domingo, 18 de julho de 2010

365 dias de propósito! Dia 362/365 – faltam 4 dias!

 

TEMA:  Apocalípse - 4

 

Está cada vez mais perto o dia final: estou acabando o meu propósito com êxito total e cabal da parte do Senhor que me sustentou e me encheu de graça e de palavra. Quem sabe eu não venha a organizar essa história em um livro? Pelo menos já temos quase umas 700 páginas de escrita. Somente Deus mesmo para me dar essa graça.

 

Voltando à nossa reflexão: "Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso.". Dessa declaração, destacamos que quem diz que é diz, eu sou:

 

  • o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus,
  • aquele que é, que era e que há de vir,
  • o Todo-Poderoso

 

Vemos claramente que quem disse isso foi a Trindade representada no Alfa e no Ômega, no que é, que era e que há de vir e no Topo-Poderoso. Do Alfa e Ômega, Russel Shedd comenta que a primeira e a última letra do alfabeto grego apontam para Cristo como Autor e Fim de todas as coisas. Na Trindade Santa os três são um, embora se distinguam três pessoas. Se eu fosse fazer associação, eu continuaria com o Pai sendo quele que é, que era e que há de vir e o Todo-Poderoso com o Espírito Santo.

 

Não sou taxativo nisso, nessa minha réles interpretação. Poderíamos também raciocinar da seguinte forma: todas as três características apontarim para uma única figura da Trindade: a do Filho de Deus! O Filho de Deus é o Alfa e o Ômega, comentado por R. Shedd; é também, o que é (nunca deixou de ser Deus!), o que era (ele, Jesus, como homem que morreu e portanto por algum tempo foi ou "era") e o que há de vir (o mesmo Jesus, ressurrecto); e, finalmente, Jesus como Todo-Poderoso.

 

Eu somente fiquei com uma dúvida de quem é que disse "Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém!". Foi João ou foi aquele que se proclamou no verso 8. Nesses 11 primeiros versículos que peguei para comentar, me dá a impressão de serem dois autores, embora um só redator, João.

 

Seria assim como se João escrevesse, mas que em algumas partes Jesus mandasse João escrever.

 

Já nos versos de número 9 a 11, João diz: "9. Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. 10. Achei-me em espírito, no dia do Senhor, e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta, 11. dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia."

 

João inicia o versículo nos dizendo que é nosso companheiro:

 

  • na tribulação,
  • no reino e
  • na perseverança

 

o que podemos perceber disso que disse nosso companheiro? Vai ficar para amanhã!

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.