e adorá-lo significa glorificar o seu nome.

Davi triunfou contra um gigante porque Deus quis assim, é verdade, mas, também é verdade, que Davi honrou, se motivou e buscou nas suas atitudes a glória do nome do Senhor. Essa sua disposição mental e atitude pelo nome do Senhor, esse zelo, essa coragem, o levaram e o motivaram a fazer o que fez, sem medo. Ele tinha certeza de que prevaleceria porque confiava no Senhor e em seu nome. Deus o honrou.

Deus continua honrando homens que como Davi se disponham a lutar para sua glória contra os novos gigantes que insistem em afrontar o nome e o exército do Deus vivo.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.