sábado, 16 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 179/365

Deus Ama O Povo Do Haiti E Neste Momento O Carrega Em Seus Braços!

 

Ontem, tivemos nossa vigília e somente estiveram nela eu, Gabriel, Miguel, Johnatas, Carol, Patrick, Cris e Mathaus. Oramos muito. Buscamos a face do Senhor. O Monte do P-Sul estava lotadíssimo e mal conseguimos estacionar nosso carro. Impressiounou-nos a quantidade de gente que ali se encontrava buscando a Deus em oração. Apesarmos de sermos ali muitos, na verdade, somos poucos os que verdadeiramente oram. Todo crente devia orar mais.

 

O crente que não ora já morreu. A oração é a vida e a respiração do espírito. Sem ela seremos raquítimos e totalmente vulneráveis diante de um mundo moderno que pede soluções "fasts". Ali, naquele monte, pudemos abrir os nossos corações, confessar nossos pecados e clamar a ajuda de Deus para o ano de 2010. Oramos por tantas coisas e motivos, inclusive por você! Muitos foram os momentos marcantes em que sentimos Deus a falar conosco. Criaturas frágeis e débeis, mas cercadas do amor e da bondade de Deus que insistiu em nos visitar. Foi ele quem nos levou ao Monte do P-Sul e não nossa vontade e desejo.

 

Amei demais a ilustração de meu filho envolvendo ele, representando a Deus, a Bíblia, representando o povo e a nação do Haiti e o abraço dele com a Bíblia representando que Deus está, neste momento, carregando aquele povo nos seus braços de amor. Isso sim é que é conhecer ao seu Deus! Como pode um jovem de apenas 19 anos, ainda cheio de espinhas, ter uma visão dessas de Deus quando a maioria o esta, insensatamente a julgá-lo e atribuir-lhe culpa por não ter impedido a tragédia?

 

Este momento ali naquele lugar para mim foi sublime. Ainda também tivemos outros momentos especiais, igualmente sublimes. Na verdade, estou cercado de filhos e amigos de meus filhos que não são deste mundo. Tivemos também uma palavra de outro jovem, 18 anos, Johnatas, o pregador, que se deixando levar pelo Espírito Santo abriu sua boca numa mensagem que falou ao nossos corações de que Deus transforma as águas em vinho. Falou da alegria, do poder de Deus.

 

O que ficou ali gravado em nossos corações foi que Deus está pedindo de cada um de nós mais confiança nele, pois quer agir e, para isso, terá de fazer alguns reboliços em nossas vidas que exigirão de todos nós confiança nele, mas ao final... tudo será bênção! Falou-nos que nossas vidas estão em suas mãos e que estando em suas mãos, ninguém tem o poder de tirar delas e assim não é para temermos, nem andarmos para trás (a murmuração, as queixas, reclamações, maldições, imprecações ao invés de nos levar a frente, em purra-nos para trás numa jornada perigosa para nem se sabe aonde).

 

Cada um de nós teve a oportunidade de falar, cantar, orar, desabafar e a cada momento éramos edificados em amor, união e graça. Descemos do Monte P Sul fortalecidos na fé e cientes de que Deus irá nos surpreender com tantas bênçãos. Saímos dali também com muita vontade de levarmos a nossa vida de oração mais a sério, pois tudo, tudo, está nas mãos de Deus. Tudo o que quero, sonho, planejo, necessito, preciso, tudo...tudo...tudo... está nas mãos de Deus que sempre, sempre, sempre nos dará aquilo que precisamos.

 

Somente ressaltamos que não somos nós que temos a Deus como um gênio da lâmpada a nos conceder desejos, mas antes, é ele quem nos tem e nos satisfará os seus (dele) desejos. É mistério! A Deus toda a glória! Amém!

 

Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

LIVRO

DETALHES

AUTOR

CONTROLE

Bíblia Shedd (Shedd Bible)

ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova

Russell P. Shedd

Estou no Sl 80

Criação e Consumação (From Creation To Consummation)

Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã

Gerard Van Groningen

Estou na pág. 227/656

O Alienista

Ed. Ática

Machado de Assis

Estou ouvindo (*): 6h49m54s/7h12m10s

O Feijão e o Sonho

Ed. Ática

Orígenes Lessa

(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html ) - esses livros que estou ouvindo são dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano, agora no dia 18 de janeiro de 2010.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 178/365

Fatores Desmotivadores À Nossa Vida Aqui Nesta Terra
 
Hoje à noite, a partir das 22h30, eu, Gabriel, Miguel, Johnatas, Bruno, Carol, Talita, Patrick e esposa, Mathaus estaremos no Monte do P-Sul em vigília buscando ao Senhor em oração. Sabendo que Deus é Deus e criador dos céus e da terra e quem está no controle de tudo e de todas as coisas, sábios seremos se não sairmos de seu pé. Enquanto tivermos o fôlego de vida convém que estejamos de joelhos apresentado ao Senhor as nossas orações. Que tal nos encontrarmos lá no monte?
 
Ontem, acordei com minha esposa (eu acordo com ela, graças a Deus, há 23 aninhos, todos os dias.... rs...) e nos propusemos a fazer um regime especial pelo menos nos dias úteis. Estaremos cortanto, por um período de 3 meses de experiência, os seguintes alimentos: massas (macarrão, bolo, pão, pizza, salgadinhos, ...), doces, sobremesas e guloseimas, refrigerantes, leite e queijos gordurosos. Agora está faltando incluirmos atividades físicas para combater o sedentarismo. Cuidar de nosso corpo é uma forma de adorar ao Senhor; negligenciar esse cuidado é ser irresponsável, descuidado e péssimo mordomo das coisas que Deus nos tem dado para administrar. Jamais Desista de Teus Propósitos. Aleluias!
 
O ano de 2010 começou com grandes e terríveis notícias de tragédias decorrentes de chuvas, frio, terremotos, violências que chegam a nos assustar. Há muita gente ferida, machucada, magoada, confusa e com medo de tudo e de todos. Em nossa vida, infelizmente, estamos sujeitos a cada coisa que receamos até pensar ou imaginar.
 
