segunda-feira, 5 de julho de 2010

365 dias de propósito! Dia 349/365 - faltam 16 dias!

TEMA: O que eu quero – O que Deus quer 1 –Mc 14:32-42
Ontem, havíamos feito um pequenino exercício mental de recuar no tempo, um pouquinho, para entrar com Jesus ali no Getsêmani, naquele dia especial em que sua alma experimentou tristeza tão profunda até a morte e isso para gerar vida para você e para mim que estamos lendo/ouvindo esta mensagem.
 
[O LOCAL] E foram a um lugar chamado Getsêmani - do aramaico shemanim Gate “prensa de azeite”. Era um pomar, um jardim, no Monte das Oliveiras. Muito possivelmente era um local onde Jesus habitualmente freqüentava quando visitava Jerusalém.
 
(Lucas 21:37 – “Jesus ensinava todos os dias no templo, mas à noite, saindo, ia pousar no monte chamado das Oliveiras.”, Lucas 22:39 – “E, saindo, foi, como de costume, para o monte das Oliveiras; e os discípulos o acompanharam.”)
 
[O MOMENTO] Jesus tinha celebrado a última páscoa com seus discípulos e no momento da ceia (o antegozo da futura festa messiânica, quando a noiva – a igreja verdadeira – se unirá eternamente com o Noivo, Cristo) tinha revelado que um deles o haveria de traí-lo.
 
Antes de ir ao Jardim do Getsêmani, por conta de uma discussão entre eles sobre quem seria o maior no reino dos céus, Jesus tinha lhes dito que o maior no reino dos céus é o que serve. Você quer ser grande no Reino de Deus? Então, seja você o servo de todos!
 
Depois disso, advertiu Pedro que haveria de negá-lo por 3 vezes, o que de fato ocorreu, posteriormente. Se o gigante Pedro caiu, pecou e achou graça diante de Deus, nós também não devemos nos desesperar.
 
Depois, lhes orientou a comprar duas espadas para que se cumprissem as Escrituras de que ele teria sido contado entre os malfeitores. Naquele momento ele lhes fez uma pergunta muito interessante: quando vos mandei sem bolsas, sem alforge e sem sandálias, porventura lhes faltou alguma coisa? Nada, disseram eles. Será que se Jesus, ou o Espírito Santo, hoje, te fizer a mesma pergunta, você poderá responder como os discípulos? Falta-lhe algo? Não creio!
 
Foi depois dessas coisas que ele, como de costume, junto com os discípulos foi para o monte das Oliveiras para orarem e também para que ali se cumprissem as Escrituras, onde o Cristo haveria de ser preso.
 
Na verdade, conforme Marcos, Jesus mandou-os se assentarem enquanto ele iria orar. O momento requeria oração, não somente do Senhor, mas de todos, inclusive dos discípulos. Em Lc 22:40, a exortação de Jesus foi para orarem para não entrarem em tentação. Diz-nos a palavra de Deus que Jesus orava de joelhos.
 
O local era o monte das Oliveiras, ... amanhã, prosseguiremos.
 
A Deus toda a glória!
 
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.