quinta-feira, 10 de março de 2011

Faltam 778 dias para 26/04/13

TEMA: AVIVAMENTO Jo 17:23.
Hoje é dia de nossa reunião em nosso Grupo Familiar Arca da aliança! A reunião será na casa do Iron/Ledi, isto é, em seu AP. A mensagem que irei pregar foi resumidamente postada ontem.
 
Ontem, eu me confundi e anunciei que tinha reunião. Perdoem-me. Na verdade a reunião será hoje e a mensagem já antecipei ontem: ROGAI AO SENHOR DA SEARA POR TRABALHADORES. Também nossa reflexão é coincidente com o tema da nossa campanha de 21 dias de oração e ao jejum. Estou feliz com a minha igreja que está se voltando cada vez mais à oração e ao jejum.
 
E por falar em oração e jejum, amanhã, teremos nossa segunda vigília de oração, cujo tema será AVIVAMENTO.
 
Você quer avivar a sua vida? O que está te faltando? O que é avivamento? Devemos orar por avivamento? Quais os sinais de uma igreja avivada? Quais as principais características de um avivamento? Existe avivamento sem Jesus? O que queremos avivar: os métodos, o marketing, a propaganda sobre a igreja e sobre Jesus ou a nossa vida?
 
A igreja que queremos avivar é o templo de tijolos ou a habitação de carne, osso e sangue? Como ser altamente eficaz em Cristo produzindo frutos dignos, maduros e saudáveis? Como evitar uma alta esfera de espiritualidade que nos torna santos a ponto de olharmos todos os outros como pecadores? Jesus nos falou de dois adoradores.
 
Um vivia agradecendo, em pé, e ostentando sua alta espiritualidade: graças te dou, ó Pai, por que não sou como este publicano; dou o dízimo de tudo, pratico ofertas, faço orações e jejuns. Já o simples publicano, não tinha nem coragem de erguer a sua cabeça e batendo em seu peito dizia: se misericordioso para comigo, meu Senhor. Conclui Cristo dizendo que este último saiu justificado, enquanto aquele não.
 
Eu entendo avivamento como estar tão próximo ao Senhor que nossos rostos fiquem iluminados pela sua glória e, ao mesmo tempo, tão próximo de meu próximo, que sou capaz de dar a minha vida por ele. Avivamento que despreza o próximo não é avivamento. Quem diz que ama a seu irmão a quem vê, deve amar a Deus a quem não vê.
 
Quem rejeita a seu irmão, será rejeitado por Deus. Paulo perseguindo os irmãos a cavalo foi interrompido pelo Senhor que disse: por que me persegues? O próprio Senhor se coloca no lugar de seus discípulos e com eles é empático. Paulo se assustou: quem és tu Senhor a quem estou perseguindo?
 
Quando formos um só no Senhor e quando formos capazes de abandonar as nossas idiossincrasias por causa do Reino de Deus, poderemos começar a falar de avivamento. Não pode haver avivamento enquanto estivermos vivos. Estranho, não é? Quando eu estou vivo, eu quero que minha vontade seja feita e prevalecida. Quem disputa cargos na igreja, ou posições, ou lugar de destaque contra outros irmãos e o vê como inimigo, não pode permanecer nele o amor de Cristo: ele está a procura dos holofotes e de aplausos.
 
Somos um só corpo no Senhor! A nossa consciência deve estar imbuída da unidade. Ou somos um só no Senhor e com ele formamos um só corpo ou estaremos divididos e não poderemos experimentar a plenitude de um avivamento.
 
“A IGREJA É VOCÊ!” é um slogan que está circulando por todo canto e sua mensagem é poderosa, pois transfere para cada um a responsabilidade de evangelizar e curar as enfermidades, principalmente dos que não conhecem ao Senhor. É o chamado aspecto de identificação missional da igreja. Vou continuar depois...
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.