São fatores desmotivadores à nossa vida aqui nesta terra: acidentes, tragédias, violência, terrorismo, ignorância, falsidade, egoísmo, engano, traição, preconceito, assaltos, roubos e furtos, mentira, malignidade, abuso, exploração do próximo, ... a lista é bem grande, mas já dá para sentir que tudo isso é desagradável.
 
Nenhum de nós está livre do sol e da chuva que cai sobre todos “Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.” (Mt 5:45), nem estamos, também, livres do que estou chamando de ‘fatores desmotivadores de nossa vida aqui nesta terra’. Todos esses males podem vir sobre qualquer um de nós. No entanto, se estivermos com o Senhor, estaremos sempre seguros quer sendo a vítima quer escapando.
 
Por isso devemos construir a nossa casa não sobre o barro, mas sobre a Rocha “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;” (Mt 7:24) e também devemos juntar os nossos tesouros não nesta terra, onde a traça roe, a ferrugem corroe e os bandidos roubam, mas no céu “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam” (Mt 6: 19-20).
 
Para mim, Deus está e sempre esteve no controle de tudo, mas isso não me dá o direito de questioná-lo sobre o porquê. Eu não tenho uma mente onisciente, portanto sou convidado a confiar nele, no Senhor que é o autor, o doador e também o consumador de toda a vida. Ele sabe o que faz, sempre sabe e eu sei que ele é amor, sábio e soberano. Eu confio, embora não entenda todas as coisas. Eu também irei partir desta vida, não sei quando nem como isso se dará, mas estarei sempre em boas mãos. A Deus toda a glória! Amém!
 
Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
LIVRO DETALHES AUTOR CONTROLE
Bíblia Shedd (Shedd Bible) ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova Russell P. Shedd Estou no Sl 76
Criação e Consumação (From Creation To Consummation) Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã Gerard Van Groningen Estou na pág. 222/656
O Alienista Ed. Ática Machado de Assis Estou ouvindo (*): 5h49m04s/ 7h12m10s
O Feijão e o Sonho Ed. Ática Orígenes Lessa
(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html ) - esses livros que estou ouvindo são dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano, agora no dia 18 de janeiro de 2010.
 
 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 177/365

Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
LIVRO DETALHES AUTOR CONTROLE
Bíblia Shedd (Shedd Bible) ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova Russell P. Shedd Estou no Sl 72
Criação e Consumação (From Creation To Consummation) Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã Gerard Van Groningen Estou na pág. 215/656
O Alienista Ed. Ática Machado de Assis Estou ouvindo (*): 4h44m44s/ 7h12m10s
O Feijão e o Sonho Ed. Ática Orígenes Lessa
(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html ) - esses livros que estou ouvindo são dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano, agora no dia 18 de janeiro de 2010.
 
Andar na estrada da vida e achar que nem um pneu irá furar é muita ingenuidade. Seria bom, desejável que nenhuma ocorrência houvesse e que pudéssemos o mais rápido possível chegarmos ao nosso destino. Na estrada, porém, há buracos, trechos difíceis e apertados, carros lentos e caminhões que insistem em não dar passagem.
 
A primeira reação que temos quando fura o pneu do carro é que aconteceu um problema que irá nos atrasar e atrapalhar a nossa jornada. No entanto, não há jeito do problema ser solucionado sem a troca do pneu furado. Primeiro, temos de parar o carro, com cuidado, pois o trânsito continua e pode ser que aconteça algo mais grave. É necessário sinalizar e avisar aos outros que demos uma paradinha e que procurem se desviar. Não adianta ficar praguejando, lamentado, chorando, esperneando... temos de trocar o pneu para continuarmos na jornada.
 
A nossa vida é do mesmo jeito. Surge um problema, outro e assim vamos tendo que dar um jeito de resolver cada coisa para continuarmos a seguir nosso caminho. Esquecemos que estamos indo embora. A cada progresso em nossa estrada da vida, significa que estamos mais próximos do destino final: chegarmos em casa.
 
O que não podemos é perder a fé e entrarmos em desespero ou valorizarmos tanto o nosso momento que nos tornamos insensíveis àqueles que precisam de ajuda. Por exemplo, o parafuso está tão apertado que a chave de roda não consegue desprender ou, pior, a própria chave de roda quebrou, partiu.
 
Não foi o nosso pneu que furou, mas o do vizinho e pior sua chave de roda está quebrada. E agora, continuaremos nossa jornada ignorando a necessidade dos que conosco estão na mesma via? Não podemos ser tão insensíveis ou sermos tão importantes que não podemos parar de jeito nenhum. Nada pode ser tão importante a ponto de ignorarmos o apelo de nosso irmão que está com dificuldades.
 
Senhor, quero aprender a ser mais prestativo, mais servil, mais útil ao meu próximo, ao que convive comigo. Tira de meu coração o engano do egoísmo e faz nascer em mim o amor e a vontade de ajudar meu irmão em sua caminhada. Tira a pressa de meu coração e a agitação dos dias modernos. Que meu irmão possa testemunhar de mim: esse irmão é uma bênção em minha vida! Amém! A Deus toda a glória.
 

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 176/365

Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
LIVRO DETALHES AUTOR CONTROLE
Bíblia Shedd (Shedd Bible) ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova Russell P. Shedd Estou no Sl 68
Criação e Consumação (From Creation To Consummation) Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã Gerard Van Groningen Estou na pág. 210/656
O Alienista Ed. Ática Machado de Assis Estou ouvindo (*): 3h40m00s/ 7h12m10s
O Feijão e o Sonho Ed. Ática Orígenes Lessa
(*) utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese para ouvi-lo em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO (para maiores detalhes, ver: http://www.jamaisdesista.com.br/2009/03/irmaos-eu-li-isto-e-ouvi-e-recomendo-o.html ) - esses livros que estou ouvindo são dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano, agora no dia 18 de janeiro de 2010.
 
