Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 163/365 - Feliz Ano Novo!

Minha LBH: estou no Salmos 16. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 133/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 21h41m20s/25h56m37s.

FELIZ ANO NOVO! 

Um ano novo está às portas: faltam poucas horas! Eu irei passar o ano novo com todos os meus na igreja, buscando ao Senhor e dedicando as primeiras horas do dia ao seu louvor. Há muita coisa a se fazer neste 2010 e eu já dei passos importantes para isso, como foi minha matrícula no Seminário Presbiteriano. Entreguei também uma carta ao Conselho da minha igreja manifestando meu interesse em tornar-me Ministro do Evangelho.

As coisas estão acontecendo rapidamente. Dá para perceber que logo, logo, estarei por ai conduzindo um rebanho para a glória de Deus. Sabendo e prevendo que serei usado, inclusive por manifestações proféticas, sábio serei se eu tiver comigo já arquitetado uma política de compromissos que envolvam questões importantes relacionadas principalmente ao sexo oposto e ao dinheiro, as finanças. Poderá ser que terei de movimentar muita grana, estar envolvido com muita gente e negócios e coisas importantes.

Eu já estou preparando algo assim e preciso conversar com o Senhor e fechar, dentro do possível, todas as brechas de possíveis tentações. Pretendo fazer algo assim como aqueles 5 votos de Cinco votos para obter poder espiritual de A. W. Tozer.

A palavra de ordem hoje último dia do ano é de que você não abra mão de sua confiança absoluta em Deus de todo C.A.F.E! Somente confiando em Deus, de verdade, é que conseguiremos vencer a ansiedade em nossos corações e não temeremos o que nos espera no ano novo de 2010.

Ontem eu tive a honra e o privilégio de pregar na Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga e o tema foi: VOCÊ CONFIA EM DEUS? Sendo a referência bíblica a que se localiza em Pv 3: 4 e 5. Como o tema é demasiadamente abrangente, eu parti do pressuposto que eu confio plenamente em Deus. A partir daí tracei um perfil esperado o qual, óbvio será aquele que seria bom que praticássemos. Quer conferir? Veja: http://www.scribd.com/doc/24633514/Voce-Confia-em-Deus

Aproveitando o ensejo, eu desafio você a confiar em Deus de todo o teu coração, alma, forças e entendimento neste 2010. Feliz ano novo a todos. A Deus toda a glória!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 162/365

Minha LBH: estou no Salmos 12. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 115/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 19h25m05s/25h56m37s.

 

Vida de oração.

 

Nas Institutas de Calvino, Vol. 3, no ponto onde estou, o tema está focado nas orações. É tempo de orar! Pare tudo o que estás fazendo agora e dê a você a chance de elevar os teus pensamentos a Deus em oração. Comece a agradecer a Deus por tudo o que você é, tem e até por onde você está.

 

Eu já ouvi em pregação ministrada pelo Pr. Josué Gonçalves que o crente que ora é como um fio descascado que liga a terra e o crente ao Trono da Graça... ai dos que se atreverem a tocar no crente que ora... poderá vir a ser eletrocutado! Embora chocante...rs... a idéia é realmente interessante.

 

Eu creio que Deus está nos céus sendo o Criador Bendito e que também habita nos corações de todos os seus filhos. Essa afirmação é fortíssima! Se é assim, se eu afirmo isso com forte convicção, eu também devo crer que além de Criador, meu Deus é também o sustentador e o autor de toda a vida. A minha bênção esperada está nas suas mãos  e não em meus esforços.

 

Eu li a Revista ULTIMATO, Ano XLII – Nº 322, referente a jan e fev de 2010, e gostei muito das entrevistas em geral, principalmente das últimas, entre elas destaco a do Rev. Alderi Souza de Matos – Liturgia e Culto: Reflexões à Luz das Escrituras e da História Cristã, do Ricardo Gondim – Procuram-se Anti-Heróis e de uma entrevista com Ronald Sider, autor do Escândalo do Comportamento Evangélico e Cristãos Ricos Em Tempo De Fome.

 

A frase que me chamou a atenção foi: “Deus não premia sucesso, e sim integridade” (Pr. Ricardo Gondim). Seria muito bom que tivéssemos em mente, no momento de nossas orações, essa frase que nos revela que nosso foco não deve ser o sucesso, nem o ser o melhor, ou o mais famoso, ou o mais poderoso homem de Deus que pisou nessa terra, mas, sim, termos, sermos e estarmos no centro da vontade de Deus.

 

Ter uma mente treinada, disciplinada e apta a discernir as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça é que deve ser a nossa ambição e o maior objetivo em nossas orações. Há pessoas que confiam em seus talentos e são demasiadamente habilidosas, jeitosas e eficazes, mas se esquecem de que vivem num mundo em que há um Senhor. Elas até prosperam por causa de seus dons e talentos, mas do que adiante a conquista do mundo e a perda da alma? Que proveito isso terá? Melhor é confiar no Senhor.

 

Não faça nada. Não projete nada. Não dê um passo se quer. Não fique ai parado. Não se associe com ninguém. Não busque a separação. Não jogue fora nem ajunte. Nada façais sem antes consultar ao Senhor por meio de suas orações. Sim, tudo, tudo mesmo, apresente ao Senhor e silenciosamente lhe diga. Senhor, antes de .... lembrei-me de ti e para que eu não caia em laços ou me envolva em algo que me prejudicará eu te faço esta consulta. Abençoe e prospere minha decisão dando-me um coração sensato, obediente e sensível para ouvir a tua voz. Que isso, Senhor, seja para a honra e a glória de teu nome. Amém. A Deus toda a glória!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Cartaz do Cursos teológico-pastorais de férias


Soli Deo Gloria!

