domingo, 11 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 264/365

 

TEMA: Confiança em Deus na Adversidade – Sl 3

 

É assim o título do salmo 3 na Bíblia de Shedd, de Russel Shedd. Este salmo tem apenas 8 versículos que nos fazem lembrar que nas  nossas aflições não estamos sozinhos. Davi quando escrevia este salmo vivia um momento difícil por causa de seus inimigos que tinham crescido sobremaneira, inclusive o seu próprio filho Absalão que estava ursurpando o poder – (2 Sm 15:12).

 

É verdade que não foi de forma gratuíta que surgiram esses inimigos. Davi teve a sua parcela e, grande, de culpa por tudo isso, mas ele não se enterrou dentro de si mesmo. Ele não somente reconheceu o seu erro, como buscou o Senhor na sinceridade de seu coração. Se a  nossa situação está difícil e estamos enfrentando adversidades devemos ter a mesma atitude deste homem ao qual Deus o chamou de homem segundo o seu coração.

Qual é a adversidade que você enfrenta agora e que pode (quase com toda certeza) ter sido gerada pelas suas próprias astúcias? "Deus fez o homem reto, mas este se meteu em muitas astúcias." (Ec 7:29). Está faltando dinheiro em sua conta corrente e seu cheque especial atingiu o seu limite e não tem como pagar as próximas contas que estão por vir já na segunda-feira e terás que dar um jeito de emprestar mais dinheiro tornando a tua dívida ainda maior? Qual o seu problema, qual a sua adversidade, meu irmão, minha irmã?

 

Será por ventura porque está faltando fé em Deus de que ele está atento as tuas orações e de que realmente se importa contigo? Estás enfrentando uma situação difícil em seu trabalho e gostaria de que o reconhecessem de fato e de verdade? Está com problemas de alta baixa-estima? Está com medo, angustiado, pesaroso, com desejos e pensamentos que o perseguem e que não são de Deus? Você não está dando contas de tuas obrigações e as está relegando e elas estão se avolumando? Você tem muitos sonhos e desejos, mas os vê cada vez mais distantes?

 

Você já pensou em desistir de tudo? JAMAIS DESISTA! Nosso site foi contruido tendo por um de seus objetivos te ajudar e te dizer para você que não estás sozinho na sua luta. Eu não vou desistir e você vai também me ajudar a não desistir jamais. Voltemos ao conteúdo do salmo 3. vamos reproduzi-lo e meditar em sua mensagem, afinal Davi está confiando em Deus na adversidade.

 

Enquanto ia consultar e trazer o verso bíblico do salmo 3, recebi um email dizendo que eu acabara de ganhar £500000 e me forneceram diversos números e códigos e um email para entrar em contato. Será que precisamos de dinheiro? Será que eu estou precisando de dinheiro? O meu Deus não se chama mamon, mas Jesus Cristo. É dele que eu preciso e não de grana, dinheiro, ainda que minhas dívidas e cheque especial tenham já ido para o espaço.

 

"Salmos 3 - [Salmo de Davi, quando fugiu de diante da face de Absalão, seu filho]

1 SENHOR, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.

2 Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)

3 Porém tu, SENHOR, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.

4 Com a minha voz clamei ao SENHOR, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)

5 Eu me deitei e dormi; acordei, porque o SENHOR me sustentou.

6 Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.

7 Levanta-te, SENHOR; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.

8 A salvação vem do SENHOR; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)"

 

No verso 2 deste lindo salmo a situação de Davi era bem complicada a ponto de dizerem que o mesmo já não tinha salvação. Sabem daquela situação em que nos encontramos que tá difícil e não vemos saida para o caso que muitos dizem como um ditado popular: "se ficar, o bicho come; se correr, o bicho pega"? Meu querido estando Jesus no barco da tua vida não haverá nem bicho! Experimente orar, pois Deus não irá rejeitar a tua oração ainda que nada sintas em relação ao que oraste? Não vimemos nem nos movemos por sentimentos, mas pela fé! Eu não tenho sentir que Deus me ouviu e irá me acudir, eu tenho de crer em sua palavra que diz Deus ouve e responde as nossas orações. Vamos para a EBD, está na hora. Um bom domingo a todos.

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Já estou no capítulo 24 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Ainda estou na pág. 554/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

Ø       Estou com 01h11m11s da segunda parte com 10h24m22s depois de terminar a primeira parte de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

·         Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

sábado, 10 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 263/365 (Feliz Aniversário, Filho Querido)

 

TEMA: Feliz Aniversário Gabriel – Sl 90:12

 

Hoje meu primogênito faz 20 anos! Aleluias! Já é um homem e um homem cheio de Deus! Não é fácil vermos, em sua idade, um compromisso tão forte com Deus e uma vontade de querer servi-lo, adorá-lo e glorificá-lo. Jovem muito talentoso e gracioso que ultimamente resolveu dar uma de compositor. Eu sinceramente gosto muito do seu estilo e seria seu fã caso uma de suas músicas, para a glória de Deus, ganhasse Taguatinga, Brasília, Brasil e o mundo.