A minha postagem de hoje será um texto extraído de uma revista o qual me chegou a mim por email. Eu que estou aspirando ser pastor, pastor presbiteriano (não lobo), não posso me esquecer jamais disso. Se minha finalidade é ganhar dinheiro, devo abrir uma empresa e não tornar-me pastor. Se quero fama, devo buscá-la onde estão os holofotes e os aplausos e não tornar-me pastor. Se quero as “delícias dos filhos dos homens” (Ec 2:8), devo procurá-las não na igreja, mas em outros lugares.
 
Eu não estou me esforçando para tornar-me servo dos homens, mas do Senhor a quem irei prestar contas de todos os meus atos, pensamentos e palavras (Ec 11:9, 12:14; Hb 4:13, 13:17). Talvez, querendo Deus, conforme sejam os seus propósitos em minha vida, tenha que administrar grandes somas de dinheiro – sinceramente, eu preferiria distância disso – talvez tenha que me envolver com personalidades e estar no centro da mídia, próximo aos holofotes e aos aplausos – também, preferiria distância – talvez eu até por conta dessas coisas venha a ter facilidades relacionadas ao sexo – preferiria não ter nada disso.
 
Se for qualquer um desses “talvez” o caso, desde já, devo me preparar para a obra que Deus vai me confiar. Ser pastor, não é brincadeirinha.
 
Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);  Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo.” (1 Tm 3: 1-7).
 
Aqui vai o texto: “Pastores e Lobos”, do Pr. Omar Ludovico – Revista Enfoque.
 
Pastores e lobos têm algo em comum: ambos se interessam e gostam de ovelhas, e vivem perto delas. Assim, muitas vezes, Pastores e lobos nos deixam confusos para saber quem é quem. No entanto, não é difícil distinguir entre um e outro:
 
Pastores buscam o bem das ovelhas, lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores vivem à sombra da cruz, lobos vivem à sombra de holofotes.
Pastores têm fraquezas, lobos são poderosos.
Pastores são ensináveis, lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos, lobos têm admiradores.
Pastores vivem de salários, lobos enriquecem.
Pastores vivem para suas ovelhas, lobos se abastecem das ovelhas.
Pastores apontam para Cristo, lobos apontam para si mesmos e para a igreja deles.
Pastores são pessoas humanas reais, lobos são personagens religiosos caricatos.
Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas, lobos perpetuam a infantilização das ovelhas.
Pastores são simples e comuns, lobos são vaidosos e especiais.
Pastores se deixam conhecer, lobos se distanciam e ninguém chega perto.
Pastores alimentam as ovelhas, lobos se alimentam das ovelhas.
Pastores lidam com a complexidade da vida sem respostas prontas, lobos lidam com técnicas pragmáticas com jargão religioso.
Pastores vivem uma fé encarnada, lobos vivem uma fé espiritualizada.
Pastores se comprometem com o projeto do Reino, lobos têm projetos pessoais.
Pastores são transparentes, lobos têm agendas secretas.
Pastores dirigem igrejas-comunidades, lobos dirigem igrejas-empresas.
Pastores pastoreiam as ovelhas, lobos seduzem as ovelhas.
Pastores buscam a discrição, lobos se autopromovem.
Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas, lobos se interessam pelo crescimento das ofertas.
Pastores ajudam as ovelhas a seguir livremente a Cristo, lobos geram ovelhas dependentes e seguidoras deles.
Pastores constroem vínculos de amizade, lobos aprisionam em vínculos de dependência.
 
A Deus toda a glória!
 

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 175/365

Minha LBH: estou no Salmos 64. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 205/656. Também estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e O FEIJÃO E O SONHO de Orígenes Lessa.
 
PREGAÇÃO NA ASSEMBLÉIA DE DEUS DO JARDIM SÃO JOÃO/GUARULHOS/SP - EM 10.01.2010 – A Importância de Buscar os Perdidos – Tg 5: 19 e 20. Confira essa pregação em seu inteiro teor no link http://www.scribd.com/doc/25096135/A-Importancia-de-Buscar-os-Perdidos
 
 
SUMÁRIO DA PREGAÇÃO MINISTRADA
 
Saudações iniciais – O Vaso Vazio
 
Apresentação do Tema:  A IMPORTÂNCIA DE BUSCAR OS PERDIDOS.
 
É importante buscar os perdidos por que:
 
- 1° Por que fui salvo.
 
- 2° Por que Nossa Vida Já Não É Nossa.
 
- 3° Por que A Nossa Missão É Essa: BUSCAR ALMAS. GANHAR ALMAS. MANTER ALMAS
 
Testemunho E Exortação.
a) Beth e suas férias; a mãe e os folhetos; Gabriel e as 20.000 almas.
b) De que tamanho é o teu Deus?
c) O mundo não está abandonado.
d) Somos iguais a eles e ainda temos o Espírito Santo.
e) A obra é de Deus è ênfase na oração.
 
Para buscar os perdidos, precisamos:
 
- 1° Orar.
- 2° Crer na transformação
 
Os Pressupostos da Transformação.
1. Eu creio que Deus pode transformar a vida de qualquer um
2. Creio que a vida de qualquer um, por melhor que possa parecer, é um problema complicadíssimo quando este alguém está longe de Deus e, portanto, precisa ter sua vida transformada.
3. Creio que Deus é poderoso para sustentar, manter, uma vida transformada.
4. Creio, também, que há entre os homens, os filhos do malígno que não pertencem a Deus e que não se converterão a Deus apesar de todas as evidências do mundo confirmarem sua existência e propósitos.
 
- 3° Trabalhar, mas não só.
As 8 Testemunhas (ou Missionários) + 1
1. O primeiro missionário de Deus é a sua criação.
2. O segundo missionário de Deus é a Bíblia, são as Escrituras.
3. O terceiro missionário é o Filho Unigênito de Deus, o último Adão, o nosso irmão mais velho, o Filho do Homem!
4. Nossa quarta testemunha é o ESPÍRITO SANTO.
5. Nossa quinta testemunha é um conjunto que inclui, em primeiríssimo lugar, os 12 discípulos de Jesus. Em segundo lugar, eu incluiria as 500 testemunhas, e, finalmente o apóstolo Paulo
6. Nosso sexto missionário, ao meu ver, são os primeiros cristãos
8. O oitavo missionário é o conjunto dos crentes contemporâneos
9. O oitavo missionário é você e eu, nós!
 
