quarta-feira, 15 de setembro de 2010

1000 dias de propósito! Faltam 954 dias!

TEMA: Sangue Precioso 3 – Sl 32.
 
Continuando...
O Senhor nos conhece e quer que nos acheguemos a ele confessando nossos pecados. Não é a minha sinceridade a minha garantia de que serei ouvido e atendido, mas o sangue precioso do Senhor que foi derramado por mim e por ti.
 
O caminho da oração está totalmente aberto pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou. A morte de Jesus abriu para nós este caminho para o Santo dos Santos e agora temos livre acesso à presença do Pai independentemente do cumprimento de qualquer cerimonial ou rito. Temos livre acesso ao Pai. Você pode perceber o que significa isso? É tremendo! É terrível! É glorioso! Aleluias!
 
Lendo e estudando outras religiões vemos que para ter acesso à divindade são necessárias realizações de ritos e cerimônias sem fim e que sem elas, ou cumpridas de maneira errada afastam da nossa presença o favor divino.
 
Ensinar as pessoas o caminho de Deus e colocá-las diante dele em qualquer outra religião é uma luta muito grande e inglória. Nunca conseguimos agradar a Deus por mais que nos esforcemos. Quando pensamos que estamos agradando e fazemos uma invocação, não somos atendidos.
 
Cremos então que estamos fazendo as coisas de forma errada e que há iluminados que conseguem um estado alfa e passamos a querer imitá-los, pois se eles conseguiram, também haveremos de conseguir.
 
O ritual então começa de novo: rezas e mais rezas, mantras e mais mantras, incenso, mandinga, invocação, velas, cruzes, desenhos, pentagramas, santos, rosários, bolinhas, milho no chão para dobrarmos os joelhos, sangue, sofrimento, dor.
 
Meu Deus, nos queixamos, não está vendo meu esforço? Ao invés de recuarmos, insistimos na busca desmedida e a intensificamos. Lendo “bons” autores, vemos que ainda nem fizemos uma pequenina parte para alcançarmos o divino e continuamos a maratona de ginásticas e exercícios espirituais.
 
Deus, por meio de Jesus Cristo, rasgou de alto abaixo o véu que fazia separação entre o Santo Lugar e o Santo dos Santos e nos disse que o caminho, doravante, estaria aberto e pronto para quem quisesse e cresse. Tão simples!
 
Ele, o Criador dos céus e da terra, disse que somente era necessário cremos nele. É somente isso que é exigido. Tão simples e tão fácil que agora se tornou muito difícil e voltamos às práticas ascetas e rigores físicos achando que por meio de longos jejuns e longas orações entraremos na presença de Deus.
 
Uma simples oração ”Papai...”. pronto! Voi-lá! Estamos já presença de Deus e ele já está atento às nossas orações e pronto para nos ouvir. Chegamos à presença de Deus e estamos sendo atendidos pela divindade, por aquele que não nos rejeita que não nos abandona e que tudo faz por nós.
 
Se você está tendo dificuldades para entrar na presença do Senhor, abandone todas as suas práticas e rigores. O caminho está aberto e você pode entrar facilmente na presença do Pai agora mesmo enquanto ministro esta palavra.
 
O que então acontece com os que assim procedem? Com aqueles que confessam a Deus os seus pecados?
 
è e tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado.
 
Ele,o salmista, está conversando com Deus, falando com Deus, tirando conclusões:
 
6. Sendo assim, todo homem piedoso
 
è te fará súplicas em tempo de poder encontrar-te.
è Com efeito, quando transbordarem muitas águas, não o atingirão.
è 7. Tu és o meu esconderijo;
è tu me preservas da tribulação e
è tu me cercas de alegres cantos de livramento.
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Já li: Gn. Estou lendo Rm da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 163/545, do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 120/438 Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.