quinta-feira, 20 de outubro de 2011

TEMA: Deus Existe e nos deixou um livro: a Bíblia! - 14 - Faltam 555 dias para 26/04/13 e 966 dias para a Copa

Novamente pergunto: o que fez e quem foi Moisés na libertação do povo hebreu do Egito? Lembremos que o povo estava sendo oprimido e clamava a Deus por livramento. A linhagem messiânica estava ali e Deus tinha nisso um particular interesse e promessa.
A iniciativa de libertar o povo do jugo do Egito nunca foi de Moisés mas de Deus! Foi Deus quem levou o povo para o Egito e o sustentou em Gozén. Foi Deus que levantou Moisés e o fez conhecer tudo do Egito. Foi Deus quem chamou a Moisés por meio de uma maravilha de um fogo que não se consumia que chamou a atenção de Moisés para aquela coisa estranha.
Como pode um fogo que nunca consome a sarça? Que mistério é este? Eu fico imaginando um pouco de senso de humor em Deus em tudo o que ele faz. Fogo consome tudo e como pode um fogo que não consome? É Deus se manifestando dizendo que é ele o Criador e que tem controle sobre tudo.
Deus interfere agora na vida de Moisés e quando este está com seus 80 anos de idade. Moisés quis sair fora e sugerir a Deus que buscasse outro e se encheu de evasivas. Há 40 anos ele era bem ao contrário e se antecipou a Deus querendo ir libertar o seu povo. Não, não, não Senhor envia outro que há de ir, menos eu. Eu não quero.
Como é o chamado de Deus na nossa vida? Não há regras gerais, Deus chama cada um conforme a psicologia de cada um. Com Moisés Deus o chamou daquela maneira e ele acabou, com relutância, aceitando, mas conseguiu um parceiro, seu irmão, Arão, que iria com ele até a Faraó para falar o que Deus queria que falasse, para dizer o que Deus queria dizer, para retirar o povo do jeito que Deus queria fazer.
O método foi totalmente de Deus e todas as falas e discursos e previsões de resultados da reação de Faraó foram preditas por Deus a Moisés. Tudo estava no controle absoluto de Deus. Moisés se deleitava em cumprir e obedecer a Deus.
Quando somos chamados por Deus para fazermos as obras de Deus, somos instrumentos de Deus e as ações, com certeza, serão feitas, planejadas de acordo com os padrões de Deus. Engana-se quem acha que a obra de Deus é feita com métodos e inteligências humanas. As estratégias de Deus, sim, de fato, são inteligentes e metódicas, mas não glorificam ao homem e sim a Deus.
A glória de Deus é de Deus e não do homem que é instrumento apenas nas mãos de Deus. Eu pergunto o que fez Moisés até aqui se não obedecer e fazer exatamente o que Deus comandava? Cada praga de Deus enviada tinha um endereço certo e cada deus daqueles do Egito eram humilhados, um a um. O povo hebreu que estava acostumado com aquelas cerimônias egípcias, agora viam que tudo aquilo não poderia livrá-los.
Amanhã...
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.