Palavras Finais – resumo da “A IMPORTÂNCIA DE BUSCAR OS PERDIDOS”
 
A Deus toda a glória! Amém!
 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 174/365

Minha LBH: estou no Salmos 60. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 200/656. Também estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, dois livros cujos conhecimentos são exigidos para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e O FEIJÃO E O SONHO de Orígenes Lessa.
 
Ontem, preguei na Igreja Assembléia de Deus, do Jardim São João, onde meu irmão, para a glória de Deus, é o Pastor Presidente. O tema de nossa prédica foi "A IMPORTÂNCIA DE BUSCAR OS PERDIDOS" (Tg 5:19 e 20). Logo, logo, como de costume, assim que eu tiver disponibilidade de tempo, publicarei no SCRIBD.
 
Falar em tempo, dirigi a noite toda de hoje em minha viagem de volta à Capital Federal. Estou um “bagaço” e pior que nem para casa pude ir, mas vim direto para meu trabalho. Nossa viagem foi uma bênção e até pneu furado tivemos. Que parafusinho apertado...não queria sair de jeito nenhum, mas após grandes e exaustivos esforços... ufa! Conseguimos desrosqueá-los, todos eles. Cada um deles que conseguíamos, minha turma toda dava glórias a Deus e aleluias! Que família abençoada Deus me deu: parabéns para todos vocês: JuMel, Gagá, Mibs, Bel e Johnas...rs...
 
Nossa vida, meus irmãos, às vezes é assim. Gostaríamos que tudo desse “certinho da silva” e que a pista fosse um veludo só para nós e quando enfrentássemos os caminhões e carros lentos, logo nos dariam passagem. Quem não desejaria que tudo desse certo, às mil maravilhas?
 
Porém, nossa vida não é assim. Há tantos obstáculos, buracos na pista, caminhões, barreiras, pardais. Quem entra dentro de um carro somente tem um objetivo: chegar o mais rápido possível ao seu destino e sair do carro. Ninguém quer ficar na estrada, nem dentro do carro, mas chegar ao seu destino. O nosso destino era nossa casinha. Que bênção retornar ao nosso lar! Assim, também será quando formos ao encontro do Senhor.
 
Estamos aqui de passagem. Nossa vida não é aqui. Ontem eu preguei que é importante buscar os perdidos porque, primeiramente fomos salvos, em segundo lugar, porque nossa vida não é aqui e terceiro porque nos ordenou o Senhor com a Grande Comissão de Mt 28. Essa nossa viagem de volta com todos os seus percalços nos mostrou que nossa vida não é aqui. A estrada e o carro e todos os obstáculos irão passar. Ao final, iremos nos alegrar muito em chegar ao doce lar.
 
Como eu vim dirigindo a noite toda, fiz uma vigília particular de oração e cânticos espirituais. Quase que vou ao céu, mas Deus me deixou na terra, pois afinal, ao meu redor todos dormiam, cochilavam, ... Deus ali falava comigo: confia em mim que eu irei dirigir a tua vida e te fazer chegar a um lugar seguro. O Senhor me pede confiança absoluta nele neste 2010 porque poderá ter a necessidade de trocar pneus, mas ele nos dará forças, embora a primeira vista pareça até impossível soltar a rosca. Aleluias! A Deus toda a glória.
 

domingo, 10 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 173/365

Minha LBH: estou no Salmos 56. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 195/656. Também estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, um dos livros cujo conhecimento é exigido para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e ainda estou em 1h39m/2h00m37s (muito louco este conto louco...rs...) e ainda resolvi ouvir outro livro HERÓIS DA FÉ - Vinte Homens Extraordinários Que Incendiaram O Mundo, de Orlando Spencer Boyer, com 9h de áudio.

Hoje à noite, irei pregar na Igreja Assembléia de Deus, do Jardim São João, onde meu irmão, para a glória de Deus, é o Pastor Presidente. O tema de nossa prédica será "A IMPORTÂNCIA DE BUSCAR OS PERDIDOS" e o texto de referência bíblica se encontra em Tiago. "Meus irmãos, se algum dentre vós se desviar da verdade, e se alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado, salvará da morte a alma dele e cubrirá uma multidão de pecados" (Tg 5:19 e 20)"

É importante buscar os perdidos porque:

  • Fomos salvos. Não fomos salvos para vivermos agora esplendidamente em um berço esplêndido.

  • Nossa vida já não é mais nossa. Quem disse que somos agora donos de nossa vida?

  • É mandamento do Senhor para buscarmos os perdidos.

Para buscarmos os perdidos, precisamos:

  • Orar. Nada nos será entregue no reino espiritual sem que antes tenhamos vencido a guerra pela oração.

  • Crer na conversão. Paulo Freire, educador, disse que "ensinar exige a convicção de que a mudança é possível". Podemos dizer que a arte de buscar os perdidos também exige essa convicção.

  • Trabalhar, mas ná só. Deus nos deixou um exército de testemunhas (missionários) que irão nos ajudar nessa nossa missão.

Em linhas bem gerais, podemos dizer que nossa meditação seguirá este caminho. Deus tem colocado em meu coração uma palavra de transformação de uma forma muito especial e meu objetivo será despertar no ouvinte o forte desejo de buscar os perdidos. Você deve saber que há perdidos espalhados por todos os cantos, inclusive dentro da igreja do Senhor.

Deus tem me chamado e eu estou sendo obediente e procurando fazer a minha parte. Convido você a se ajuntar conosco na busca dos perdidos. Deus irá te recompensar poderosamente.

Ontem, oramos pelo Romário, 18 anos, meu sobrinho. Acho que não deve ter mais de 20 kilos. Suas pernas são tão finas, sua feição física tão debilitada, não fala, não interage, faz necessidades na própria cama, não anda. É totalmente dependente da mãe, dos pais e da irmã. Quem testemunhou a oração que fizemos por ele acha que estamos loucos, mas eu creio em um Deus que usa os "loucos". Romário, não desistiremos de clamar pela sua vida ao Senhor e somente ousam a orar por uma cura quem conhece o Deus que nos conhecemos. Espero um dia postar fotos e vídeos dele para vocês terem uma idéia do mistério que Deus está formando.

