quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Em meu propósito: faltam 953/1000 dias! Fim: 25/04/2013

TEMA: Sangue Precioso 4 – Sl 32.
 
Continuando... e finalizando esse tema.
 
O efeito do perdão de seus pecados foi tão forte e impactante que ele está alegre e tão confiante! As muitas águas, não o atingirão, Tu és o meu esconderijo, me preservas da tribulação, me cercas de alegres cantos de livramento.
 
O gozo do perdão de nossos pecados é algo sobrenatural que nossa mente não pode capturar. É uma experiência sem igual e renovadora. Hoje é culto de Santa Ceia e a palavra de Deus diz para você “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice” (I Co 11:28). Reparem que é primeiro examinar e depois comer. Examine, mas depois coma do pão.
 
É o próprio Deus que então passa a falar com aquele que confessa os seus pecados.
 
è 8. Instruir-te-ei e
è te ensinarei o caminho que deves seguir; e,
è sob as minhas vistas, te darei conselho.
è 9. Não sejais como o cavalo ou a mula, sem entendimento,
è os quais com freios e cabrestos são dominados; de outra sorte não te obedecem.
 
Aqui é o Espírito Santo falando e nos dando instruções. Primeiro, a dor do pecado roubando nosso próprio vigor e o transformando em sequidão de estio. Depois, a pressão se tornando tão grande e a mão de Deus começando a nos esmagar. Não resistindo mais, confessamos nossos pecados. Imediatamente, o Senhor nos perdoa pelo precioso sangue do Cordeiro. Com o perdão e a renovação da vida – Deus o autor da vida – vem aquela imensa alegria, confiança e cantos de livramento. Com tanta alegria e gozo santo, o próprio Deus se revela nos dando instruções, nos ensinando, nos dando conselhos e nos exortando.
 
Em vista disso tudo, o salmista então passa também a exortar e a aconselhar:
 
10. Muito sofrimento terá de curtir o ímpio,
mas o que confia no SENHOR, a misericórdia o assistirá.
11. Alegrai-vos no SENHOR e
regozijai-vos, ó justos;
exultai, vós todos que sois retos de coração.
 
O que vemos nas suas palavras finais? ALEGRIA – REGOZIJO – EXULTAÇÃO. Esse é o resultado de uma vida perdoada que experimentou do amor de Deus sendo derramado em seu coração sem medidas.
 
Mas, por que será que Deus nos perdoou? O amor, creio, é a melhor resposta, mas e para quê ele nos perdôou? Vejamos a oração do Pai Nosso: “perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos nossos ofensores”. É isso: Deus nos perdôou para assim também perdoarmos ao nosso irmão.
 
Libere nesta tarde o perdão de Deus àqueles que você mantém preso em seu coração e saia você da prisão. Se estiver precisando de perdão, vá e acerte as contas com teu irmão para que ele não te detenha a sua bênção.
 
É a mesma coisa com relação às bênçãos de Deus. Ele não nos abençoa para ficarmos uma bola cheia de bênçãos, mas para sermos abençoadores de nossos irmãos.
 
A tua cura brotará das feridas de seu coração se você parar de ficar mexendo nelas e entregá-las a Deus que já te perdôou.
 
Nessa música que eu falei no início desta prédica, “Sangue Precioso”, do Pr. Antonio Cirilo do Grupo Santa Geração ele fala:
 
Lavaste o meu coração
Com teu sangue precioso
Atraíste a minha alma
Com Teus laços de amor
Perdoaste os meus pecados
Saraste os meus sentimentos
E pela Tua bondade conduz-me, ao arrependimento.
Lavaste o meu coração
Com teu sangue precioso
Atraíste a minha alma
Com Teus laços de amor
Perdoaste os meus pecados
Saraste os meus sentimentos
Deste-me liberdade para te adorar, e eu te adoro Senhor!
De uma forma extravagante, eu te adoro, Senhor!
 
Referências bibliográficas:
  1. Bíblia de Estudo de Genebra
  2. http://www.jamaisdesista.com.br
  3. http://www.bibliaonline.com.br
  4. http://letras.azmusica.com.br/A/letras_antonio_cirilo_2992/letras_otras_2037/letra_sangue_precioso_105113.html
  5. http://www.scribd.com/crerparaver
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Já li: Gn. Estou lendo Rm da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 167/545, do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 124/438 Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.