domingo, 1 de agosto de 2010

1000 dias de propósito! Faltam 999 dias! Aleluias!

 

TEMA:  A Bíblia é inspirada!

 

Glórias a Deus! Que animação a minha, não é? Pois bem, tudo isso é graça, pura graça de Deus, porque em mim mesmo nada tenho em que possa confiar.

 

Eu comecei a ler a Bíblia de Estudo de Genebra e estou gostando de sua proposta de oferecer em um só livro a Palavra de Deus, versão ARA e os auxílios que são os Simbolos da Fé das Igrejas Reformadas (Confissão Belga, Catecismo de Heidelberg e Cânones de Dort); Símbolos de Westminster (A Confissão de Fé, Catecismo Maior de Westminster e O Breve Catecismo de Westminster).

 

Os autores destacam que somente a Bíblia é inspirada e que os auxílios não têm a pretensão por estar em um mesmo livro de serem equiparados à Bíblia, mas apenas estão ali para facilitarem a vida dos estudantes sérios da Palavra de Deus.

 

Eu concordo plenamente. Conhecer a nossa história revela compromisso com Deus e com a verdade, pois muitos falsos profetas têm se levantado trazendo não conteúdo novo, mas antigo e já debatido e vencido pelos grandes homens de Deus do passado.

 

Eu somente não gostei do destaque que foi dado à teologia liberal quando comentam sobre a autoria do livro de Gênesis. Acho que nem explicada resumidamente ela se presta. Há coisas boas na teologia liberal? Sim, certamente, mas não quero também entrar nesse mérito agora. Quem sabe futuramente.

 

A minha linha de tendência teológia é reformada, portando centrada nas Escrituras como Palavra de Deus. A Bíblia para mim não é como qualquer outro livro. Ela é minha única regra de fé infalível.

 

Um bom dia a todos!

 

Acompanhamento de minhas leituras/áudios:

Ø       Estou na página 4 da leitura bíblica da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.

Ø       Estou na pág. 66/302, do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010.

Ø       Estou ouvindo ...

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.