quinta-feira, 19 de maio de 2011

Faltam 708 dias para 26/04/13

 

TEMA: ... a palavra da pregação ... 10 – I Ts 2:13

 

Ontem, eu deixei no ar a seguinte questão: Como sair dessa arapuca do pecado? Não é lutando contra o pecado, mas olhando para o Cristo.  A palavra da pregação deverá apontar o Cristo como a solução contra o pecado!

 

Há muita gente escrava de vícios, de manias, de hábitos pecaminosos, de maneiras, de coisas que apenas servem para sufocar a pessoa e mantê-la escrava a fim de que a sua liberdade nunca chegue. No caso do viciado, o escravo não pratica o que quer, mas o que determina o seu vício. Quem fuma, por exemplo, e é pai de família e tem lindos filhos pequenos sofre muito.

 

Dentro dele, do viciado no tabaco, há uma grande luta sendo travada onde de um lado, o apelo de seu vício e de uma vida centrada em si mesmo, no egoísmo; por outro, a sua família, os seus filhos aos quais ele quer dar exemplo e incentivo. Atender aos dois, ao mesmo tempo, é complicado. Por um tempo, a gente consegue enrolar, mas não toda a vida.

 

Toda escravidão associada ao vício e às manias de uma pessoa estão também relacionadas ao mais puro egoísmo. O egoísta não está nem ai para ninguém nem para nada. Ele somente quer uma coisa, curtir a sua droga e sentir o seu barato. Depois, ele, com a maior cara-de-pau, tenta equacionar as demais coisas.

 

Por isso que sabiamente alguém já disse sobre o vício que tudo é uma questão de valores. O que você mais valoriza? O teu puro egoísmo e que o resto "se exploda ou vá para o inferno" ou as pessoas que Deus confiou a você para cuidar e se relacionar? Todo viciado tenta agradar aos dois senhores e viver uma vida dúbia, mas isso também é prisão.

 

Somente somos livres de algo quando podendo fazer este algo, optamos por não fazê-lo em função não de si mesmo, mas em função do outro! Você já reparou também que não existe inferno sem o outro? (não me lembro quem, mas isso foi falado por alguém). Ora também não existe o céu sem o outro, pois tudo é relacional.

 

A vida isolada e centrada em si mesmo é malígna, diabólica, egoísta. O que a si mesmo se alimenta e se esquece do outro está se matando. Cada vez que o outro morre dentro de nós por causa da maldita droga, mas nos isolamos e mais perdemos a noção de Deus e nos aproximamos do diabo que outra coisa não quer se não seu próprio prazer.

 

Não há como vencer o pecado na carne, pois a sua força está em nos opormos a ele; no entanto, se nos aproximamos de Cristo, mais nos esquecemos de nós mesmos e menos força tem o pecado para nos obrigar, em prisão, a satisfazer os seus próprios desejos egoístas. A liberdade do homem está oculta, pela sabedoria de Deus, em Cristo Jesus! somente somos livres em Cristo.

 

Sexualmente também, ... (ficará para amanhã).

 

A Deus toda a glória!

Overall rating
 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Faltam 709 dias para 26/04/13


 TEMA: ... a palavra da pregação ... 9 – I Ts 2:13

 

Se o mundo está doente om as pessoas confusas e o pecado a mil por hora, o que fazer? Ontem eu fiz essas colocações e algumas perguntas: o freio de tudo isso não virá de outro planeta, mas de nossa luz e de nosso sal. Está na hora de tirarmos a nossa luz de debaixo da cama e colocarmos no topo para que todos a vejam. O mundo está indo de mal a pior porque nossa luz está escondida debaixo do alqueire, debaixo de nossas camas. Ela está oculta porque também estamos amando as obras das trevas e praticando o que condenamos. O juízo de Deus virá e não tardará.

 

O que fazer? Mergulharemos no pecado para que a graça seja ainda mais abundante? De modo nenhum. Como poderíamos fazer isso, se morremos com Cristo e nossa vida está oculta nele? Como pegaríamos o corpo de Cristo e colocaríamos a serviço do pecado? A luta contra o pecado não pode ser vencida! Não por mim, não por você, mas tem um que venceu.

