domingo, 29 de janeiro de 2012

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 111 - Faltam 454 dias para 26/04/13 e 865 dias para a Copa

Olha que bênção... hoje é um dia especial! Alguém está de aniversário e comemorando 15.706 dias de vida bem vividos para a glória de Deus. Meu amor, feliz aniversário e que nesse paraíso que o Senhor fez aqui na Pinheira/SC nós possamos – eu você e Bebel - comemorarmos com alegria, amor e cheios do Espírito de Deus essa data feliz.
Mas, voltando à nossa reflexão e a ela dando continuidade, João Batista veio para cumprir uma missão. Jesus cristo veio cumprir uma missão. Paulo, apóstolo, veio para cumprir uma missão. João Batista, Jesus e Paulo foram contemporâneos e a idade entre eles difere perto de apenas 6 anos. Quem sabe, na infância não brincaram juntos? Se não brincaram, talvez tenham se encontrado muitas vezes por causa do templo.
O fato é que João Batista era aquele representante do Velho Testamento, o último levantado por Deus, e este tinha a função de apontar para o Cristo e ele disse quando o viu: - Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! (Jo 1:29, 36). Sua missão era apontar para aquele que viria e testemunhar que ele era o Messias. João Batista fez exatamente isso.
O Senhor mesmo testemunhou de João Batista dizendo que entre os nascidos de mulher não havia nem um maior do que ele. A partir do momento em que ele cumprira a sua missão e a sua missão fora aquela, ele, João Batista, foi recolhido para Deus. A forma de sua morte foi terrível e muito desagradável.
Ter a sua cabeça sendo decepada e ainda servida entre os seus inimigos em zombaria e total desrespeito era muita afronta e humilhação, mas muita mesmo e olha que era ele o maior dentre os homens nascidos de uma mulher. Se fizeram assim ao maior e melhor entre os filhos de uma mulher, antes de Jesus, o que devemos esperar?
Não parece importar muita coisa sobre ele, exceto que cumpriu a sua missão: ele apontou o Cristo para o Novo Testamento. Depois disso, morreu. João Batista é outro exemplo de fé em Deus e de crença total na soberania, sabedoria e bondade de Deus.
Seu papel não era de político, nem de guerreiro ou de libertador armado ou desarmado, mas de anunciar a mensagem de Deus que o próprio Deus lhe incubira e ao final revelar ao mundo, apontando para ele, com seu dedo, e falando com a sua voz para testemunho, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
Eu e você estamos aqui junto com milhares de milhares e milhões de milhões e ora se já não chegamos aos bilhões para cumprirmos também uma missão. Aniversariante do dia: - você veio e está aqui para cumprir uma missão. A nossa missão, em parte, tem a ver com a missão de João Batista também, pois devemos dar continuidade ao ministério de João Batista apontando e revelando ao mundo o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
Amanhã, prosseguiremos...
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.