quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Faltam 800 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10).

Tema: Sobre a Intercessão do CMI da PIPT - 3

 

"E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei." (Ezequiel 22:30)

 

Eu havia iniciado ontem meu post com esta declaração: "Creio que a atividade de interceder e orar requer do intercessor e do que ora uma plena consciência da providência de Deus. Deus é providente. Quando entendemos a providência de Deus, aprendemos a orar mais eficazmente."É entendendo a soberania de Deus em primeiro lugar que haveremos de aprender a orar. No entanto, irei me permitir, hoje, um post  de um amigo meu (o tema é o de oração por avivamento...tudo a ver, não é?...boa leitura e reflexão!). Amanhã daremos prosseguimento à nossa lógica espiritual da soberania, da providência e da resposta de Deus nas intercessões.

 

ORAÇÃO POR AVIVAMENTO (créditos ao Pb Gilson Santos)

 

"Amados, no culto do dia 05/01/2011, ao entrar na igreja recebi um número em um papel que correspondia ao motivo de minha oraçõa, era sobre a busca de um avivamento em nossa igreja, fiquei muito feliz por me trazer à memória tão importante tema, pois esse deve ser constante na vida da igreja e motivo de oração para todo crente.

 

Lembrei-me das palavras do Rev Hernandes Dias Lopes, que escreve em seu livro  O MELHOR DE DEUS PARA SUA VIDA, vol 1, palavras que gostaria de compartilhar com os irmãos.

 

"Sobre os teus muros, ó Jerusalém,  pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão;vós, o que fareis lembrado o Senhor, não descanseis, nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra." ( Is 62.6,7 ).

 

Nesse texto, o profeta Isaías fala de sete características de uma oração por avivamento. A oração é a chave para o avivamento. Este só é possível por meio dela. Sem oração não há torrentes do céu, a igreja não pode experimentar  os rios de água viva, e perde o vigor, a alegria, a intimidade com Deus e o poder para testemunhar do evangelho.

 

Vejamos quais são as marcas da oração pelo avivamento nessa passagem.

  

1. PERSEVERANTE

 

"Que todo o dia e toda a noite jamais se calarão" - Avivamento é obra de Deus, porém só acontece se a igreja orar. Mas é preciso orar com perseverança dia e noite. O avivamento é precedido pela oração, vem com ela e tem a mesma duração dela. Os grandes avivamentos vieram como resultado da oração do povo de Deus. Primeiro o povo se colocava de joehos, depois Deus derramava sobre ele profundo quebrantamento e restauração.

 

2. EXPECTANTE

 

"Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas" - Aquele que ora deve se portar como um sentinela. Deve estar na torre de vigia, buscando o auxilio de Deus e a resposta do Onipotente. Quem se coloca na torre deve estar atento ao ataque do inimigo.

 

3.   CONFIANTE

 

"Vós o que fareis lembrado o Senhor" - A confiança na oração está relacionada às promessas que o Senhor nos faz em sua Palavra. Orar é repetir para Deus o que ele nos diz nas Escrituras. É agarrar-se às promessas infalíveis do Senhor.

 

4.    FATIGANTE

 

"Vós, os que fareis lembrando, o Senhor não descanseis" - A ordem é não descansar. É preciso orar com vigor e determinação. Muitos que começaram a orar retrocederam. Vários que já buscaram a Deus com fervor hoje estão frios e apáticos. Cansaram-se, ficaram esgotados, vencidos pelo cansaço, pelo sono, pela frieza e pelo pecado.

 

5.   DESAFIADORA

 

"Nem deis a ele (DEUS) descanso" - A oração que prevalece é ousada e intrépida. Devemos orar como Jacó  "Não te deixarei ir se me não abençoares" (Gn 32.26).

 

6.   QUE NÃO ABRE MÃO DA BENÇÃO

 

"Até que... " - A oração por avivamento não pode parar no meio do caminho. Temos que orar até que o  Espírito seja poderosamente derramado sobre nós. Muitos crentes se animam a começar uma reunião de oração, mas esmurecem no meio do caminho. Devemos orar sem desanimar, até que DEUS fenda os céus.

 

7.   ESPECÍFICA

 

"Até que estabeleça Jerusalém" - A súplica do profeta era pela restauração de Jerusalém, pelo restabelecimento da igreja. Devemos orar para que esta não seja um povo desolado, nem desamparado, mas uma coroa de glória nas mãos do Senhor, um motivo de louvor na terra. Temos que clamar a Deus que ele mesmo restaure a vinha que ele mesmo plantou. Devemos orar para que o vale de ossos secos se torne um lugar de vida, e que do meio da morte se levante como um exército numeroso (Ez  37.1-10).

 

A porta do céu  se abre de forma maravilhosamente fácil para aqueles que são humildes o bastante para seguir a direção do Espírito Santo, e  que sabem, crendo, pedir, procurar e bater.

 

Que Deus continue levantando homens, mulheres e crianças cheios do Espirito Santo, fervorosos na oração para que ELE derrame em nossa igreja um grande avivamento."

 

Iremos continuar amanhã.

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.