terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Deuteronômio 22: 1-30 – O CRIME COMPENSAVA EM ISRAEL? E NO BRASIL?

Prosseguindo com o tema, bem extenso, do detalhamento das condições da aliança – são 15 capítulos que vai do 12:1 até o capítulo 26:15, estamos no segundo discurso de Moisés em Deuteronômio à segunda geração.
Ressaltamos que em cada capítulo, estamos vendo algum aspecto que Moisés queria enfatizar àquela segunda geração preparando eles para a ocupação da Terra Prometida.
No presente capítulo, 22, veremos diversas orientações gerais acerca das coisas que se perderam – vs. 1–4; diversas leis – vs. 5-12; e leis sobre a castidade e o casamento – vs. 13-30.
Moisés estava dando a Israel não somente a lei, mas explicando e orientando e preparando o povo para a entrada na terra da conquista para ali formarem e serem uma nação diferente no mundo.
Como já dissemos anteriormente, não haviam prisões em Israel e o andar fora da linha, fora da lei, às vezes traziam consequências terríveis para o infrator contumaz recebendo a pena capital da época: a pena de morte.
A visão que fazemos é que aquela sociedade era formada de um conjunto de indivíduos, ou cidadãos, que viviam em famílias, se relacionavam, tinham empreendimentos e buscavam o convívio harmônico do povo em obediência a Deus ao qual tinham como centro por causa das leis, do tabernáculo, dos levitas e dos sacerdotes.
As figuras do ladrão, do corrupto, do assassino e dos que desrespeitavam a Deus, suas leis e mandados não era tolerada no meio deles, por isso a severidade em muitos casos da pena de morte em outros casos mais leves a observação da proporcionalidade da pena com a infração.
Na nossa sociedade, por exemplo, toleramos e acreditamos na recuperação dos criminosos, por isso mantemos um “estado” dentro do Estado formado por aqueles que não respeitam as leis e querem tirar vantagens dos outros. As penas não são capitais e mesmo muitas delas compensam o esforço e o risco de se cometer crimes.
Por exemplo, um assalto a um banco bem sucedido e sem vítimas pode gerar muito dinheiro fácil. Ainda que ocorra a captura dos criminosos, mesmo assim, pode compensar a punição. Se tiverem bom comportamento, a pena também pode ser abrandada.
Um trabalhador de nível superior dentro dos Correios, com uma função de confiança simples a nível de chefia, por exemplo, leva mais de 30 anos de trabalho para formar, com muita labuta, um patrimônio de, por exemplo, um milhão de reais. Uma ação criminosa bem sucedida pode levantar um patrimônio destes em pouquíssimo tempo e mesmo sendo apanhado e preso, ainda compensa.
Nossas leis acabam por incentivar o crime! E cada cidadão, por exemplo, não tem o “direito” de matar uma pessoa sem se dar muito mal por isso se souber como fazê-lo? No Brasil, o crime está compensando e por isso está a cada dia se alastrando mais e mais.
Os jovens entre 16 e 18 e mesmo os menores de 16 já estão com a mente treinada para o crime por causa das punições que são brandas demais. O Crime está compensando!
Para aqueles que não têm escrúpulos, nem são tementes a Deus, o crime é um bom negócio e até incentivado nas entrelinhas uma vez que temos os exemplos dos ladrões de colarinho branco que conseguem se dar bem nas suas falcatruas,.
Como teremos uma nação próspera, com ordem e progresso se continuarmos agindo assim e nossos legisladores e autoridades do Congresso e da Câmara e dos poderes Legislativos, Judiciários e Executivos continuarem negligentes em relação ao estado atual das coisas?
Por isso não haviam prisões em Israel e a sociedade não era uma oportunidade para o crime porque ele não compensava. Não sou especialista em política, nem em sociologia, mas dá para entender porque o crime não compensava lá e aqui compensa tanto.
Graças a Deus, sou homem temente a Deus que prefere entrar no prejuízo do que prejudicar alguém. No entanto, muita gente anda perdendo a paciência e investindo no crime porque está compensando e as punições cada vez mais distantes.
No quadro a seguir, por ser bastante didático e ilustrativo, simples e enriquecedor, veremos os aspectos sociais de importância na aliança, conforme a Bíblia de Estudo de Genebra.
