sábado, 10 de julho de 2010

365 dias de propósito! Dia 354/365 – faltam 11 dias!


TEMA: Como nos comportarmos até a vinda do Senhor – Tg 5:7-11


Antes de entrarmos na nossa meditação, vamos falar um pouquinho de João Calvino, pois hoje comemoramos o seu aniversário de 501 anos, ou seja, 182.990 dias.

 

João Calvino (1509-1564)

 

  • 10/07/1509 – 27/05/1564, quase 55 anos (501 anos ou 182.990 dias
  • Francês, reformador, de origem humilde, aprendeu latim, filosofia e dialética na Universidade de Paris; foi encaminhado por seu pai para estudar teologia, mas estudou e se formou em direito. Até os 24 anos de idade Calvino era católico. Em 1533 converteu-se ao protestantismo, após contato com as idéias de seu contemporâneo Martinho Lutero. Foi perseguido na França e, no ano de 1536 fugiu para Genebra (Suiça).
  • Inteligente, orador, autor, organizador, administrador, muito talentoso.
  • Seu lema: ofereço-te meu coração, Senhor, pronta e sinceramente.
  • Sua visão de si mesmo: "O Senhor teve piedade de mim, sua pobre criatura; (...) Ele me estendeu a Sua misericórdia para anunciar a verdade do Evangelho."
  • Paulo, Agostinho, Calvino, grandes homens de Deus, fazem hoje parte da história, mas nós é que somos a história em construção.

 

Nossa meditação de hoje falará de como nós devemos nos comportarmos até a vinda de Jesus em sua glória e será o Espírito Santo quem nos irá ensinar, por meio de Tiago, o irmão do Senhor.

 

Ele começa a dizer para sermos pacientes até à vinda do Senhor. Russel Shedd nos diz que a palavra no grego relativa à paciência makrothumēsate não tem o mesmo sentido de que a palavra no grego hupomonē que está escrita no livro de Jó, cujo sentido denota paciência sob aflição. É outro tipo de paciência, tal qual uma expectativa.

 

Uma pequenina pausa: eu estava preparando a mensagem de hoje e a minha gatinha Bebel, 6 anos, exortou-me, pois ela estava requerendo atenção e eu fui um pouco grosseiro. Ela, sensível, como toda criança, percebeu e me disse: "Papai você tem de lembrar do domínio próprio sempre que você está nervoso!". Meu Deus, minha filha é uma bênção! Aleluias! Glórias a Jesus!

 

Voltanto à reflexão (Bebel foi tomar banho!...rs...): ele mesmo explica o tipo da paciência: como a do lavrador que aguarda o precisoso fruto da terra. Quem planta, tem a expetcativa da colheita. Ele sabe que a colheita virá, mas não será no dia seguinte, ou numa data que ele quer, mas no tempo em que ela estiver pronta para vir.

 

Nada adianta eu plantar hoje e amanhã eu ir conferir, pois nada encontrarei. Também não adianta eu ir e desenterrar a semente plantada para ver o progresso, pois isso vai acabar matando a semente. Eu plantei e agora devo esperar o fruto, mas como? Há cuidados que devemos tomar.

 

Ele, então, repete: sede pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima. Tiago em 108 versículos nos prescreve 54 mandamentos. Eu entendo que as duas frases denotam ordenamento. Seja paciente! Fortalecei o vosso coração! E qual o motivo para assim tomarmos tal atitude? A vinda do Senhor está próxima!

 

No entanto, a todos os que foram dirigidas essas palavras morreram, inclusive o autor delas e não viram o cumprimento da volta de Jesus. O que isso significa para eles e para nós que estamos lendo e meditando na palavra de Deus? Houve algum erro do profeta? A palavra não é inspirada? Não creio que não seja assim. Deus está nos ensinando que nosso viver deve ser de grande expectativa de sua vinda e eu entendo porque.

 

Creio que nosso momento de encontro com o Senhor é sempre hoje, agora, pois não sabemos se estaremos vivos dentro de um minuto. Estando nós vivos, o fato mais certo de nossa vida não é o dia de amanhã, mas o dia de hoje que pode ter o seu final. Nossa vida pertence a Deus e ele nos instrui a vivermos de modo a que devemos estar a espera de Jesus, sendo pacientes e com o coração fortalecido, a qualquer momento.

 

Amanhã, continuaremos...

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.