 

Jesus Cristo venceu o pecado e a morte para nos transformar em vencedores dos tempos atuais. Não há como vencer o pecado na nossa carne, mas há como nos aproximarmos mais e mais de Cristo até que o pecado caia e não nos moleste mais. Toda vez que lutamos contra o pecado, este se torna mais forte do que nós. Vira regra e lei: ao combatê-lo, ele se fortalece e me supera.

 

Como sair dessa arapuca do pecado? Não é lutando contra o pecado, mas olhando para o Cristo. No deserto houve uma praga entre os homens:

 

"4. Então partiram do monte Hor, pelo caminho do Mar Vermelho, a rodear a terra de Edom; porém a alma do povo angustiou-se naquele caminho. 5. E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito para que morrêssemos neste deserto? Pois aqui nem pão nem água há; e a nossa alma tem fastio deste pão tão vil. 6. Então o SENHOR mandou entre o povo serpentes ardentes, que picaram o povo; e morreu muita gente em Israel. 7. Por isso o povo veio a Moisés, e disse: Havemos pecado porquanto temos falado contra o SENHOR e contra ti; ora ao SENHOR que tire de nós estas serpentes. Então Moisés orou pelo povo. 8. E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela. 9. E Moisés fez uma serpente de metal, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que, picando alguma serpente a alguém, quando esse olhava para a serpente de metal, vivia." (Nm 21:4-9).

 

Jesus, mais de 1400 anos (estou falando a quantidade de anos sem pesquisar profundamente, portanto, é maios ou menos) depois desse episódio no deserto onde muita gente foi picada pela serpente abrasadora, ou ardente, que picavam o povo que murmurava, ao conversar com Nicodemos, mestre em Israel, aplica o fato e aponta a cura do pecado.

 

"10. Jesus respondeu, e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto? 11. Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho. 12. Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais? 13. Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. 14. E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; 15. Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (Jo 3:10-15).

 

Amanhã, prosseguiremos.

A Deus toda a glória!

Overall rating
 

terça-feira, 17 de maio de 2011

Faltam 710 dias para 26/04/13


TEMA: ... a palavra da pregação ... 8 – I Ts 2:13
Paulo Freire disse que “ensinar exige a convicção de que a mudança é possível”. Eu irei parafraseá-lo dizendo que a pregação exige a convicção de que a transformação é possível. Se não crermos que é possível o homem ser transformado, como teremos forças para pregar? Se não temos testemunhos de “ex...” como nos animaremos?
Eu prego porque creio na pregação! Jesus cria na pregação, pregou e ensinou a pregar: “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.Mateus 9:35 . Os verbos presentes nesta frase que indicam ação são:
  • Percorrer (indica a ação de ir, de andar, de se locomover, de caminhar. Ele não ficou parado, estagnado, inerte ou dentro do Templo, mas foi para todas as cidades e aldeias. Repare que a Palavra de Deus destaca que eram TODAS. E quanto a nós, temos percorrido, ao menos, a nossa vizinhança?)
  • Ensinar (o Senhor ia a todas as cidades e aldeias e nas sinagogas deles ensinava a Palavra de Deus, a interpretação correta, a justiça, a misericórdia, o amor)
  • Pregar (a palavra da pregação de Jesus era o Reino de Deus que ele viera inaugurar e que fora predito pelas Escrituras)
  • Curar (ele curava todas as enfermidades e moléstias entre o povo! Mas, reparem que ele não curou a lepra, mas o leproso; ele não curou todos os leprosos, mas aqueles que o Pai trouxe até ele)
Meu desejo e oração é que cada um de nós crentes do Século XXI saíamos por aí percorrendo as cidades de aldeias de nossa circunvizinhança, incluindo o mundo digital, virtual; ensinando a genuína palavra de Deus nas igrejas e onde for possível; pregando o evangelho do Reino de Deus que Jesus implantou e que consumará com a sua vinda esperada; e, curando todos os enfermos que tivermos contato.
O mundo está doente. As pessoas confusas. O pecado está a mil por hora. O freio de tudo isso não virá de outro planeta, mas de nossa luz e de nosso sal. Está na hora de tirarmos a nossa luz de debaixo da cama e colocarmos no topo para que todos a vejam.
O mundo está indo de mal a pior porque nossa luz está escondida debaixo do alqueire, debaixo de nossas camas. Ela está oculta porque também estamos amando as obras das trevas e praticando o que condenamos. O juízo de Deus virá e não tardará.
A Deus toda a glória!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Faltam 711 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 16/05/11)