PESSOA OU ASSUNTO
DESCRIÇÃO
REFERÊNCIAS
Ser humano
Todo ser humano deve ter garantias quanto à sua segurança pessoal
Êx 20.12; Dt 5.17; Êx 21.16-21; Lv 19.14; Dt 24.7; 27.18
Falso testemunho
Toda pessoa deve estar protegida contra a difamação e o falso testemunho
Ex 20.16; Dt 5.20; Êx 23.1-3; Lv 19.16; Dt 19.15-21 
Mulher
Ninguém deve tentar se aproveitar de uma mulher, principalmente quando esta se encontra em posição de subordinação social
Ex 21.7-11 ,20, 26-32 ; 22.16-17; Dt 21.10-14; 22.13-30; 24.1-5
Castigo
O castigo por ter feito algum mal não deverá chegar ao ponto de desumanizar o culpado
Dt 25.1-3
Dignidade
A dignidade e o direito de todo israelita de ser um servo de Deus devem ser respeitados e salvaguardados
Éx 21.2,5-6; Lv 25; Dt 15.12-18
Herança
A herança de cada israelita na Terra Prometida deve ser assegurada
Lv 25; Nm 27.5-7; 36.1-9; Dt 25.5-10 
Bens
Os bens de todas as pessoas devem estar a salvo
Ex 20.15; Dt 5.19; Êx 21.33-36; 22.1-15; 23.4 Lv 19.35-36; Dt 22.1-4; 25.13-15
Fruto do trabalho
Todos têm o direito de receber o fruto do seu trabalho
Lv 19.13; Dt 24.14; 25.4
Fruto da terra
Toda pessoa há de gozar dos frutos da terra
Êx 23.10-11; Lv 19.9-10; 23.22; 25.5-55; Dt 14.28-29; 24.19-21
Descanso no sábado
Todas as pessoas, incluindo o mais humilde servo e o estrangeiro, hão de gozar do descanso semanal do sábado, estabelecido por Deus
Ex 20.8-11; Dt 5.12-15; Êx 23.12
Matrimônio
O vínculo matrimonial não deve ser profanado
Êx 20.14; Dt 5.18; Lv 18.6-23; 20.10-21; Dt 22.13-30
Exploração
Ninguém, mesmo que esteja incapacitado, na pobreza ou sem poder, deve ser oprimido ou explorado
Êx 22.21-27; Lv 19.14,33-34; 25.36-36; Dt 23.19; 24.6,12-15,17; 27.18
Julgamento justo
Todas as pessoas devem ter livre acesso aos tribunais de justiça e o direito de serem julgadas com imparcialidade
Êx 23.6,8; Lv 19.15; Dt 1.17; 10.17-18; 16.18-20; 17.8-13; 19.15-21 
Ordem social
A posição na ordem social, dada por Deus a cada pessoa, deve ser respeitada
Êx 20.12; Dt 5.16; Êx 21.15,17; 22.28; Lv 19.3,32; 20.9; Dt 17.8-13; 21.15-21; 27.16
Lei
Ninguém esta acima da lei, nem mesmo o rei
Dt 17.18-20
Animais
A preocupação pelo bem-estar de outras criaturas deve incluir o mundo animal
Êx 23.5,11; Lv 25.7; Dt 22.4,6-7; 25.4
Ref.: Tabela copiada da Bíblia de Estudo de Genebra – Quadro Temático, pág. 252
Dt 22:1 Vendo extraviado o boi ou ovelha de teu irmão, não te desviarás deles;
                restituí-los-ás sem falta a teu irmão. Dt 22:2 E se teu irmão não
                estiver perto de ti, ou não o conheceres, recolhê-los-ás na tua casa,
                               para que fiquem contigo, até que teu irmão os busque,
                                               e tu lhos restituirás.
Dt 22:3 Assim também farás com o seu jumento, e assim farás com as
                suas roupas; assim farás também com toda a coisa perdida,
                               que se perder de teu irmão, e tu a achares;
                                               não te poderás omitir.
Dt 22:4 Se vires o jumento que é de teu irmão, ou o seu boi, caídos no caminho,
                não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los.
Dt 22:5 Não haverá traje de homem na mulher,
                e nem vestirá o homem roupa de mulher;
                               porque, qualquer que faz isto, abominação é
                                               ao SENHOR teu Deus.
