terça-feira, 7 de outubro de 2014

II Crônicas 18:1-34 - UMA FLECHA "PERDIDA" ATINGE O REI DE ISRAEL


Nós estamos aqui, no capítulo 18, que ainda está falando do reinado de Josafá o qual irá até o 21:3, da parte III.
PARTE III – O REINO DIVIDIDO – 10:1 A 28:27.
A. Julgamentos e bênçãos crescentes em Judá – 10:1 a 21:3.
A primeira fase do reino dividido compreenderá – e também será nossa divisão para nossas reflexões – 4 partes: 1. O reinado de Roboão (10:1 - 12:16) – já vimos. 2. O reinado de Abias (13:1 - 14:1a) – já vimos. 3. O reinado de Asa (14:1b - 16:14) – já vimos. 4. O reinado de Josafá (17:1 – 21:3) – estaremos vendo agora.
Os temas comuns entre esses reinados serão, como teremos a oportunidade de verificar:
·         O foco sobre a separação do Reino do Norte.
·         As narrativas de batalhas.
·         As reações à palavra de Deus.
Conforme BEG, a qual nos guiamos e indicamos, depois do início de seu reinado (17:1-2), que é paralelo ao final (20.31-21.3), esses capítulos formam um padrão quiásmico que alterna (A B A' B') seus primeiros (17.3-19.3) e últimos anos (19.4-20.30). veja como ficou:
No entanto, faremos uma divisão mesclada entre o quiasmo e essa proposta da BEG. Nós acompanharemos esse reinado de Josafá da seguinte maneira:
(1). O início do reinado de Josafá – 17:1,2.
            (2). (A) Josafá foi fiel (17:3-19).
                        (3). (B) guerreou (18: 1-19.3).
            (4). (A') Foi fiel novamente (19:4-11).
                        (5). (B').voltou a guerrear (20:1-30).
(6). O final do reinado de Josafá – 20:31 a 21:3.
(3). (B) guerreou (18: 1-19.3).
O cronista aqui está seguindo o texto paralelo em I Re 22:1-28, sendo que acrescenta um novo começo – 18:1,2 – e um novo final – 19:1-3, além de omitir certos detalhes sobre a morte de Acabe – I Re 22:36-40.
Jeosafá tinha prosperado muitíssimo e em seu reinado havia muitas riquezas e glória em abundância. Contra todo o bom senso e a lógica, resolveu, para sua própria ruína, juntar-se em força com Acabe.
Contrastando com os seus primeiros anos – 17:3 -, o rei Josafá foi submetido à maldição divina por haver ignorado a advertência profética e feito alianças com o Reino do Norte.
A questão do “aparentou-se” está se referindo ao casamento de Jeorão, filho de Josafá, com Atalia, filha de Acabe – 21:6 – 22:2. Já no livro de Reis, Acabe representa o ponto mais baixo do Reino do Norte em sua apostasia – I Re 16:30.
A guerra de Acabe com a Síria e a condenação profética de Micaías – II Cr 18:4-27; I Re 22:1-38.
Depois da derrota dos sírios, por duas vezes, sendo que o Senhor os tinha ajudado e Acabe acabou deixando sair vivo o rei Ben-Hadade, agora, depois de três anos, novamente os sírios atacaram Israel, juntamente com seus trinta e dois reis.
Parecia que ainda estavam amargando a derrota antiga e agora querendo se vingar.
Na peleja que Acabe estava para fazer contra os sírios surgiu uma dúvida em seu coração se deveria ir pelejar ou não e resolveu consultar os seus profetas. E como havia profetas!
Todos os profetas eram unânimes em lhe afirmar que sairia vitoriosos se fosse. Josafá, rei de Judá, resolve se ajuntar a Acabe nesta batalha e escuta as profecias relativas às vitórias anunciadas.
Ele questiona se ainda não havia outro profeta, mas eram tantos ali, por que ele queria ouvir mais um profeta?
