domingo, 16 de outubro de 2011

TEMA: Deus Existe e nos deixou um livro: a Bíblia! - 10 - Faltam 559 dias para 26/04/13 e 970 dias para a Copa

Estamos há alguns dias navegando na nossa história, na história contada pelo Espírito Santo que está na Bíblia. Começamos com a criação e entramos na queda, onde estamos atualmente. No entanto, já demos, rapidamente, uma passada pela redenção e também pela consumação, mas o foco atual é o da queda.
Reparem que na história é sempre Deus agindo. Como é que dizem que Deus não interfere e que criou tudo o que neles há e nos deixou escravos de suas leis? Até aqui eu vejo sempre Deus agindo, criando, interferindo, executando o juízo, salvando. Ele escolheu Abraão e não Abraão que o escolheu. Ele fez alianças com Noé, com Abraão e lhe fez promessas de que a sua descendência seria inúmera, como já vimos acima em outras postagens.
O que fez Abraão? Creu! Ele creu e isso lhe foi imputado como justiça, mas há algo mais que ele fez, juntamente com a Sara. Como a promessa estava tardando, não tiveram paciência e cometeram um ato que não deveria ocorrer. Sara mesmo propõe a ele que se aposse de Hagar e com ela tenha um filho. Abraão cede.
Eva também cometeu aquele ato que resultou na queda e Adão também cedeu. Isso me fez lembrar  ainda de Jó e do conselho de sua mulher, mas que Jó não cedeu e foi vitorioso. Todo conselho contra a palavra de Deus, mesmo que vindo da mulher que mais amamos e honramos, não pode ser seguido. Agora é Abraão que tem um filho com Hagar e nasce Ismael, o pai hoje dos árabes. Deus adverte ele que esse não será o herdeiro, mas que também será abençoado.
Deus escolhe, interfere, age, conduz a vitória, faz alianças, promessas, mas o homem insiste em querer ajudar a Deus como se ele precisasse ser servido e como pudéssemos resolver problemas para ele. É um desastre querer ajudar a Deus, mas a ele devemos nos submeter sempre.
Deus então restaura Abraão já idoso e Sara e lhes dá vigor e desejo um pelo outro de forma que se inflamam e nasce Isaque, o herdeiro e a semente messiânica tem o seu prosseguimento. Isaque (risos) foi dado por Deus a Abraão e a Sara. Não tem como não rir dessa história e por isso que este recebe o nome de Isaque.
Isso me parece com bom humor da parte de Deus. O seu recado para nós é tão claro e alto que não tem como não ouvir o que ele está nos dizendo: eu sou Deus, eu o Senhor, eu faço, eu crio, eu abro e eu fecho portas. É, realmente, a porta fechada de Sara e também de Abraão foi aberta por Deus. A história que estamos contando é a história que o Espírito Santo vai construindo.
De Abraão, vamos para Isaque e já Deus lhe prepara uma esposa, Rebeca, filha de Betuel, o arameu de Padã-Arã, e irmã de Labão, o arameu. A escolha da esposa de Isaque para que deles a semente messiânica continue é fantástica e uma espécie de tipo ou alegoria que retrata a volta de Cristo. Há sermões que exploram justamente esse encontro maravilhoso de Isaque e de Rebeca que foi conduzida pelo servo de Abraão.
Reparem e vejam se não é Deus como está escrito em Isaías: Isaías 26:12 SENHOR, concede-nos a paz, porque todas as nossas obras tu as fazes por nós. É Deus fazendo a obra por nós.
Com tudo isso, ainda estamos adorando outros deuses, lamentavelmente... Amanhã,  prosseguiremos...
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.