 

Eu tenho muito orgulho de meu filho, certamente minha nora...rss...será muitíssimo abençoada. Eu já lhe disse que a sua "Rebeca", o Espírito Santo vai lhe trazer e lhe entregar em suas mãos como fez Eliezer (servo de Abraão – Gn 15:2) ao buscar e entregar a Isaque a sua mulher Rebeca – Gn 24. feliz aniversário, meu filho querido: que hoje seja o dia mais feliz da tua vida. para sua meditação deixo-lhe o versículo de Salmos 90:12. Hoje você faz exatos 7.305 dias! Hoje também é o centésimo dia deste ano! Gabriel o Senhor está a falar para ti de tempo, de contar o tempo, porque o tempo da tua vitória chegou! Amém!

 

E por falar em contar os nossos dias que tem a ver com o tempo, resolvi, nesta data especial, aos 100 dias deste ano de 2010, postar uma mensagem de meu amigo e quase pastor Joseilson da primeirona que irá conosco compartilhar a mensagem relativa ao TEMPO que um dia desses esteve na pastoral em nosso Boletim.

 

O TEMPO

 

O que é o tempo na palavra de Deus. O tempo consiste de futuro, presente e passado. Este universo foi criado por Deus para Sua glória (Gênesis 1:1; João 1:3; Colossenses 1:16). A essência de Deus não pode ser compreendida, mas Sua existência não pode ser negada (veja Romanos 1:19,20; Apocalipse 4:11). O propósito de Deus na criação está sendo presentemente completado. "Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém" (Romanos 11:36). Por favor, observe que o verso não diz "das", "por" ou "para" as pessoas. Todas as coisas estão se movendo para a sua consumação para que " Deus possa ser tudo em todos" (1 Coríntios 15:28). O princípio da criação, portanto, inclui o princípio do tempo. O tempo tem uma importante relação com o homem. Ele fala do período de sua vida, porque há um tempo para nascer e um tempo para morrer (Eclesiastes 3:1,2). A brevidade da vida e a certeza da morte são geralmente entendidas. "O homem, nascido da mulher, é de bem poucos dias e cheio de inquietação (a vida curta e cheia de tumultos). Nasce como a flor, e murcha; foge também como a sombra, e não permanece….Visto que os seus dias estão determinados, contigo está o número dos seus meses; tu lhe puseste limites, e ele não poderá passar além deles" (Jó 14:1,2,5).

 

 

NÃO TEMOS TEMPO?

 

Tenho sempre ouvido muito das pessoas que no mundo tudo está acontecendo muito rápido, que as coisas tem feito com que a vida seja uma verdadeira correria, que a tecnologia tem acelerado e contribuído muito para  este resultado, tudo ficou mais fácil, mas logicamente também aumentaram os nossos afazeres com esta mesma facilidade. Pasmem, mas isto também tem se refletido com os irmãos dentro da nossa igreja, irmãos sem tempo para o chamado de Deus, irmão que não assumem cargos, trabalhos, desafios a que a eles são destinados. Não freqüentam escola dominical, chegam atrasados em cultos e às vezes até não dá tempo para assistir ao culto. Será que Deus fica entristecido com a nossa falta de tempo para com Ele?

 

NÃO TEMOS TEMPO?

 

Não é o que dizemos para tudo que não interessa?

não temos tempo, para ouvir as pessoas,

não temos tempo, para visitar aquele parente amigo que mora distante,

não temos tempo, para levar os filhos a um passeio no fim de semana,

não temos tempo, para ajudar alguém necessitado,

não temos tempo, para quem nos ama (famílias, esposas, etc.)

não temos tempo, para apreciar as coisas bonitas que Deus nos presenteou, como um por do sol, é, não temos tempo para tantas outras coisas.

Talvez alguns de nós, damos como desculpa a falta de tempo, a quantidade de tarefas que temos que fazer todos os dias, o estresse e etc.

A verdade é que nosso ritmo cotidiano nos leva a passar correndo pela presença do Deus que tanto dizemos adorar, deixando-o de lado, como se Ele não estivesse acima de  todas as coisas. E acabamos nos tornando pessoas espiritualmente fracas, e a consequência disso são  líderes ineficazes, casamentos acabados, discórdias entre irmãos, pessoas endividadas, pessoas afastadas da igreja e da obra do Senhor, e o pior até mesmo se envolvendo em atividades que não as aproximam de Deus.

Procuramos causar boa impressão para a sociedade através da nossa boa maneira de viver, tomando cuidado com o nosso agir. Mas, se a nossa intenção é atingir os outros com o evangelho, afim de alcançá-los para o reino de Deus, precisamos, antes de qualquer coisas, sermos atingidos.

Precisamos ser cristãos AUTÊNTICOS, temos que AGIR COM A VERDADE, AGIR COMO JESUS, aquele que foi o maior cristão.

Não basta apenas falar sobre o cristianismo, mas sim vivê-lo. Calvino já dizia: "Cristianismo, não é uma filosofia ou uma religião, mas um estilo de vida."

 

O cristianismo autêntico começa com a sinceridade espiritual - com um relacionamento diário e completo com Jesus Cristo. Mas um relacionamento assim com Ele exige tempo - não sobras, mas a melhor parte - para a contemplação e reflexão.

