terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 203/365

Faça Sempre o Melhor 4– Cl 3: 17-25.
 
A finalidade principal dessa meditação sobre FAÇA SEMPRE O MELHOR é despertar no ouvinte/leitor (em mim mesmo também) o desejo de ter uma disposição mental favorável ao Reino de Deus e à sua Justiça no sentido de sempre procurar fazer o seu melhor para que o nome do Senhor Jesus seja glorificado.
 
Algumas questões merecem respostas: porque devo sempre fazer o melhor? Quais os perigos a serem evitados quando coloco em meu coração a idéia de procurar fazer sempre o melhor? Quais as vantagens de se ter uma disposição mental favorável ao Reino de Deus e à sua Justiça de fazer sempre o melhor? Quais são os exemplos bíblicos de personagens que se dedicaram a fazer sempre o melhor? O que é fazer sempre o melhor, principalmente aos olhos de Deus? Como eu posso fazer sempre o melhor? Quem não faz sempre o melhor, faz o quê?
 
É minha pretensão passar por cada assunto de forma a poder responder cada quesito e ainda: ter compromisso/disciplina é fazer sempre o melhor? Devemos fazer sempre o melhor somente quando tivermos a certeza de que Deus está vendo? E finalmente, você quer ter sempre o melhor de Deus em sua vida?
 
Algumas das perguntas acima já foram respondidas nos posts anteriores, mas há muito ainda do que falar de forma a que alcancemos a finalidade principal exposta acima, ou seja, resumidamente, fazer sempre o melhor para a glória de Deus.
 
Nós existimos para a glória de Deus. Não adianta você ficar assistindo documentários, palestras, filmes que visam responder às clássicas perguntas universais sobre o homem e sobre a vida: de onde viemos? Para onde estamos indo? O que estamos fazendo aqui? Porque estamos vivos? Fora da Bíblia, sinto muito, você apenas viajará nas mentes mais brilhantes deste planeta, dos que já viveram e dos que ainda estão por vir, mas será uma simples viagem imaginosa e cheia de invencionices. Boa para filmes e grandes produções, mas fracas em explicações convincentes.
 
Eu sei de onde vim. Eu sei para onde estou indo. Eu sei o que estou fazendo aqui. Aeu sei porque estou vivo. Aleluias! Dói na alma tal saber porque não está em mim o convencer meu irmão da verdade. Pior ainda, meu irmão por parte de criação (Deus é nosso papai criador) não crê no absolutismo da verdade, mas sim em sua relativização. Deus, no entanto, nos declara por sua palavra que tais homens são indesculpáveis.
 
Sabem porque não fazemos sempre o melhor nem isso parece estar impregnado em nosso caráter? Por que perdemos nossa identidade de filhos de Deus! Isso me parece que vai longe, mas tenhamos paciência. Deus ainda tem muito a nos falar. Amanhã, se Deus assim o permitir.
 
A Deus toda a glória!
 
Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Iniciei Provérbios – estou no cap. 20/31 - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Estou na pág. 360/656, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 13h52m33s de 25h03m39s de áudio ouvido(*) do livro As Institutas ou Tratado da Religião Cristã, Parte 4, João Calvino.
=======
(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html).
 
Observações:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.