segunda-feira, 12 de julho de 2010

365 dias de propósito! Dia 356/365 – faltam 9 dias!

TEMA: Como nos comportarmos até a vinda do Senhor 3 – Tg 5:7-11


Muitos também são os casais que vivem se queixando um do outro porque estão cheios de razão para dar e vender. Estão tão certos e convictos de que estão certos que se tornaram orgulhosos e já não enxergam mais nada. Tornaram-se cegos e se esqueceram da palavra de Deus que diz para a mulher: RESPEITE AO SEU MARIDO!  E aos homens: AMAI AS VOSSAS MULHERES COMO CRISTO AMOU A SUA IGREJA.

 

Já pensou se Cristo estivesse em queixa contra a igreja e a igreja conta Jesus? Assim é o relacionamento marido e mulher e Cristo e a igreja. Se você se acha superior, sublime, pois perto está o Senhor. ele nos disse que não nos queixemos uns dos outros para não sermos julgados, pois o juíz está às portas!

 

Sai daqui então com esta convicção que se você tem queixa contra o seu irmão converse com Deus que irá te ajudar, mas não endureça o teu coração para não seres entregues a si mesmo e comer dos frutos das suas próprias ações as quais irá se lamentar demais depois do feito.

 

Tiago então nos pede para nós que estamos aguardando a vinda do Senhor para qualquer momento, mais precisamente para o dia de hoje: tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor. Quem deles foram felizes? Ele mesmo dá a resposta: os que perseveraram firmes.

 

Por último fala da paciência de Jó que suportou o sofrimento mais difícil que é o da aflição e que na paciência alcançou a bênção do Senhor quando este, o próprio Senhor, lhe apareceu num redemoinho e depois quando lhe restituiu tudo o que tinha perdido quando Jó orava por seus amigos. E se Jó não tivesse orado por seus amigos, mas se queixasse deles?

 

Como então devemos aguardar a vinda de nosso Mestre e Senhor?

 

  • Com paciência! A paciência do lavrador.

 

  • Com um coração fortalecido na esperança de sua vinda a qualquer momento, especialmente hoje.

 

  • Não nos queixando uns dos outros, para não sermos julgados, mas sublimando, pois o Justo Juíz está às portas.

 

  • Tomando por modelo no sofrimento e na paciência os profetas que falaram em nome do Senhor e que receberam por isso a injustiça, sendo felizes os que perseveraram firmes até o fim.

 

  • Sendo como Jó na paciência que diz respeito ao sofrimento.

 

  • Sabendo que o Senhor é terno de misericórdia e compassivo.

 

Amanhã, reforçaremos os passos aciama e veremos como apressar a vinda do Senhor baseado em 2 Pe 3:12 e 13.

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.