 

Quem possui este tipo de tempo?

 

Lembre-se:"Hoje é o único tempo do qual você realmente dispõe. É muito tarde para o ontem, e não há como depender do amanhã" Jonh C. Maxwell.

 

De fato não temos muito tempo, ninguém nunca tem tempo, para o que não interessa. Porque quando habita em nós uma escala de prioridades, seja perto ou longe, fácil ou difícil, seja agradável ou não, logo arranjamos tempo.

 

Como temos vivido com Deus, para suas obras, para os ministérios, dons, que Ele nos presenteou. (reflita)

 

Então a pergunta certa é: Nós não temos tempo? ou será, O que é prioridade (interessante) para nós?

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Já estou no capítulo 21 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Estou na pág. 554/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

Ø       Iniciei a segunda parte com 10h24m22s depois de terminar a primeira parte de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

·         Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

sexta-feira, 9 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 262/365

 
TEMA: O Reinado do Ungido de Deus 4 – Sl 2
 
Estamos caminhando para o final do salmo 2 que fala do reinado do Ungido de Deus, Cristo. Os versículos que agora iremos meditar são os seguintes:
 
10 Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra.
11 Servi ao SENHOR com temor, e alegrai-vos com tremor.
12 Beijai o Filho, para que se não ire, e pereçais no caminho, quando em breve se acender a sua ira; bem-aventurados todos aqueles que nele confiam.
 
Diante da revelação de Deus Pai do Deus Filho vem a exortação do Senhor aos reis e aos juízes. Aos reis para que os sejam prudentes. Os reis representam as autoridades máximas das nações como se a exortação a eles produzisse efeito em todo o reino. Um rei e um reino. O alcance é total envolve todo o reino ou melhor todos os reinos da terra. O que não é prudente é insensato e corre o risco das conseqüências de sua insensatez.
 
Aos juízes, a exortação para que se deixem instruir. Dos juízes, esperamos a justiça, o cumprimento das leis de forma justa, sem parcialidade. Os juízes são autoridades dentro de um reino que tem o poder de examinando as leis aplicar as penalidades distribuindo a justiça. Não podem ser pessoas corruptas nem corruptíveis, não devem ter dois pesos e duas medidas. “A justiça, somente a justiça seguirás; para que vivas, e possuas em herança a terra que te dará o SENHOR teu Deus.” (Dt 16:20).
 
Se os juízes estão precisando serem instruídos é que algo estão precisando de aprender para serem juízes que seguem a justiça. “Assim diz o SENHOR: Guardai o juízo, e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e a minha justiça, para se manifestar.” (Is 56:1). Que é a nossa justiça hoje que o salmista anunciava que estava prestes a vir? “Naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra.” (Jr 33:15). ´e Jesus Cristo, o Filho de Deus a nossa justiça! “Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;” (I Co 1:30).
 
As palavras finais deste salmo messiânico nos falam, nos exortam a servirmos ao Senhor com temor e não somente o temor, mas o alegrar-se com tremor. O que vem a ser alegrar-se com tremor? São três palavras interessantes: temor, alegria e tremor. O temor está relacionado a autoridade de quem fala.
 
Se desprezarmos o que fala seremos como o louco ou o insensato que atravessaria uma autopista de olhos fechados ou o que daria o próximo passo estando na beira de um precipício. O temor, já nos ensina as escrituras, é o princípio da sabedoria. A alegria entre o temor e o tremor eu entendo como se fosse um mandamento: “sou eu Deus quem está falando com você! Sou eu quem controlo todas as coisas e tudo tenho sobre o meu domínio. Não tenha medo! Afasta tuas preocupações e teus maus pensamentos não os carregue contigo. Alegra-te com tremor de estardes em minha presença!”.
 
Eu já falei isso em algumas pregações que tive a grata oportunidade de ministrar por ai que todos nós cristãos deveríamos ter agregado em nosso nome dois nomes, um para representar que somos da família de Deus e outro relativo à alegria. Meu nome então poderia ser Daniel Deusdete de Jesus Alegria! A todos um bom final de semana!
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Já estou no capítulo 18 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Estou na pág. 549/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Terminei a primeira parte de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

quinta-feira, 8 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 261/365

 
TEMA: O Reinado do Ungido de Deus 3 – Sl 2
 
Deus está no controle de todas as coisas! Já imaginou se não tivesse? Que caos não seria a vida e que segurança teríamos para sustentar as nossas ações? Como poderíamos lhe dirigir as nossas orações? Somente nos ajoelhamos diante dele porque cremos que ele tem controle sobre tudo.
 
6 Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião.
7 Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.
8 Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão.
9 Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.
 
Paulo e o escritor, autor do livro de Hebreus explora o assunto da geração do Filho de Deus: “Atos dos Apóstolos 13:33 Como também está escrito no salmo segundo: Meu filho és tu, hoje te gerei. Hebreus 1:5 Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho? Hebreus 5:5 Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Hoje te gerei.
 
