quarta-feira, 21 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 274/365

 

TEMA: Um Instrumento de Deus - Uma Mensagem de Deus – Ao Povo de Deus

 

Estou tendo a missão de pregar e isso me faz refletir em muita coisa. Eu não posso me acostumar com a pregação. Eu não quero me tornar um pregador, mas quero sempre ser um mensageiro de Deus, levando um recado de Deus ao povo de Deus.

 

Minha fala tem de estar centrada na Bíblia, preferencialmente de forma expositiva, ser Cristocêntrica, expor e enfatizar a criação, a queda e a redenção.

 

Os meus pressupostos sobre Deus devem ser o cerne de minha pregação. Eu creio:

 

1.      que Deus pode realizar sinais, milagres, maravilhas e prodígios. Logo, Deus pode realizar qualquer coisa que queira sem que tenha que obedecer às suas próprias leis físicas, por exemplo: fazer o sol parar, andar sobre as águas, voar, teletransportar, surgir e desaparecer de ambientes, transformar substâncias, revelar segredos, resolver casos difíceis e mesmo impossíveis, ressuscitar mortos, trazer à existência qualquer coisa, nada é demasiadamente difícil para ele, nem impossível;

 

Essas coisas precisam estar relativizadas para serem referenciadas, isto é, não tem sentido eu dizer que para Deus todas as coisas são possíveis, pois para ele, de fato, todas as coisas são possíveis. A declaração de que todas as coisas são possíveis a Deus tem de ter como referencial a minha pessoa, ou seja, ela, para fazer sentido para mim, tem de significar  algo assim: o meu Deus pode, para mim, tornar essa impossibilidade em possibilidade. (17  Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. 18  E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste. – Daniel 3:17,18).

 

A grande questão aqui não é se Deus pode ou não pode para si, mas se pode ou não pode para mim. Porque se diz que Deus pode se para mim não é disponível? Tem sentido? Somente tem sentido a declaração de que Deus pode se isto for possível para mim, se não, o que importa isso? Eu posso orar para Deus e pedir que se realiza SMMP em seu nome à semelhança dos discípulos? "29  Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra; 30  Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus. 31  E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus." (At 4:29-31).

 

Na verdade eu posso e devo orar, mas a resposta não depende de mim, mas de Deus de ele querer ou não segundo sua SSB e à sua SSB, eu me curvarei até o pó! Eu irei orar e pedir. Eu irei ser ousado. Se Deus quiser ou não quiser, saiba oh rei e todos que me ouvem que irei assim proceder e esperar – com grande expectativa – os resultados positivos. Amém!

 

2.      que Deus tem domínio sobre todos os reinos, pessoas, governos, autoridades, etc. Logo, ele pode incliná-los para onde quiser e como quiser. "Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer." (Pv 21:1). Eu irei pregar então que o coração do filho, da filha, do amigo, do inimigo, do chefe, do esposo, da esposa, do rei, do credor, do devedor, do ladrão, do policial, da autoridade, do servo, do leão, do cavalo, do boi e de todo ser vivo que respira ou dos seres espirituais, sejam principados, poderes, potestades e domínios, está nas mãos do Senhor que os pode inclinar para onde ele quiser.

 

Deus pode resolver qualquer problema de relacionamento para mim. Como a solução está nas de Deus, eu somente posso alcançá-las mediante a oração. Eu irei orar e pedir. Eu irei ousar nisso. Se Deus quiser ou não quiser, saiba oh rei e todos que me ouvem que irei assim proceder e esperar – com grande expectativa – os resultados positivos. Amém!

 

 

Em resumo, eu irei orar, jejuar, buscar, esperar e pregar:

 

Ø       Sobre sinais, milagres, maravilhas e prodígios (SMMP), principalmente cura divina.

Ø       Sobre o restabelecimento de relacionamentos, principalmente de casais à beira da separação.

Ø       Sobre a mudanças de comportamentos, principalmente de pessoas presas às drogas, aos vícios, às manias.

 

Se Deus vai ou não me responder, isso é com ele. O meu papel será, doravante, assim proceder, com fé, crendo que se sucederá como estou esperando. Eu somente me deixarei ser vencido até ao pó e à cinza pela soberania, sabedoria e bondade de Deus.

 

Você já reparou na diferença que há entre alguém que chega a outrem e diz: "eu creio que Deus pode te libertar deste vício de fumar agora mesmo"  e outro que diz: "Deus vai te libertar deste vício de fumar agora mesmo"? Ora, porque alguém se dirigindo a outrem falaria de algo assim colocando as coisas no campo das possibilidades? Se ele crê, porque então não declara logo que Deus irá libertá-lo? 

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Terminei o livro de Daniel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Estou na página 50/192 página de CURA PARA O CORAÇÃO, de Howard Eyrich e William Hines, ed. Cultura Cristã (título original em inglês: Curing the Heart.

Ø       Estou com 08h15m15s da segunda parte com 10h24m22s depois de terminar a primeira parte de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         Já li as 660 páginas, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

·         Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.