segunda-feira, 20 de outubro de 2014

II Crônicas 31:1-21 - EZEQUIAS DÁ O EXEMPLO E FORNECE PROVISÕES PARA O TEMPLO.

Nós nos encontramos na última parte (Judá e Israel reunificados) de quatro no total pela qual dividimos I e II Crônicas.
I. As genealogias do povo de Deus – 1:1 a 9:34 – já vista.
II. O reino unido – 9:35 a II Cr 9:31 – já vista.
III. O reino dividido – 10:1 a 28:27 – já vista.
IV. O reino unificado – 29:1 a 36:23 – estamos em estudo.
Repetimos a informação que doravante, tudo agora seria em conjunto e não mais provenientes de duas regiões com dois poderes. As experiências de bênçãos e provações, exílio e livramento, seriam agora experiências conjuntas de um povo reunificado, em torno de um só templo.
Esta última parte IV de  I e de II de Crônicas será, didaticamente, dividida em seis partes.
A. O reinado de Ezequias – 29:1 a 32:33 – estamos vendo.
B. O reinado de Manassés – 33:1-20.
C. O reinado de Amon – 33:21-25.
D. O reinado de Josias – 34:1 a 35:27.
E. Os últimos anos – 36:1-14.
F. Dificuldades, exílio e esperança – 36:15-23.
A. O reinado de Ezequias – 29:1 a 32:33 - continuação.
O cronista, como já vimos, dedica mais atenção a Ezequias do que a qualquer outro rei, com exceção de Davi e Salomão.
1.      As celebrações prolongadas (vs 23-31:1) -  continuação.
A alegria foi tão tremenda que concordaram todos que a festa continuaria por mais sete dias. Depois disso, o que foi muito saudável para toda nação e para o reinado de Ezequias, todos os israelitas que se acharam ali foram às cidades de Judá para continuarem com a limpeza e com a purificação iniciada.
Eles quebraram estátuas, cortaram os postes-ídolos (os símbolos da deusa Aserá) e derrubaram os altos e os altares desde Judá e Benjamim, como também em Efraim e em Manassés. Ao fim retornaram cada um, pacificamente, para as suas terras.
Isso que fizeram ao final da Páscoa está também registrado em II Re 18:4, que inclusive fala da serpente de bronze que Moisés fizera, porque até àquela época os filhos de Israel lhe queimavam incenso e lhe chamavam Neustã.
As provisões permanentes fornecidas por Ezequias.
Dos versos 2 até o final do capítulo, vs 21, Ezequias vai regular as contribuições para os sacerdotes e os levitas.
O objetivo aqui era a continuidade dos cultos no templo e para isso eram necessárias as provisões e Ezequias faz questão de cuidar disso. Com exceção dos vs 20-21 (conforme II Re 18:5-7), esse material foi acrescentado pelo cronista e reflete, como já vimos falando, o seu interesse pelos cultos no templo, pois afinal de contas o templo era um lugar de centralidade para o povo diante de Deus.
Também o entusiasmo que se percebe em sua narrativa tinham por objetivo alcançarem os do pós-exílio a fim de que eles também oferecessem o seu apoio ao templo do Senhor.
Ao estabelecer Ezequias os turnos dos sacerdotes e dos levitas – vs 2 – ele estava retornando à ordem de Salomão – 8:14 – que por sua vez tinha seguido a instituição de seu pai, Davi.
Ezequias, Davi e Salomão tinham sido referências e eram padrões para a nação e como tinha feito Davi, Ezequias também fez questão de ser o primeiro a doar de seu próprio tesouro – vs 3 e 4 - recursos e contribuições antes de pedir qualquer coisa ao povo.
Parece tão fácil pedir ao povo que ofertem, que doem, que contribuam e, disfarçadamente, fugir do seu compromisso também de contribuir. Eu pelo menos tenho visto meus pastores como exemplo positivo nisso. Por exemplo o Pr. Sabino, sempre que vai pedir algo especial, ele é o primeiro a dar também uma porção especial, como exemplo do que ele fez, para todos imitarem.
Isso meu pastor tem me ensinado e espero aprender quando chegar a hora de também solicitar contribuições para a obra de Deus. Ele tem explicado para nós que tem isso como princípio em seu ministério de não pedir nada sem que primeiro ele dê do seu melhor.
Lembro-me também de outro pastor que tive, o Pr. Jeová de Aquino, das igrejas batistas Ebenézer. Também ele nesse aspecto era o primeiro a dar a sua oferta generosa, como exemplo para suas ovelhas.
Eu graças a Deus tive sempre bons pastores e homens comprometidos com o reino de Deus e com o povo de Deus, mas sabemos que por aí afora, muitos são falsos, enganadores e usurpadores.
Aquela reação do povo diante do apelo do rei Ezequias e de seu exemplo serviu também de incentivo, como esperava o cronista, para a geração do pós-exílio – Ne 10:35-39; 12:47; 13:10-13; Ml 3:8-10.
II Cr 31:1 E acabando tudo isto,
                todos os israelitas que ali se achavam saíram às cidades de Judá
                               e quebraram as estátuas, cortaram os bosques,
                               e derrubaram os altos e altares por toda Judá e Benjamim,
                                               como também em Efraim e Manassés,
                                                               até que tudo destruíram;
                então tornaram todos os filhos de Israel, cada um para sua possessão,
                               para as cidades deles.
