domingo, 5 de janeiro de 2014

Números 35: 1-34 - AS CIDADES LEVITAS E AS CIDADES DE REFÚGIO.

Ainda na terceira subparte 3). Olhando para a conquista futura que vai de 32:1 ao 36:13, a qual foi dividida em 6 seções. Estaremos vendo agora a quinta seção 5) As cidades levitas e as cidades de refúgio – 35:1-34 e depois, no próximo capítulo, a sexta e última seção 6) Uma observação adicional acerca das heranças – 36:1-13.
Os levitas deveriam receber 48 cidades, juntamente com as postagens em seus arredores, incluindo seis cidades de refúgio. Eles não receberam um território somente deles – 1:47-53 – e assim ficaram espalhados por todos os territórios das outras tribos, seus irmãos.
Novamente vemos que as instruções para as construções das cidades refúgios e o número de cidade dos levitas e três das cidades de refúgio foram dadas pelo próprio Senhor.
Foi o Senhor quem falou a Moisés nas campinas de Moabe, junto ao Jordão, próximo aos limites da terra que Moisés não poderia entrar, mas somente ver com seus olhos.
Ele ainda tentará fazer a vontade de Deus mudar, mas Deus é justo e não voltará atrás por causa da intercessão de Moisés. Por isso que creio que o compromisso de Deus não é em certa parte com uma pessoa ou com um cargo que este ocupa, mas com o coração, se este é ou não voltado a Deus.
Vejam o caso de Rute, uma moabita, acabou fazendo parte da linhagem messiânica, não por merecimento, não por ser alguém de família, ou por estar perto ou não de uma autoridade importante, mas por que Deus vê não como vê o homem, pois Deus contempla o coração e não as aparências.
Também no caso do centurião romano que ao se aproximar de Jesus pedindo a ele para curar seu servo disse a Jesus que ele não precisaria ir até a casa dele, mas bastaria que ele enviasse uma palavra e seu servo seria curado.
Como ele estava acostumado com autoridades, ele sabia que quando uma ordem era dada, ela deveria ser cumprida, por isso cria que uma ordem de Jesus seria suficiente. Jesus ficou tão encantado com a demonstração de fé daquele romano que disse que nem mesmo na casa de Israel achara fé como aquela.
Quer dizer então que aquele centurião romano que cumpria seu papel e trabalho no exército romano, teve maior fé até que João Batista, Pedro, Tiago, João... Aqui novamente vemos que o compromisso de Deus não é com as aparências, mas com o coração.
Deus disse para Moisés para dar ordem aos filhos de Israel. As instruções foram claras e oriundas de Deus. Tudo feito de forma bem explicadinha e completa. A Deus toda a glória! Sempre!!!
Nm 35:1 E falou o SENHOR a Moisés nas campinas de Moabe,
               junto ao Jordão na direção de Jericó, dizendo:
Nm 35:2 Dá ordem aos filhos de Israel que, da herança da sua possessão,
               deem cidades aos levitas, em que habitem;
               e também aos levitas dareis arrabaldes ao redor delas.
Nm 35:3 E terão estas cidades para habitá-las; porém os seus arrabaldes serão
               para o seu gado, e para os seus bens, e para todos os seus animais. Nm 35:4 E os arrabaldes das cidades, que dareis aos levitas,
               desde o muro da cidade para fora, serão de mil côvados em redor.
Nm 35:5 E de fora da cidade, do lado do oriente, medireis dois mil côvados,
               e do lado do sul, dois mil côvados, e do lado do ocidente
                              dois mil côvados, e do lado do norte dois mil côvados,
                              e a cidade no meio; isto terão por arrabaldes das cidades. Nm 35:6 Das cidades, pois, que dareis aos levitas,
               haverá seis cidades de refúgio, as quais dareis para que o homicida
                              ali se acolha; e, além destas, lhes dareis
                                            quarenta e duas cidades.
Nm 35:7 Todas as cidades que dareis aos levitas serão
               quarenta e oito cidades, juntamente com os seus arrabaldes.
Nm 35:8 E quanto às cidades que derdes da herança dos filhos de Israel,
               do que tiver muito tomareis muito,
               e do que tiver pouco tomareis pouco;
                              cada um dará das suas cidades aos levitas,
                                            segundo a herança que herdar.
Nm 35:9 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
               Nm 35:10 Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes:
Quando passardes o Jordão à terra de Canaã,
               Nm 35:11 Fazei com que vos estejam à mão cidades
                              que vos sirvam de cidades de refúgio, para que ali se acolha
                                            o homicida que ferir a alguma alma por engano.
               Nm 35:12 E estas cidades vos serão por refúgio do  
                              vingador do sangue; para que o homicida não morra,
                              até que seja apresentado à congregação para julgamento.
Nm 35:13 E das cidades que derdes haverá
               seis cidades de refúgio para vós.
                              Nm 35:14 Três destas cidades dareis além do Jordão,
                              e três destas cidades dareis na terra de Canaã;
                                            cidades de refúgio serão.