Cursos teológico-pastorais de férias

Em Janeiro de 2010 a Sociedade de Estudos Bíblicos Interdisciplinares, SEBI, dará início às suas atividades, oferecendo os seguintes cursos:

 

Cursos com o Prof. Airton Williams (Mestre em Teologia Exegética do Antigo Testamento e mestrando em Linguística Textual pela Universidade Mackenzie; pós-graduado em Ciências da Religião e em Língua  Portuguesa): 1. Apocalipse e literatura Apocalíptica: como entender a mensagem de João - curso com 6 encontros - R$ 75,00 - Início 14.01 - Horário: das 19:30 - 22:30; 2. Cantares para Adultos: a mensagem de Cantares à luz do texto hebraico e sua implicações para a sexualidade cristã - 6 encontro - R$ 75,00 - Início dia 15.01 Horário das 19:30 às 22:30; 3. Leitura Funcional da Bíblia: aprendendo a ler a Escritura como texto a partir do desenvolvimento e encadeamento de sua ideias – 8 encontros - R$ 150,00 (em 2 vezes) - Início 16.01 - das 9:00 às 12:00

 

Cursos com o professor Denes Izidro (pós-graduado em História do Cristianismo Primitivo pela UNB, mestrando em História pela Universidade de Goiás e pós-graduando em Antropologia Cultural pela  UNIFIL: 1. A História da Literatura Cristã Primitiva: entendendo a formação do Novo Testamento e da literatura apócrifa - 2 meses - R$ 75,00 a mensalidade - Início 11.01 das 19:30 às 22:30; 2. A Influência pagã na história do cristianismo - 6 encontros - R$ 75,00 - início 16.01, das 14:00 às 17:00.

 

DESCONTOS: Para os que cursarem mais de um curso, a SEBI concederá um desconto de 20% e parcelamento em 2 vezes. Para cada aluno que o participante trouxer, será concedido mais 20%.

 

Os cursos serão ministrados na QNA 36, casa 16 - Tag. Norte – próximo do Shopping Top Mall. Inscrições podem ser feitas no local. Para inscrições feitas até o dia 05.01, será concedido um desconto de 10%. Maiores informações: 8595 7673 (oi) ou 8198 1854 (tim).

 

O SEBI também revende livros com descontos de 20 a 30% de descontos. Caso lhe interesse, favor enviar-nos e-mail solicitando catálogo que lhe enviaremos. Atenciosamente, www.airtonwilliams.blogspot.com e www.episcopaldf.blogspot.com

365 dias de propósito! Dia 161/365

Minha LBH: estou no Salmos 8 (o Salmos que dizem ter sido lido na lua!). Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 103/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 18h19m55s/25h56m37s.

 

Vida de Oração!

 

Algo está mudando na minha vida e ela é a vida de oração. Eu estou praticando a oração em todas as coisas e em todos os momentos. Qualquer probleminha, o mais simples deles, em casa agora é grande motivo de oração. Alguém está resfriado, com dor de cabeça, com dor nas costas, a casa está com algum vazamento, alguma infriltação, algo fora do normal, lá estou eu a orar e a apresentar o caso a Deus em oração.

 

E já tenho testemunho. Em casa meu microondas estava ruim e não esquentava mais. A luz de minha casa, principalmente, na cozinha oscilava muito nem podíamos ligar nosso filtro. Estava mesmo chateado e comecei a procurar um eletricista. Então resolvi colocar as mãos onde eu achava que era o problema e orei e abençoei. Orei mesmo com fé e esqueci.

 

Marquei um encontro com o eletricista para hoje para resolver o problema, mas pasmem... em casa ligaram a campainha e era alguém da Compania Elétrica de Brasília – CEB. O rapaz me pediu para desligar meu relógio que ele iria trocar uma peça que estava em curto. Trocou a peça e não durou nem 5 minutos. O fato é que depois dessa troca, acabaram as oscilações, o microondas voltou a funcionar e meu filtro pode gerar águas geladinhas... aleluias!

 

Domingo ouvi uma pregação em que o preletor nos dizia para sermos chatos... chatos mesmo, importunos, insistentes e persistentes em oração. Foi Jesus, nosso Senhor que nos ensinou a sermos assim. Vocês se lembram do juíz iníquo e da viúva pobre? E do amigo importuno? E ai Jesus conclui, se estes, sendo maus e ingratos vão e fazem justiça por causa da importunação quanto mais o Pai Celestial não vos fará maiores coisas? Vejam abaixo as parábolas:

 

Querendo Jesus ensinar a seus discípulos que deviam orar sempre e nunca desanimar, propôs-lhes a seguinte parábola: - "Havia em certa cidade um juiz, que não temia a Deus nem respeitava os homens. Havia também naquela mesma cidade uma viúva que vinha constantemente ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. Ele, por algum tempo, não a queria atender, mas depois disse consigo: Se bem que eu não tema a Deus, nem respeite os homens, mas, como esta viúva me incomoda, julgarei a sua causa, para que ela não continue a molestar-me com suas visitas. Ouvi, acrescentou o Mestre, o que disse esse juiz injusto; e não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora seja demorado a atendê-los? Digo-vos que bem depressa lhes fará justiça". (Lucas, 18:1-8)

 

Disse-lhes ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um amigo, e este for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois um meu amigo, chegando de viagem, procurou-me, e eu nada tenho que lhe oferecer. E o outro lhe responda lá de dentro, dizendo: Não me importunes; a porta já está fechada, e os meus filhos comigo também já estão deitados. Não posso levantar-me para tos dar;  digo-vos que, se não se levantar para dar-lhos por ser seu amigo, todavia, o fará por causa da importunação e lhe dará tudo o de que tiver necessidade.” (Lc 11:5-8)

 

Irmãos, o ensino acima é para sermos persistentes, perseverantes e isso está muito claro. Não confundam por favor as coisas pensando que Deus é como o ímpio ou que ele atende por causa do aborrecimento decorrente de uma importunação chata. Não é isso. A parábola não ensina isso. A comparação não é por semelhança, mas por contraste. Se até o impío que é mal atende por causa da pertubação, Deus que é bom atenderá por causa da perseverança.

 

Outra coisa que tem de ficar bem clara é que Deus não é como a histórinha do gênio da lâmpada que atende aos nossos pedidos, geralmente 3, seja o que for que peçamos. Nosso pedido tem de estar dentro da vontade e dos propósitos de Deus. Não somos nós que temos a Deus para a realização de nossos desejos, mas Deus é quem nos criou para um propósito específico. Cabe a você descobrir mediante o estudo das Escrituras e do estabelecimento de um relacionamento sadio na fé com o Senhor Jesus a sua vontade para a sua vida. A Deus toda a glória!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 160/365

Minha LBH:iniciei o livro de Salmos e avancei até o Salmos 4. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 092/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 17h44m28s/25h56m37s.