TEMA: ... a palavra da pregação ... 8 – I Ts 2:13
 
Ontem, em nossa igreja, teve o culto das 17hs voltado ao público infantil, mas confesso que eu é que fui tremendamente edificado. A palavra da pregação foi pregada e crianças, jovens e adultos foram edificados. Minha querida esposa comentou sobre uma parte do culto:
 
Assisti ao culto das crianças hoje na 1ª Igreja Presbiteriana de Taguatinga. Foi uma benção! A Pra. Sílvia ministrou uma palavra edificante e trouxe-nos um alerta sobre crianças aprisionadas por certas culturas. Mostrou crianças muito pequenas, na faixa de 5, 6, 7 anos, sendo oferecidas em casamento com homens adultos.
 
As meninas pequenas todas vestidas de noivinhas. Muito triste! Por que estão aprisionando essas crianças? Por que tiram a liberdade delas ainda tão pequeninas? Essas crianças estão inseridas num contexto de violência. O pior de tudo é que para aquele povo essa atitude não configura violência.
 
Além de ser cultural, é "legalizado". Aqui no Brasil também vemos muitas formas de violência contra as crianças. Que possamos nos despertar e agir em prol do direito das nossas crianças de viverem uma vida de criança, sem violência, sem negligência, sem tormento! Jesus ama as crianças.
 
Ele disse: "deixai vir a mim os pequeninos, porque dos tais é o reino dos céus..." A foto abaixo foi tirada há muito tempo.. .e foi a primeira que apareceu quando importei. É de Deus!” (por Jucilene).
 
Ainda em relação à palavra da pregação de ontem:
 
Lembro-me de que também a Pra. Silvia falou de uma menina chamada Amy Carmichael que era a única filha da família que não tinha aqueles lindos olhos azuis. Ela nos falou que a Amy tinha tanta vontade de ter olhos azuis que orou com intensidade quando tinha de três para quatro anos de idade. Quando acordou no dia seguinte foi conferir a cor de seus olhos e notou que o Papai do Céu não tinha atendido a sua oração.
 
Ela somente veio a entender isso, muitos anos depois, quando foi ser missionária na Índia e os olhos azuis a impediriam de realizar tão bela obra junto a tantas crianças que eram comercializadas pelo tráfico infantil. Às crianças, então, ela disse que o Papai do Céu tem um propósito em tudo.Veja o vídeo que conta uma parte da história da Amy Carmichael: http://youtu.be/upQ60TICDyY
 
Embora, Nosso Senhor Jesus Cristo nada deixou escrito, coube aos seus apóstolos esta tarefa. O Novo Testamento foi produzido e hoje devemos como Amy Carmichael deixar que o Espírito de Deus nos leve a cumprimos nossa missão de pregarmos a palavra da pregação. Um bom dia a todos.
 
A Deus toda a glória!
 

domingo, 15 de maio de 2011

Faltam 712 dias para 26/04/13

 

TEMA: ... a palavra da pregação ... 7 – I Ts 2:13

 

Continuando...

 

Os discípulos de Jesus não tinham ainda o Novo Testamento porque seriam eles, Deus elegendo alguns deles e aprovando seus escritos, quem iriam escrever, divulgar, propagar e ensinar as coisas que Jesus Cristo trouxe e revelou. O próprio Senhor Jesus Cristo nada deixou escrito, mas coube aos seus apóstolos esta tarefa.