Aleluias! A Deus toda a glória!

sábado, 9 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 172/365

Minha LBH: estou no Salmos 52. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 189/656. Também estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, um dos livros cujo conhecimento é exigido para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e ainda estou em 1h39m/2h00m37s (muito louco este conto louco...rs...) e ainda resolvi ouvir outro livro HERÓIS DA FÉ - Vinte Homens Extraordinários Que Incendiaram O Mundo, de Orlando Spencer Boyer, com 9h de áudio.

Estou hoje em Guarulhos/SP, na casa de meus pais e comigo vieram minha esposa, filhos e um amigo de meus filhos, Johnatas. Nosso propósito está sendo de passear, curtir a família e, sendo possível, pegar um parque, cinema, se distrair, de divertir, se alegrar.

Amanhã à noite, irei pregar uma palavra de Deus, ao povo de Deus, sendo eu um instrumento de Deus. Você é meu convidado.  A igreja é a Igreja Assembléia de Deus, do Jardim São João, onde meu irmão, para a glória de Deus, é o Pastor Presidente. O tema de nossa prédica será "A IMPORTÂNCIA DE SALVAR OS PERDIDOS" e o texto de referência bíblica se encontra em Tiago.

"Meus irmãos, se algum dentre vós se desviar da verdade, e se alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado, salvará da morte a alma dele e cubrirá uma multidão de pecados" (Tg 5:19 e 20)"

Alguns consideram esse texto como que fora do contexto, mas não Russel Shedd que trata tais versículos como conclusivos tendo em vista os erros e pecados mencionados na epístola que podem fazer um irmão desviar... se você quiser saber mais, vá ouvir a pregação, ou, então, aguarde que eu irei publicá-la no SCRIBD.

Para acessar minha conta do SCRIBD, acesse: http://www.scribd.com/crerparaver. Deus tem me dado a graça de escrever todos os meus sermãos que eu tenho a oportunidade de pregar e, sinceramente, espero continuar assim para sempre, até a minha partida ou, quem sabe, meu jubilamento.

Até, no máximo, quarta-feira próxima, eu irei publicá-lo. Aproveite e fique à vontade, para, querendo e podendo, tecer seus comentários, críticas, mas que tudo seja feito para a glória de Deus.

Ainda que estejamos aqui descansando, Gabriel, Miguel e Johnatas andaram pregando e orando por vidas de uma forma muito especial. O poder de Deus está agindo na vida desses jovens e deixando quem cruza os seus caminhos em prantos por causa da presença do Senhor. Aqui está parecendo a R. Azuza! E, não pensem vocês, que ele procuraram por isso, antes foram as almas sedentas que os procuraram. Aleluias! A Deus toda a glória!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 171/365

Minha LBH: estou no Salmos 48. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 175/656. Também estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, um dos livros cujo conhecimento é exigido para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e ainda estou em 1h39m/2h00m37s (muito louco este conto louco...rs...) e ainda resolvi ouvir outro livro HERÓIS DA FÉ - Vinte Homens Extraordinários Que Incendiaram O Mundo, de Orlando Spencer Boyer, com 9h de áudio, pois irei pregar uma palavra de Deus na Igreja Assembléia de Deus do Jardim São João em Guarulhos/SP, no próximo domingo, cuja temática está relacionada a missões.
 
Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 6!
 
Ontem eu havia dito que tínhamos 7 + 1 missionários, mas refletindo um pouco melhor, achei mais um (OS CRISTÃOS CONTEMPORÂNEOS), desta forma, portanto temos 8 + 1, são eles: 1. os céus e a terra (o inteiro cosmos), 2. as Escrituras, 3. o Filho do Homem, 4. O Espírito Santo, 5. o conjunto dos 12 discípulos, das 500 testemunhas e o apóstolo Paulo, 6. os primeiros cristãos, 7. os homens de Deus de nossa história, 8. OS CRISTÃOS CONTEMPORÂNEOS e, finalmente, 9. eu e você. São todos missionários de Deus, ou seja, suas testemunhas.
 
Eu vou falar um pouco dos cristãos contemporâneos. Para mim, são os que estão vivos e isso inclui eu e também você. Somos mais de 6 bilhões de seres humanos que estamos vivendo o dia de hoje e o fôlego de vida está em nossos narizes. Há muitos cristãos que merecem nosso respeito, admiração e que para nós, hoje, são exemplos de seguidores de Cristo. Embora sejamos alertados para não pormos nossos olhos nos homens, mas em Jesus, enquanto tais homens permanecerem fiéis Às Escrituras, nós devemos tê-los como exemplos e seguirmos os seus passos.
 
Há também muitos que se dizem cristãos e que estão mercadejando com a palavra de Deus, pois lhes está sendo grande fonte de lucro, não de piedade. Muitos também estão à busca dos holofotes, da fama, do status que ora ocupam certos supercrentes impecáveis na aparência, mas com a boca e a vida cheia de podridão. Não vou citar nomes, mas cada um julgue por si mesmo e os confrontem com as Escrituras. Veja a diferença.
 
Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus.” (2 Co 2:17). “pelo contrário, rejeitamos as coisas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.” (2 Co 4:2).
 
Por exemplo, hoje ao vir escutando a vida de Martinho Lutero admirei-me de sua insistência e teimosia em não se valer de seus direitos autorais devidas por causa das suas produções intelectuais que abalaram o mundo todo da época e que até hoje fala (por exemplo, sua tradução da Bíblia para o alemão até hoje é digna de louvor). Ele deixava os lucros (e olha que deviam ser grandes) aos próprios tipógrafos. Eu chorava sentindo a presença de Deus em meu carro. Eu quero seguir o seu exemplo, pensei. Não sou contra que o ministro do evangelho viva do evangelho, mas sou contra que explore a ovelha com o evangelho.
 
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mt 28:19). “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Mc 16:15).
 