 

JAMAIS DESISTA!

 

Jesus Cristo o filho de Deus veio a este mundo cumprir o propósito de Deus de salvar e resgatar as nossas vidas das garras do pecado. É o pecado que nos afasta de Deus e que torna as nossas vidas sem graça. As nossas queixas, diz-nos a Palavra de Deus, é dos nossos próprios pecados.

 

Aquilo que nos era danoso e que nos escravizava foi vencido pelo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Agora somos livres do pecado, mas não para continuarmos nele, mas para sermos de outro, a saber do Senhor.

 

Meus temores, minhas dores, meus pecados foram todos levados pelo Senhor. Agora devo rejubilar-me e buscá-lo de todo o meu coração, pois ele tem nos prometido que não nos deixará nem nos abandonará.

 

A morte já não tem dominio sobre nós, pois pertencemos ao Senhor da vida. Ganhamos a vida eterna e ainda não se manifestou o que haveremos de ser, mas seremos semelhantes a ele, o Senhor. Se amorte já foi vencida, imaginem as doenças e enfermidades...

 

Irei doravente anunciar a todos os que cruzar que Cristo salvo o pecador. Mas não é somente isso. Ele também cura, sara, manifesta seu poder e realiza sinais e maravilhas. Não devo ter medo de orar e pedir nem ficar me justificando, mas com temor implorar ao Salvador a libertação de toda a dor.

 

Somente nele há salvação. Não adianta o correr e o labutar se com Cristo não estivermos ligados. Pensamos que nossa prosperidade está em nossos trabalhos e esforços (nosso trabalho e esforços são bênçãos do Senhor!), mas ela vem é do Senhor.

 

Desistir de caminhar e de seguir ao Senhor é loucura e não devemos nem ao menos imaginar se afastar do autor e doador da vida, pois fora dele, onde encontraremos outro salvador? E se não há outro salvador então por mãe temos as coincidências e por pai o acaso.

 

Eu vou continuar a seguir meu Senhor e insistir qual um teimoso a orar como bem ensinou-nos o Salvador. É preciso mesmo ser chato e não ceder, insistir com todo fervor. Eu convido você a se unir a mim. Tá difícil? Você ora por mim e eu oro por você.

 

Somos um só corpo no Senhor. Não adianta nada eu querer vencer sem ao menos pensar em você. De repente é ajudando a você que eu alcançarei a minha vitória. Deus é um Deus misterioso que gosta de nos envolver. Ele não morreu somente por mim.

 

Irmãos todos nós somos no Senhor que também é nosso irmão mais velho. Somos agora da família de Deus e nosso Papai nos conhece. Nada adianta enganar ninguém. O Papai tudo vê e a cada um retribui conforme as suas obras. Se você quer vencer, terá de amar e perdoar o teu irmão.

 

Somos família, uma grande família e na família procuramos agradar nosso irmão e ajudá-lo ou mesmo por ele nos sacrificarmos. Se meu irmão estiver com fome, com sede, nu, preso ou enfermo e eu desprezá-lo, serei desprezado. Se eu o acolher e a ele for útil, então serei sábio e inteligente e o amor do Pai estará comigo.

 

Tesouros, jóias, dinheiro, prosperidade chamam a atenção porque com eles conseguimos muitas bênçãos espirituais. Eu mesmo sou tão cheio de desejos e de sonhos que custam uma grana: cruzeiro, viajem a Israel, um novo notebook, uma casa maior, um carro mais novo, confortável e possante, alguns gadgets, ...

 

A Bíblia nos ensina a honrar nosso pai e nossa mãe para que se prolonguem nossos dias na terra e tudo nos vá bem. Quem sabe, Deus não escondeu as tuas riquezas em teu pai e mãe e você vive rejeitando eles? Quem sabe não escondeu teu progresso profissional no irmão carente e você o menospreza? Meu querido, Jamais Desista de ser fiel ao Senhor, pois será grande a tua recompensa. A Deus toda a glória. Amém.

domingo, 27 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 159/365



Minha LBH:Terminei o livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 075/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da http://www.nextup.com/, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 17h09m05s/25h56m37s.

"... e o Senhor aceitou a oração de Jó" (Jó 42:9).

"Mudou o Senhor a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos..." (Jó 42:10). Meu amigo e meu irmão de pouco proveito será você correr a corrida sem observar as regras. Você pode até chegar na frente, mas será punido pelas regras e não receberá o devido prêmio. Em nossa corrida da vida, negligenciar o seu Autor e Criador é, no mínimo, insensatez que trará consigo as suas devidas consequências.

Deus existe! Revelou-se nas coisas criadas e nas Escrituras e agora nem você nem eu temos desculpas. Gostei da forma como Gerard Van Groningen apresenta as Escrituras e a coloca em papel de superioridade na revelação divina. Este Deus, Criador, exige que nós confiemos nele e não abre mão disso por nada. A confiança nele é como se fosse uma porta que está posta diante de ti. Se você entrar por ela, tudo te irá bem; se a rejeitares, será igualmente rejeitado.

Se temos por Deus ao Senhor. Se o conhecemos como o Deus Criador, Soberano, Sábio e Bom que está no controle de todas as coisas, tanto as visíveis quanto as invisíveis, temos de gastar mais tempo de nossas vidas em oração. Tempos atrás eu meditava com os irmãos que Deus usa vaso e vaso vazio; vaso cheio não serve, mas vazio para que a excelência do poder seja toda de Deus.

Eu descobri que somente conseguimos esvaziar o vaso se o enchermos. Sim, se o enchermos de leitura bíblica, contemplativa e meditativa em suas santas Escrituras; se o enchermos com orações, jejuns e lágrimas; se o enchermos com o perdão e com todas as coisas concernentes ao Reino de Deus e a sua Justiça. O vaso de Deus, vaso de Deus vazio que Deus usa tem de estar cheio. Aleluias!