 

Tudo o que Jesus falava, ensinava, ministrava tinha apoio na Escritura. A ênfase na Sagrada Escritura é ressaltada em todo o Novo Testamento. O próprio Novo Testamento traz também interpretações do Antigo Testamento. A palavra da pregação que eles pregavam não podia ser deles mesmos, mas como está escrito,...

 

Assim, é importante termos em mente as Escrituras como eles tinham e a partir dela, buscar nela o Cristo de que ela tanta fala. Cristo procurava demonstrar pelas Escrituras a sua obra, a sua pessoa, a sua morte, ressurreição. "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;" (João 5:39).

 

Como já vimos, o cânon hebraico era constituído de 39 livros, para eles naquela época, assim distribuídos e organizados:

 

  1. A lei. Era conhecida como Torah (lei) e continha os 5 primeiros livros: Gn; Ex; Lv; Nm e Dt.
  2. Os profetas anteriores (Js; Jz; 1 e 2 Sm; 1 e 2 Re) e posteriores (Is; Jr; Ez e o livro dos doze, os profetas menores: Os; Jl; Am; Ob; Jn; Mq; Na; Hc; Sf; Ag; Zc e Ml.
  3. Os Escritos que incluiam Sl; Pv; Jó; Ct; Rt; Lm; Ec; Es; Dn; Es; Ne e 1 e 2 Cr.

 

Em cada momento de seu estudo e reflexão no Antigo Testamento, a partir de agora, busque o Cristo que nela está e, dessa forma, aprimore seus conhecimentos do Novo Testamento, a fim de que sejam reforçados os ensinanentos do Senhor e façam, como está escrito, a sua obra nesta terra enquanto ainda dá tempo.

 

Tendo estas coisas em mente, não façam EISEGESE, isto é, não tragam para a Bíblia as suas crenças, antes, da Bíblia faça a EXEGESE, isto é, extraiam dela as crenças que Deus nos revelou e que vivendo por elas alcançaremos a vida (Cristo é a vida!).

 

Ao final de tudo veremos que Cristo é tudo! "... elas que de mim testificam ..." (Jo 5:39). Agora, teremos aula de Escola Bíblica Dominical – vamos à escola? Continuaremos, pela graça de Deus, amanhã.

 

A Deus toda a glória!

Overall rating
 

sábado, 14 de maio de 2011

Faltam 713 dias para 26/04/13

TEMA: ... a palavra da pregação ... 6 – I Ts 2:13

 

Para quem haveremos de pregar? O que haveremos de pregar? Como iremos pregar? Quando iremos pregar? O que precisamos para pregar? Quem de nós pode pregar? Jesus já nos deixou há mais de 2000 anos e quando nos deixou ele disse aos seus discípulos que voltaria para completar o reino de Deus que ele inaugurara com a sua primeira vinda.

 

Ele nos deixou, conforme esté escrito, para ir para o Pai, segundo ele, preparar-nos lugar. Está tudo escrito e ele seguiu o script do que estava escrito e nada foi feito sem que estivesse escrito nas Escrituras. As Escrituras são por nós conhecida como a Bíblia toda de Gênesis à Apocalípse, sendo que na época da primeira vinda, de inauguração do reino de Deus, as Escrituras iam de Gênesis à Malaquias.

 

É importante para nós conhecer o pano de fundo da época e como eles recebiam as sagradas letras e tudo examinavam, conforme está escrito. O cânon hebraico era assim constituído de 39 livros,assim distribuídos e organizados:

 

  1. A lei. Era conhecida como Torah (lei) e continha os 5 primeiros livros: Gn; Ex; Lv; Nm e Dt.
  2. Os profetas anteriores (Js; Jz; 1 e 2 Sm; 1 e 2 Re) e posteriores (Is; Jr; Ez e o livro dos doze, os profetas menores: Os; Jl; Am; Ob; Jn; Mq; Na; Hc; Sf; Ag; Zc e Ml).
  3. Os Escritos que incluiam Sl; Pv; Jó; Ct; Rt; Lm; Ec; Es; Dn; Es; Ne e 1 e 2 Cr.

