quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Deuteronômio 9: 1-29 – O PERIGO DA IDEIA DA JUSTIÇA PRÓPRIA.

Moisés trata aqui, neste capítulo e até o capítulo 10:1-11, do perigo de uma ideia de justiça própria. Ele estava tratando de uma tentação futura do povo: crer que seu sucesso era resultado direto de sua própria justiça. Ele combateu essa ideia falsa relembrando a idolatria de Israel no Sinai.
O sucesso era tão certo que Moisés já estava preparando o povo para as consequências naturais do sucesso, uma delas seria achar que eles tinha sido bem sucedidos por causa de sua justiça, mas Deus lhes diz exatamente o contrário.
Não era a justiça deles, mas a medida de iniquidade dos povos que eles estaria derrotando que estava cheia. Deus iria neles executar o seu juízo mediante os israelitas.
O povo a ser conquistado era visivelmente mais forte do que eles e bem mais preparado para a guerra, além de terem seus muros fortificados, serem mais valentes e temíveis na região e no mundo daquela época.
No entanto, seriam derrotados, subjugados e vencidos totalmente porque Deus resolveu interferir nos resultados. Ao vencerem, facilmente poderiam cair na tentação de acharem que foi devido à justiça própria deles.
Moisés, primeiramente, nos cinco primeiros versículos, relembra aos israelitas o socorro divino. Dos vs. 6 ao 24, ele fala e relembra eles das suas infidelidades (Êx 33:1-20), especialmente o que ocorrera no monte Sinai e depois, ele relembra eles de como por eles intercedeu (Êx 32:11-14, 30-35).
Dt 9:1 Ouve, ó Israel, hoje passarás o Jordão,
               para entrares a possuir nações maiores e mais fortes do que tu;
                              cidades grandes, e muradas até aos céus;
               Dt 9:2 Um povo grande e alto, filhos de gigantes, que tu conheces,
                              e de que já ouviste. Quem resistiria diante
                                            dos filhos dos gigantes?
               Dt 9:3 Sabe, pois, hoje que o SENHOR teu Deus,
                              que passa adiante de ti, é um fogo consumidor,
                                            que os destruirá, e os derrubará de diante de ti;
                                                           e tu os lançarás fora, e cedo os desfarás,
                                                                          como o SENHOR te tem falado.
               Dt 9:4 Quando, pois, o SENHOR teu Deus os lançar fora
                              de diante de ti, não fales no teu coração, dizendo:
               Por causa da minha justiça é que o SENHOR
                              me trouxe a esta terra para a possuir;
               porque pela impiedade destas nações é que o SENHOR
                              as lança fora de diante de ti.
               Dt 9:5 Não é por causa da tua justiça,
                              nem pela retidão do teu coração que entras
                                            a possuir a sua terra, mas pela impiedade
                              destas nações o SENHOR teu Deus as lança fora,
                                            de diante de ti, e para confirmar a palavra
                              que o SENHOR jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó.
               Dt 9:6 Sabe, pois, que não é por causa da tua justiça
                              que o SENHOR teu Deus te dá esta boa terra para possuí-la,
                                            pois tu és povo obstinado.
               Dt 9:7 Lembra-te, e não te esqueças, de que muito provocaste à ira
                              ao SENHOR teu Deus no deserto; desde o dia em que saístes
                                            do Egito, até que chegastes a esse lugar,
                                                           rebeldes fostes contra o SENHOR;
               Dt 9:8 Pois em Horebe provocastes à ira o SENHOR,
                              tanto que o SENHOR se indignou contra vós
                                            para vos destruir. Dt 9:9 Subindo eu ao monte
                              a receber as tábuas de pedra, as tábuas da aliança
                                            que o SENHOR fizera convosco,
                              então fiquei no monte quarenta dias e quarenta noites;
                                            pão não comi, e água não bebi;
               Dt 9:10 E o SENHOR me deu as duas tábuas de pedra,
                              escritas com o dedo de Deus; e nelas estava escrito conforme
                                            a todas aquelas palavras que o SENHOR
                                                           tinha falado convosco no monte,
                                                           do meio do fogo, no dia da assembleia.
               Dt 9:11 Sucedeu, pois, que ao fim dos quarenta dias e quarenta noites,
                              o SENHOR me deu as duas tábuas de pedra,
                                            as tábuas da aliança.
               Dt 9:12 E o SENHOR me disse:
                              Levanta-te, desce depressa daqui, porque o teu povo,
                                            que tiraste do Egito, já se tem corrompido;
                              cedo se desviaram do caminho que eu lhes tinha ordenado;
                                            fizeram para si uma imagem de fundição.