Irmãos, não é somente gastar mais tempo de qualidade de nossas vidas em oração, mas em tudo o que diz respeito às coisas do Reino de Deus e de sua Justiça. O jamais desista é, em parte, um pouco disso, pois sou como que obrigado a todos os dias alimentá-lo com essa buca incessante das coisas de Deus. Por conta disso, tenho minha vida regular de oração, de leitura bíblica, de leitura de bons livros evangélicos, de meditação e de escrita, etc. Deixar todos os dias uma mensagem autêntica buscando o meu melhor não é tarefa fácil, mas Deus dá graça.

Ao orar hoje em meu período diário de oração eu falava com Deus: como nós iremos Senhor alcançar 20.000 almas este ano para ti? Ajude meu filho que tem um propósito desse junto com seus amigos. A resposta divina para mim foi clara:  o mundo não está abandonado nem entregue ao acaso. Dando eu o sonho, não daria eu a sua concretização? Eu não tenho que ganhar 20.000 almas, nem 200 mil ou 2 milhões, ou ainda apenas 2 almas. Meu foco deve ser que eu seja dele, do Senhor, instrumento de valor, vaso vazio (cheio das coisas de Deus!).

Senhor, visita-nos no dia de hoje de uma forma especial não deixando nem permitindo que sejamos tratados conforme as nossas loucuras (Jó 42:8). A Deus toda a glória!

sábado, 26 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 158/365

Minha LBH: Estou no capítulo 39 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 064/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 16h47m33s/25h56m37s.

 

Cheguei no capítulo 38 de Jó quando Deus começa a convencer a Jó de sua ignorância. Na primeira vez que cheguei aqui nesse capítulo eu fiquei facinado e abri tanto os meus olhos e ouvidos que nada vi nem ouvi de explicações. Aquilo me quebrou e fiquei um pouco decepcionado tamanha a minha fome pelas respostas de Deus. Deus é mesmo diferente! Deus não deu respostas às questões de Jó mas limitou-se a apresentar-se de forma sábia e poderosa. Ao invés de respostas, Deus fez tantas perguntas a Jó! Mas foram tantas que era como se dissesse: como tu que de nada sabes pode ao menos tentar querer saber outras tantas coisas?

 

Na resposta de Deus a Jó, "por um constante apelo à criação e à natureza do universo criado, Deus dá a entender a absoluta e infinita distância entre o Criador e a criatura. O homem sendo criatura e finito, não pode compreender a infinita sabedoria de Deus, nem o mistério das suas leis. Por estas palavras Jó é humilhado ao ponto de compreender que é inútil ao homem pensar que pode penetrar nos mistérios e ações providenciais de Deus extensivas Às suas criaturas. Jó foi despojado de todo orgulho, e pela graça de Deus alcançou uma autêntica vitória e uma fé triunfante" (Russel Shedd – comentários do Cap. 38-42).

 

Não é de respostas que precisamos, mas de confiança em Deus. Quando confiamos o entendimento fica mais fácil. Por que Deus falou com Jó de um redemoinho?

 

"Os redemoinhos-de-poeira ou pés-de-vento (também conhecidos como diabos de poeira do inglês dust devil) são ventos em espiral formados pela convecção do ar, em dias quentes, sem ventos e de muito sol. Ocorrem quando o solo se aquece em determinado ponto, transferindo esse calor à porção de ar que está parada logo acima dele. Quando atinge uma determinada temperatura, esse ar sofre rápida elevação, subindo em espiral e cria um mini centro de baixa pressão. Devido ao princípio da conservação do momento angular esse redemoinho ganha velocidade e acaba levantando a poeira do solo, fazendo com que um funil de 'sujeira' seja visível. Ele pode apresentar desde alguns centímetros até muitos metros de altura. Frequentemente esse fenômeno é confundido com um tornado, porém vale salientar que, ao contrário dos tornados, os redemoinhos de poeira somente se formam em dias sem nuvens, sob muito sol e calor e baixa umidade do ar. Além disso, a velocidade dos ventos desse fenômeno raramente ultrapassa os 100 km/h, podendo causar apenas pequenos estragos, tais como destelhamentos leves." (http://pt.wikipedia.org/wiki/Redemoinho)

 

Há outras manifestações de Deus por meio do vento, entre elas a que Deus apareceu a Elias numa brisa suave quando este estava enfurnado em uma caverna. Jesus usou o vento para ensinar a Nicodemos o Espírito Santo:

 

"– "O vento é o ar em movimento." Jesus disse a Nicodemos: "O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem e nem para onde vai..." (Jo 3,8).  O vento é um agente da natureza misterioso. Não podemos prendê-lo, tampouco podemos definir o seu curso e a sua ação, e ao mesmo tempo em que sopra forte, destruindo o que não está firme, também surge como uma brisa suave, que refresca e traz serenidade. Assim é o Espírito Santo de Deus, o Qual sempre foi simbolizado pelos antigos, como vento, (Hebraico: rúah = hálito de Deus, sopro, respiração; Grego: pneuma = soprar, respirar, espírito aéreo; vento)." (http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=4006).

 

Deus poderia ter falado com Jó de tantas e tantas maneiras, mas escolheu um redemoinho! Deve ter sido uma cena que Jó viu que o marcou profundamente... um redemoinho falante... ar em movimento circulatório retirando do chão a poeira e tudo o que estivesse ali jogado. Sem a poeira e sem qualquer sujeira não seria nem visível. Um redemoinho chama a atenção e impressiona.

 

Precisamos confiar mais em Deus. Somente confia quem o ama e quem o conhece. Quem o conhece, tem experiências para contar. Você confia em Deus? A Deus toda a glória!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 157/365 - Feliz Natal!

Minha LBH: Estou no capítulo 33 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 059/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 16h37m33s/25h56m37s.

 

Feliz Natal! Será que Jesus teve de procurar uma estrebaria por não ter encontrado lugar em sua hospedaria? Será que neste ano de 2010 você não irá fazer um compromisso de levar as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça mais a sério? Eu irei aproveitar a oportunidade e renovar meus votos de fidelidade ao Senhor, pois sei que nos seus caminhos nenhuma besteira irei fazer nem nelas me envolver.

