quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Deuteronômio 3: 1-29 – CONTINUAM AS VITÓRIAS NA TRANSJORDÂNIA.

Este primeiro discurso de Moisés - O prólogo histórico – 1:1 a 4:43 - ainda ocupa todo o capítulo 3 e termina com o capítulo 4.
Este primeiro discurso, como já vimos, foi dividido em três grandes partes e estamos concluindo hoje a primeira parte: A narração da história – 1:5 a 3:29. Em seguida, com o capítulo 4, terminaremos o primeiro discurso.
Até o vs. 20 deste, terminaremos as vitórias na Transjordânia que começamos no capítulo anterior e do 21 ao 29; depois, a recusa e censura de Deus a Moisés em seu insistente pedido de passar o Jordão e veremos também Josué sendo por Deus colocado no lugar de Moisés.
Em sua narrativa, Moisés faz lembrar o povo da conquista que fizeram sobre Ogue, rei de Basã – ver Nm 21:31-35 - a qual o Senhor entregou nas mãos dos israelitas dizendo que eles fariam a Basã o mesmo que fizeram a Hesbom.
As palavras de Deus foram: não temas, porque a ele e todo o seu povo, e sua terra dei na tua mão e far-lhe-ás como fizestes a Seom.
Então não foi Israel que derrotou Basã, mas Basã foi derrotada por Deus e entregue nas mãos de Israel. Embora a vitória fosse certa e realmente era, Israel teve de combater e enfrentar o inimigo e sair à peleja.
Muitas vitórias que temos de Deus são de fato bênçãos de Deus, mas ele quer que saiamos à luta com nossos exércitos. Sairemos então à luta como se estivéssemos sozinhos – mas não estamos – voltaremos da luta como se tivéssemos ido de carona – mas não fomos.
Basã hoje é uma área de lavouras de trigo, mas, na época, era conhecida como lugar de criação de gado e outros rebanhos – 32:14; Sl 22:12.
Feita a conquista, foi feita a distribuição da Transjordânia – ver também Nm 32:33-42 – entre as tribos dos rubenitas e gaditas e a meia tribo de Manassés.
Moisés chama a atenção de seu substituto futuro, Josué, e lhe diz que assim como foi feito a esses dois reis, assim, Josué faria a todos os reinos que passará por causa do Senhor.
Dt 3:1 Depois nos viramos e subimos o caminho de Basã;
               e Ogue, rei de Basã, nos saiu ao encontro,
                              ele e todo o seu povo, à peleja em Edrei.
Dt 3:2 Então o SENHOR me disse:
               Não o temas, porque a ele e a todo o seu povo, e a sua terra,
                              tenho dado na tua mão; e far-lhe-ás como fizeste a Siom,
                                            rei dos amorreus, que habitava em Hesbom.
Dt 3:3 E também o SENHOR nosso Deus nos deu na nossa mão a Ogue,
               rei de Basã, e a todo o seu povo; de maneira que o ferimos
                              até que não lhe ficou sobrevivente algum.
               Dt 3:4 E naquele tempo tomamos todas as suas cidades;
                              nenhuma cidade houve que lhes não tomássemos;
               sessenta cidades, toda a região de Argobe, o reino de Ogue em Basã.
Dt 3:5 Todas estas cidades eram fortificadas com altos muros,
               portas e ferrolhos; e muitas outras cidades sem muros.
               Dt 3:6 E destruímo-las como fizemos a Siom, rei de Hesbom,
                              destruindo todas as cidades, homens, mulheres e crianças.
               Dt 3:7 Porém todo o gado, e o despojo das cidades,
                              tomamos para nós por presa.
               Dt 3:8 Assim naquele tempo tomamos a terra das mãos daqueles
                              dois reis dos amorreus, que estavam além do Jordão;
                                            desde o rio de Arnom, até ao monte de Hermom.
               Dt 3:9 (A Hermom os sidônios chamam Siriom;
                              porém os amorreus o chamam Senir);
               Dt 3:10 Todas as cidades do planalto, e todo o Gileade, e todo o Basã,
                              até Salcá e Edrei, cidades do reino de Ogue em Basã.
               Dt 3:11 Porque só Ogue, o rei de Basã, restou dos gigantes;
                              eis que o seu leito, um leito de ferro, não está porventura em
                                            Rabá dos filhos de Amom?
                              De nove côvados, o seu comprimento, e de quatro côvados,
                                            a sua largura, pelo côvado comum.
