quinta-feira, 13 de outubro de 2011

TEMA: Deus Existe e nos deixou um livro: a Bíblia! - 7 - Faltam 562 dias para 26/04/13 e 973 dias para a Copa

Em Gênesis ainda, depois da expulsão do homem do jardim do Éden, encontraremos a continuação da narrativa bíblica sendo que já saímos da criação e agora entramos na queda. Lembrando: criação – queda – redenção – consumação. 
Vivemos o momento da redenção, pois o Senhor se manifestou para salvar os que caíram e a sua profecia anunciada em Gênesis pelo próprio Deus se cumpriu em Cristo Jesus. Mas em nossa viagem pela Bíblia, acabamos de sair do Paraíso e entramos na queda. Ocorre então a corrupção do gênero humano e a maldade prolifera.
Eram continuamente más as imaginações dos corações dos homens (Gênesis 6:5 Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração;). A maldade havia se multiplicado. Terrível coisa é o homem entregue a si mesmo para fazer o que está em seu coração.
Resolveu Deus então destruir toda a humanidade e de um justo começar tudo novamente. Qual seria a população do mundo na época do dilúvio? O que nos diria o cientista e presbítero Adauto Lourenço sobre esse número? Vamos, então consultá-lo. Aproveito a oportunidade para parabenizar tanto o Adauto quanto o seu site http://www.universocriacionista.com.br/, pois a minha questão foi prontamente respondida. Veja abaixo, em destaque a sua resposta:
O crescimento populacional mundial, independente da época, está relacionado com as muitas variáveis.Por exemplo, na primeira metade do século passado ela cresceu extraordinariamente devido a produção mecanizada da agricultura e o desenvolvimento da medicina.
Atualmente a taxa de crescimento mundial vem diminuindo. Portanto, existem vários modelos de crescimento mundial a serem adotados.
Um modelo simples que pode ser adotado (devido a falta de dados populacionais relacionados com o relato bíblico) é o Malthusiano. Ele funciona muito bem para períodos não muito longos, pois não existe nada que cresça constantemente indefinitivamente.
P(t) = Po x exp(r x t)
P(t): população após o número de anos desejados
Po: população inicial
r: taxa de crescimento (crescimento anual)
t: tempo (anos)
P(t) = P0ert
exemplo:
Po = 2 (Adão e Eva)
t = 1656 anos (de Adão até o dilúvio)
r = 0,013 (metade da taxa de crescimento mundial anual do século passado)
População na época do dilúvio:
P(1656) = 2 x exp (0,013 x 1656) = 4,472,203,962.557104 ou 4,5 bilhões de pessoas
Esse modelo não leva em consideração epidemias, guerras, etc.
Levando-se em consideração esses aspectos, a taxa de crescimento poderia chegar a um valor mínimo de 0,0118, que daria uma população no ano do dilúvio de cerca de 700 milhões de habitantes.
Lembre-se que estamos trabalhando com um grande número de incertezas. O que podemos apenas é traçar os limites máximo (absoluto) e mínimo (relativo).
Um outro, o Modelo Logístico (conhecido também como Curva-S) utiliza-se de algumas variáveis que o texto bíblico não oferece.
Reparem que nos cálculos, o cientista, servo de Deus, considerou um tempo decorrido de aproximadamente 1656 anos de Adão até o dilúvio. E a população? Bem, podemos dizer, então, que ela varia entre uns 700 milhões e uns 4,5 bilhões de pessoas. Desse total, apenas 8 passaram para a fase pós-dilúvio. Misericórdias! Temos de tomar muito cuidado, pois um novo Barco está preparado e ainda recebendo pessoas que querem se salvar: este Barco é Jesus Cristo! Não perca esta viagem!
Os ascendentes de Noé foram: 1º ADÃO, 2º SETE, 3º ENOS, 4º CAINÃ, 5º MAALALEL, 6º JAREDE, 7º ENOQUE, 8º METUSALEM, 9º LAMEQUE, seu pai. Noé somente não foi contemporâneo de Adão, Sete e de Enoque, mas seu pai, Lameque, que com ele conviveu quase 600 anos, conheceu a todos, inclusive a Adão.
No dilúvio também foram enterradas todas aquelas culturas. Somente Noé, sua esposa e seus três filhos com suas esposas sobreviveram e começaram uma nova geração. De Noé, Sem Cam (ou Cão) e Jafé todos nós descendemos. Somos hoje filhos de Noé, filhos de Sem, filhos de Cam e filhos de Jafé, como diz muito bem a canção abaixo.
Esta canção linda é de Atilano Murada que fala inclusive dos povos que se originaram. O nome da canção é GENEALOGIA. Veja a sua letra (eu iria colocar aqui o vídeo do YouTube com ele cantando Genealogia, mas não localizei. Procurem por Genealogia.mp3, de Atilano Muradas que você encontrará essa linda canção no mundo virtual. Vale a pena!):
Jafé gerou a Gômer, depois Magogue,
Depois Madai, depois Javã, depois Tubal
Depois Meseque, depois a Tiras.
Javã gerou Elisá, depois a Társis,
Depois Quitim, depois Dodanim.
Gômer gerou Rifá, depois de Asquenaz,
Depois Togarma.
E todos habitaram a Ásia Menor
E as ilhas do Mediterrâneo.
Formaram o povo grego, o povo celta,
O povo persa, o povo medo, o povo cita.
 
