segunda-feira, 9 de maio de 2011

Faltam 718 dias para 26/04/13

TEMA: ... a palavra da pregação ... – I Ts 2:13
Há perguntas básicas feitas por todos os homens e que inquietam a cada um, principalmente, cientistas, estudiosos, espiritualistas, religiosos, filósofos, curiosos, leigos:
  1. Quem sou eu?
  2. Por que estou aqui?
  3. De onde eu vim?
  4. Para onde estou indo?
  5. A morte é o fim de tudo?
Nós temos essas respostas na ponta de nossa língua! Isso não é maravilhoso? Sim, sinto-me tão bem sabendo disso e fico triste e penalizado com aqueles que não sabem e que, portanto, vivem perdidos em meio há tantas confusões de ensinos e doutrinas existentes por ai. Também sinto, além disso, o peso da responsabilidade que está em meus lombos, pois se eu retiver o que recebi, como ouvirão os que esperam que eu fale?
Somente podem chegar ao seu destino aqueles que conhecem o caminho, o restante, está perdido até que encontre o caminho ou melhor, até que alguém (eu e você, amado irmão) diga e lhe mostre o caminho.
Embora o homem sempre procurou as respostas, ele de per se não foi capaz de descobrir. Apesar da natureza do homem criado à imagem de Deus e à sua semelhança ser sempre investigativa e curiosa, nessas questões ele tem de ser ajudado. Apesar de seus esforços, tal conhecimento está muito além de sua capacidade.
Nós temos as respostas! Nós sabemos o caminho!
Eu não estou dizendo que nós as descobrimos com nosso intelecto e razão e inteligência. Nem que isso foi resultado de uma profunda pesquisa desenvolvida ao longo de milênios de estudos. Também nenhuma sociedade secreta trouxe ao nosso conhecimento o conhecimento velado aos demais mortais. Não houve também ETs oriundos do espaço que nos trouxeram a revelação.
Aprouve a Deus nos revelar o seu Filho Unigênito e por meio dele nos dar respostas a essas questões. Por isso que agora somos comissionados pelo Pai, mediante o nome de Jesus, a levar, guiados e dirigidos pelo Espírito Santo, a palavra da pregação e da revelação de Deus de que amou o mundo inteiro:
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16).
Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes. (1 Tessalonicenses 2:13).
Amanhã, permitindo Deus continuaremos. Irmãos, urge que preguemos o evangelho enquanto ainda dá tempo.
A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.