Vai chegar o tempo em que todos nós, no planeta inteiro, em todo o cosmos e até a própria natureza terá de se curvar diante do Filho de Deus, (Filipenses 2:10 Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,). Então não teremos mais tantos “ismos”, tantos subterfúgios e desculpas. A terra se encherá da glória de Deus e de seu conhecimento como o ar que respiramos e nos serve de combustível. Vejam o que diz Isaias 11 de 1 a 10:
 
1 Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará.
2 E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.
3 E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.
4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,
5 E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.
6 E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará.
7 A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi.
8 E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco.
9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.
10 E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso.
 
Eu fico triste, por enquanto, de ver tanta arrogância e petulância de homens que se inculcam por sábios, mas são loucos, tolos, por afirmarem, sem sustentação, coisas de suas próprias imaginações como verdades científicas. Enquanto a ciência estiver buscando a verdade para explicar os fenômenos que nos cercam, ela é instrumento de Deus. A ciência é instrumento de Deus, mas os cientistas, muitos deles, não buscam a verdade, portanto, são instrumentos do erro e da mentira.
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Já estou no capítulo 15 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Estou na pág. 544/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 07h32m312s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).
 
Observações:
  • Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

quarta-feira, 7 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 260/365

 
TEMA: O Reinado do Ungido de Deus 2 – Sl 2
 
Quando ocorreu aquela oração ousada de Moisés ao Senhor que com ele falava de forma espetacular, o Senhor não lhe atendeu o pedido ousado “hare enima et-kebodeka” (Faça-me ver, por favor, a sua glória – Ex 33:18) porque Moisés não suportaria, mas fez passar por ele toda a sua bondade. É isso que Deus é: bom! Deus é bom! A bondade suprema ou a soberana bondade. Deus garantiu a Moisés de que sua bondade seria exibida através da demonstração da sua misericórdia e de sua compaixão de acordo com a sua vontade soberana (Ex 33.19).
 
Moisés, como falado, pediu a Deus esse pedido ousado e atrevido. Deus não atendeu plenamente, pois lhe disse que não poderia ver a sua face porque ninguém poderia vê-lo e viver. Foi-lhe então concedido vê-lo pelas costas e assim lhe deu garantias de sua presença (Moisés buscava isso!). No entanto, Yahweh, ali, naquele momento verbalizou uma série de virtudes (7+1) declarações incluídas em sua auto proclamação que deram a Moisés garantia poderosa de Deus Yahweh era, de fato, o Senhor pactual (ver CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO de G. V. Groningen).
 
As sete declarações do Senhor têm a ver com a sua bondade, longanimidade, amor e somente a última declaração, a oitava, é que vem falar de sua justiça. Aqui neste salmo 2 as nações embrutecidas estão se beneficiando da bondade suprema de Deus, mas em tudo e para tudo há limites que quando alcançados trazem a ira e o furor de sua justiça.
 
O verso 4 fala que aquele que habita nos céus, isto é, não é terreno, inferior, daqui de baixo, mas superior, grande, celeste, se rirá e zombará deles. A oferta de Deus é sempre o amor e a bondade, mas a teimosia precisa de correções para o próprio bem dessas nações que atrevidamente e desrespeitosamente rejeitam o conhecimento de Deus.
 
O verso 5 fala que “lhes falará”: Deus está falando e sua voz se faz ouvir de um a outro extremo da terra conclamando as nações ao arrependimento e a observarem o seu ungido, o messias, o rei que foi trazido a este mundo como um de nós, para falar a nós, usando a nossa linguagem, as verdades de Deus.
 
Jesus Cristo ressuscitou! Rompeu as cadeias da morte e retirou as chaves das mãos do diabo que tinha na morte e no inferno o seu aguilhão. Evento este que rasgou a história e a dividiu. A ressurreição de Cristo foi um carimbo na humanidade, um selo, um registro de que doravante uma nova raça, a raça dos filhos de Deus, estará à sua semelhança sendo resgatada de quem antes a detinha para agora pertencer a outro e não mais ao domínio do pecado.
 
Deus está e sempre esteve no controle deste mundo e não serão as filosofias, nem os intelectuais, ou espiritualistas ou qualquer conselho e conhecimento que ainda reinam se beneficiando da bondade sétupla de Deus que irão ter o domínio. “Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;” (2 Co 10:5).
 
Tudo o que o homem construiu ao longo de muito tempo em completa rejeição ao conhecimento de Deus ruirá perante a manifestação de sua vinda, olhem que nem falei de sua vinda, mas da simples manifestação de sua vinda porque todo o cosmos criado dará um brado que ecoará pela eternidade. Não se turbe, meu irmão, com a aparente prosperidade do mal, pois seu fim está mais perto do que supõe a nossa vã teologia.
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Já estou no capítulo 12 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Ainda estou na pág. 539/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 05h54m12s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).
 
Observações:
  • Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

terça-feira, 6 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 259/365

TEMA: O Reinado do Ungido de Deus – Sl 2
 
Na Bíblia Shedd, de Russel Shedd, o título do Salmo 2 é “O Reinado do Ungido de Deus”. Nossa meditação, doravante será neste salmo messiânico de autoria de Davi. São apenas 12 versículos, porém é Palavra de Deus e como tal gera vida aos que a lêem e nela meditam.
 
