domingo, 22 de maio de 2011

Faltam 705 dias para 26/04/13

 

TEMA: ... a palavra da pregação ... 13 – I Ts 2:13

 

Ontem, foi a festa de casamento de meu irmão Dão ministrada pelo meu outro irmão Pastor Jr. O casamento foi religioso com efeitos civis. Foi bênção de Deus. A palavra de Deus ministrada baseou-se em Gênesis, o começo de tudo, inclusive da bênção de Deus: o casamento e, consequentemente, a família.

 

A palavra da pregação foi ontem ministrada a todos os presentes como testemunho de que Jesus Cristo é o Senhor dos céus e da terra e de tudo o que neles há. Não há saída para lugar algum, senão em Cristo Jesus. Somente em Cristo Jesus poderemos encontrar o segredo da felicidade, principalmente do casamento.

 

Agora, Dão e sua amada, são uma só carne. Não há mais o desejo e o sonho individual de um ou de outro, mas o sonho e os desejos da nova carne, do casal. Eles agora formam um só corpo no Senhor. O dedo mindinho, por exemplo, não pode se rebelar contra o corpo e não dizer que é mais do corpo devido algum problema. Assim, Dão e sua esposa são um só no corpo. O que Deus uniu, não o separe os homens (Mc 10:9; Mt 19:6).

 

É lamentável que hoje em dia, diante dos mais símplices problemas, o casal se esqueca de Deus e já quer se separar, dizendo que está indo atrás da felicidade. Que felicidade pode haver fora de Deus? A nossa sociedade está brincando com Deus e as consequências serão (eu não estou nem dizendo que 'poderão ser', mas que 'serão') muito caras.

 

Enquanto eu escrevia este post, eu escutava a história de um casamento (era minha tia Ritinha conversando com minha esposa) que não deu certo porque o marido que já tinha uma filha com a esposa tinha amantes do mesmo sexo e estava muito triste pois queria manter o casamento e os amantes formando não somente um só corpo no Senhor, mas diversos corpos em prostituição.

 

O Senhor não nos chamou à prostituição, mas para sermos santos no Senhor.  Não podemos agradar a dois senhores: ao Senhor e ao diabo. Nossa sociedade está aprovando leis que são sentenças de juizo contra o Senhor. Deixará, pois, o Senhor isso se passar impunemente? O que estamos fazendo? Não é preciso ser profeta para saber que nossa nação está acumulando ira. Isto está acontecendo porque Deus já tem determinado o que irá fazer, por isso deixa livre a operação do erro para que haja o juízo.

 

Eu tinha dito ontem que eu quero ser um instrumento de Deus eficaz e eficiente para ministrar aos homens a palavra da pregação, que creio na pregação! Eu creio: Deus pode transformar a vida de qualquer um. Deixemos isso para amanhã, certo? Glórias a Deus!

 

A Deus toda a glória!

Overall rating
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.