terça-feira, 8 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 33 - Faltam 536 dias para 26/04/13 e 947 dias para a Copa

Cristo não teve descendentes, segundo a carne. Como a Bíblia é a história do descendente que vai de Adão/Abel até Cristo, o chamado Velho Testamento é essa história. Como já vimos tudo começou com a criação e tudo deveria terminar ali mesmo e hoje estaríamos no paraíso da glória de Deus, no entanto, o homem, criado pelo Criador, caiu em tentação e deu-se início a queda.
Com a queda, Deus intervém e mostra que tudo já julgou e assim proclama as suas palavras proféticas de que a queda trará a figura do Redentor que justamente é a semente anunciada a satanás que seria aquela que pisaria a sua cabeça.
Satanás e seus descendentes (repare que ao falar do descendente, ele não fala no plural, mas de um; no entanto, ao se referir aos descendentes da serpente, ele não fala de um, mas de vários) persegueriam o descendente e conseguiriam morder o calcanhar dele, isto é, levá-lo à morte, mas a surpresa para o adversário é de que nem a morte pode conter o príncipe da vida, o Redentor/Mediador.
Paulo comenta do descendente em Gálatas 3:16 Ora, as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente. Não diz: E aos descendentes, como se falando de muitos, porém como de um só: E ao teu descendente, que é Cristo. No entanto, nada fala dos descendentes da mulher. Ambos descendem da mulher, tanto o Cristo, cuja linhagem estamos acompanhando, como os de satanás.
O Novo Testamento já não é mais a história do descendente a fim de encontrá-lo. O NT começa com Cristo, o descendente da mulher. Não teremos mais linhagem a pesquisar e a estudar. A semente gerada não produziu novas sementes apontando para alguém no futuro, mas encerra-se ali mesmo com ele. O reino de Deus então está implantado. Surge a igreja!
No entanto, o NT é a história do descendente que veio para reinar e começou a reinar com a sua ressurreição dos mortos. Até Cristo, os filhos de Noé/Sem/Cão/Jafé vão gerando filhos e filhas e continuam a gerá-los até agora e continuarão até o tempo determinado por Deus, no entanto, em Cristo, essa etapa de procriação acabou.
Cristo não teve filhos, nem os terá, não porque não seja capaz, mas porque Deus assim quis fazer. No entanto, ele é o irmão de milhares de milhares e de milhões de milhões e de bilhões de bilhões e por causa de seu sangue nós os que não somos da linhagem messiânica, herdamos as bênçãos de cristo, da semente messiânica.
Em Cristo fomos feitos Filhos de Deus pela adoção! Somos irmãos de cristo e co-herdeiros com ele. Que mistério este! De condenados ao inferno para a glória do Filho de Deus. Por isso que a rejeição do Filho de Deus e da salvação providenciada por Deus é uma afronta sem igual. Não há salvação para os que permanecem na incredulidade, nem mesmo pode haver descanso para esses.
A história do NT é a história da igreja e de sua missão no reino de Deus.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.