sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 109 - Faltam 456 dias para 26/04/13 e 867 dias para a Copa

O Senhor vei ao mundo mas não para fazer a sua vontade, mas a vontade de seu Pai. Nosso Senhor Jesus Cristo é exemplo disso para nós, para também o seguirmos. Quem faz a sua própria vontade não pode agradar ao Senhor, nem pode reconhecê-lo como Deus soberano e absoluto.
Ao estar entre nós, o Senhor, como exemplo, aceitou tudo o que havia e não procurou mudar nada, mas tão-somente cumprir a vontade de seu Pai. Roma dominava Israel e o povo anciava por um libertador, tanto que um dos discípulos, Judas, pensava que Jesus seria esse libertador. No entanto, Jesus disse em certo momento que deveríamos a dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.
Está errado buscarmos melhorias na sociedade, no governo, na política, no legislativo e no judiciário? Eu não penso assim. Creio que devemos sim ser cidadãos do bem e tudo fazermos para a glória de Deus. Se Deus me fizer político e governante, deverei desempenhar meu papel para a glória de Deus.
Devemos lutar pela nossa vida e pelo bem dela e orarmos a Deus para termos paz, mas ao mesmo tempo devemos respeitar as autoridades constituídas por que são ministros de Deus que estão cumprindo um papel importante. Ao final das suas jornadas, com certeza, deverão prestar contas a Deus de todos os seus atos, pensamentos, palavras, ações e omissões.
Jesus respeitou aqueles que eram autoridades e não promoveu nenhum levante ou protestos, mas ensinou, sem medo, sobre a justiça, a paz, a verdade, o amor, o juízo e o temor a Deus. Ele conhecia a natureza humana e sabia exatamente que o homem é um amante de si mesmo e das glórias uns dos outros e não da que vem de Deus.
Jesus é nosso modelo de vida aqui na terra. Se ele trabalhou para obter seu sustento, nós devemos também trabalhar. Se ele enfrentou oposições por fazer a obra de seu Pai, nós também deveremos enfrentá-las. Se ele foi odiado, nós também o seremos. Se fizeram todas as coisas ao Senhor quanto mais a nós, seus servos.
João 15:18 Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim.
João 15:19 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.
João 15:20 Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: não é o servo maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa.
João 15:21 Tudo isto, porém, vos farão por causa do meu nome, porquanto não conhecem aquele que me enviou.
Se o odiaram, odiarão a nós também. Não somos melhores do que o Senhor, embora ele nos tenha prometido que faríamos maiores obras do que ele por que ele estava indo para o seu Pai e nosso Pai.
Assim quando o Senhor veio à terra da primeira vez ele selecionou 12 homens e neles investiu a sua vida e seu ministério os capacitando, os ensinando e os preparando para darem continuidade ao seu trabalho. Eram apenas 12 homens e uma missão. O seu trabalho não foi em vão, nem se interrompeu ou cessou, antes devemos dar continuidade agora com o apoio e a direção do Espírito santo.
Amanhã, prosseguiremos...
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.