 

Conforme diz Wilf Hildebrandt, Israel organizou e apresentou sua fé e crenças de acordo com o cânon triplo da 1. Lei; 2. Os Profetas anteriores e posteriores; e, 3. Os Escritos. E é esta estrutura formal final das Escrituras do AT que o povo de Deus reconheceu e aceitou como seu cânon constituído e que testemunha sobre a fé de Israel.

 

Continuaremos, pela graça de Deus, amanhã.

 

A Deus toda a glória!

Overall rating
 

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Faltam 714 dias para 26/04/13

TEMA: ... a palavra da pregação ... 5 – I Ts 2:13
 
Para quem haveremos de pregar?
 
Ontem, estivemos reunidos em casa, por conta da reunião de nosso Grupo Familiar Arca da aliança. Graças a Deus, foi uma reunião abençoada onde Deus se manifestou no meio de nós. Você que não tem Grupo Familiar, venha para a Arca da Aliança.
 
A reunião teve início normalmente e coube a minha esposa orar pela palavra a ser ministrada e agradecer a oportunidade de louvar ao Senhor. Em sua oração ela pedia ao Senhor que nos enviasse para fora da igreja para pregarmos às almas que estão no mundo, não as que estão já dentro da igreja.
 
O tema da pregação e da meditação de ontem foi em resposta à sua oração. Há muita dor, muita angústia, muito engano do lado de fora e nós, dentro da igreja, cercados do bem e do bom. Pregamos para crentes e os perdidos não alcançamos por que estamos dentro da igreja.
 
Em resumo (em próximas postagens, tecerei mais detalhes – eu prometo!), dizia eu, que todos (qualquer ser humano que tem fôlego de vida) pode ser transformado; que Deus é poderoso para suster e manter – todos - os que ele transforma; que os desviados, que por algum motivo abandonaram o caminho, podem ser renovados para continuarem a jornada cristã e, finalmente, que há entre os trigos o joio, mas que a nós compete amar qualquer um até o fim, como Cristo amou a Judas até o fim.
 
Minha esposa inspirada ontem disse: meu bem, por que não vamos à Praça, aqui perto de nosso lar e não nos reunimos em louvor, por volta assim das 19h, quando o povo está retornando de seu trabalho para os seus lares e ali a gente louva, canta, adora ao Senhor, prega uma palavra de Deus, ora pelos que quiserem?
 
Ela continuou: - Nossas reuniões são uma bênção, mas estamos aqui dentro de casa e de portas fechadas. Lá fora, as portas estarão abertas e poderemos estar mais a vontade para deixar Deus nos usar para abençoar as vidas. Poderíamos convidar o Johnatas também para pregar. Cada um de nós também pode ser usado por Deus para aquilo que ele quiser.
 
Lembre-se, que já nos reunimos em família em culto doméstico há mais de 15 anos, sendo que agora temos um grupo oficial por parte da igreja que freqüentamos: Grupo Familiar Arca da Aliança - http://grupofamiliararcadaalianca.blogspot.com/. Nossos filhos, pequenos, desde cedo, eram ensinados por nós dois e os colocávamos para pregar, para louvar (hoje os dois são cantores e tocadores de instrumentos musicais para a glória de Deus) e isso foi edificante para a vida deles.
 
A minha palavra final deste post de hoje é: pregue a palavra de Deus ao povo de Deus sabendo que você é um instrumento de Deus. É tudo de Deus, para Deus, vindo de Deus e por Deus a quem toda a glória segue.
 
A Deus toda glória!
 

Faltam 715 dias para 26/04/13

TEMA: ... a palavra da pregação ... 4 – I Ts 2:13
 
Para quem haveremos de pregar? Para as paredes e pedras no caminho? Como iremos pregar? E o principal, o que iremos pregar? Não podemos pregar a nós mesmos, mas como está escrito a palavra da pregação de Deus, não palavra de homens, mas conforme é, de verdade, a palavra de Deus. Somente a palavra de Deus tem no coração do homem, de qualquer homem,  o poder de abrir o seu coração e  nele gerar vida.
 
Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes. (1 Ts 2:13).
 