Irmãos, pastores, evangelistas não deis lugar ao Diabo julgando estar servindo a Deus. Você está perdendo seu tempo e acumulando sobre si não tesouros nos céus, mas ... A Deus toda a glória!
 

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 170/365

Minha LBH: estou no Salmos 44. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 170/656. Estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO, um dos livros cujo conhecimento é exigido para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e estou em 1h39m/2h00m37s (muito louco este conto...rs...).

 

Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 5!

 

Nós já vimos cinco importantes missionários ou testemunhas de Deus que ele deixou ao homem (1. Os céus e a terra – o inteiro cosmos; 2. As Escrituras; 3. O Filho do Homem; 4. o Espírito Santo; 5. um conjunto - os 12 discípulos de Jesus, as 500 testemunhas e o apóstolo Paulo). Nosso sexto missionário, ao meu ver, são os primeiros cristãos depois do Senhor, dos discípulos e do apóstolo Paulo que deixaram diversos escritos e testemunhos de sua fé e busca do Reino de Deus e de sua Justiça, mas, embora importante conhecer a história, nenhum de seus escritos por melhor que seja tem o selo das Escrituras, como cremos e recebemos da parte de Deus Pai, do Deus Filho e do Deus Espírito Santo.

 

O sétimo missionário são aqueles que se destacaram na história e que já não fazem parte dos vivos na terra e que com sua fé, ousadia, dedicação, zelo e trabalho construiram e edificaram degraus a nossa fé sendo e constituindo para nós exemplos de homens de Deus, entre eles destacamos: Agostinho, Lutero, Calvino, John Owen, John Wesley, A. W. Tozer, Girolamo Savonarola, Charles Spurgeon, Dwight L. Moody, David Martyn Lloyd-Jones, Christmas Evans, Charles Finney, William Carey e tantos outros.

 

O oitavo missionário é você e eu, nós! Aquele que Deus irá levantar e usar nos dias de hoje, pois as coisas passadas, passaram e Deus, embora pudesse se quizesse, não trará alguém dos mortos para anunciar aos vivos de hoje a sua palavra e obra. Deus quer usar você! Você é o missionário de hoje, a testemunha viva de Deus para os dias de hoje. Você nem é mais importante nem menos importante que os que já passaram, mas por causa deles que construiram degraus, hoje você pode subir um pouco mais e por isso, tem a obrigação de produzir muito mais para a glória de Deus.

 

Portanto temos: os céus e a terra (o inteiro cosmos), as Escrituras, o Filho do Homem, O Espírito Santo, o conjunto dos 12 discípulos, das 500 testemunhas e o apóstolo Paulo, os primeiros cristãos, os homens de Deus de nossa história e, finalmente, eu e você. São todos missionários de Deus, ou seja, suas testemunhas.

 

"Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus." (Hb 11: 1 e 2).

 

Agora, você não tem mais qualquer desculpa, aliás já não tinha mesmo, por causa das Escrituras, mas agora, está bem mais claro. Você está sendo convocado por Deus para somar-se ao seu exército de testemunhas e cumprir a missão que Cristo nos designou de anunciar o evangelho a todas as nações. Tenham todos um bom dia. A glória pertence somente ao Senhor.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 169/365

Minha LBH: estou no Salmos 40. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 165/656. Terminei as Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: foram 25h56m37s de áudio. Comecei a ouvir um dos livros cujo conhecimento é exigido para se prestar o Vestibular Unificado do Seminário Presbiteriano: O ALIENISTA, de Machado de Assis e estou em 30m/2h00m37s.
 
Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 4!
 
Nós já vimos quatro importantes missionários ou testemunhas de Deus que ele deixou ao homem (1. Os céus e a terra – o inteiro cosmos; 2. As Escrituras; 3. O Filho do Homem; 4. o Espírito Santo), mas tem mais. Nossa quinta testemunha é um conjunto que inclui, em primeiríssimo lugar, os 12 discípulos de Jesus. Em segundo lugar, eu incluiria as 500 testemunhas, “Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.” (I Co 15:6) e, finalmente o apóstolo Paulo que foi um vaso preparado por Deus de uma forma especial, inclusive tendo revelações grandiosas da parte de Deus que nos foram legadas por suas cartas que compõem o Novo Testamento.
 
Por meio do trabalho, dedicação, esforço e vida desses irmãos é que foi produzida para ser registrada posteriormente todo o Novo Testamento. Com a ajuda do Espírito Santo, sem o qual nada do que foi feito se fez, esses irmãos se espalharam pelo mundo afora levando adiante a mensagem da cruz e cumprindo a missão que Deus, por meio de seu Único Filho, nos delegou:
 
  • Ir por todo o mundo: não é para ficar parado, mas para avançar, seguir em frente, adiante. O verbo denota ação. Quando vamos, devemos ter em mente o que iremos fazer e como fazer.
  • Fazer discípulos de todas as nações: como é que se fazem discípulos? Pelo ensino, mas qual ensino? A palavra nos diz que são as coisas que ele tem nos mandado e estão relacionadas ao Reino De Deus e a sua Justiça – (Mt 6:33)
  • Ensinar os discípulos: as coisas que ele, o Senhor, nos tem mandado. Não é de uma hora para outra que se ensina alguém. O processo leva tempo, dedicação e sabedoria para transmitir, principalmente as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça.
  • Batizar os discípulos: batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. O batismo além de ordenança do Senhor (a ceia também é ordenança do Senhor) é um testemunho público de que determinada vida agora é discípulo de Jesus.
 
IR. DISCIPULAR (no sentido de fazer discípulos). ENSINAR. BATIZAR. São os quatro verbos que se destacam na missão que devemos cumprir e da qual o Senhor nos pedirá contas. Não é somente tarefa do Pastor da Igreja ou daqueles que têm cargo na Igreja. É tarefa que todos nós podemos e devemos fazer. Há irmãos que tiram um décimo de suas férias para participarem de trabalhos missionários. Cada um deve buscar em Deus para onde ir, fazer, ensinar e batizar.
 
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mt 28:19). “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Mc 16:15).
 
