sexta-feira, 28 de agosto de 2009

365 dias de propósito! Dia 38/365

Minha LB de hoje: Lv 26:12. Ontem, enfrentei um congestionamento monstruoso quando voltava para casa. Eu estava vindo da FE do Plano Piloto e ia para casa para ministrar uma palavra de Deus na ARCA DA ALIANÇA. Se não bastasse isso, também estava com o combustível na reserva e aquela luz amarela acendeu! Entrei em pânico e fiquei desesperado, torcendo e orando para que aparecesse um posto de gasolina. Graças a Deus deu tudo certo e abasteci antes do carro entrar na fase crítica, sem combustível. Como eu não tinha o que fazer e estava ali preso em meio a tantos veículos, comecei a orar e a falar com Deus muitas coisas... soltei o verbo... ao chegar na reunião, notei que tinham aguardado (não sei se propositadamente) a minha chegada. Eu cheguei e o culto começou as 21h (eu tinha saído do Plano antes das 19h). Cheguei tão bem, descansado e cheio do Espírito que pude falar a palavra de Deus com verdadeiro entusiasmo. As cançoes oferecidas ao Senhor em louvor falaram tão profundamente em meu coração! Era como se Deus estivesse comigo falando só para mim. Que bênção!
 
O que é oração? Complete a frase em um único parágrafo: “orar é....”.
 
Assim começou a ministração do Deto em relação ao tema da oração cuja finalidade precípua foi formar naqueles corações que Deus preparou para estarem na ARCA DA ALIANÇA no dia de ontem um profundo desejo de a partir daquele momento, iniciar, se já não foi feito, uma vida regular de oração.
 
O que vem a ser vida regular de oração? É aquela em que separamos, religiosamente, diariamente, e de forma sistemática um tempo para, em secreto, buscarmos a Deus por meio da oração e da meditação na palavra de Deus.
 
Como forma de incentivo e exemplo, aproveitei para contar meu testemunho pessoal de oração a qual está sendo registrada diariamente neste blog.
 
Falei também de diversos homens de Deus, entre eles o próprio Senhor que foi um homem de oração. Naveguei pelos versículos bíblicos relativos ao tema: Mt 26:36, 44; Mc 6:46; Lc 3:21; 6:12; 9:28; 11:1; 18:1; At 1:14,24,42; 3:1; 4:31; 6:4 e 6; 7:59; 8:15; 9:11; 10: 2 e 4; 12:5; 13:3; II Sm 7:18 e 27; I Re 8:28; Gn 24:63; II Re 20:5; II Cr 30:20 e 27 e mais diversas passagens nos livros de Salmos.
 
Por fim, procurei incentivar os presentes a orar sem jamais desfalecer, como fez a viúva diante do juíz iníquo. A viúva obteve o seu pleito, mas teve de a cada dia insistir com aquele juíz que nem temia a Deus nem respeitava o seu próximo. Nós não devemos jamais desistir de orar.
 
Meu irmão, o que é importante para você? Quanto tempo você dedica para aquilo que julgas importante em tua vida? Todos os dias separamos tempo para comer, beber, tomar banho, trabalhar, estudar, fazer comida, ginástica... e quanto à oração? Qual o tempo que você tem dedicado a ela? É importante orar? Nós, com certeza, separamos tempos em nossas vidas para aquilo que julgamos importante, logo, se você não está orando, a oração, não é importante para você. Aconselho-te que revises os teus valores enquanto há ainda tempo.
 
Para finalizar, cito E. M. Bound: “... o Espírito Santo não se derrama através dos métodos, mas por meio de homens. Não vem sobre maquinaria, mas sobre homens. Não unge planos, mas homens de oração.”. Seja, em Nome de Jesus, a partir de hoje, um Homem de Oração! A Deus toda a glória pelos séculos dos séculos. Amém!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.