Uma pregação agradável não é necessariamente uma pregação de Deus. Na igreja estamos ficando mal acostumados com a pregação e pregamos mais para agradar a platéia do que a palavra de Deus. Estamos nos profissionalizando e tornando a pregação em algo profissional e metódico. Produzimos sermões mortos porque estamos mortos.
 
Os que buscam os elogios e a aprovação dos homens e não a glória de Deus não podem pregar a palavra de Deus. Há muita fala bonita, empolgante, riquíssima intelectualmente falando, mas não gera vida, pois nelas não há vida alguma. Gostamos, aplaudimos e nos admiramos da capacidade intelectual de quem sabe dirigir uma grande platéia e a empolgar.
 
Ao invés de ficarmos nos masturbando intelectualmente, porque não nos reunimos para contar aos irmãos quão grandes sinais e prodígios Deus está fazendo por meio de nossas vidas?
 
Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quão grandes sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios.” (At 15:12)
 
Aliás, onde estão eles?
 
Pregador: pregue a palavra de Deus ao povo de Deus sabendo que você é um instrumento de Deus. É tudo de Deus, para Deus, vindo de Deus e por Deus a quem toda a glória segue.
 
Observação: fui traído pelo gmail, pois ele indicou que a minha postagem de ontem tinha sido remetida e ao conferir hoje no Blogger, apesar de constar como mensagem enviada, não chegou ao Blogger, por isso estou postando novamente.
 
A Deus toda glória!
 

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Faltam 716 dias para 26/04/13

TEMA: ... a palavra da pregação ... 4 – I Ts 2:13
 
Para quem haveremos de pregar? Para as paredes e pedras no caminho? Como iremos pregar? E o principal, o que iremos pregar? Não podemos pregar a nós mesmos, mas como está escrito a palavra da pregação de Deus, não palavra de homens, mas conforme é, de verdade, a palavra de Deus. Somente a palavra de Deus tem no coração do homem, de qualquer homem,  o poder de abrir o seu coração e  nele gerar vida.
 
Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes. (1 Ts 2:13).
 
Uma pregação agradável não é necessariamente uma pregação de Deus. Na igreja estamos ficando mal acostumados com a pregação e pregamos mais para agradar a platéia do que a palavra de Deus. Estamos nos profissionalizando e tornando a pregação em algo profissional e metódico. Produzimos sermões mortos porque estamos mortos.
 
Os que buscam os elogios e a aprovação dos homens e não a glória de Deus não podem pregar a palavra de Deus. Há muita fala bonita, empolgante, riquíssima intelectualmente falando, mas não gera vida, pois nelas não há vida alguma. Gostamos, aplaudimos e nos admiramos da capacidade intelectual de quem sabe dirigir uma grande platéia e a empolgar.
 
Ao invés de ficarmos nos masturbando intelectualmente, porque não nos reunimos para contar aos irmãos quão grandes sinais e prodígios Deus está fazendo por meio de nossas vidas?
 
Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quão grandes sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios.” (At 15:12)
 
Aliás, onde estão eles?
 
Pregador: pregue a palavra de Deus ao povo de Deus sabendo que você é um instrumento de Deus. É tudo de Deus, para Deus, vindo de Deus e por Deus a quem toda a glória segue.
 
A Deus toda glória!
 

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Faltam 716 dias para 26/04/13


TEMA: ... a palavra da pregação ... 3 – I Ts 2:13



Eu havia dito ontem que a ciência também não explica nada nunca. Ora, a ciência não fala, não pensa, não se expressa, pois não é pessoa, mas os cientistas, sim, os cientistas se expressam. Há, como disse, cientistas tementes a Deus e néscios.



Os cientistas tementes a Deus creem que há um Criador e que este Criador é Deus. Eles não abandonaram o rigor científico nem o método em seus estudos, nem desprezaram a ideia do Criador.



A Bíblia nos ensina de que Deus tem prazer em esconder as coisas e o rei tem prazer em esquadrinhar essas coisas escondidas – Pv -25:2. Deus nos colocou neste mundão e não nos proibiu explorá-lo, investiga-lo, estuda-lo e aprender as leis físicas que regem nosso mundo.



