quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 77 - Faltam 492 dias para 26/04/13 e 903 dias para a Copa

A oração de Ana acabou e vamos prosseguindo em nossa síntese das Escrituras em busca do Messias. No entanto, hoje, mais uma vez, usarei o texto de meu amigo Pb. Gilson Santos, da PIPT que está refletindo sobre o tema da fidelidade e ele vai falar, principalmente, da fidelidade de Deus em suas promessas. Vejamos:

DEUS É FIEL EM AS PROMESSAS

   "Porque quantas são as promessas de Deus também têm nele o sim; porquanto também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio."(2Co 1.20)

INTRODUÇÃO

O que significa promessa?

Significa comprometimento. Prometer significa o ato de quem se compromete a fazer, é obrigar-se a alguma coisa.

 Há, em hebraico, ao menos duas palavras cuja raiz expressa diretamente  uma promessa ou juramento.

A primeira é alah e diz respeito ao compromisso objetivo, à descrição do que é acertado. Alah  é da mesma  raiz de helohim, daí não ser novidade que Deus é um Deus que se compromete e cumpre. (Jr 1.12) "Disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir".

E a segunda dabhar diz respeito ao ato e a palavra empenhada para a consecução do compromisso. Dabhar se refere ao emprego de palavra onde se compromete alguma coisa. Uma conotação paralela vem da palavra berith que significa aliança.

De modo que quando alguém faz uma aliança (berith) com alguém, jura (alah), através de sua palavra (dabhar). Vejamos como Deus é fiel em suas promessas, através de alguns exemplos citados pala Bíblia:

1-        Promessas feitas a Abraão.

Deus chamou Abraão para sair de sua pátria e vagar como peregrino numa terra estranha. Abraão confiou em Deus e fez como ele mandou. Deus prometeu a Abraão três coisas:

a)       De ti farei uma grande nação.

b)       Em ti serão benditas todas as famílias da terra.

c)       Darei a tua descendência esta terra.

A história bíblica traça o cumprimento dessas promessas. A família de Abraão continuou peregrinando até seu neto Jacó que mudou com sua família para o Egito. Ali sua descendência cresceu surpreendentemente como prometera Deus.

Temendo ser dominado pelos descendentes de Abraão, Faraó transformo-os em escravos, e quando Deus os libertou através de Moisés o número era tão grande, mais de 600 mil homens adultos, além das mulheres e crianças.

A geração que saiu do Egito foi incapaz de possuir a terra prometida, mas seus descendentes o fizeram, guiados por Josué.

"Dessa maneira deu o Senhor a Israel toda terra que jurara dar a seus pais; e a possuíram e habitaram nela" (Js 21.43).

A maior promessa feita a Abraão foi que um de seus descendentes abençoaria todas as nações do mundo, reafirmando a promessa feita em Gênesis 3, plenamente cumprida em nosso Senhor Jesus Cristo.

2-        A promessa da vinda do Messias.

Junto às promessas feitas a Abraão, havia a menção de alguém que seria o portador de todas as promessas:

Jesus o Cristo (2Co 1.20). Por meio de Cristo as promessas passariam a todos os homens, isto mediante um relacionamento com Deus o Salvador e esse relacionamento tornou-se possível a todo homem, a saber: Aquele que crê.

A grande promessa do Antigo Testamento era a vinda do Messias, pois em Jesus tem-se:

a)       A revelação do amor de Deus pelo mundo. "Porque Deus amou ao mundo"

b)       O modelo de relacionamento de Deus com o homem."todo o que nele crê"

c)       O propósito da criação e salvação do homem. ."não pereça, mas tenha a vida eterna". (Jo 3.16).

A promessa acerca do Messias foi literalmente cumprida no nascimento, vida, ministério, sacrifício e ressurreição de Jesus Cristo. Pois, Nele e por meio Dele, temos o cumprimento e acesso a todas as demais promessas de Deus.

3-        Promessa de vida eterna

A grande promessa de Deus é a promessa de vida eterna como podemos comprovar em 1Jo 2.25

"E esta é a promessa que ele mesmo nos fez, a vida eterna", Tudo que Deus fez, tudo que Deus faz e ainda fará, trata-se de conduzir o homem a vida eterna.

O propósito maior da redenção é levar o homem à presença de Deus.

Enquanto estivermos nesta vida temos uma confortadora  promessa que Deus fez aos seus discípulos "Eis que estou convosco todos os dias" (Mt 28.20). Não há mais confortadora promessa que esta, a promessa da presença de nosso Senhor em nossa vida.

Isso é cumprido mediante o Espírito Santo em nós. E diz-nos a Bíblia que o Espírito Santo é o penhor da vida eterna, Ele é a garantia da presença de Deus em nossa vida até o dia do resgate, que é a redenção do corpo para a vida eterna. (Ef 1.13-14)

Conclusão

A palavra de Deus nos mostra que o nosso Deus é um Deus fiel às suas promessas, portanto:

a)       Saia do lugar da incredulidade.

b)       Seja um filho fiel que crê nas promessas de um Deus que jamais falhou e que lhe prometeu vida eterna em Cristo.

SOLI DEO GLORIA.  Fraternalmente em Cristo, Pb. Gilson dos Santos.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.