sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Faltam 805 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10).

TEMA: As Tempestades da Vida 12 – Lc 8:22-26.
Pequena pausa: Não se esqueçam de nossa vigília hoje, 11 de fevereiro de 2011, a partir das 22h. A palavra de Deus diz que se hoje ouvirmos a voz do Senhor, não devemos endurecer os nosso corações. É hoje o dia da tua bênção nesta vigília. Confira a programação:
 
PROGRAMAÇÃO DA PRIMEIRA VIGÍLIA DO CMI DA PIPT – 11 FEV/2011
 
  • 22h00 - 22h20 - Oração - Oração inicial e direcionada ao evento da vigília e das vigílias do CMI; de agradecimento por esta porta aberta; de ânimo e de incentivo. Pastores, e aqueles designados pelo pastor, deverão ungir com óleo os irmãos.
  • 22h20 - 22h40 - Palavra - Pregação exortativa e voltada à oração. O pregador deverá ter em mente a programação seguinte que será o momento de oração pelos eventos da PIPT. - Sem. Viviane
  • 22h40 - 23h00 - Oração - Oração direcionada aos eventos da PIPT, especialmente ao FEMOTAG e O Primeiro Encontro das Mulheres da SAF/PIPT, porque ocorrerão em fevereiro. Orar também pelas 4 Estações, Acampamento UMP, Pescaria dos Homens, pelas Sociedades internas, pelos Conselhos Ministeriais, pelos presbíteros, pelos diáconos, pelos missionários da Primeirona, pela viagem ao Egito/Israel, pelo Encontro de Casais – Cruzeiro no VISION, pela PIPT, em geral... Verificar necessidade de congregar a igreja em grupos de oração.
  • 23h00 - 23h20 - Louvor Adoração - Momentos de alegria e de dança na presença do Senhor, de descontração, ... Louvor alegre e avivado. Tornemo-nos crianças na presença do Senhor. Celebremos com júbillo ao Senhor.
  • 23h20 - 23h40 - Palavra - Pregação direcionada à busca de dons e da presença de Deus. O objetivo é despertar no homem/mulher de Deus o desejo de um avivamento na igreja e na vida de cada um que busca ao Senhor de todo o seu Coração, Alma, Forças e Entendimento – CAFÉ de Deus! - Asp. Daniel Deusdete
  • 23h40 - 00h00 - Oração - Oração pelos dons, por um avivamento em nossas vidas, para o Senhor confirmar as curas/sinais e maravilhas que o Pr. Sabino e outros pastores e pregadores sentirem em seu coração. Congregar a igreja em grupos onde os pastores, líderes e presbíteros estarão visitando cada grupo ministrando aquilo que o Senhor o direcionar.
  • 00h00 - 01h00 - Pr. Demerson - Tempo destinado ao Pr. Demerson para agir em nome de Jesus - Pr. Demerson
  • 01h00 - 01h20 - Testem. - Oportunidade livre a quem quiser testemunhar algo recebido na vigília ou que queira compartilhar com os irmãos da parte de Deus
  • 01h20 - 01h40 - Oração - Congregar a igreja em grupos de oração e orar pelas nações, especialmente o Brasil e as que estão em destaque na mídia por estarem envolvidas em conflitos e guerras ou perturbações. Orar pelas igrejas no mundo e por todas as instituições do Senhor responsáveis pela disseminação da sua Palavra.
  • 01h40 - 02h00 - Palavra - Pregação reflexiva voltada a um tema, por exemplo, O NOME DE JESUS ou CURA DIVINA (uma vez que o Pr. Sabino desafia, em todos os cultos, não importando quem esteja presente, a igreja a receber curas). Escolher um tema e deixar o outro para a outra vigília. - Sem. Adelson
  • 02h00 - 02h20 - Momento reflexivo - Desafiar a igreja a fundamentar biblicamente os pontos destacados na pregação reflexiva. Para isso congregar os presentes em grupos de discussão e ajudá-los de forma a ficarem e permanecerem fiéis as Escrituras.
  • 02h20 - 02h40 - Louvor/ Adoração - Louvor de adoração ao Senhor buscando a presença de Deus em forma de gratidão e de consolo. De incentivo pela batalha de oração vencida.
  • 02h40 - 03h00 - Oração final - Oração final e de agradecimento. Envolver toda a igreja. É a oração final.  A oração de que continuaremos em guerra, em guerra de oração. Oração pedindo orientação para a próxima vigília. Oração de quem venceu a batalha de oração programada. Oração de vencedor - muita gratidão! Oração de despedida do povo e de cobertura espiritual.
                       
Continuando nossa reflexão:
Primeiro Jesus repreendeu aquela tempestade e tudo se fez bonança. Em seguida, imediatamente ao resolver a questão da tempestade, voltou-se aos seus discípulos e lhes disse: onde está a vossa fé?
 
Repare que primeiro ele tratou do problema grave de uma tempestade que tinha o poder de os afligir e somente depois de tudo resolvido foi que ele se dirigiu aos seus discípulos os censurando com sua pergunta.
 
Eu vou fazer a mesma pergunta a você que hoje parou por aqui para “curiar”: ONDE ESTÁ A VOSSA FÉ?
 
Os discípulos temendo maravilhavam-se dizendo uns aos outros: quem é este? Os ventos e as águas lhe obedecem! Ali estava a prova de que não somente a natureza lhe obedece, mas tudo nela existente. Ele é o criador e não somente isso, mas também o sustentador de tudo o que existe e acontece. Todo o mundo visível e invisível e até o mundo de nossas fantasias, pensamentos e imaginações, tudo, está debaixo de seu total controle, debaixo de sua providência.
 
São na verdade duas perguntas no texto: ONDE ESTÁ A VOSSA FÉ? E, QUEM É ESTE?
 
Onde está a sua fé, meu irmão? Que é este que controla todas as coisas? Ele prometeu que estaria conosco todo o tempo e não nos abandonaria. Estamos num barco, no barco da vida. Estamos debaixo de suas ordens: “passemos para o outro lado”. É para o outro lado que estamos caminhando. Ele dormia em nosso barco. Podemos entender que nossa casa é o templo do Senhor e lugar do seu repouso. Com nossas orações, nos dirigimos a ele e ele se levanta e de pronto dá ordens e elas são obedecidas. As suas repreensões vizam nos educar e nos revelar a sua presença.
 
Um bom dia a todos.
 
22. E aconteceu que, num daqueles dias, entrou num barco com seus discípulos, e disse-lhes: Passemos para o outro lado do lago. E partiram.
23. E, navegando eles, adormeceu; e sobreveio uma tempestade de vento no lago, e enchiam-se de água, estando em perigo.
24. E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança.
25. E disse-lhes: Onde está a vossa fé? E eles, temendo, maravilharam-se, dizendo uns aos outros: Quem é este, que até aos ventos e à água manda, e lhe obedecem?
26. E navegaram para a terra dos gadarenos, que está defronte da Galiléia.” (Lc 8:22-26).
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.