               Nm 35:15 Serão por refúgio estas seis cidades para os filhos de Israel,
                              e para o estrangeiro, e para o que se hospedar no meio deles,
                                            para que ali se acolha aquele que matar
                                                           a alguém por engano.
               Nm 35:16 Porém, se o ferir com instrumento de ferro e morrer,
                              homicida é; certamente o homicida morrerá.
               Nm 35:17 Ou, se lhe ferir com uma pedrada, de que possa morrer,
                              e morrer, homicida é; certamente o homicida morrerá.
               Nm 35:18 Ou, se o ferir com instrumento de pau que tiver na mão,
                              de que possa morrer, e ele morrer, homicida é;
                                            certamente morrerá o homicida.
               Nm 35:19 O vingador do sangue matará o homicida;
                              encontrando-o, matá-lo-á.
               Nm 35:20 Se também o empurrar com ódio, ou com mal intento lançar
                              contra ele alguma coisa, e morrer;
               Nm 35:21 Ou por inimizade o ferir com a sua mão,
                              e morrer, certamente morrerá aquele que o ferir; homicida é;
                              o vingador do sangue, encontrando o homicida, o matará.
               Nm 35:22 Porém, se o empurrar subitamente, sem inimizade,
                              ou contra ele lançar algum instrumento sem intenção;
                              Nm 35:23 Ou, sobre ele deixar cair alguma pedra sem o ver,
                                            de que possa morrer, e ele morrer,
                                            sem que fosse seu inimigo nem procurasse o seu mal;
               Nm 35:24 Então a congregação julgará entre aquele que feriu
                              e o vingador do sangue, segundo estas leis.
               Nm 35:25 E a congregação livrará o homicida da mão
                              do vingador do sangue, e a congregação o fará voltar
                                            à cidade do seu refúgio, onde se tinha acolhido;
                                                           e ali ficará até à morte do sumo sacerdote,
                                                           a quem ungiram com o santo óleo.
               Nm 35:26 Porém, se de alguma maneira o homicida sair dos limites
                              da cidade de refúgio, onde se tinha acolhido,
               Nm 35:27 E o vingador do sangue o achar fora dos limites da cidade
                              de seu refúgio, e o matar, não será culpado do sangue.
               Nm 35:28 Pois o homicida deverá ficar na cidade do seu refúgio,
                              até à morte do sumo sacerdote; mas,
                                            depois da morte do sumo sacerdote,
                                            o homicida voltará à terra da sua possessão.
Nm 35:29 E estas coisas vos serão por estatuto de direito às vossas gerações,
               em todas as vossas habitações.
Nm 35:30 Todo aquele que matar alguma pessoa,
               conforme depoimento de testemunhas, será morto;
                              mas uma só testemunha não testemunhará contra alguém,
                                            para que morra.
               Nm 35:31 E não recebereis resgate pela vida do homicida
                              que é culpado de morte; pois certamente morrerá.
               Nm 35:32 Também não tomareis resgate por aquele que se acolher
                              à sua cidade de refúgio, para tornar a habitar na terra,
                                            até à morte do sumo sacerdote.
               Nm 35:33 Assim não profanareis a terra em que estais;
                              porque o sangue faz profanar a terra; e nenhuma expiação
                                            se fará pela terra por causa do sangue que nela
                              se derramar, senão com o sangue daquele que o derramou. Nm 35:34 Não contaminareis pois a terra na qual vós habitais,
               no meio da qual eu habito;
                              pois eu, o SENHOR,
                                            habito no meio dos filhos de Israel.
Deus aqui é aquele que se anuncia como o que habita no meio dos filhos de Israel. Por isso que pede para que a terra não seja contaminada, nem profanada uma vez que o sangue a faz profanar. A expiação somente será aceita com o sangue daquele que a derramar.
O mesmo se dá com o nosso pecado e assim temos profanado a terra com nosso sangue e com o sangue de nossas vítimas, por isso que era impossível que o sangue de touros e de bodes e de outros animais pudessem remover pecados.
Hebreus 10:3 Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados,
Hebreus 10:4 Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados.

Teria de ser o sangue do mesmo tipo do ofensor. Se homem, o sangue da expiação deveria vir de um homem, mas não de qualquer homem, mas de um que fosse perfeito e que satisfizesse à divindade: seu próprio filho, Jesus Cristo.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.