 

Graças a Deus, tenho tido a oportunidade de permanecer firme em meus propósitos. Isso me tem ensinado a ser disciplinado. Eu sei que ao longo dos tempos (longo dos tempos se faz dia a dia, um dia de cada vez), eu estarei com mais valor agregado por conta de minhas orações, leituras bíblicas (texto e áudio), leituras de bons livros cristãos. Haverá progresso, crescimento espiritual e melhoria na qualidade de vida espiritual: não tenho dúvidas, nem a mínima que seja, que prosperarei. Você quer também prosperar? Então, trabalhe!

 

Além do espiritual e intelectual, irei também relatar no jamais desista (que benção tem sido o jamais desista em minha vida! no princípio, achei que não iria dar conta do desafio, do propósito, ou que logo me enfadaria) minhas atividades físicas que irei, diariamente, registrá-las. Creio que devemos cuidar e tratar bem de nosso corpo que é o templo do Espírito Santo que Deus nos deu para vivermos nessa terra.

 

Cuidar bem do corpo será uma meta que tratarei com muito carinho. Atualmente, fica o registro, sou sedentário ao extremo, além de comilão e beberrão (no bom sentido, pois meu consumo de álcool é zero – não tenho o mínimo desejo disso, graças a Deus), estou com taxas altas de colesterol, triglicerídeos (tomo até remédio, todos os dias para controle das taxas de colesterol) e estou além de meu peso. Estou gordo, com barrigão e com minhas juntas todas enferrujadas. Como sou disciplinado para a glória de Deus, veremos qual será meu diagnóstico de meu quadro atual a ser descrito nessa mesma época em 2010. Meu peso atual: 84 kg. Minha altura: 1,70m.

 

Aqui no jamais desista ficará tudo registrado como exemplo para todos, principalmente aos mais jovens, especialmente meus queridos filhos. Quem sabe não serei ainda levantado e usado por Deus para uma grande obra? Comecei, praticamente, com meus 50 anos e vou chegar até... (Deus sabe!). De uma coisa estou certo: serei, a cada dia, melhor pai, filho, marido, homem de Deus, empregado, patrão, cidadão, servo de Jesus.

 

Feliz natal a todos! A Deus toda a glória!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 156/365 - sermão de natal

Minha LBH: Estou no capítulo 333 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 059/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 16h35m07s/25h56m37s.

 

Estou amando a leitura do livro de G. Van Groningen e sou da mesma linha de pensamento dele. É difícil encontrar nos tempos modernos que crê em Deus dessa forma, mesmo dentro da própria igreja. Sua visão de Deus e do cosmos, os céus e a terra, é a minha visão, mas sendo que mais bem fundamentada e sustentada pela Palavra de Deus. Irei aprender e fortalecer ainda mais minha cosmovisão cristã.

 

Por exemplo, sobre a vida (a ciência, ou melhor, os cientistas procuram de todas as formas explicar esse fenômeno que permanece um mistério) ele disse que só Deus fez a vida e quando ele pede o seu fim, ninguém ou nada pode impedir que isso aconteça. Vida, em qualquer forma, não é o resultado de combinações e de processos. É, antes, o resultado do desejo de Deus de criar por meio de sua vontade soberana, da palavra e do Espírito cooperador. (p. 54).

 

Em nosso mundo moderno ansiamos por explicações científicas para cada fenômeno. Tudo tem de ter uma explicação, uma origem, uma razão de ser. Se choveu, choveu por causa do calor e houve calor por causa do clima e o clima estava propício ao calor por causa do efeito estufa que surgiu por causa dos gases poluentes que estão afetando a camada de ozônio que protege nossa atmosfera dos raios ultravioletas, ... eu amo as explicações científicas, eu amo a ciência comprometida com a verdade na busca das explicações dos fenômenos, mas também creio em um Deus que administra, governa todas as coisas.

 

Nós não estamos abandonados numa espaçonave chamada planeta terra rumo ao desconhecido ou ao encontro de um buraco negro. Deus é rei dentro de um reino que ele criou e que governa. Nem acaso, nem por acaso, nem este é o caso, mas Deus controla todas as coisas. Quando adoecemos, fazemos bem procurarmos o médico e o remédio, mas nem médico nem remédio podem trazer a cura ou o alívio e sim Deus.

 

Ontem, no culto das causas impossíveis, o Pr. Sabino pregou sobre cura divina e deu testemunho de sua vida e criação de seus filhos que criam na oração como o melhor médico e remédio para todos os males. Ele dizia que não seria capaz de pregar cura divina se primeiro não a vivesse em seu lar. Jesus não veio apenas salvar e libertar o homem, mas também curá-lo, sará-lo de todos os seus males. Por crer e viver o testemunho de sua própria vida, foi capaz de ousar e pedir aos irmãos que estavam com problemas e dores que o procurassem e Deus vai realizando a sua obra. Glórias a Jesus.

 

Ao chegar em casa, juntei minha esposa e fomos ao nosso filho que está com um probleminha na pele e oramos por ele. Eu irei adotar a mesma visão do Pr. Sabino e junto com a do Dr. G. Van Groningen irei formar minha cosmovisão cristã para o tratamento de todos os casos relacionados a dores e enfermidades. Usarei o remédio, sim; concultarei e seguirei as prescrições médicas, sim; mas, antes, durante e depois orarei ao Senhor, pois só ele é o autor e o consumador de toda a vida. somente Deus pode curar.

 

O que direi aos amados irmãos e parentes e amigos, crianças, jovens, adultos e senhores que irão cear comigo hoje a ceia de natal? Este será meu sermão de natal: dir-lhes-ei que há nos céus e na terra um Criador que tudo governa e que nos deu Emanuel – Deus conosco; que ele ainda está procurando lugar. Será que nossas hospedarias ainda se encontram lotadas? Deixaremos nosso Senhor nascer numa estrebaria, novamente? O texto base que irei ler está em Lucas 2:1-20. A Deus toda a glória!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 155/365

Minha LBH: Estou no capítulo 30 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 042/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 16h25m07s/25h56m37s.