O assunto é por longo. Outra hora, prosseguiremos. A Deus toda a glória.
 

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 168/365

Minha LBH: estou no Salmos 35. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 1152/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 23h53m23s/25h56m37s.

 

Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 3!

 

Nós já vimos três importantes missionários ou testemunhas de Deus que ele deixou ao homem, mas tem mais. Nossa quarta testemunha é o ESPÍRITO SANTO. É ele quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo. É ele quem ficou no lugar da nossa terceira testemunha, o Filho do Homem, Jesus Cristo, homem, pois foi nos preparar lugar e breve voltará para que onde estivermos lá estará ele também.

 

"Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado." (Jo 16: 7-11). Reparem que o texto do Evangelho de João é bem claro: ele foi para que o Consolador, o Espírito Santo, viesse, como prometido.

 

É esta testemunha que abre o nosso entendimento para compreendermos as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça. Ele é o mesmo, sempre foi e sempre será o mesmo. Jamais mudará. Nós os vasos que ele usa os quais devem estar vazios é que muda. Ontem, foi Paulo, Pedro, Tiago, João, Elias, Moisés e hoje sou eu, você e tantos homens de Deus que ele tem escolhido e levantado para falar o evangelho.

 

Como disse um pregador, tempos atrás, não existe dois ou mais Espírito Santo, mas somente um. Ele é único. Ele é Deus, a terceira pessoa da Trindade. Podemos orar a ele, adorá-lo, cantar-lhe louvores, invocá-lo. Nós, diz-nos Ele, somos seu templo, lugar de sua habitação e morada sua. Se somos sua casa, devemos tomar mais cuidado e mantê-la limpa para que ele fique à vontade, pois onde habita o pecado, ele não pode estar devido a sua santidade.

 

Os Atos dos Apóstolos na Bíblia nem devia se chamar assim, mas Atos do Espírito Santo. Nada do que foi feito se fez, no Reino de Deus, sem ser por seu intermédio. Ele foi quem inspirou e trabalhou nos homens para nos dar e entregar as Escrituras, principalmente a nova parte, o Novo Testamento. Sem ele, o pregador não tem o que pregar que vá gerar vida, conversão, cura, transformação que redunde em glórias a Deus. É ele quem realiza curas, sinais, maravilhas, prodígios que resultem em glórias ao Senhor.

 

Continuaremos a falar das testemunhas de Deus no nosso próximo encontro. A Deus toda a glória!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 167/365

Minha LBH: estou no Salmos 32. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 144/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 23h23m23s/25h56m37s.

 

Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 2!

 

Além dos céus e da terra e das Escrituras quem são as testemunhas de Deus? A próxima testemunha, em minha concepção, é o Filho Unigênito de Deus, o último Adão, o nosso irmão mais velho, o Filho do Homem! Foi ele quem nos trouxe à existência a nossa salvação. Nasceu de uma virgem. Viveu entre nós, mas sem pecado. Foi filho adotivo de José e filho legítimo por consaguinidade de Maria e de Deus. Escolheu 12 (doze) discípulos, depois de passar uma noite em oração. “E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.” (I Tm 3:16).

 

As histórias narradas nos evangelhos foram escritas por causa dele. “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.” (Jo 1: 1-5)

 

O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.” (Cl 1: 13-20).

 

Ele não somente é uma testemunha de Deus como a principal testemunha, pois tudo foi feito por ele e por meio dele. Jesus Cristo logo voltará, em breve, como nos prometeu. Por causa dele, viveremos eternamente. Ele não escreveu nadinha, mas seus discípulos e testemunhas de sua vida, morte e ressurreição nos deixaram os evangelhos e todo o Novo Testamento. Já tantos em tanto tempo escreveram dele e de seus ensinos e vida que somando-se aos evangelhos forma uma verdadeira biblioteca.

 

Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;” (João 5:39).

 

Em nosso próximo encontro, falaremos mais de outras testemunhas de Deus que tornam o homem indesculpáveis e você crente... vigie! A Deus toda a glória!

domingo, 3 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 166/365

Minha LBH: estou no Salmos 28. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 133/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 22h42m45s/25h56m37s.
 
Os missionários (Testemunhas) de Deus!

Quem são essas testemunhas de Deus que Deus deixou para falar continuamente de sua criação, obra, evangelho? Quem são esses missionários incansáveis que de dia e de noite anunciam as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça? Qual o alcance desses incansáveis arautos de Deus?

O primeiro missionário de Deus é a sua criação. "Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz." (Sl 19: 1-3). "Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;" (Rm 1:20).

As coisas criadas, os céus e a terra, o reino cósmico, falam de Deus, mas não se ouve a sua voz; "é silenciosa no sentido no que diz respeito à comunicação verbal" (GVG). Não importa a religião, o povo, a raça, a cultura, onde habitam ou se escondem, lá sempre haverá esta testemunha dizendo ao homem que há um Deus nos céus. É por isso que Paulo declara os homens inescusáveis.

O segundo missionário de Deus é a Bíblia, são as Escrituras. "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." 2 Tm 3: 16 e 17. "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;" (João 5:39).

A Bíblia já foi traduzida para inúmeras tribos , linguas, povos, raças e nações. Ela está presente e penetra em locais que dificilmente alguém poderia ir. O papel e a missão dos Gideões Internacionais de levar essa palavra aos quatro cantos desta terra é espetacular. Quantas não são as vidas que elas alcançaram e ainda alcançarão?

Como nos diz sabiamente Gerard Van Groningen em CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO, vol. 1, pg. 67: "temos disponível para nós uma revelação que é verbalizada. Deus falou, usando linguagem humana, a respeito da origem, do controle, dos propóstos e das metas do reino cósmico,". Continua ele: "As Escrituras são uma comunicação da revelação de Deus a nós na linguagem humana e esta, portanto, é uma revelação mais direta e superior àquela que Deus nos comunica por meio da criação muda."

Por enquanto vimos, bem superficialmente, duas testemunhas ou missionários de Deus que são silenciosos, mas eficazes, determinados, invencíveis e imbatíveis. A sua voz não se ouve, são silenciosas, mas falam com poder, autoridade, sabedoria, inteligência, amor e bondade. Amanhã, veremos outras. A Deus toda a glória.


sábado, 2 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 165/365 - Deus Existe!