1 Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs?
2 Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o SENHOR e contra o seu ungido, dizendo:
3 Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas.
4 Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles.
5 Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará.
6 Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião.
7 Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.
8 Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão.
9 Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.
10 Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra.
11 Servi ao SENHOR com temor, e alegrai-vos com tremor.
12 Beijai o Filho, para que se não ire, e pereçais no caminho, quando em breve se acender a sua ira; bem-aventurados todos aqueles que nele confiam.
 
O salmo 2 começa com uma pergunta que é respondida nos versos 2 e 3. Os gentios, as nações, os governos estão enfurecidos, agitados imaginando coisas vãs, sem proveito algum. Está aqui presente nestes 3 primeiros versículos uma descrição de ódio e de rebelião que a humanidade lança contra Deus e contra o seu Ungido, o Messias, Jesus Cristo.
 
É por isso que diz rompamos as suas ataduras e sacudamos de nós as suas cordas. As nações rejeitaram totalmente a autoridade de Jesus Cristo, do Filho de Deus, do Messias. A sua mensagem, o seu nascimento, a sua manifestação entre nós se fazendo um de nós foi rejeitada. Ele veio em humildade, com amor, carinho, respeito querendo nos ensinar um caminho mais excelente.
 
Eu imagino que ele poderia ter escolhido outro caminho e outra forma de se manifestar entre nós e ao invés do respeito e do amor, a força e a brutalidade. Ao respeitar nossas escolhas e usar de sua soberania; ao nos mostrar a verdadeira sabedoria e inteligência aliadas à sua bondade encontramos em Deus, Deus! Deus soberano, sábio e bom!
 
A humanidade está enfurecida, embrutecida, amotinada, revoltada, mas o seu aguilhão apenas a aguilhoa mais ainda! Com sua fúria e embrutecimento o que mais faz é dar destaque à verdadeira sabedoria e bondade de Deus. A ignorância humana revela o conhecimento divino. A ira humana destaca o amor de Deus. A injustiça dos homens revela a justiça de Deus. Como está escrito: “Mas, se a nossa injustiça traz a lume a justiça de Deus, que diremos? Porventura, será Deus injusto por aplicar a sua ira? (Falo como homem.)” (Rm 3:5).
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Já estou no capítulo 9 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Ainda estou na pág. 539/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 04h12m14s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).
 
Observações:
  • Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

segunda-feira, 5 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 258/365

TEMA: Servir a Deus com Bom-Senso e Respeito ao Próximo!
 
Eu sinto muito, o senhor não pode entrar!” Foi assim que meu dia começou hoje. Não pude entrar no estacionamento de minha empresa, sendo que tenho vaga garantida e cerca de 10 anos de uso. Não pude entrar porque esqueci o Cartão de Estacionamento! Procurei uma solução alternativa, como um cartão provisório, ou uma autorização qualquer, mas simplesmente a lei é severa: não entrarás!
 
Acho que consigo contar na metade dos dedos de minha mão esquerda a quantidade de vezes que esqueci esse cartão. Se, de fato, eu fosse um esquecedor contumaz, tudo bem, mas, não é assim. Eu gostaria de saber se alguém mais também já esqueceu esse cartão? Será que algum chefe ou diretor ou presidente ou qualquer pessoa mais influente que esquecesse e não fosse um contumaz esquecedor receberia o mesmo tratamento “vip”?
 
A conclusão é que não pude estacionar o carro onde sempre estaciono ao longo de tanto tempo. Na empresa também não podemos esquecer o crachá e quando, por algum motivo, esquecemos, há a confecção na hora de um crachá provisório. Não poderia acontecer o mesmo com o cartão de estacionamento? Administrar não deve ser a arte de causar problemas, mas de, prevendo-os, dar uma solução justa e coerente.
 
Acho que é meu dever agora lutar para que haja na empresa uma política de tratamento desses casos. Se eu me omitir, também estarei pactuando com o que considero errado. Não sou contra o regramento que diz que não pode entrar um carro para estacionar sem portar o cartão de estacionamento, mas sou contra o rigor no tratamento das excepcionalidades.
 
Eu fiquei muito chateado! No entanto, também fiquei orgulhoso de ver que há regras na empresa onde trabalho e que são levadas a sério. Somente me decepcionei por não haver um tratamento de exceção. Seria interessante que os administradores atuais pudessem levar em consideração meu pequeno protesto.
 
Quantas não são as pessoas que se sentem assim e que ficam chateadas por causa de situações semelhantes? Se um dia o Senhor te levantar para servi-lo (servir ao Senhor!) em cargo mais alto na sua empresa ou no Governo ou na Igreja, onde quer que for, que jamais te falte o bom-senso e o respeito ao seu próximo que pode, excepcionalmente, esquecer um cartão de estacionamento, ou qualquer coisa similar.
 
Que também jamais seja o lema de nossa vida a máxima atribuída ao presidente Artur Bernardes (1922-26) e supostamente incorporada pelo ditador Getúlio Vargas: “Aos amigos, tudo; aos inimigos, o rigor implacável da lei, se possível”. Abração a todos e uma boa semana na presença do Senhor.
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Já estou no capítulo 6 do livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Ainda estou na pág. 527/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 03h33m13s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).
 