 

Estou, no momento, redigindo uma carta ao Conselho de minha igreja e nela manifestando meu desejo de tornar-me um ministro presbiteriano do evangelho. Até que isso se torne realidade, creio, ainda irá se passar uns 2 anos, logo, meu sonho se realizará em 2012. Sendo otimista, no início de 2012, estarão faltando para eu me aposentar, de 5 para 6 anos e a minha idade será de 52 anos. Senhor, é isso o que tu queres de mim?

 

Segundo a CONSTITUIÇÃO DA IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL, MANUAL PRESBITERIANO, Promulgada a 20 de julho de 1950 - Templo da Igreja Presbiteriana de Alto Jequitibá – MG, em sua Seção 2ª - Ministros do Evangelho, no Art.30, O Ministro do Evangelho é o oficial consagrado pela Igreja, representada no Presbitério, para dedicar-se especialmente à pregação da Palavra de Deus, administrar os sacramentos, edificar os crentes e participar, com os presbíteros regentes, do governo e disciplina da comunidade.

 

As funções privativas desse ministro são, Art. 31: a) administrar os sacramentos; b) invocar a bênção apostólica sobre o povo de Deus; c) celebrar o casamento religioso com efeito civil; d) orientar e supervisionar a liturgia na Igreja de que é pastor. No Art. 32 encontramos ainda as seguintes atribuições relavias ao ministro: deve conhecer a Bíblia e sua teologia: ter cultura geral; ser apto para ensinar e são na fé; irrepreensível na vida; eficiente e zeloso no cumprimento dos seus deveres; ter vida piedosa e gozar de bom conceito, dentro e fora da Igreja. E, no Art. 33, as suas possíveis designações: poderá ser designado pastor-efetivo, pastor-auxiliar, pastor-evangelista e missionário.

 

A voz que não quer se calar dentro de mim diz, insiste e persiste, continuamente:

 

- Confia no Senhor de todo o teu coração (de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento) e não te estribes no teu próprio entendimento, mas reconhece-me em todos os teus caminhos e eu endireitarei as tuas veredas. (Pv 3:5 e 6).

 

Deus está me falando que tanto pode me subir ao topo, ao mais alto do topo, como pode me abater ao mais profundo do poço, não importa; tanto pode me tornar extremamente saudável, como profundamente doente; tanto pode me usar com membros como sem eles; tanto pode me dar riquezas e glórias, como ser eu alvo do mais profundo desprezo e pobreza. Nada disso importa, nada disso tem valor, nada disso é eterno, pois eu sou Deus zeloso, soberano, sábio e bondoso: sei o que faço e o que permito que se faça. Eu quero te usar como vaso, como vaso vazio. A obra é minha, o povo é meu, a palavra é minha, o vaso também é meu. Apenas isso, vaso, vaso vazio: confie!

 

Esta é a palavra do dia! Confie em Deus. Confie mesmo em Deus. Não há como administrarmos todas as coisas, temos de entender que há um Deus e que somos de Deus, portanto perseveremos na firmeza de prosseguirmos avante, sem jamais desistir. Ele irá nos usar da maneira que lhe agrade, em qualquer hora e em qualquer lugar, portanto, diga, como na canção, eis-me aqui, senhor: usa-me!

 

E quanto ao meu salário que não está sendo suficiente? E meus parentes que estão enfermos, nos vícios, em caminhos que não são bons? E no meu emprego que não sou reconhecido? E as coisas que preciso adquirir ou consertar e me faltam recursos? A palavra de Deus hoje liberada é para que você confie nele, pois ele não está alheio, nem avesso a tudo que te cerca. Você irá fazer o seguinte: orar a Deus e buscá-lo de todo o teu C.A.F.E. (se não souber o que é isso, escreva-me que te explicarei com prazer). Simples assim. Muito simples! A Deus toda a glória!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 154/365

Minha LBH: Estou no capítulo 27 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 038/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: ainda estou em 16h20m07s/25h56m37s.

 

Deus, de fato, se importa conosco? Deus aprecia um relacionamento conosco? Eu creio piamente que sim. No entanto, sua manifestação e comunicação conosco não é da forma como poderíamos sonhar e desejar, isto é, com vozes, trovões e relâmpagos. Por exemplo, Deus ao se manifestar a Elias na caverna e Elias ao reconhecer a Deus que lhe falava, não foi por meio de vendavais que depedaçavam as penhas, nem terremotos, nem fogaréu, mas por meio de uma suave e tranquila brisa.

 

Em seguida começa um diálogo entre Deus e Elias. Este é o Deus que se importa conosco: sua primeira pergunta a Elias foi: "o que fazes aqui, Elias" (I Re 19:13). Somente Deus terá conosco tal cuidado de procurar saber o que estamos fazendo. Elias estava desanimado, frustrado, deprimido. Ele tinha pedido a sua morte e seu espírito se desanimou tanto que perdeu o rumo e a direção de sua vida. E você que não sai desse buraco, dessa caverna em que te meteste. Olha Deus aí, de teu lado, suavemente falando contigo por meio dessa palavra: "O que fazes aqui, ...".

 

Natal, é a semana do natal! A busca por sermão de natal está intensa na internet. Acho que até o google vai se converter desse jeito. Aqui na minha casa terá a tradicional ceia da família, com troca de presentes, muita alegria, descontração, parentes se aproximando, todos desejosos de dar e de receber alguma coisa, especialmente o carinho e respeito devidos, luzes, presépio, cores, árvore de natal e até o Papai Noel.

 

Eu bem que poderia sair condenando tudo isso e demonstrando de todas as formas que Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro, que o pinheiro é de origem pagã, que papai Noel é uma forma de usurpação do Senhor, mas não creio que eu deva assim proceder, pois não vejo nisso edificação. Agora, se eu for inteligente eu posso aproveitar cada detalhe desses até os mais complicados e remeter meus parentes a Cristo. Agora, se toda a minha família fosse convertida, ao invés disso tudo, poderíamos fazer um grande e maravilhoso culto familiar ao Senhor.

 

Tempos atrás, éramos somente eu e minha esposa que buscávamos e servíamos ao Senhor e nas festas de natal da família era somente bebida, farra, músicas de exaltação máxima à carne e cada coisa que fazia a gente que tem o Espírito Santo se entristecer muito. Hoje, uns 15 anos depois, todos nós, com exceção de nossos amados e amadas sobrinhas que já cresceram, algumas casaram e agora tem seus filhos, somos todos servos do Senhor. Continuamos a orar por cada um e iremos aproveitar o momento do natal para falarmos com toda ousadia do amor de Jesus.