Cão gerou a Cuxe, depois Mizraim,
Depois a Pute, depois Canaã, que gerou Sidom,
Depois a Hete e o povo cananeu
Cuxe gerou Havilá, Raamá, Sebá,
Sabtecá, depois Sabtá,
Depois gerou Ninrode, caçador valente
Diante do Senhor:
Fundou a Babilônia e Nínive;
Foi grande herói e guerreiro.
Mizraim teve sete filhos. Do sexto filho,
Casluim, foi que nasceram os filisteus.
 
Sem gerou Elão e Assur,
Lude, Arfaxade e Arã;
De onde vieram os Assírios
Elamitas e Arameus.
 
E eles moraram na Ásia
Desde o Oceano Índico
Até as praias do Mar,
Do Mar Mediterrâneo.
 
Arfazade gerou Salá, que gerou a Héber,
Que gerou Peleque, que gerou Réu, que gerou Seruque,
Que gerou Naor, que gerou Terá.
Terá gerou Abrão que teve dois irmãos:
Naor e Harã que gerou a Ló.
Abrão desposou Sarai e Naor a Milca, sua sobrinha.
Terá, Abrão, Sarai e Ló partiram de Ur
E foram morar em Harã.
São estas as gerações que descenderam
De Noé, em suas línguas e nações.
 
Todas as nações da terra são
Filhas de Noé;
Sem, Cão e Jafé.
Atilano Muradas tem outras letras muito boas que valem a pena conhecer e refletir: 1. A construção do Tabernáculo; 2. Abre-alas; 3. Brasileiros; 4. Candeia; 5. Casar; 6. Como Te agradar; 7. Fingir; 8. Genealogia; 9. Hagar e Ismael; 10. Levítico; 11. Minha geração; 12. Nóe; 13. O Grande Deus; 14. Oração pelo povo; 15. Orar; 16. Pagodeiro; 17. Sambão; 18. Sementinha; 19. Solução; 20. Tangrei Com Arte. Ref.: http://www.letrasnaweb.com.br/atilano_muradas/
Depois do dilúvio a nossa história continua e novas aventuras vão se desenrolando. Agora veio a pretensão do homem de contruir uma torre que se elevasse até os céus. Deus então desce dos céus e confunde as línguas de todos os povos de forma que um não entende mais a língua do outro.
Amanhã, prosseguiremos...
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.