segunda-feira, 10 de outubro de 2011

TEMA: Deus Existe e nos deixou um livro: a Bíblia! - 4 - Faltam 565 dias para 26/04/13 e 976 dias para a Copa

Continuando nossa história, vimos que para a serpente, Deus nada pergunta. A sentença de maldição é imediata e baseada no que ela fez:
  • Maldita és entre todos os animais domésticos e o és entre todos os animais selváticos
  • Rastejarás sobre teu ventre
  • Comerás  pó todos os dias da tua vida
  • Porei inimizade entre ti e a mulher
  • Porei inimizade entre a tua descendência e o seu descendente, este te ferirá a cabeça
  • Tu lhe ferirás o calcanhar
Agora, volta-se o Senhor à mulher, sem maldições, mas há duas sentenças sobre ela, uma relacionada a dor física, no parto, no momento que ela trouxer à vida novos seres humanos. A vida humana é trazida à luz com a dor da mulher. Há um relacionamento aqui entre a vida e a dor da mulher. A outra sentença está relacionada ao seu ser que doravante teria de se submeter ao seu marido. A luta dela agora é controlar-se para não mandar em seu marido:
  • multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos;
  • o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará.
Por fim, volta-se para Adão e também sem maldições a ele, mas à terra, por causa dele, lhe profere também sentenças porque Adão atendeu a voz da sua mulher comendo da árvore que Deus ordenara antes que não comesse:
  • maldita é a terra por tua causa;
  • em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida.
  • Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo.
  • No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás.
A terra foi amaldiçoada por causa de Adão! E agora a terra não lhe seria de todo favorável, antes lhe produziria cardos e abrolhos. Adão foi formado da terra e à terra voltará para ser por ela devorado. Adão escolheu o mal, sendo que tinha por opção escolher o bem. Este exerceu seu livre-arbítrio que trouxe para nós o pecado.
Há homem, descendente de Adão, que não peque? Sim, há um. Ele esteve morto, mas ressurgiu e agora vive para salvar aqueles que Deus quer salvar. Tal qual ele é, seremos todos nós quando ressuscitarmos pelo Espírito Santo que vivificou a Jesus, o Senhor. Jesus, homem, tinha livre-arbítrio como tinha o primeiro Adão?
Adão, primeiro homem, tinha livre-arbítrio e escolheu o mal e todos nós nos tornamos pecadores. Jesus Cristo, o segundo Adão, tinha livre-arbítrio e escolheu o bem e todos nós, nele, nos tornamos santos?
Há quem afirme que Jesus não poderia pecar ou que era impossível que ele pecasse. Em tudo ambos os Adão são semelhantes, tanto o primeiro quanto o último. Como o primeiro Adão fracassou, o último Adão triunfou. Como o primeiro Adão caiu e pecou, o segundo Adão, resistiu e não pecou.
Cristo me parece uma nova oportunidade de se contar a história do homem, mas dessa vez com vitória e santidade. O último Adão, vencedor, resgatará a terra de sua maldição. No primeiro Adão nasceram todos os seres humanos, inclusive os que ainda hão de nascer. No segundo Adão, embora pudesse, não houve filhos naturais, mas todos os filhos do primeiro Adão, podem, por ele serem feitos filhos de Deus, por adoção.
A história que Deus está escrevendo com nossas vidas é fantástica...
Amanhã, prosseguiremos... meditem, reflitam nisso.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.