               Dt 3:12 Tomamos, pois, esta terra em possessão naquele tempo:
                              Desde Aroer, que está junto ao ribeiro de Arnom,
                                            e a metade da montanha de Gileade,
                              com as suas cidades, tenho dado aos rubenitas e gaditas.
               Dt 3:13 E o restante de Gileade, como também todo o Basã,
                              o reino de Ogue, dei à meia tribo de Manassés;
                                            toda aquela região de Argobe, por todo o Basã,
                                                           se chamava a terra dos gigantes.
               Dt 3:14 Jair, filho de Manassés, alcançou toda a região de Argobe,
                              até ao termo dos gesuritas, e maacatitas,
                                            e a chamou de seu nome, Havote-Jair até este dia.
               Dt 3:15 E a Maquir dei Gileade. Dt 3:16 Mas aos rubenitas e gaditas
                              dei desde Gileade até ao ribeiro de Arnom,
                                            cujo meio serve de limite;
                              e até ao ribeiro de Jaboque, o termo dos filhos de Amom.
               Dt 3:17 Como também a campina, e o Jordão por termo;
                              desde Quinerete até ao mar da campina, o Mar Salgado,
                                            abaixo de Asdote-Pisga para o oriente.
Dt 3:18 E no mesmo tempo vos ordenei, dizendo:
               O SENHOR vosso Deus vos deu esta terra, para possuí-la;
                              passai, pois, armados vós, todos os homens valentes,
                                            diante de vossos irmãos, os filhos de Israel.
               Dt 3:19 Tão-somente vossas mulheres, e vossas crianças, e vosso gado
                              (porque eu sei que tendes muito gado), ficarão nas vossas
                                            cidades, que já vos tenho dado.
               Dt 3:20 Até que o SENHOR dê descanso a vossos irmãos como a vós;
                              para que eles herdem também a terra que o SENHOR
                                            vosso Deus lhes há de dar além do Jordão;
               então voltareis cada qual à sua herança que já vos tenho dado.
Dt 3:21 Também dei ordem a Josué no mesmo tempo, dizendo:
               Os teus olhos têm visto tudo o que o SENHOR vosso Deus tem feito
                              a estes dois reis; assim fará o SENHOR a todos os reinos,
                                            a que tu passarás.
               Dt 3:22 Não os temais, porque o SENHOR vosso Deus
                              é o que peleja por vós.
Dt 3:23 Também eu pedi graça ao SENHOR no mesmo tempo, dizendo:
               Dt 3:24 Senhor DEUS! já começaste a mostrar ao teu servo
                              a tua grandeza e a tua forte mão; pois, que Deus há nos céus
                                            e na terra, que possa fazer segundo as tuas obras,
                                                           e segundo os teus grandes feitos?
               Dt 3:25 Rogo-te que me deixes passar, para que veja esta boa terra
                              que está além do Jordão; esta boa montanha, e o Líbano!
               Dt 3:26 Porém o SENHOR indignou-se muito contra mim
                              por causa de vós, e não me ouviu;
antes o SENHOR me disse:
               Basta; não me fales mais deste assunto;
               Dt 3:27 Sobe ao cume de Pisga, e levanta os teus olhos ao ocidente,
                              e ao norte, e ao sul, e ao oriente, e vê com os teus olhos;
                                            porque não passarás este Jordão.
               Dt 3:28 Manda, pois, a Josué, e anima-o, e fortalece-o;
                              porque ele passará adiante deste povo,
                                            e o fará possuir a terra que verás.
               Dt 3:29 Assim ficamos neste vale, defronte de Bete-Peor.
Moisés busca a Deus e procura em oração obter perdão pelo erro cometido que o impediu de subir à Terra Prometida, mas Deus se mostra irredutível e lhe diz veementemente: Basta! Não me fales mais nisto.
Temos de tomar cuidado com nossas vidas e decisões tomadas que uma vez assumidas, não importando a sua motivação, está tomada e as consequências farão parte dela.
Ah, se pudéssemos voltar no tempo para corrigirmos as coisas... ah, se pudéssemos “desrasgar” os papéis que rasgamos ou os vidros que quebramos ou os corações que afligimos, enganamos, matamos, roubamos...
Foi ainda Deus muito tolerante e paciente com Moisés ao lhe permitir ver a terra a partir do cimo de Pisga. Em seguida, Deus fala claramente – ... dá ordens a Josué... - a ele para preparar Josué, animando-o e o fortalecendo.

É bem provável que Deuteronômio seja uma dessas tentativas de Moisés de bem instruí-lo e animá-lo e fortalecê-lo.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.