Minha LBH: estou no Salmos 24. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 126/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 22h00m00s/25h56m37s.

 

Deus existe!

 

Você já reparou que na Bíblia, a Palavra de Deus, não há sequer uma única menção ou questionamento sobre a existência de Deus? A Bíblia parte do pressuposto que Deus existe e a partir daí tem início todo seu conteúdo. Uma única menção que poderia ser levantada é aquela que consta no livro de Salmos em que diz que todas as cogitações dos impios são que não há Deus. "Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus." (Sl 10:4).

 

O impio assim procede porque quer praticar coisas reprováveis ou se entregar àquilo que ele mesmo não aprova atestando contra ele sua própria consciência. Não dá para conviver, isto é, andarem juntas, a pratica do pecado e a imagem de Deus. Todos nós quando queremos pecar, antes de cairmos em tentação nós precisamos resolver a nossa questão com Deus e a resolvemos destronando-o. Sempre!

 

Todo ato de pecado é uma afronta e uma usurpação contra Deus. Todo pecado praticado é um ataque à santidade de Deus. Todo pecado que você e eu cometemos é uma destronação, uma tentativa de usurpação do trono de Deus. Ao pecar, SEMPRE, ponha isso na sua cabeça, você diz para Deus. Senhor, com licensa, pois agora serei deus m teu lugar para eu poder satisfazer a minha carne.

 

Ao afirmar Deus existe, nós estamos dizendo e adimitindo que há alguém, superior a nós, que nos criou e nos formou e que está entronizado dentro do nosso ser no lugar de nosso eu. Deus existe é uma afirmação forte demais. Ao dizer isso, também, estamos dizendo que a vida é controlada por ele e que ele tem domínio sobre todas as coisas. Estamos dizendo que ele é o Senhor. Se ele é o Senhor, quem sou eu? Servo! Eu não sou deus!

 

Amanhã irei falar das testemunhas de Deus! Quem são e porque existem testemunhas de Deus? Como Deus fala todos os dias e todas as horas com o homem que ele criou e o formou para ser seu vice-gerente e não vice-regente de tudo o que fez? O pacto que Deus fez no Éden não foi somente com o Adão que nasceu, viveu e morreu, mas comigo e contigo, isto é, com todos os Adãos de todos os tempos.

 

Ao falarmos que Deus existe, como podemos ter a coragem de afirmar que o mal existe? A existência do mal, sua origem, seu representante maior, seu fim, sua necessidade na presente era que se iniciou na criação, dentro da teologia é um assunto complexo demais, assaz controverso. Não sei se me aventurarei a entrar no mérito, mas tenho certeza como a têm todos: Deus existe! Deus existe! Deus existe! A Deus toda a glória!


Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que, em tudo, Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder, para todo o sempre. Ámem. (I Pedro 4:11)

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 164/365 - 1º Dia de 2010 - Vamos Confiar em Deus

Minha LBH: estou no Salmos 20. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 120/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 21h41m20s/25h56m37s.

 

01/01/2010 – Vamos confiar em Deus todos os 365 dias de 2010?

 

Estamos no primeiro dia do ano de 2010 e a mensagem de Deus para mim tem sido esta: meu filho tão-somente confie em mim. É Deus me pedindo um voto de confiança e isso para meu próprio bem. "Filho, confie em mim!" Todo o meu ser respira esta palavra, tanto que foi ela que preguei na última quarta-feira de 2009, no culto dos impossíveis confira: http://www.scribd.com/doc/24633514/Voce-Confia-em-Deus).

 

Confiar em Deus não é algo tão simples, mas é a opção mais inteligente, sábia e eficaz que você poderia praticar. Você está preparado para as coisas que tiver que enfrentar neste 2010, seja ela o que for? Quando tudo está bem, é moleza. Quando a situação aperta decorrente de problemas que teremos de enfrentar, nosso primeiro desejo é fugir, ignorar, mas Deus está pedindo votos de confiança.

 

José, filho de Jacó, é um exemplo de alguém que confiou plenamente em Deus. As situações que enfrentou foram tão adversas, tristes, decepcionantes que se não fosse a sua cabal confiança em Deus e na sua providência, teria vivido amargurado, ferido, triste e quem sabe teria até feito pacto com a violência, a vingança ou se aliado à corrupção, às falsas amizades?

 

Paulo, o prisioneiro de Cristo, foi outro exemplo fantástico de confiança plena em Deus. Tanto tempo passou em prisões, sofrendo açoites, perseguições, fome, nudez, perigos reais de morte que poderia ter se tornado em um homem revoltado e à busca de sua própria justiça querendo se vingar de seus inimigos, mas não foi assim. Paulo também confiou em Deus. Jamais veremos ele em suas cartas dizer que era prisioneiro de César, de Roma, mas prisioneiro de Cristo, do Senhor.

 

Obviamente que você não confia em quem não conhece. A relação de confiança exige de ambas as partes conhecimento mútuo. Eu preciso conhecer a outra parte. Eu jamais confiarei em alguém ou em algo que eu não conheça. Confiança somente é possível onde existe um relacionamento. Eu confio em minha esposa com quem convivo há 23 anos e ela, certamente, confia, também, em mim. Nós confiamos um no outro porque conhecemos um ao outro.

 

Quando Deus me pede confiança ele está a me dizer: já estamos há tanto tempo juntos, filho. Eu te conheço desde o ventre onde tua substância ainda era informe. Ali, em meu livro, escrevi todos os teus dias... confie em mim! (ver Sl 139). É verdade, meu Senhor, eu também te conheço desde quando estava no ventre de minha mãe, pois foi a tua mão que me modelaste: cada entranha de meu ser foi por ti formada e entretecida. É maravilhoso demais tal conhecimento. Eu te amo, Senhor.

 

Irmãos, Deus está falando neste blog e dizendo a você: confie nele de todo teu coração, alma, forças e entendimento que este 2010 será para ti um ano especial e abençoado. A Deus toda a glória!