Observações:
  • Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

domingo, 4 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 257/365

 

TEMA: A Entrega – Gn 22

 

Terminou o acampamento. Agora já estamos de volta à nossa vida normal, renovados. A meditação da palavra de ontem, pela manhã foi sobre a entrega. Baseado na frase de Jim Eliot, missionário martirizado no Equador  "Não é tolo alguém que dá o que não pode reter para ganhar aquilo que não pode perder." e no texto bíblico que fala do sacrifício de Isaque por seu pai Abraão (capítulo 22 de Gênesis), o Rev. Sabino Cordeiro Dourado nos trouxe uma mensagem muito profunda.

 

Ele dividiu sua prédica em 5 tópicos: 1. Deus sempre pede algo valoroso para nós. 2. Há sempre um caminho a percorrer na entrega. 3. A única maneira de ter é entregar no altar do sacrifício. 4. Deus não precisa de nada, apenas quer de nós o que nos impede de receber o melhor dele. 5. A entrega nos enche de paz real.

 

Pelos tópicos creio que já deu para verificar que estivemos diante de um verdadeiro tesouro da ministração da palavra de Deus. Realmente, verificamos que Deus sempre nos pede algo de valor para entregarmos a ele e isso se constitui em uma prova (Gn 22:1) a qual temos de passar. É diferente a provação da tentação. Deus a ninguém tenta, mas prova e toda provação é útil e proveitosa. Isaque era tudo de bom e de maravilhoso na vida de Abraão e a entrega de seu filho a Deus não foi fácil.

 

Embora a entrega seja imediata e feita na hora, muitas das vezes pela emoção, sempre há um prazo para a sua concretização e foi esse o caso com Abraão, pois a sua caminhada ao Monte Moriá levou 3 dias. Quantas não são as vezes que decidimos e entregamos algo ao Senhor, mas no caminho, resolvemos mudar de idéia e retomar a coisa entregue? Você se lembra de algum voto, alguma decisão que tomou e que depois se arrependeu e mesmo mudou de idéia?

 

Abraão passou por duas provas, a primeira pela entrega e a segunda pelos três dias que teve de percorrer. O difícil não é a entrega, mas os três dias! Você se lembra de qua ntas vezes conseguiu parar de fumar, mas durante os três primeiros dias, recuou, mudou de idéia? Bem, Abraão passou pelos dois testes e agora está diante do altar do sacrifício!

 

É no altar do sacrifício que a verdadeira entrega se consuma e Deus o provou até o instante final. Naquele momento que Abraão levantou ocutelo para imolar seu sacrifício, foi necessário um anjo bradar dos altos céus: "10 E estendeu Abraão a sua mão, e tomou o cutelo para imolar o seu filho; 11 Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. 12 Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho." (Gn 22: 10-12).

 

Foi naquele momento que Abraão teve a sua bênção confirmada, logo a única maneira de termos é entregarmos a coisa a Deus no altar do sacrifício. Aleluias! Não é que Deus precise daquilo que ele nos pede, mas pede para nos abençoar. Deus na verdade queria é abençoar a Abraão. Se o filho de Abraão estivesse se constituindo em algo que viesse a substituir a Deus, isso seria a Abraão por laço e parecia o caso. A prova de Deus veio para abençoá-lo!

 

E que sensação teve Abraaão por ter obedecido a Deus entregando-lhe seu único filho? A paz! Somente teremos paz quando entregarmos a Deus o que ele nos pede. Não adianta retermos a bênção que ela se tornará para nós laço. O melhor a fazermos é entregarmos a coisa a Deus e isso no altar do sacrifício. Deus visite a tua alma meu irmão e te faça compreender a sua palavra: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e tudo ele o fará!" (Sl 37:5).

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Iniciei o livro de Ezequiel - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Estou na pág. 527/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

Ø       Estou com 03h13m11s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

sábado, 3 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 256/365

 

TEMA: A Tríplice Libertação do Pecado – Jo 8:32,36

 

Estou no acampamento da família e está sendo uma bênção. Com certeza, nos próximos dias contarei mais detalhes. Estou aproveitando uma pequena oportunidade e resolvi fazer esta publicação improvisada que é mais um pequeno desabafo em forma de oração. No momento, estou prestando socorro a um amigo, irmão que se acidentou com um  corte em seu polegar quando passeava em direção a uma cachoeira linda que fica no Acapmento Gileade. Não foi nada sério, mas requereu prestação de socorro em um Pronto Socorro. Deus está no controle de tudo! Amém!

 

E agora, meu Senhor? O que devo fazer? Onde é que eu te encontro nesta hora? Eu estou desanimado, triste, chateado, aborrecido e não há quem ou o que me console. Não confio em minha própria sinceridade e não me isentarei, portanto, de qualquer culpa. Às vezes, aproximo-me de ti em piedoso coração como se eu fosse a vítima, no entanto, meu coração é tão maligno que não sei se estou usando isso para te dar desculpas ou se isso é de fato a verdade.

