sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Faltam 952/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias è Começou: 31/07/2010. Acaba: 25/04/2013.

TEMA: A Santificação e a Graça de Deus.
 
Quando o Pr. Demerson me convidou para pregar para os jovens da UMP tremi na base... sério... nunca me senti tão frágil e inseguro. Olha que já tenho pregado tanto, por ai e até diante de pessoas com sólidos conhecimentos teológicos reformados e nunca tive qualquer medinho.
 
Quando eu orava por esse culto, meu rosto banhava em lágrimas. Meu Deus o que se passa? Dias antes do convite, eu estava um zero à esquerda, me sentindo tão down... dizia a Deus: como irei pregar desse modo: curá-me! Eu não posso pregar desse jeito. Eu não vou pregar assim.
 
Pensei: será que o Senhor está enviando este peso sobre mim para me mostrar algo? Pois como poderia eu pregar para alguém que está, por exemplo, com um peso de morte se eu não sinto nada disso? Será que há alguém desanimado com a vida a tal ponto de clamar pela morte?
 
Reparem que no dia anterior a esse ‘down’, eu estava cheio do Espírito, tanto que  dizia a minha amada de minha alma: amor, sinto que Deus tem me chamado para 4 frentes:
 
  1. Pregar
  2. Ensinar
  3. Lecionar
  4. Aconselhar.
 
Eu estava tão convicto disso de que eu estava sendo por Deus levantado, mesmo tendo como tenho meus 51 anos de idade. No entanto, bastou uma noite mal dormida e lá estava eu apagado...deprimido...murcho... sentindo-me tão para baixo que pedia ao Senhor para “me deixar em paz”. Como somos inconstantes em nossos caminhos, cheios de altos e de baixos...
 
Mas eu estava em baixa e ai, então, toca o telefone do Pr. Demerson e o convite para eu pregar no sábado. Sábado? Onde? Que culto tem no sábado? Para quem? Para a UMP? Meus Deus.... para aqueles jovens de Deus, pensei... Senhor, me ajude!
 
Sabem porque a minha preocupação de pregar para vocês? Por que eu vejo a glória de Deus na vida de vocês! Então ele me pergunta se eu já tinha um sermão pronto sobre santidade e a graça de Deus e eu lhe respondi que não, mas que sabia quem tinha um sermão prontinho....Deus!
 
Irmãos, para mim, um sermão é algo que tem de nascer em nossa mente e queimar em nossos corações. Um sermão deve gerar vida e um sermão morto gera morte. Por isso, devemos nos entregar em oração e Deus nos dará o tema, a palavra, a unção. Um sermão é Deus usando um instrumento seu para transmitir a sua palavra.
 
Perguntem-me: quanto tempo você levou para produzir este sermão? Ou quanto tempo em média você leva pra produzir seus sermões? Uns 30 minutos, 2 horas, 2 dias, uma semana? Não! Este, por exemplo, eu levei 51 anos para produzi-lo! Isso mesmo,... amanhã tem mais. Se você puder, compareça às 20h para o culto da UMP onde terei a honra de ministrar este sermão que ora vai nascendo...
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Já li: Gn. Estou lendo Rm da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 173/545, do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 135/438 Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.