Uma pequena pausa para uma brincadeira matemática que está publicado no meu próprio site e que é de minha própria autoria: http://www.jamaisdesista.com.br/2006/05/matematica-termo-geral-para-soma-de.html:



"Brincando com os números, especificamente com a soma dos primeiros "n" números naturais elevados a diversas potências, eu descobri um método, um Termo Geral, que fornece a expressão para qualquer valor do expoente "m" pertencente ao conjunto dos números naturais.

Exemplos:

Para m=1, a fórmula da soma dos primeiros "n" números naturais é S(1) = n*(n+1)/2. Ex. 1^1+2^1+3^1+4^1+5^1 = 5*(5+1)/2 = 15


Para m=2, a fórmula da soma dos primeiros "n" números naturais é S(2) = n*(2n+1)*(n+1)/6. Ex. 1^2+2^2+3^2+4^2+5^2 = 5*(2*5+1)*(5+1)/6 = 55


Para m=3, a fórmula da soma dos primeiros "n" números naturais é S(3) = n^2*(n+1)^2/4. Ex. 1^3+2^3+3^3+4^3+5^3 = 5^2*(5+1)^2/4 = 225


Para m, a fórmula da soma dos primeiros "n" números naturais é S(m) = ? ainda não resolvi publicá-la.
" [eu te desafio a me dar a resposta! Miguel, tu sabes?]


"O prazer de Deus é esconder as coisas e as do rei, esquadrinhá-las" (Pv 25:2).



Fim da minha pequena pausa. Como já disse, eu amo estudar, esquadrinhar, investigar, explorar, fazer perguntas difíceis. No entanto, fico com raiva e chateado quando vejo alguém dar vida à ciência que não tem vida e que fala como se ela fosse Deus. A ciência para mim é um braço de Deus, enquanto está na busca da verdade para explicar os diversos fenômenos estranhos que nos cercam a existência.



Não venha, portanto, meu irmão e amigo, a dizer que a ciência diz isso ou aquilo, pois ela nada fala, certo? Quem fala é o cientista que usa o método científico e como já disse há cientistas e cientistas.



A Deus toda glória!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Faltam 717 dias para 26/04/13


TEMA: ... a palavra da pregação ... 2 – I Ts 2:13



Ontem, vimos que há perguntas básicas feitas por todos os homens e que inquietam a cada um, principalmente, cientistas, estudiosos, espiritualistas, religiosos, filósofos, curiosos, leigos: Quem sou eu? Por que estou aqui? De onde eu vim? Para onde estou indo? A morte é o fim de tudo?



Vimos que a resposta a todas as questões que inquietam o homem está oculta, escondida, em Cristo Jesus, onde estão todos os tesouros da sabedoria e da ciência.



"Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo, Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência." (Cl 2:2-3).



Reparem que não expliquei nadinha sobre as resposas às perguntas mais intrigantes de toda a humanidade, mas simplesmente apontei o Cristo, como João Batista:



"No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." João 1:29 "



Foi isso que fez João Batista: apontou o Cristo que tira o pecado do mundo! É isso que eu devo fazer e não ficar perdendo meu tempo com divagações intelectuais. Ao que crê Jesus lhe dá o conhecimento de que anela a sua alma, mas o que não crê, já está condenado. Eu amo a ciência e gosto de estudar os maiores enigmas da humanidade, mas se eu desprezar o autor da vida, de que me vale meu esforço? Chegarei em algum lugar?



A ciência também não explica nada nunca e é muito fácil entender porque. A ciência não é pessoa, portanto não fala, não se expressa, mas quem se expressa é o cientista e há cientistas tementes a Deus e há cientistas néscios. Talvez, eu continue o raciocínio aqui, mas por hora é suficiente.



O que é importante então? É, por isso, importante que preguemos o evangelho a toda criatura.



"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." Marcos 16:15



"Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes." (1 Ts 2:13).



Amanhã, prosseguirei. Um bom dia a todos.



A Deus toda glória!