II Cr 31:2 E estabeleceu Ezequias as turmas dos sacerdotes e levitas,
                segundo as suas turmas, a cada um segundo o seu ministério;
                               aos sacerdotes e levitas para o holocausto e para as ofertas
                                               pacíficas, para ministrarem, louvarem, e cantarem,
                                                               às portas dos arraiais do SENHOR.
                II Cr 31:3 Também estabeleceu a parte da fazenda do rei
                               para os holocaustos; para os holocaustos da manhã
                                               e da tarde, e para os holocaustos dos sábados,
                                               e das luas novas, e das solenidades;
                                                               como está escrito na lei do SENHOR.
                II Cr 31:4 E ordenou ao povo, que morava em Jerusalém,
                               que desse a parte dos sacerdotes e levitas, para que eles
                                               pudessem se dedicar à lei do SENHOR.
                II Cr 31:5 E, depois que se divulgou esta ordem, os filhos de Israel
                               trouxeram muitas primícias de trigo, mosto, azeite, mel,
                                               e de todo o produto do campo;
                               também os dízimos de tudo trouxeram em abundância.
                II Cr 31:6 E os filhos de Israel e de Judá, que habitavam nas cidades
                               de Judá, também trouxeram dízimos dos bois e das ovelhas,
                               e dízimos das coisas dedicadas que foram consagradas
                                               ao SENHOR seu Deus; e fizeram muitos montões.
                II Cr 31:7 No terceiro mês começaram a fazer os primeiros montões;
                               e no sétimo mês acabaram.
                II Cr 31:8 Vindo, pois, Ezequias e os príncipes,
                               e vendo aqueles montões, bendisseram ao SENHOR
                                               e ao seu povo Israel.
                II Cr 31:9 E perguntou Ezequias aos sacerdotes e aos levitas
                               acerca daqueles montões.
                II Cr 31:10 E Azarias, o sumo sacerdote da casa de Zadoque,
                               lhe respondeu, dizendo:
                                               Desde que se começou a trazer estas ofertas
                                               à casa do SENHOR, temos comido
                                               e temos fartado, e ainda sobejou em abundância;
                               porque o SENHOR abençoou ao seu povo,
                                               e sobejou esta abastança.
                II Cr 31:11 Então ordenou Ezequias que se preparassem
                               câmaras na casa do SENHOR, e as prepararam.
                II Cr 31:12 Ali recolheram fielmente as ofertas, e os dízimos,
                               e as coisas consagradas; e tinham cargo disto Conanias,
                                               o levita principal, e Simei, seu irmão, o segundo.
                II Cr 31:13 E Jeiel, Azarias, Naate, Asael, Jerimote, Jozabade, Eliel,
                               Ismaquias, Maate, e Benaia, eram superintendentes
                                               sob a direção de Conanias e Simei, seu irmão,
                                                               por mandado do rei Ezequias, e de Azarias,
                                                                              líder da casa de Deus.
                II Cr 31:14 E Coré, filho de Imna, o levita, porteiro
                               do lado do oriente, estava encarregado das ofertas
                                               voluntárias que se faziam a Deus, para distribuir
                                                               as ofertas alçadas do SENHOR
                                                                              e as coisas santíssimas.
                II Cr 31:15 E debaixo das suas ordens estavam Éden,
                               Miniamim, Jesua, Semaías, Amarias e Secanias,
                                               nas cidades dos sacerdotes, para distribuírem com
                                               fidelidade a seus irmãos, segundo as suas turmas,
                                                               tanto aos pequenos como aos grandes;
                II Cr 31:16 Exceto os que estavam contados pelas genealogias
                               dos homens, da idade de três anos para cima,
                                               a todos os que entravam na casa do SENHOR,
                                                               para a obra de cada dia no seu dia,
                                                               pelo seu ministério nas suas guardas,
                                                                              segundo as suas turmas.
                II Cr 31:17 Quanto ao registro dos sacerdotes foi ele feito
                               segundo as suas famílias, e o dos levitas, da idade de vinte
                                               anos para cima, foi feito segundo as suas guardas
                                                               nas suas turmas;
                II Cr 31:18 Como também conforme às genealogias,
                               com todas as suas crianças, suas mulheres, e seus filhos,
                                               e suas filhas, por toda a congregação.
                               Porque com fidelidade estes se santificavam
                                               nas coisas consagradas.
                II Cr 31:19 Também dentre os filhos de Arão, os sacerdotes,
                               que estavam nos campos dos arrabaldes das suas cidades,
                               em cada cidade, havia homens que foram designados
                               pelos seus nomes para distribuírem as porções
                                               a todo o homem entre os sacerdotes
                                               e a todos os que estavam contados entre os levitas.
                II Cr 31:20 E assim fez Ezequias em todo o Judá;
                               e fez o que era bom, e reto, e verdadeiro,
                                               perante o SENHOR seu Deus.
                II Cr 31:21 E toda a obra que começou no serviço da casa de Deus,
                               e na lei, e nos mandamentos, para buscar a seu Deus,
                                               ele a fez de todo o seu coração, e prosperou.
Finalizando o capítulo 31, temos que o autor apresenta a prosperidade do rei Ezequias como uma recompensa por sua fidelidade e obediência.
Ezequias é um exemplo de um rei bem sucedido que trabalha, que batalha, que confia no Senhor e que dá exemplo para seu povo. Ele fez – vs 20 – o que era reto e verdadeiro perante o Senhor, assim como tinha feito Davi.
Todas as coisas que empreendeu, concluiu. Ele buscou a Deus com todo o seu coração, alma, forças e entendimento e, em tudo, prosperou.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 288 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.