domingo, 6 de novembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 31 - Faltam 538 dias para 26/04/13 e 949 dias para a Copa

Moisés teve de subir o monte por duas vezes. Na primeira, ficou tão decepcionado que destruiu as tábuas da lei, mas voltou ao monte e novamente por 40 dias ficou na presença do Senhor, onde o Senhor novamente escreveu com suas mãos a lei antes falada por sua boca.

Primeiro, ele (Deus) falou; depois, ele (Deus) escreveu. Está tudo registrado. Com certeza foi filmado ou será ainda permitido a sua filmagem onde poderemos ver, no futuro, em um dia desses, esse momento tão especial da entrega da lei de Deus.

O primeiro mandamento é para não termos outros deuses diante de Deus. Deus deve ocupar o principal lugar em nossas vidas, vidas. Cristo nos ensinou a síntese da lei em dois mandamentos. Não significa a anulação de suas leis, mas uma interpretação profunda nos dada pelo próprio Senhor. o primeiro deles é amar a Deus acima de todas as coisas.

Acima do pai, da mãe, do país, da escola, da igreja, da nossa própria vida e de tudo o mais. Nada deve estar acima de Deus, por isso é uma afronta quando colocamos algo acima de Deus. Por exemplo, quando nos desesperamos diante de circunstâncias e perdemos até a fé, isso, estamos colocando acima de Deus.

O que eu sinto não tem importância. O que eu vejo não tem importância. O que faço, ou deixe de fazer. O que eu penso ou deixo de pensar. Nada pode ocupar o lugar de Deus em nossos corações e quando assim fazemos estamos tendo algum deus acima de Deus e ferindo seu primeiro mandamento de não termos outros deuses diante do senhor.

O fato de eu estar chateado com minha situação ou com a prova que estou passando e que está me esmagando não me dá o direito de estar acima de Deus ou de ter deuses acima do Senhor. Se minha escolha teimosa apontar para algo que não o Senhor, estarei caindo em grave erro de pensamento e de ação. Deus sempre estará acima de todas as coisas. Quem se irrita com Deus é louco!

Conhecer a Deus é entender que ele é bom SEMPRE! Ainda que minha dor e vontade seja de ir contra o Senhor ou de lhe querer imputar-lhe culpa pela minha dor e momento, eu não posso dar a este pensamento qualquer crédito, pois ele é uma fronta a Deus e não serei tido por inocente diante de Deus pelas afrontas que vierem, por causa do endurecimento de meu coração.

O segundo mandamento que ele se refere, diz respeito às pessoas. O primeiro, é vertical e direcionado a Deus. O segundo, é horizontal e direcionado para meu próximo. Para meu irmão que comigo habita, como diz Jó, confiadamente. Eu devo amar ao meu próximo como amo a mim mesmo. A pressuposição de Deus, sempre, é de que eu me amo e me quero bem e vou portanto fazer e planejar sempre o meu próprio bem. Assim, devo proceder com relação ao meu próximo.

Com meu próximo, eu não devo ser hipócrita como foi aquele intérprete da lei, de Lc 10:29, que querendo se justificar diante do Senhor, lhe perguntou: quem é meu próximo?

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.