quinta-feira, 2 de setembro de 2010

1000 dias de propósito! Faltam 967 dias!

TEMA:  Para Que o Homem Foi Criado - 2?
 
Creio que o homem foi criado à imagem de Deus e à sua semelhança. É por isso que satanás pode tentá-lo em seu coração para ser como Deus, pois do contrário como seria tentado? O homem é dotado de consciência de si mesmo e essa sua consciência o torna distinto das demais criaturas de Deus. Por causa de sua autoconsciência é capaz de ter consciência dos outros e até do próprio Criador.
 
Reparem num cachorro, por exemplo, ou em qualquer outra criatura de Deus, e veja que não tem ele consciência de si mesmo como ser que existe. Apenas vive por instinto e sujeito às suas inclinações inatas e genéticas. Se o cachorro tivesse consciência de si mesmo ele iria se preocupar com outros caninos e com a sua própria raça e ficaria curioso de entender o homem e o próprio Criador. Um cachorro não guarda mágoas em seu coração nem é abalado por crises de depressão porque jamais consegue se comparar com outros caninos.
 
Imaginem o Senhor Jesus quando esteve conosco. Ele somente nos ensinou a amar a Deus a ao próximo como a nós mesmos, mas ele foi ofendido, maltratado, tratado injustamente, punido, sem culpa, julgado por nós humanos, condenado sem ter culpa, cuspiram em sua face, bateram nele, chicotearam, foi torturado e, finalmente, morto.
 
A minha pergunta bem simples é: Jesus ficou ofendido? A resposta também simples é: não, não ficou. Dizem que ninguém tem poder de ofender ninguém, mas a própria pessoa é que pega aquela ofensa e dá vida a ofensa dentro de si mesma e fica tremendamente magoada, ferida, aborrecida, etc. Jesus Cristo em relação aos seus ofensores, agressores, torturadores disse: “ E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes. (Lucas 23:34).
 
Deus existe! Ele é o Pai Criador e nos conhece perfeitamente. Ele foi nosso modelo como homem para o seguirmos e o imitarmos. Quando estudamos, nos aprofundamos na pessoa de nosso Deus e o adoramos queremos ser como ele é, mas não na medida da síndrome de Lúcifer que quis ser maior do que Deus ou como Deus.
 
O quero dizer então com esta pequena reflexão? Que a ofensa somente tem valor quando a valorizamos, do contrário, não nos poderá jamais nos atingir. Se você crê e confia em Deus que te criou à sua imagem e à sua semelhança, eu te convido a sublimar as ofensas como fazia Cristo. Se uma ofensa nos atinge é porque ainda estamos com olhos maus em relação ao nosso próximo e não conseguimos perdoar-lhes. Mas como perdoar se é eu que estou sendo ofendido? Por favor, não pense assim. Aquele que ofende é vítima de sua própria ofensa e precisa ser curado e somente o amor de Deus é capaz de curar todos os males tanto dos ofensores como dos ofendidos. Confie sempre em Deus: ele existe!
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Estou na página 68/1835 da leitura bíblica da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 280/302, do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010.
  • Estou na pág. 105/545, do livro HÁ´UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.