sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 199/365

Conquistando as Promessas de Deus 4– Salmos 119:38.
 
Ontem tivemos nossa reunião da Arca da Aliança (todas as quintas-feiras – não esqueçam: http://grupofamiliararcadaalianca.blogspot.com/), a primeira do ano de 2010 e o JAMAIS DESISTA! reproduz o que foi publicado na Arca, principalmente a mensagem e alguns outros pormenores.
       
Foi pregado ontem sobre o tema que estamos vendo há alguns dias sobre as promessas de Deus (também está toda disponível no SCRIBD: http://www.scribd.com/doc/26416615/Pregacao-Conquistando-as-Promessas-de-Deus-4-2). Abaixo destaco alguns detalhes que não foram explorados aqui.
 
Por exemplo, meu filho indagou-me sobre como podemos saber discernir o momento certo de esperar pacificamente pelo agir de Deus relacionado às suas promessas e quando devemos sair à luta, expulsando o inimigo pra conquistarmos as suas promessas.
 
Minha resposta concentrou-se no temor do Senhor. Em uma pregação anterior (http://www.scribd.com/doc/26191349/Pregacao-A-Intimidade-do-Senhor-31-01-e-01-02), falamos muito sobre a intimidade do Senhor e aqui estamos falando de Conquistando as promessas de Deus. Ambas, tanto a intimidade quanto as promessas, estão vinculadas à exigência de se ter, observar ou se inclinar ao temor do Senhor. Reparem que a intimidade do Senhor é para os que o temem e a confirmação da promessa para os que se inclinam ao seu temor.
 
Mas afinal de contas o que nos dá garantia de que as promessas de Deus se cumprirão, uma a uma, em nossas vidas? Vejamos o que diz Ml 3:6: “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.”. Há 2 grandes verdades aí explícitas: a imutabilidade de Deus e a sua misericórdia, ou seu amor.
 
Deus não muda nunca, mas eu sou volúvel. Tem pessoas que participam de campanhas e não alcançam o que buscam e as explicações estão ou relacionadas à fé (ou faltou fé ou ela não foi suficiente) ou relacionadas ao pecado (há um pecado em sua vida impedindo a bênção do Senhor).  No entanto, não será nem a minha fé, nem minha justiça que irão me garantir a bênção do Senhor, mas a sua imutabilidade e o seu amor. Deus não muda! Ele prometeu? Ela irá se cumprir! Deus nos ama, por isso ó filhos de Jacó, não sereis consumidos – Ml 3:6.
 
O que fazer então? OUVIR. ACREDITAR. TEMER AO SENHOR.
 
OUVIR: está implícito que a iniciativa é do Senhor e não nossa, por isso devemos ouvir primeiramente. Não se preocupe, Deus está falando contigo agora mesmo: ouça o que o Espírito está te dizendo!
 
ACREDITAR: coloque ar em seus pulmões e grite com toda ousadia. Não temas! “‘Al Tira!”: eu confio, eu acredito, Senhor! O Deus que te fez ouvir, que te deu ouvidos para ouvir a sua promessa é o mesmo que fez a tua alma e o teu espírito e te conhece nos mínimos detalhes. Acredite! Mas acredite de todo Coração, Alma, Forças e Entendimento.
 
TEMER AO SENHOR: pronto! Você ouviu e Deus te deu ouvidos para isso. Você acreditou e Deus te capacitou com muita fé. Agora, Deus te dará uma disposição mental favorável a ele e ao seu Reino e a sua Justiça e te fará transbordar do temor do Senhor.
 
Que maravilha! Louvado seja o Senhor Deus que criou os céus e a terra e tudo o que neles há. Não falta mais nada, nadinha, para você agora conquistar as promessas de Deus em tua vida!
 
Temer ao Senhor é ter uma atitude mental favorável (inclinada) ao Reino de Deus e a sua Justiça. É tão simples temer ao Senhor e isto (esta fonte de sabedoria, que nos dá intimidade com Deus, que nos garante as promessas) está disponível a qualquer um sem distinção: pobre, rico, culto, ignorante, sábio, forte, fraco, famoso, anônimo. Basta a sua própria disposição!
 
Eu não entrei no mérito das promessas em si, mas fui genérico. Há grandes e maravilhosas promessas de Deus para nós e estamos caminhando para a sua conquista definitiva a qual nos dará o Senhor depois de termos passado por esta vida.
 
Finalizo dizendo que nosso Deus é um Deus de promessas e gostaria de aproveitar a oportunidade para cantarmos uma canção: Deus de Promessas, do Toque No Altar. Uma composição de Davi Sacer, Verônica Sacer e Ronald Fonseca que irá falar muito aos nossos corações neste momento. A canção fala de OUVIR, de ACREDITAR, de TEMER AO SENHOR.
 
Sei que os Teus olhos
Sempre atentos permanecem em mim
E os Teus ouvidos
estão sensíveis para ouvir meu clamor
Posso até chorar...
Mas a alegria vem de manhã
És Deus de perto e não de longe
Nunca mudaste, Tú és fiel
 
Deus de aliança, Deus de Promessas
Deus que não é homem pra mentir
Tudo pode passar, tudo pode mudar
Mas Tua palavra vai se cumprir
 
Posso enfrentar o que for
Eu sei Quem luta por mim
Seus planos não podem ser frustrados
Minha esperança está
Nas mãos do grande Eu Sou
Meus olhos vão ver o impossível
Acontecer...
Vai se cumprir... creia........
 
Conclusão:
Não se iluda: quem é de Deus, ouve a Palavra de Deus; quem é de Deus, acredita na palavra de Deus; e quem é de Deus, teme ao Senhor. A Deus toda a glória!
A Deus toda a glória!
 
Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Iniciei Provérbios – estou no cap. 10/31 - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Estou na pág. 330/656, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 12h00m00s de 25h03m39s de áudio ouvido(*) do livro As Institutas ou Tratado da Religião Cristã, Parte 4, João Calvino.
=======
(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html).
 
Observações:
Estou no 00/00 dias de atividades físicas regulares (caminhada, natação, ginástica). Já comecei, mas ainda não registrei...aguardem!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.