segunda-feira, 24 de outubro de 2011

TEMA: Deus Existe e nos deixou um livro: a Bíblia! - 18 - Faltam 551 dias para 26/04/13 e 962 dias para a Copa

Êxodo 14:30 Assim, o SENHOR livrou Israel, naquele dia, da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. Êxodo 14:31 E viu Israel o grande poder que o SENHOR exercitara contra os egípcios; e o povo temeu ao SENHOR e confiou no SENHOR e em Moisés, seu servo.
O Egito ficou para trás. Israel nascia como uma nação e agora buscava um território geográfico para ocupar e esse território era Deus quem estava dando a Israel. Tudo, mas tudo mesmo feito pelas mãos poderosas do Senhor. Vocês conseguem visualizar claramente as mãos de Deus conduzindo o povo em todo o tempo, desde Gênesis?
É tão clara a sua ação! Deus age na história de seu povo. Deus está no controle de tudo e de todas as coisas. Levou o povo para o Egito porque tinha uma obra ali a ser feita com seu povo. Levantou um líder para isso, Moisés e o capacitou. Abateu a Faraó e a todo o Egito com seus deuses. Abençoou o seu povo na saída do Egito e lhe cumulou de bens, pois do Senhor é a terra e tudo o que neles há. Quando Deus quis, no seu tempo (uns 430 anos tinha se passado!), ele retira seu povo humilhando o povo egípcio, destruindo seus deuses, executando a sua justiça e juízo e derrotando a Faraó e a todo o seu exército.
Com mão forte e grandes milagres retira o povo e o conduz ao deserto onde, no Mar Vermelho, sepulta Faraó e todo seu exército. Aleluias! Eu te conheço Senhor como o Deus que faz as nossas obras por nós, como está em Isaias: Isaías 26:12 SENHOR, concede-nos a paz, porque todas as nossas obras tu as fazes por nós. Isaías 64:4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.
O primeiro versículo o profeta pede a paz porque é Deus quem faz as nossas obras. No segundo versículo, o profeta se admira com Deus que trabalha por aqueles que nele esperam. O que fez Moisés? Foi Deus quem tudo fez! Deus é assim. Ele levanta os seus e lhes pede obediência. Por isso não temerei quando Deus me levantar para uma grande obra, pois ele está querendo de mim obediência.
Toda a glória pertence a Deus e ela não é negociável. Enquanto Moisés foi obediente e lhe deu glórias, Deus o exaltou e com ele mostrou-se íntimo no seu relacionamento pessoal a ponto de, como veremos, Moisés ousar a lhe dirigir uma oração para ver a sua glória.
Até aqui estávamos em Êxodos, capitulo 14, e, de agora em diante, entraremos no capítulo 15 e durante todo o tempo em que o povo estará na escola de Jeová, no deserto, por 40 anos (se bem que era para ficarem apenas uns 40 dias, mas foram punidos, um dia por cada ano, logo a sua punição duros 40 anos. Era para durar essa viagem apenas 40 dias e durou 40 anos. Considerando o mês como de 360 dias, teremos 360 dias x 40 anos = 14.400 dias, ou, 40/14.400 = 0,0028), veremos sucintamente Êxodos, Levíticus, Números, Deuteronômio e o início de Josué.
Como já salientei estamos navegando na história, seguindo a linhagem messiânica até chegarmos, óbvio, no Messias: Jesus Cristo de Nazaré. Começamos com a criação (tudo era paz), entramos na queda (tudo se tornou em caos e a idéia de um resgatador, de um Messias, de um herói nasceu para nos livrar do mal e nos levar de volta à paz da criação) e estamos procurando o Messias.
É a idéia da redenção que agora vigora. Tudo estava acontecendo na história do povo para revelar o Messias. Vamos continuar a nossa viagem amanhã.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.