segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 139/365


Minha LBH: Iniciei hoje o livro de Neemias e estou no capítulo 3. No livro NÃO ERA PARA SER ASSIM – Um rER ASSIM – Um resumo da dinâmica e natureza do pecado, de Cornelius Platinga Jr, ed. Cultura Cristã, avancei para a página 164/204. As Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo em meu N95, no UNO, já estou em 7h3m41s/25h56m37s.

Ontem na “Primeirona” teve apresentação do coral infantil onde minha filha Bebel de 5 anos (amanhã ela fará 6 aninhos...) tem sua participação. Como é maravilhoso ver aqueles rostinhos inocentes empenhados e dedicados procurando obedecer à tia Lélia e apresentar o melhor que puderem para a glória de Deus e felicidade de seus pais, amigos e parentes.

A mensagem do coral infantil está relacionada à temática do natal onde a proposta foi apresentar uma encenação que respondesse à pergunta: e se Jesus nascesse no Brasil? A partir daí se tem montado o enredo, a história, as falas, as canções e a história do menino Jesus (hoje, segunda-feira, a partir das 20h, teremos mais uma apresentação de nossas crianças na “Primeirona” – venham ver e aprender a adorar ao Senhor com os pequeninos, aleluias!). No final o pastor, movido pelo Espírito Santo completa a apresentação perguntando aos ouvintes se cada um já teve a oportunidade de confessar o nome de Jesus Cristo. Aproveita, também, para fazer uma crítica ao uso que estamos fazendo do nome de Jesus e ao comércio que se deriva desse nome, principalmente nessa época.

Natal, papai Noel, presentes, comidas e bebidas, confraternizações é tudo o que o comércio deseja e quer. E você o que vai fazer neste natal e ano novo? Nestas festas o que você irá comemorar e como irá se confraternizar? É muito bom se alegrar, festejar, reunir parentes, amigos, irmãos, dar e receber presentes, fazer ceia, organizar amigos secretos. Eu não sou contra as festas e, dentro do possível, irei participar e organizá-las, mas sem, jamais, perder o foco e a oportunidade de glorificar e exaltar o nosso Senhor, aproveitando todo o momento e todas as oportunidades para conduzir quem eu puder ao amor de Cristo.

Irei aproveitar cada oportunidade. Presentes? Presente maior foi o que nos deu o Pai enviando seu Filho amado para morrer por nós sendo ainda nós mesmos pecadores. (Jo 3:16). Árvores? Jesus é a árvore verdadeira e seu Pai o agricultor e todo ramo que estiver na árvore, mas que não produzir frutos, será cortado e lançado fora. (Jo 15:1-8). Amigos? Já não vos chamo servos, mas amigos... (Jo 15:15), ninguém tem maior amor do que este de dar a sua vida pela de seus amigos... (Jo 15:13). Nascimento? Importa-vos nascer de novo... (Jo 3:3-7). Papai Noel? Ceia? Alegria? Se você for criativo e estudioso da Palavra de Deus e tiver mais amor em seu coração do que somente críticas, poderá ajudar muita gente levando-as ao conhecimento de Nosso Senhor e Salvador.

Não precisamos ser radicalmente do contra, considerando os outros inferiores por causa de ‘nosso conhecimento superior e melhor’. Agora, contra o pecado, sim, devemos ser radicalmente contra.

Jesus Cristo deve ser o nosso modelo em tudo! Esvaziou-se? Nós também devemos nos esvaziarmos de nós mesmos: só servimos ao Senhor se formos vasos, vasos vazios! Morreu? Nós também devemos morrer para nós mesmos. Ressuscitou? Ressuscitaremos! Aleluias, nós iremos ressuscitar! Desistiu de sua própria vontade para fazer a vontade do Pai? Também nós não poderemos servir ao Senhor se optarmos em fazermos as nossas próprias vontades. Abdicar-se de sua própria vontade deve ter sido a luta mais difícil de nosso Mestre e Senhor e também o será para nós, mas assim como ele foi vitorioso, nosso modelo, nós também o seremos.

Que nosso Senhor Jesus Cristo seja o teu modelo também nestas festas de natal e de final de ano que se aproximam. A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.