A unanimidade deles não convencera a Josafá e assim, o rei  Acabe mandou chamar um outro profeta que costumeiramente lhe falava coisas duras e este profeta vem e profetiza também a vitória certa para Acabe e Josafá.
Iremos ou não iremos pelejar contra os sírios? Era esse o dilema dos reis. A resposta unânime dos profetas era que fossem, pois voltariam em paz.
Acabe se aproxima então de Micaias e o exorta a falar a verdade em nome do Senhor. Ora, o restante das profecias já era conhecido como mentira? O fato é que então Micaias fala a verdade e diz ver o povo disperso sem pastor e os sírios perseguindo Israel.
Falou mais ainda dizendo que os profetas falaram mentiras porque o Senhor tinha ordenado isso a fim de que o rei fosse enganado com as profecias e fosse afligido.
O relato de Micaias descrevendo o acontecido com os profetas do ponto de vista de um narrador celeste é muito interessante e verdadeiro, mas jamais poderia ser copiado por alguém, a não ser que realmente presenciasse toda a cena para a depois narrar.
A visão de Micaias dessas deliberações celestiais (cf. Jó 1:6-12; Is 6:1-8; Zc 3:1-10) mostra que a soberania de Deus se estende até sobre o mal.
Não sei o que dizer de toda essa cena celeste, mas sei que os propósitos de Deus sempre prevalecerão contra todo engano e mentira dos homens e de Satanás.
No entanto, não creram em Micaias e até um dos profetas o feriu na face enciumado pelo uso do Espírito Santo por Micaias e o desafiou. O rei Acabe não satisfeito ainda mandou prendê-lo até que pudesse voltar para depois dar um fim a ele.
Micaias então profetiza a sua morte e bem assim daquele profeta que o ferira.
A palavra de Deus gerada pela boca do profeta de Deus tem sempre duas finalidades:
1.      A primeira é a salvação daqueles que creem e invocam ao Senhor.
2.      A segunda, é o endurecimento naqueles que não creem pra vir sobre eles o juízo de Deus.
O juízo estava vindo sobre todos aqueles profetas, sobre Israel e sobre, principalmente, Acabe.
Acabe, por cautela, ainda se disfarça e vai a guerra de forma que ninguém percebe que ele é o rei de Israel. Josafá estava na carruagem real, mas os sírios que tinham recebido ordem expressa de matarem Acabe, depois de checarem que Josafá não era Acabe, deixou ele escapar.
Isso foi um grande livramento de Deus na vida de Josafá, pois na verdade, quem teria tal cuidado no calor das batalhas?
Não encontrando o rei Acabe para o destruir, um soldado sírio, dispara uma flecha ao esmo e esta vai atingir fatalmente Acabe entre os vãos de sua armadura e o sangue começa a escorrer de forma que depois os cães o lambem, conforme palavra profética falada contra ele, por Elias – I Re 21:19, II Re 9:25,26.
Quem é que disse que Deus não é imanente? Sim, Deus é transcendente, mas também imanente e participa da história de seu povo de forma muito especial. Na sua soberania, jamais Deus vai contra a livre vontade dos homens que são cem por cento responsáveis por todos os seus atos.
O final do reinado de Acabe – II Cr 18:28-34; I Re 22:39,40.
O escritor indica que Acabe era bastante conhecido pelos seus programas de construção, sugerindo que o seu próprio registro foi altamente seletivo – vs I Re 22:39 “Casa de Marfim”.
Escavações arqueológicas em Samaria encontraram ornamentos marchetados de marfim datados desse período e ainda revelaram que Samaria e Megido foram fortificadas nesse período. Apesar de indicarem prosperidade econômica para os ricos do período, o profeta Amós criticou essas extravagâncias – Am 3:15.
II Cr 18:1 Tinha, pois, Jeosafá riquezas e glória em abundância,
                e aparentou-se com Acabe.
                II Cr 18:2 E depois de alguns anos desceu ele para Acabe
                               em Samaria; e Acabe matou ovelhas e bois em abundância,
                                               para ele e para o povo que vinha com ele;
                                               e o persuadiu a subir com ele a Ramote de Gileade.