 

O fato é que estou pesaroso e necessito de tua cura. Socorre-me! Não me deixes desfalecer e perder a coragem de querer lutar, pelo contrário dá-me forças. O que seria de mim se o Senhor me revelasse toda a minha miséria diante de mim? Será que eu o suportaria ou morreria de tristeza? Embora seja assim, eu não posso abrir mão de minha consciência, ainda que corra o risco de estar sinceramente enganado.

 

No presente caso, a minha consciência não me condena, mas posso ter sido excessivamente maligno, egoísta e negligente. É de fato meu pecado neste caso o da negligência e da preguiça por não ter dado ao caso a atenção merecida. Cri em meus pressupostos e não investiguei. Relaxadamente deixei o tempo passar, avançar e chegou onde chegou.

 

Na Bíblia, na história de Davi e de seu filho Absalão nós vemos isso muito claramente. Davi tinha a obrigação de agir, mas omitiu-se. Deixou o tempo passar achando que as coisas iriam se arrumar por si mesmas, mas não foi o caso, pelo contrário, cada dia passado o caso ganhava corpo e proporções gigantescas.

 

Por que em determinados momentos travamos e não conseguimos agir proativamente (no dicionário, encontramos o seguinte significado para a palavra proativo: Que, por antecipação, identifica possíveis desenvolvimentos, problemas ou situações, permitindo adoção de atitudes ou medidas adequadas)?

 

Senhor, apesar disso tudo, converte-me a ti eu eu serei convertido. Aleluias! Este é o versículo que encerra o livro de Lamentações (ver Lm 5:21. 22). A libertação do pecado nos deve levar a viver a experiência da conversão e somente seremos convertidos quando Deus nos converter. Aleluias!

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Terminei o livro de Jeremias e o de Lamentações - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Estou na pág. 527/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

Ø       Estou com 02h59m10s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

sexta-feira, 2 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 255/365

 

TEMA: A Tríplice Libertação do Pecado – Jo 8:32,36

 

Hoje a minha meditação tomará por base um esboço da pregação do meu amigo e querido pastor, Rev. Aluísio Laurindo da Silva (Cap Cpl BM RR - CBM/PA) Presidente da Associação Pró-Capelania Militar Evangélica do Brasil – ACMEB - http://www.acmeb.com.br/  (visite o site, dê sugestões, colabore).

 

As finalidades da ACMEB encontram-se no Art. 3o do seu Estatuto (veja o respectivos site) e, dentre elas, a primeira é: "I – representar: as denominações religiosas evangélicas junto ao Governo Federal, aos Governos Estaduais e ao Governo do Distrito Federal nos assuntos pertinentes à assistência religiosa evangélica no âmbito das Forças Armadas e Auxiliares do Brasil;". Você que é militar, procure se informar a respeito e se integre para a honra e glória do Senhor Jesus.

 

A proposta de sua palavra é a de que o Evangelho do Senhor Jesus Cristo nos propõe uma libertação completa em relação ao pecado. E eu gostei da temática porque também se comemora (não sei se é feriado nacional ou se é ponto facultativo) hoje a sexta-feira santa ou a sexta-feira da paixão que é a sexta-feira que antecede a ressurreição de Cristo. Ela é um feriado (ou ponto facultativo) móvel que serve de referência para outras datas e festividades. Calculá-se como sendo a primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de outono no hemisfério sul ou o após o equinócio da primavera no hemisfério norte, podendo, assim, ocorrer entre as datas de 22 de março e de 25 de abril (fonte: wikipedia).

 

Na verdade, o que importa para nós é que se trata daquela sexta-feira que conforme os relatos dos evangelhos ocorreu a morte de Jesus Cristo. A morte de Jesus Cisto aconteceu no exato momento em que era sacrificado o cordeiro pascoal no Templo de Jerusalém simbolizando, destarde, que o verdadeiro Cordeiro Pascoal estava sendo sacrificado pelos nossos pecados. Mediante o sacrifício de Cristo é que conseguimos a nossa libertação do pecado assim como a morte do cordeiro representava para os judeus que o povo estava sendo liberto do Egito.

 

I- A LIBERTAÇÃO DA CONDENAÇÃO DO PECADO:  É A JUSTIFICAÇÃO

1) A Bíblia declara que todos os seres humanos são pecadores ( Rom. 3:23)

2) A Bíblia declara que o pecado trouxe condenação a todos os seres humanos  ( Rom. 6:23)

3) A Bíblia declara que Cristo oferece libertação da condenação do pecado –é o ato da JUSTIFICAÇÃO ( Rom. 8:1)

4) Ilustração: A Salvação do Ladrão que morreu junto com Jesus.

 

II- A LIBERTAÇÃO DO DOMÍNIO DO PECADO: É A SANTIFICAÇÃO

1) Todo pecador convertido a Jesus é chamado para uma vida santa

2) Todo pecador convertido a Jesus tem em sua velha natureza o princípio operativo e dominante do pecado

3) Todo pecador convertido a Jesus pode alcançar libertação do domínio do pecado, mediante a operação da graça santificante de Deus.                                 - ( É a Santificação)

4) Ilustração: O irmão Chinês do livro de W. Nee, A Vida Cristã Normal.