 

As músicas, bebidas e as farras da carne deram lugar a mais amor, mais carinho, mais alegria, mais respeito. Como a festividade do natal será em casa, a oportunidade de uma palavra a ser ministrada no dia recairá na minha pessoa. O que farei então? Senhor, eis-me aqui, vaso, vaso vazio, usa-me e que as palavras que sairem de minha boca sejam como flechas certeiras em direção ao alvo que são os corações. Que o Senhor me dê sabedoria, inteligência e unção para ministrar com amor e ousadia uma palavra de Deus que despedasse a penha.

 

A Deus toda a glória, sempre!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 153/365

Minha LBH: Estou no capítulo 24 do livro de Jó. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 024/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 16h20m07s/25h56m37s.

 

O livro de Groningen que estou lendo é, em suas próprias palavras, um estudo bíblico teológico exegético que se concentra na criação, história e escatologia desenvolvendo os conceitos bíblicos de Reino, de Aliança e de Mediador. Achei interessante que em seu prefácio, o autor fala de que sua busca por respostas o levou a entender que a criação e a consumação estão inseparavelmente relacionadas: uma fala do começo e a outra, do alvo para o qual houve o começo. Com essa leitura, espero reforçar minha crença na soberania, na sabedoria e na bondade de Deus em tudo o que faz e permite que se faça.

 

Quanto ao livro de Jó, muitas coisas estão me chamando a atenção. Primeira e, creio, a mais importante: nosso sofrimento quando a ele somos totalmente expostos não está necessariamente relacionado diretamente com faltas cometidas no passado ou com qualquer culpa presente. Eu tenho de entender que eu faço parte do cosmos que Deus criou e que administra tendo tudo, todas as coisas, sob seu controle. Se eu, simplesmente, entender isso, ficará mais fácil aceitar certas coisas difíceis que não entendemos, no momento.

 

Russel Shedd em seus comentários sobre a questão da prosperidade dos ímpios (Jó 24:25) dá a entender que essa questão é sem solução e ainda a chama de mistério insondável. Diversos homens de Deus fizeram esse questionamento a Deus e diversos homens de Deus ainda o fazem hoje. Deus não nos explicou nem nos explicará isso, pelo menos no tempo presente, mas nos garante que fará justiça. Como? Não tenho a mínima idéia. Também gostei de sua nota homilética de Jó 23.13, a seguir copiada: 

 

"O Deus imutável".  É  Deus  que resolve as coisas.

 

1) Deus cumpre Suas resoluções no plano do universo:

a) Há um plano  para este mundo, feito por Deus, Ef 1.11;

b) Este plano é perfeito, Jó 37.16; Sl 104.42; Pv 3.19;

c) O plano está  definitivamente executado,  Nm 11.23; Jó 42.2; SI 33.9;

 

2) É Deus que resolve o assunto do pecado do homem, definindo-o: 

a) como  abominação a Deus, Dt 25.16;  Sl 5.4;  Pv 15.9;  Jr 44.4; 

b) como um  perigo para o  homem, Nm 32.23; D t29.18;  Jo 5.2; Ef 5.6; 

 

3) É Deus que  resolve e  executa o plano da salvação, At 4.12:

a) Antes do dilúvio - por meio da fé na semente da mulher, Gn 3.15;

b) Nos dias dos patriarcas - pela fé no Filho prometido a Abraão, Gn 12.3;

c) Nos dias de Moisés - pela fé no carneiro  sacrificado,  Hb 9.8-10; 10.3; 

d) Nos  dias da monarquia - pela fé  no Filho de Davi,  2 Sm 7.15;

e) Nos dias de Isaías -  pela fé no Servo Sofredor, Is 53.1;

f) Nos dias de hoje - pela fé na semente da mulher, no Filho prometido, no Cordeiro sacrificado, no Filho de Davi, no Servo Sofredor, todos sintetizados em um só - Jesus Cristo, 2 Co 5.21.

 

A minha crença é total neste Deus que, conforme Russel Shedd e Gerard Van Groningen é que resolve as coisas. Se você está passando por um problemão e não sabe o que fazer, creia que Deus está contigo e te ajudará a encontrar uma saída. Aqui no Jamais Deisita! Eu estarei como você todos os dias orando pela tua vitória.

 

Recado específico para a mãe aflita de LLR: estamos orando pela senhora, por seu filho e por aquela mulher a fim de que Deus soberano, sábio e bondoso abençoe e do meio das tempestades traga vitórias para a glória de seu santo nome.

 

A Deus toda a glória.

domingo, 20 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 152/365

Minha LBH: Estou no capítulo 21 do livro de Jó. Terminei o livro O ESCÂNDALO DO COMPORTAMENTO EVANGÉLICO - Por que os evangélicos estão vivendo exatamente como o resto do mundo?, de Ronald J. Sider (Título original: The Scandal of the Evangelical Conscience). Hoje iniciarei o livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1. Gerard Van Groningen. Editora Cultura Cristã – 656 páginas. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo em meu N95, no UNO, já estou em 16h20m07s/25h56m37s.

 

Eu levei 9 dias para ler o livro de Sider. A média, portanto, foi de 15 páginas por dia. O livro não é difícil de entender e tem a função de nos despertar para a realidade do evangelho nas igrejas dos EUA. Dizer e afirmar por meio de estatísticas, por exemplo, que o  número de divórcios no meio evangélico é maior do que no mundo secular é alarmante. Imaginem então questões como a violência doméstica, racismo, materialismo sendo mais frequentes no meio evangélico que em outro lugar?

 

Com os lábios dizemos que Jesus é o Senhor e com nossas ações demonstramos maior lealdade ao dinheiro, ao sexo e aos interesses pessoais. As estatísticas foram conduzidas por institutos de pesquisas respeitados, entre eles, o Gallup e o Barna Group. Como pode o crente moderno estar assim com um estilo de vida mais hedonista, materialista, egoísta e imoral do que os que são do meio secular? A moda hoje parece ser o evangelho da satisfação pessoal.