                II Cr 18:3 Porque Acabe, rei de Israel, disse a Jeosafá, rei de Judá:
                               Irás tu comigo a Ramote de Gileade?
                E ele lhe disse:
                               Como tu és, serei eu; e o meu povo, como o teu povo;
                                               iremos contigo à guerra.
II Cr 18:4 Disse mais Jeosafá ao rei de Israel:
                Peço-te, consulta hoje a palavra do SENHOR.
                II Cr 18:5 Então o rei de Israel reuniu os profetas,
                               quatrocentos homens, e disse-lhes:
                                               Iremos à guerra contra Ramote de Gileade,
                                                               ou deixarei de ir?
                E eles disseram:
                               Sobe; porque Deus a entregará na mão do rei.
                II Cr 18:6 Disse, porém, Jeosafá:
                               Não há ainda aqui algum profeta do SENHOR,
                                               para que o consultemos?
                II Cr 18:7 Então o rei de Israel disse a Jeosafá:
                               Ainda há um homem por quem podemos consultar
                                               ao SENHOR; porém eu o odeio, porque nunca                                                                         profetiza de mim o que é bom, senão sempre
                                                                              o mal; este é Micaías, filho de Inlá.
                E disse Jeosafá:
                               Não fale o rei assim.
                II Cr 18:8 Então o rei de Israel chamou um oficial, e disse:
                               Traze aqui depressa a Micaías, filho de Inlá.
                II Cr 18:9 E o rei de Israel, e Jeosafá, rei de Judá, estavam assentados
                                cada um no seu trono, vestidos com suas roupas reais,
                                               e estavam assentados na praça à entrada da porta de
                               Samaria; e todos os profetas profetizavam na sua presença.
                II Cr 18:10 E Zedequias, filho de Quenaaná, fez para si uns chifres
                               de ferro, e disse: Assim diz o SENHOR:
                                               Com estes ferirás aos sírios, até de todo os
                                                               consumires.
                II Cr 18:11 E todos os profetas profetizavam o mesmo, dizendo:
                               Sobe a Ramote de Gileade, e triunfarás;
                                               porque o SENHOR a dará na mão do rei.
II Cr 18:12 E o mensageiro, que foi chamar a Micaías, falou-lhe, dizendo:
                Eis que as palavras dos profetas, a uma voz, predizem coisas boas
                               para o rei; seja, pois, também a tua palavra como a de um
                                               deles, e fala o que é bom.
                II Cr 18:13 Porém Micaías disse:
                               Vive o SENHOR, que o que meu Deus me disser, isso falarei.
                II Cr 18:14 Vindo, pois, ele ao rei, este lhe disse:
                               Micaías, iremos a Ramote de Gileade à guerra,
                                               ou deixaremos de ir?
                E ele disse:
                               Subi, e triunfarás; e serão dados na vossa mão.
                II Cr 18:15 E o rei lhe disse:
                               Até quantas vezes, te conjurarei, para que não me fales senão
                                               a verdade em nome do SENHOR?
                II Cr 18:16 Então disse ele:
                               Vi a todo o Israel disperso pelos montes,
                                               como ovelhas que não têm pastor;
                               e disse o SENHOR:
                                               Estes não têm senhor; torne cada um em paz para
                                                               sua casa.
                II Cr 18:17 Então o rei de Israel disse a Jeosafá:
                               Não te disse eu, que ele não profetizaria de mim o que é bom,
                                               porém sempre o mal?
                II Cr 18:18 Disse mais:
                               Ouvi, pois, a palavra do SENHOR: Vi ao SENHOR assentado
                                               no seu trono, e todo o exército celestial em pé à sua
                                                               mão direita, e à sua esquerda.
                II Cr 18:19 E disse o SENHOR:
                               Quem persuadirá a Acabe rei de Israel, para que suba,
                                               e caia em Ramote de Gileade?