 

III- A LIBERTAÇÃO DA PRESENÇA DO  PECADO: É A GLORIFICAÇÃO

1) O pecador convertido a Jesus é liberto da presença do pecado quando morre.

2) O pecador convertido a Jesus será liberto da presença do pecado através da ressurreição dos mortos, ocasião em que receberá novo corpo, completo, perfeito e incorruptível.

3) O pecador convertido a Jesus  ficará liberto da presença do pecado em sua futura  habitação: novos céus e nova terra.

4) Ilustração: Domingos Adorati Apalay e sua experiência de libertação durante a tradução de I Coríntios 15.

 

Amanhã, a gente entra em mais detalhes. Agora estou indo para um acampamento e lá passarei 2 dias. Se lá tiver internet, meu compromisso permanece. Se não tiver, também permanece, mas a publicação sairá atrasada. Abração e boa páscoa: Jesus já morreu por ti e agora você está livre! Livre do Egito, do pecado, da morte! Aleluias!


A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias

 

Ø       Terminei o livro de Jeremias e iniciei o livro de Lamentações - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.

Ø       Estou na pág. 522/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.

Ø       Estou com 02h48m30s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.

Ø       Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:

§         08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González

§         9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).

 

Observações:

·         Eu tenho ciência da necessidade de me cuidar na alimentação correta e da necessidade de fazer exercícios físicos regulares por causa de minha vida altamente sedentária. Fica aqui o registro da necessidade, veremos quanto tempo levará para eu tomar uma atitude. (registrado em 02/04/2010).

quinta-feira, 1 de abril de 2010

365 dias de propósito! Dia 254/365

TEMA: O Caminho dos Justos e o Caminho dos Ímpios 6 – Sl 1
 
Hoje, eu comemoro o Dia da Verdade! Alguns autores alegam que, provavelmente, foi nesta data que Jesus nasceu e não 25 de dezembro. No entanto, a origem da brincadeira envolvendo o dia primeiro de abril com o dia da mentira tem suas origens na Europa, provavelmente depois de 1500. sugestão: pesquisar no Google, no Wikipedia, etc. Eu prefiro descartar a brincadeira e declarar para mim o contrário: hoje é o dia da verdade!
 
Depois de termos visto a progressividade tanto do ímpio quanto do justo, agora vamos caminhar para o fecho verificando o que diz os versículos 4 a 6: “4 Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. 5 Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. 6 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.”.
 
O Espírito Santo nos declara que os ímpios não são assim, isto é, que têm utilidade, vitalidade, estabilidade, produtividade e prosperidade, mas são como a moinha que o vento espalha. Não tem firmeza e são arrastados por qualquer vento de doutrina: “Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.” (Ef 4:14).
 
Ser ímpio não é fácil! Pior, ainda terá que passar a eternidade no inferno! Não seria melhor ao homem, ceder, ouvir a voz de seu Criador e obedecê-lo, passando a eternidade nos céus? Há apenas dois caminhos e não há saída. Não tem como permanecer neutro em relação a Deus. Eu costumo colocar em meus emails a seguinte frase para reflexão: “A Força de Vontade sempre dá um jeito. A Falta de Vontade sempre dá desculpas.
 
Até quando você continuará a dar desculpas para si mesmo e para Deus? Hoje é o dia que Deus escolheu para acostá-lo. Sugiro que desistas de lutar com Deus ou contra Deus. Jesus te ama, por isso animou-se a morrer por ti, sendo você pecador. Aleluias! 
 
A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias
 
  • Estou no capítulo 51 do livro de Jeremias - Bíblia Shedd (Shedd Bible), ARA – 2ª ed. – Ed. Vida Nova, Russell P. Shedd.
  • Ainda estou na pág. 513/660, do livro Criação e Consumação (From Creation To Consummation), Vol. 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador – ed. Cultura Cristã. Gerard Van Groningen.
  • Estou com 02h08m50s de 09h00m35s da parte 1/2 de áudio de VERDADE ABSOLUTA - Libertando o Cristianismo de seu Cativeiro Cultural, Nancy Pearcey, 1ª edição/2006, ed. CPAD.
  • Já ouvi [em breve, relacionarei tudo que já li e ouvi nesses 365 dias de propósitos]:
  • 08h06m54s de 13h26m47s de áudio do livro UMA HISTÓRIA DO PENSAMENTO CRISTÃO - Dos Primórdios ao Concílio de Calcedônia - Justo L. González
  • 9h15m40s de áudio de CALVINISMO – o canal em que se moveu a Reforma do século 16, enriquecendo a vida cultural e espiritual dos povos que o adotaram. O sistema que hoje a igreja cristã deve reconhecer como bíblico – de Abraham Kuyper (1837 – 1920).
 
Observações:
  • Estou também no 76/90 dias de meu compromisso relacionado à alimentação (ver http://www.jamaisdesista.com.br/2010/01/365-dias-de-proposito-dia-178365.html) – problemas com minha dentição estão me impedindo de continuar como gostaria. Estou pensando no que fazer.
  • Estou no 00/00 dias de atividades físicas regulares (caminhada, natação, ginástica). Sem tempo algum...trabalhando, estudando,...