quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O que fazer quando estamos aflitos?- parte 5

Ao meditarmos no que Ana fez para se livrar de sua aflição, veremos, resumidamente que:
  1. Ana buscou ao Senhor em oração.
  2. Na aflição de sua alma, votou ao Senhor.
  3. Lançou sobre ele, o Senhor, no seu Templo, toda a sua ansiedade.
  4. Recebeu a bênção do sacerdote Eli.
  5. Levantou-se.
Vemos acima 5 verbos de ação: buscar, votar, lançar, receber e levantar-se. É isso o que aprenderemos com Ana: a agirmos com fé em plena certeza de que Deus nos ouvirá, nos atenderá e nos ajudará em todas as nossas aflições.
A busca do Senhor, principalmente em oração, deve ser um continuum em nossa vida, quer estejamos, quer não estejamos em aflição. É óbvio que a aflição, naqueles que são crentes, é como a lenha que mantém a chama da busca acesa. Quem está aflito e conhece ao Senhor, sabe que deverá orar ainda mais.
A sua aflição a levou a votar. Quando estamos assim desesperados, nossa tendência é a de votarmos algo ao Senhor. A Bíblia nos orienta a não votarmos precipitadamente como é conhecido o voto precipitado, tolo, de Jefté – Juízes 11.30-35.
Alguns versículos bíblicos sobre votos ao Senhor:
"Façam votos ao Senhor, ao seu Deus, e não deixem de cumpri-los"(Salmo 76.11a NVI).
"Se um de vocês fizer um voto ao SENHOR, o seu Deus, não demore a cumpri-lo, pois o SENHOR, o seu Deus, certamente lhe pedirá contas, e você será culpado de pecado se não o cumprir"(Deuteronômio 23.21 NVI).
"Faça tudo para cumprir o que os seus lábios prometeram, pois com a sua própria boca você fez, espontaneamente, o seu voto ao SENHOR, o seu Deus"(Deuteronômio 23.23 NVI).
"É uma armadilha consagrar algo precipitadamente, e só pensar nas conseqüências depois que se fez o voto"(Provérbios 20.25 NVI).
 "Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto"(Eclesiastes 5.4 NVI).
"Não seja precipitado de lábios, nem apressado de coração para fazer promessas diante de Deus. Deus está nos céus, e você está na terra, por isso, fale pouco. Das muitas ocupações brotam sonhos; do muito falar nasce a prosa vã do tolo"(Eclesiastes 5.2-3 NVI).
"Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir. Não permita que a sua boca o faça pecar. E não diga ao mensageiro de Deus: "O meu voto foi um engano". Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou? Em meio a tantos sonhos absurdos e conversas inúteis, tenha temor de Deus"(Eclesiastes 5.4-7 NVI).
"Cumprirei os votos que te fiz, ó Deus; a ti apresentarei minhas ofertas de gratidão"(Salmo 56.12 NVI).
"Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo, e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará"(Salmo 50.14-15 NVI).
A palavra de conselho é a de que não vote de modo algum, mas, se por acaso, votar – o que não está errado -, não devemos tardar em cumpri-lo. Ana, em sua aflição, votou ao Senhor e, depois de alcançada a sua bênção, cumpriu seu voto, honrando assim a Deus que a atendera.
Percebe-se na vida de Ana que ela conhecia o Senhor, por isso votou, por isso cumpriu, por isso foi bem sucedida a despeito de tudo o que lhe era contrário.
Continuaremos depois...
Contagem regressiva: Faltam 436 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 16/02/12) e 847 dias para a Copa.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.