               Dt 9:13 Falou-me ainda o SENHOR, dizendo:
                              Atentei para este povo, e eis que ele é povo obstinado;
               Dt 9:14 Deixa-me que os destrua, e apague o seu nome
                              de debaixo dos céus; e te faça a ti nação mais poderosa
                                            e mais numerosa do que esta.
               Dt 9:15 Então virei-me, e desci do monte; o qual ardia em fogo
               e as duas tábuas da aliança estavam em ambas as minhas mãos.
               Dt 9:16 E olhei, e eis que havíeis pecado contra o SENHOR
                              vosso Deus; vós tínheis feito um bezerro de fundição;
                                            cedo vos desviastes do caminho que o SENHOR
                                                           vos ordenara.
               Dt 9:17 Então peguei das duas tábuas, e as arrojei das minhas mãos,
                              e as quebrei diante dos vossos olhos.
               Dt 9:18 E me lancei perante o SENHOR, como antes,
                              quarenta dias, e quarenta noites; não comi pão
                                            e não bebi água, por causa de todo o vosso pecado
                              que havíeis cometido, fazendo mal aos olhos do SENHOR,
                                            para o provocar à ira.
               Dt 9:19 Porque temi por causa da ira e do furor,
                              com que o SENHOR tanto estava irado contra vós
                                            para vos destruir; porém ainda por esta vez
                                                           o SENHOR me ouviu.
               Dt 9:20 Também o SENHOR se irou muito contra Arão
                              para o destruir; mas também orei por Arão ao mesmo tempo.
               Dt 9:21 Porém eu tomei o vosso pecado, o bezerro que tínheis feito,
                              e o queimei a fogo, e o pisei, moendo-o bem,
                                            até que se desfez em pó; e o seu pó lancei no ribeiro
                                                           que descia do monte.
               Dt 9:22 Também em Taberá, e em Massá, e em Quibrote-Hataavá
                              provocastes muito a ira do SENHOR.
               Dt 9:23 Quando também o SENHOR vos enviou
                              de Cades-Barnéia, dizendo:
               Subi, e possuí a terra, que vos tenho dado:
                              rebeldes fostes ao mandado do SENHOR vosso Deus,
                                            e não o crestes, e não obedecestes à sua voz.
               Dt 9:24 Rebeldes fostes contra o SENHOR
                              desde o dia em que vos conheci.
               Dt 9:25 E prostrei-me perante o SENHOR;
                              aqueles quarenta dias e quarenta noites estive prostrado,
                                            porquanto o SENHOR dissera
                                                           que vos queria destruir.
               Dt 9:26 E orei ao SENHOR, dizendo:
                              Senhor DEUS, não destruas o teu povo e a tua herança,
                                            que resgataste com a tua grandeza,
                                                           que tiraste do Egito com mão forte.
               Dt 9:27 Lembra-te dos teus servos, Abraão, Isaque, e Jacó.
                              Não atentes para a dureza deste povo,
                                            nem para a sua impiedade, nem para o seu pecado;
               Dt 9:28 Para que o povo da terra donde nos tiraste não diga:
                              Porquanto o SENHOR não os pôde introduzir na terra
                                            de que lhes tinha falado, e porque os odiava,
                                                           os tirou para matá-los no deserto;
               Dt 9:29 Todavia são eles o teu povo e a tua herança,
                              que tiraste com a tua grande força
                                            e com o teu braço estendido.
A oração de intercessão de Moisés pelo povo mostra o quanto ele tinha em si o papel de sacerdote, embora o sacerdócio fosse feito e praticado por seu irmão Arão.
Moisés correu grande risco com suas intercessões e se mostrou muito resoluto em lutar pelo povo. Ele realmente se interessava por aquele povo e o amava muito a ponto de por eles se prejudicar, embora nem merecessem tanto empenho.
Em outro momento, veremos mais para frente outro grande líder que Deus amou muito: Salomão que ao orar e ao fazer os seus pedidos a Deus não pensou em si mesmo, mas no povo que ele tinha a responsabilidade de reinar.
Finalmente, o líder dos líderes, Jesus Cristo que tanto amou o povo que deu, de fato, sua vida pelo povo de Deus e Deus o constituiu e o exaltou de tal maneira que todo joelho deve se curvar diante de Jesus.

Quer algo mais de Deus, tenha interesse maior por seu povo, por sua igreja e se esqueça um pouco de você mesmo!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.