 

A psicologia pop, diz Sider, prega que temos o direito de decidirmos o que é melhor e o que nos proporciona felicidade pessoal e se meu cônjuge não está me satisfazendo, eu tenho o direito de ir após outro que me satisfaça. Não há compromisso com Deus, pelo contrário, Deus tornou-se escravo deles, pois além de assim procederem em busca da tal felicidade, ainda exigirão de Deus a bênção com o outro, inda que do mesmo sexo.

 

Hoje é tudo relativizado. As regras morais e conceitos verdadeiros se tornaram meros jogos de poder entre grupos, raças e classes. Nada mais pode ser considerado certo ou verdadeiro. A crença moderna é que o que é certo para mim não é necessariamente certo para o outro, e vice-versa. O pecado imperdoável é, então, afirmar que existem absolutos como o certo e o errado.

 

O homem rejeitou mesmo o conhecimento de Deus para dar ouvidos a Charles Darwin que defendeu a idéia de que todas as coisas resultavam de um processo evolutivo casual e, destarte, a ética e os conceitos religiosos passaram a ser vistos como noções meramente subjetivas. Foi e está sendo o triunfo do relativismo.

 

E os crentes em Jesus Cristo, mesmo aqueles que crêem terem nascidos de novo, como explicou a pesquisa, estão adotando a visão relativista das coisas. Isso também explica o crescente número de igrejas independentes que surgiram por questões muitas das vezes frívolas e de total rebeldia. A autoridade não é respeitada, antes contrariada. O pensamento reinante é "...ninguém me obriga a ir a lugar algum nem tenho de dar satisfação de meus atos a esses pastores; sou livre para ir buscar a Deus onde eu quiser e da forma que eu quiser e Deus está obrigado a me abençoar e me aceitar do jeito que eu quiser..."

 

Como será essa realidade no Brasil? Será que nossos crentes são mais crentes e apegados à cosmovisão cristã que olha o mundo conforme os olhos de Deus? Seria muito interessante que algum seminário ou escola teológica desenvolvesse tal pesquisa.

 

Você cre que Deus exite e que a sua palavra é a Bíblia? Então viva coerentemente conforme a tua crença para não correr o risco de ir após o mundo. Que Deus nos dê um domingo abençoado em sua presença. Daqui há pouco irei para a melhor escola do mundo. Vamos? Lá darei aula de cosmovisão cristã. A Deus toda a glória.

sábado, 19 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 151/365

Minha LBH: Estou no capítulo 18 do livro de Jó. No livro O ESCÂNDALO DO COMPORTAMENTO EVANGÉLICO - Por que os evangélicos estão vivendo exatamente como o resto do mundo?, de Ronald J. Sider (Título original: The Scandal of the Evangelical Conscience), estou na página 123/134. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo em meu N95, no UNO, já estou em 15h40m46s/25h56m37s.

 

Eu estava aqui me preparando como todos os dias faço e resolvi, antes, verificar alguns arquivos em meu computador e vi um que se chamava "Tony Melendez.flv". Decidi, então, assisti-lo e ver do que se tratava e fiquei pasmo... Tony Melendez tem tudo de haver com este site. Eu recomento! Digite Tony Melendez no You Tube e confira, principalmente você que acha que não pode fazer ou se sente desmotivado a fazer certas coisas. Tony Melendez é um exemplo de vida para mim e para ti em questão de disciplina, força de vontade, superação e gratidão a Deus.

 

Tenho visto o sofrimento de Jó e refletido muito. Se Satanás não tivesse surgido nessa história não teríamos na vida desse homem de Deus tantos sofrimentos e infortúnios. A perda dos filhos e família (Deus não permitiu a perda de sua mulher), a perda dos bens, a perda da saúde física foi tudo provocado por Satanás, mas não ocorreu por vontade de Satanás, embora possa esse ter sido seu objetivo principal, mas por permissão de Deus. Se Deus não tivesse permitido, não teríamos a história de Jó.

 

Deus está no controle de tudo! Sempre esteve. Sempre estará.

 

Eu tenho de ter um coração preparado e pronto para receber de Deus tanto o bem, a prosperidade, quanto o 'mal', as perdas. Não irá trazer resultados positivos se eu em cada questão que Deus me envolver, tenha eu nascido sem os braços ou com eles, ficar questionando os motivos e os porquês. Não tenho uma mente suficientemente capaz de processar mais informações do que as que tenho, mas posso, ao invés de entender, confiar e confiar até a minha própria morte!

 

Jseus Cristo, nosso Deus, foi, como homem, nosso exemplo máximo de confiança plena, cabal em Deus. Ele aceitou cada coisa que muitos de nós não aceitaria jamais. Há também que se tomar um certo cuidado nisso para discernirmos corretamente entre o que devemos e podemos fazer e aquilo que é da vontade permissiva de Deus que não adiantará de jeito algum eu me opor.

 

Como discernir se devo lutar e de que forma contra um ladrão que tenta invadir a minha casa? Eu posso confiar em Deus e resisti-lo estando eu sozinho e desarmado e ele armado e acompanhado de um exército? O que seria, nesse caso, confiar em Deus? Lutar bravemente até a morte defendendo o que é meu de direito e de justiça ou não opor resistência alguma?

 

Não espere reconhecimento, mas confie e continue, go ahead, never give up, jamais desista. Deus tudo está vendo e depressa irá te socorrer. Entenda, de uma vez por todas, que toda a cautela do mundo, não me poderá livrar do homem de belial (sanguinário, violento, assassino, ladrão, psicopata). Deus está no controle de tudo e de todas as coisas. Entenda, ainda, que por mais que você se esforce, lute, batalhe, trabalhe, estude, se sacrifique, a tua prosperidade ou pobreza virá do Senhor. Você confia em Deus de todo o teu C.A.F.E.?

 

Lembrete: Hoje, na Igreja do Avivamento Bíblico, Pr. Domingos, na Samambaia Sul, QS 301, Lote 1, Quadra 1, será realizado o culto de ação de graças pela minha formatura em Teologia no IMPAR. Aleluias! Começara às 20hs. A Deus toda a a glória!