domingo, 2 de agosto de 2015

Dia 28/40 - APRENDENDO UNIÃO COM O HOMEM-FORMIGA.

Nossa reflexão de hoje sobre a unidade, sobre o estar juntos nos levará ao homem formiga.
Ele teve de se adptar e aprender a lidar com as formigas de forma a formar uma equipe para conseguir alcançar certos objetivos que tinha em mente.
Sem elas, sem estarem juntos, sem o trabalho de equipe, dificilmente teria conseguido êxito na invasão de uma fortaleza praticamente inexpugnável.
Elas foram as suas parceiras e o ajudaram a atingir o objetivo proposto. No ínicio, teve muitas dificuldades para lidar com elas, por causa de sua comunicação, mas com paciência, treino, dedicação, empenho e força de vontade pode estabelecer vínculos e assim foi capaz de as liderar.
As formigas são um exemplo incrível de trabalho em equipe porque cada uma delas desempenha sua função e seguem seus líderes.
Vejam a sinopse do filme:
O ladrão Scott Lang (Paul Rudd) começa a trabalhar para o cientista Dr. Hank Pym (Michael Douglas) a fim de reaver uma fórmula que permite o encolhimento de um homem até o tamanho de uma formiga. Mas a missão de recuperar a fórmula se transforma na luta para salvar o mundo das mãos do antigo sócio de Pym, Darren Cross (Corey Stoll), conhecido como Jaqueta Amarela.[1]
Em Provérbios 30:25, a Bíblia diz que as formigas são um povo sem força, porém no verso anterior ela diz que as formigas são mais sábias do que os sábios.
"Quatro seres da terra são pequenos, e, no entanto, muito sábios: As formigas, criaturas de pouca força, contudo, armazenam sua comida no verão;” Provérbios 30:24,25
A conquista das formigas está relacionada com a sua forma de trabalhar, ainda que individualmente sejam fracas.
Povo sem força, elas compensam a força com a sua organização, com seu trabalho de equipe, com sua união.
As formigas trabalham em colônias, não são independentes, o trabalho que elas realizam pertencem a um todo. O objetivo delas não é individual, mas pensam coletivamente, na colônia delas.
Perdemos muito quando somos desorganizados, quando não somos unidos, quando cada um está buscando o seu próprio mundo, quando não sabemos direito porque estamos nos movendo e quando nos falta o senso de coletividade.
A força de trabalho de um povo torna-se insuperável quando este povo trabalha organizadamente, juntos, de forma coletiva e dessa forma todos são beneficiados.[2]


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.