Dt 22:6 Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore,
                ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os
                               passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe
                                               com os filhotes;
                Dt 22:7 Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti;
                               para que te vá bem e para que prolongues os teus dias.
Dt 22:8 Quando edificares uma casa nova, farás um parapeito, no eirado,
                para que não ponhas culpa de sangue na tua casa,
                               se alguém de algum modo cair dela.
Dt 22:9 Não semearás a tua vinha com diferentes espécies de semente,
                para que não se degenere o fruto da semente que semeares,
                               e a novidade da vinha.
Dt 22:10 Com boi e com jumento não lavrarás juntamente.
Dt 22:11 Não te vestirás de diversos estofos de lã e linho juntamente.
Dt 22:12 Franjas porás nas quatro bordas da tua manta, com que te cobrires. 
Dt 22:13 Quando um homem tomar mulher e, depois de coabitar com ela,
                a desprezar, Dt 22:14 E lhe imputar coisas escandalosas,
                               e contra ela divulgar má fama, dizendo:
                Tomei esta mulher, e me cheguei a ela, porém não a achei virgem;
                Dt 22:15 Então o pai da moça e sua mãe tomarão
                               os sinais da virgindade da moça, e levá-los-ão aos anciãos
                                               da cidade, à porta;
                Dt 22:16 E o pai da moça dirá aos anciãos:
                               Eu dei minha filha por mulher a este homem,
                                               porém ele a despreza;
                Dt 22:17 E eis que lhe imputou coisas escandalosas, dizendo:
                               Não achei virgem a tua filha; porém eis aqui os sinais da
                                               virgindade de minha filha. E estenderão a roupa
                                                               diante dos anciãos da cidade.
                Dt 22:18 Então os anciãos da mesma cidade tomarão aquele homem,
                               e o castigarão. Dt 22:19 E o multarão em cem siclos de
                                               prata, e os darão ao pai da moça;
                               porquanto divulgou má fama sobre uma virgem de Israel.
                                               E lhe será por mulher, em todos os seus dias
                                                               não a poderá despedir.
                Dt 22:20 Porém se isto for verdadeiro, isto é, que a virgindade
                               não se achou na moça, Dt 22:21 Então levarão a moça
                                               à porta da casa de seu pai,
                               e os homens da sua cidade a apedrejarão, até que morra;
                               pois fez loucura em Israel, prostituindo-se na casa de seu pai;
                                               assim tirarás o mal do meio de ti.
Dt 22:22 Quando um homem for achado deitado com mulher
                que tenha marido, então ambos morrerão, o homem que se deitou com
                               a mulher, e a mulher; assim tirarás o mal de Israel.
Dt 22:23 Quando houver moça virgem, desposada, e um homem a achar na
                cidade, e se deitar com ela, Dt 22:24 Então trareis ambos à porta
                               daquela cidade, e os apedrejareis, até que morram;
                a moça, porquanto não gritou na cidade,
                e o homem, porquanto humilhou a mulher do seu próximo;
                               assim tirarás o mal do meio de ti.
Dt 22:25 E se algum homem no campo achar uma moça desposada,
                e o homem a forçar, e se deitar com ela, então morrerá só o homem
                               que se deitou com ela;
                Dt 22:26 Porém à moça não farás nada. A moça não tem culpa de
                               morte; porque, como o homem que se levanta contra o seu
                                               próximo, e lhe tira a vida, assim é este caso.
                Dt 22:27 Pois a achou no campo; a moça desposada gritou,
                               e não houve quem a livrasse.
Dt 22:28 Quando um homem achar uma moça virgem, que não for desposada,
                e pegar nela, e se deitar com ela, e forem apanhados,
                               Dt 22:29 Então o homem que se deitou com ela dará ao pai
                                               da moça cinqüenta siclos de prata;
                                               e porquanto a humilhou, lhe será por mulher;
                                               não a poderá despedir em todos os seus dias.
Dt 22:30 Nenhum homem tomará a mulher de seu pai,
                nem descobrirá a nudez de seu pai.
Os aspectos sociais em Israel visavam formar uma sociedade exemplo para outras nações. Nosso Brasil está precisando de uma reforma urgente.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.