terça-feira, 2 de março de 2010

365 dias de propósito! Dia 224/365

Você está contente com o que você tem, com o que você é e onde você está? 6
 
Tem muita gente se achando livre, mas são verdadeiros escravos. Livre não é quem faz o que quer, a hora que quer, como quer, mas aquele que se domina. “Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade.” (Pv 16:32). Nós já demos uma pequenina explorada no que temos e chegamos à conclusão de que temos o que Deus quer que tenhamos, pois ele nos tem dito: “jamais te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hb 13:).
 
Agora estamos entrando no que somos e eu ouso a afirmar que somos exatamente aquilo que Deus quer que sejamos. Isso é duro de ouvir, principalmente se a pessoa tem um sentimento forte de auto-rejeição ou que não gosta de ser o que é. Não se assuste achando que o teu caso é único e que toda a sua vida você sonhou em ser diferente.
 
Deixe-me voltar ao assunto inicial da ilusão da liberdade que temos, pois faz parte do que somos. Na verdade, na verdade, não somos nadinha, mas nada mesmo. O único que é alguma coisa é o Senhor, o restante, nada é. Eu prefiro dizer em questões de atributos, por exemplo, que eu não sou tímido, mas estou tímido.
 
Quando o Senhor se apresentou a Moisés ele disse de si mesmo para que Moisés disse ao povo de Israel: “Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros.” (Ex 3:14). Deus, na verdade, é o único que é! Aleluias! Tanto que na língua hebraica os verbos ser e estar não são usados pessoalmente, mas exclusivos de Deus. Por exemplo, eles não dizem: eu sou bonito, mas eu bonito; eles não dizem: eu tenho uma casa, mas eu casa.
 
E você, o que tem e o que é? Ao quê você pode dizer tenho e sou?
 
Alguém me disse certa vez: eu bebo e fumo porque quero. Mentira! Ninguém bebe ou fuma porque quer, mas porque é escravo. O escravo faz a vontade de seu senhor, sempre. O escravo não tem vontade própria. “Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado. O escravo não fica sempre na casa; o filho, sim, para sempre.” (Jo 8: 34 e 35). A ilusão que temos é a de que somos donos de nossos narizes e fazemos que bem entendemos. Somente faz o que bem entender que se domina. Deus te abençoe neste dia especial.
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Estou no capítulo 28, de Isaias - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Ainda estou na pág. 432/656, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou ouvindo o2h13m13s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.