sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 150/365

Minha LBH: Estou no capítulo 15 do livro de Jó. No livro O ESCÂNDALO DO COMPORTAMENTO EVANGÉLICO - Por que os evangélicos estão vivendo exatamente como o resto do mundo?, de Ronald J. Sider (Título original: The Scandal of the Evangelical Conscience), estou na página 108/134. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo em meu N95, no UNO, já estou em 15h24m48s/25h56m37s.

 

Amanhã, na Igreja do Avivamento Bíblico, Pr. Domingos, na Samambaia Sul, QS 301, Lote 1, será realizado o culto de ação de graças pela minha formatura em Teologia no IMPAR. Aleluias! Começara às 20hs. Ontem tivemos nossa reunião abençoada e descontraída de nosso Grupo Familiar Arca da Aliança e foi bênção pura! Deus se manifestou poderosamente. Veja o que foi ministrado pelo nosso amado pastor Nelsinho de Guarulhos/SP: Tema: Jamais Desista! Ref. Bíbl: Tg 5: 17 e 18.

 

Jamais Desista! Tem tudo a ver com a Arca da Aliança que Deus levantou como grupo familiar para ministrar aos corações dos amados a sua palavra e também tem a ver com cada um de nós em particular. Jamais desista ao grupo e jamais desista ao indivíduo, a cada um do grupo.

 

Reparem na vida de Elias que lemos no livro de Tiago. Era, Elias, homem igual a nós e, portanto, sujeito às mesmas paixões de cada um de nós, mas Elias buscou a Deus e recebeu a sua bênção. Se ele buscou e recebeu, nós também iremos buscar sabendo que receberemos, pois somos semelhantes a ele. Elias era também um homem necessitado e Deus é quem acolhe os necessitados.

 

Uma das marcas de destaque na vida de Elias era a obediência e a paciência. Quando lhe faltou o que comer, pois no local onde estava secaram-se os rios e ribeiros, Deus vendo a sua necessidade, proveu-lhe o que comer e o que beber. Há muitos rios que na nossa vida secam e por isso passamos a ter sede e fome. Deus então envia a Elias a sua palavra e lhe diz que será sustentado por uma viúva.

 

Ao chegar onde a viúva estava a mesma nada tinha se não farinha e azeite que iria com eles preparar seu último alimento e comerem dele ela e seu filho e depois morrerem. Essa era a terrível história daquela viúva que nada tinha e que agora recebera mais uma incubência: a de sustentar Elias.

 

A farinha representa as bênçãos materiais e o óleo as espirituais. Elias ali, então, representava a Deus o Pai e o recado passado foi que para as bênçãos do Senhor serem derramadas em nossas vidas, primeiro temos que dar e dar das primícias a Deus, o Pai. Elias então vendo aquela história terrível daquela viúva de Serepta, sem mais nem menos, chega para ela e lhe diz para fazer primeiro para ele um bolo. Ela lhe obedece e a bênção chega em fim àquela casa. Imaginem, se ela reclamasse, murmurasse, e resistisse àquele homem que ali estava pedindo a sua última poção destinada a ela e ao filho? Teria perdido a bênção! Agora reparem no homem de Deus antes de ser sustentado pela viúva teve de fazer também, primeiramente, a sua parte.

 

Elias foi tremendamente usado por Deus em diversas ocasiões, mas teve um momento de fraqueza quando fugiu de Jezabel, temendo por sua vida. Deprimiu-se e se meteu em uma caverna, mas Deus não desistiu de Elias. Deus não desiste de você! Deus jamais irá desistir dos seus.

 

Jamais desista tem dois focos: primeiro: aquele que lhe parece óbvio e que você, praticamente, determina para você mesmo dizendo, não vou desistir, não vou desistir, não vou desisitir; o segundo, é aquele relacionado a Deus, pois embora você fale, fale, fale, mas sucumba e entra dentro de uma caverna pedindo a morte, Deus, ao contrário, vai te buscar dentro da caverna, pois Deus jamais desiste de você!

 

Ainda que você queira desistir, Deus não vai desisitir de você! Aleluias! Elias, diz Deus, sai do buraco (caverna)! Deus também está te dizendo para você sair daí do buraco em que você se meteu. Ao obedecer e sair de lá, Elias não viu Deus num furacão, nem num terremoto, nem num fogaréu, mas numa brisa suave. Deus te tira do buraco para te dar refrigério, para te aliviar e, em seguida, te dar novas missões.

 

Elias saiu dali fortalecido. Ungiu reis, separou a Elizeu dando-lhe poção dobrada de seu Espírito. Foi produtivo. O céu não é lugar de aposentado, mas de trabalho. Enquanto você tiver o fôlego de vida, a hora é de trabalhar e de ser útil ao Papai. Pois bem,  Elias saiu dali fugindo da morte e se meteu num buraco, Deus o tirou dali, o usou muito e ainda fez com que nem a morte enfrentasse, pois foi arrebatado!

 

Elias homem igual a nós, sujeito às mesmas paixões. Jamais desista! A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.