                                                               Um dizia desta maneira, e outro de outra.
                II Cr 18:20 Então saiu um espírito e se apresentou diante do
                               SENHOR, e disse: Eu o persuadirei. E o SENHOR lhe disse:
                                               Com quê? II Cr 18:21 E ele disse: Eu sairei, e serei
                                                               um espírito de mentira na boca de todos os
                                                                              seus profetas.
                               E disse o SENHOR:
                                               Tu o persuadirás, e ainda prevalecerás;
                                                               sai, e faze-o assim.
                II Cr 18:22 Agora, pois, eis que o SENHOR pôs um espírito
                               de mentira na boca destes teus profetas;
                                               e o SENHOR falou o mal a teu respeito.
                II Cr 18:23 Então Zedequias, filho de Quenaaná, chegando-se,
                               feriu a Micaías no queixo, e disse:
                                               Por que caminho passou de mim o Espírito do
                                                               SENHOR para falar a ti?
                               II Cr 18:24 E disse Micaías: Eis que o verás naquele dia,
                                               quando andares de câmara em câmara,
                                                               para te esconderes.
                II Cr 18:25 Então disse o rei de Israel:
                               Tomai a Micaías, e tornai a levá-lo a Amom,
                                               o governador da cidade, e a Joás, filho do rei.
                II Cr 18:26 E direis:
                               Assim diz o rei:
                                               Colocai este homem na casa do cárcere;
                                                               e sustentai-o com pão de angústia, e com
                                                               água de angústia, até que eu volte em paz.
                II Cr 18:27 E disse Micaías:
                               Se voltares em paz, o SENHOR não tem falado por mim.
                                               Disse mais: Ouvi, povos todos!
II Cr 18:28 Subiram, pois, o rei de Israel e Jeosafá, rei de Judá,
                a Ramote de Gileade. II Cr 18:29 E disse o rei de Israel a Jeosafá:
                               Disfarçando-me eu, então entrarei na peleja;
                                               tu, porém, veste as tuas roupas reais.
                               Disfarçou-se, pois, o rei de Israel, e entraram na peleja.
                II Cr 18:30 Deu ordem, porém, o rei da Síria aos capitães dos carros
                               que tinha, dizendo: Não pelejareis nem contra pequeno,
                                               nem contra grande; senão só contra o rei de Israel.
                II Cr 18:31 Sucedeu que, vendo os capitães dos carros
                               a Jeosafá, disseram:
                                               Este é o rei de Israel, e o cercaram para pelejar;
                                               porém Jeosafá clamou, e o SENHOR o ajudou.
                                                               E Deus os desviou dele.
                II Cr 18:32 Porque sucedeu que, vendo os capitães dos carros,
                               que não era o rei de Israel, deixaram de segui-lo.
                II Cr 18:33 Então um homem armou o arco e atirou a esmo,
                               e feriu o rei de Israel entre as junturas e a couraça;
                                               então disse ao carreteiro:
                                                               Dá volta, e tira-me do exército,
                                                                              porque estou gravemente ferido.
                II Cr 18:34 E aquele dia cresceu a peleja, mas o rei de Israel
                               susteve-se em pé no carro defronte dos sírios até à tarde;
                                               e morreu ao tempo do pôr do sol.
Tão simplesmente o cronista fala de Acabe como um grande rei, guerreiro, que estava na batalha e assim permaneceu em seu posto até o seu fim, a morte.
Ele tinha sido alvo de uma flecha perdida à semelhança atual das tão famosas balas perdidas. Embora lançado ao acaso, atingiu o seu propósito para o qual fora lançada: ferir o rei de Israel! Quem é que entende isso?
Seria assim como se um espírito ou algo assim assumisse temporariamente o corpo e a mente daquele soldado e deliberadamente, com uma pontaria certeira, digna dos melhores atiradores, procurasse, mirasse e lançasse ela em Acabe, num lugar especial pelo qual ele ficaria mortalmente ferido.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 301 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.