sábado, 22 de março de 2014

Juízes 17:1-13 - UM LEVITA ABANDONA O SENHOR PARA MINISTRAR PERANTE ÍDOLOS.

Créditos da imagem: http://slideplayer.com.br/slide/1250480/
Nós estamos seguindo a estruturação dada pela BEG para a divisão didática de nosso livro de Juízes que ocupa três grandes partes:
1.     A CONQUISTA INCOMPLETA – 1:1 – 2:5. (já vista).
2.     OS CICLOS DOS DOZE JUÍZES – 2:6 – 16:31. (já vista).
3.     OS ERROS DOS LEVITAS – 17:1 – 21:25. (veremos, a partir de agora)
Tanto a conquista incompleta da Terra Prometida quanto os doze ciclos dos juízes nós já vimos e agora iremos encerrar o livro indo para sua terceira e última parte.
3. OS ERROS DOS LEVITAS – 17:1 – 21:25.
Até o presente momento nada tinha dado certo na vida dos filhos de Israel depois da morte de seus grandes líderes que começaram tudo isso: Moisés e seu substituto, Josué.
O livro de Juízes vem demonstrando claramente esse fracasso de Israel como se fosse preparado para introduzir a figura do rei em Israel.
Veja o vs. 6, muito comprometedor, que anunciava claramente e explicava a razão desse fracasso: “Naqueles dias não havia rei em Israel; cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos.”.
E agora surge no cenário os levitas como aqueles que poderiam dar um jeito na situação, mas o fato será que não conseguirão conduzir a nação à retidão e o fato óbvio é que Israel precisará de um rei piedoso.
Esta terceira e última parte será dividida, também seguindo a BEG, em duas subpartes que terão suas próprias subdivisões. A. Um levita e a idolatria em Israel – 17:1 – 18:31. B. Um levita e a violência em Israel – 19:1 – 21:25.
Vejamos, então, essa primeira parte dos levitas com a idolatria, sendo primeiro com a casa de Mica – cap. 17 - e depois com os danitas – cap. 18.
A. Um levita e a idolatria em Israel – 17:1 – 18:31.
Mica era um efraimita que contratou um levita para começar sua própria forma de culto ilegítimo.
Na narrativa, Mica e sua mãe cometem diversos pecados e transgressões à lei violando a aliança com Deus, como, por exemplo, consagrar a prata para fazer um ídolo, mandar fazer uma estola sacerdotal, ordenar o filho de Mica para o sacerdócio.
Para eles, era normal e até imaginavam estarem servindo ao Senhor como dissera a mãe de Mica no vs. 3 quando ela disse que iria dedicar ao Senhor aquele dinheiro e aquela prata para fazer uma imagem de escultura.
Por melhor que fosse sua intenção, a consagração da prata violava drasticamente o segundo mandamento – Dt 5:8. Não teriam eles conhecimento da lei ou não havia quem os ensinassem para assim, nesciamente procederem?
Para tudo o que fosse feito, por falta de uma autoridade fiel à aliança, a justificativa caia no vs. 6 de que naquele tempo não havia rei em Israel e cada um fazia o que bem entendia e achava certo.
Em um determinado dia, Mica fica feliz por ver passando por ali um moço de Belém de Judá, da tribo de Judá, que era levita, e peregrinava ali na sua região e ia por ai, onde achasse que seria melhor para ele.
Mica o recepciona, foi gentil com ele, lhe mostra suas coisas e suas estolas sacerdotais e seus deuses de prata e o convence a abandonar o Senhor para servir como sacerdote contratado por ele em sua casa.
A herança dos levitas consistia em servir ao Senhor no lugar de sua habitação, o tabernáculo. Ele devia saber disso, mas aceita o convite, o pagamento e o tratamento recebido. Mica o tinha chamado de pai – sentido religioso.
O ambiente acolhedor para o sacerdote levita encobre a terrível apostasia e a idolatria dessa casa. Um levita havia abandonado o Senhor para ministrar perante ídolos!
Jz 17:1 E havia um homem da montanha de Efraim, cujo nome era Mica.
Jz 17:2 O qual disse à sua mãe:
                As mil e cem moedas de prata que te foram tiradas,
                               por cuja causa lançaste maldições,
                                               e de que também me falaste,
                               eis que esse dinheiro está comigo; eu o tomei.
Então lhe disse sua mãe:
                Bendito do SENHOR seja meu filho.
                Jz 17:3 Assim restituiu as mil e cem moedas de prata à sua mãe;
                               porém sua mãe disse:
                Inteiramente tenho dedicado este dinheiro da minha mão ao SENHOR,
                               para meu filho fazer uma imagem de escultura
                                               e uma de fundição; de sorte que agora
                                                               to tornarei a dar.
                Jz 17:4 Porém ele restituiu aquele dinheiro à sua mãe;
                               e sua mãe tomou duzentas moedas de prata,
                                               e as deu ao ourives, o qual fez delas uma imagem
                                                               de escultura e uma de fundição,
                                                                              que ficaram em casa de Mica.
                Jz 17:5 E teve este homem, Mica, uma casa de deuses;
                               e fez um éfode e terafins, e consagrou um de seus filhos,
                                               para que lhe fosse por sacerdote.
Jz 17:6 Naqueles dias não havia rei em Israel;
                cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos.
Jz 17:7 E havia um moço de Belém de Judá, da tribo de Judá, que era levita,
                e peregrinava ali. Jz 17:8 E este homem partiu da cidade
                de Belém de Judá para peregrinar onde quer que achasse conveniente.
                Chegando ele, pois, à montanha de Efraim, até à casa de Mica,
                               seguindo o seu caminho,
                Jz 17:9 Disse-lhe Mica:
                               Donde vens?
                E ele lhe disse:
                               Sou levita de Belém de Judá, e vou peregrinar
                                               onde quer que achar conveniente.
                Jz 17:10 Então lhe disse Mica:
                               Fica comigo, e sê-me por pai e sacerdote;
                                               e cada ano te darei dez moedas de prata,
                                                               e vestuário, e o sustento. E o levita entrou.
                Jz 17:11 E consentiu o levita em ficar com aquele homem;
                               e o moço lhe foi como um de seus filhos.
                Jz 17:12 E Mica consagrou o levita, e aquele moço
                               lhe foi por sacerdote; e esteve em casa de Mica.
                Jz 17:13 Então disse Mica:
                               Agora sei que o SENHOR me fará bem;
                                               porquanto tenho um levita por sacerdote.
Até que ponto são inocentes Mica, sua mãe, o sacerdote levita que abandonou o Senhor para ministrar a ídolos? Não conheciam a lei e os profetas? Ou conheciam, mas desprezaram e fizeram pouco caso de suas histórias e vida?
Israel realmente estava numa situação lamentável e triste de se ver e o apelo era para um rei que liderasse e ensinasse todo o povo e o conduzisse novamente à aliança com o Senhor.

Os capítulos seguinte servirão para demonstrar o sistema falido em Israel com os levitas que estavam, no momento, como aqueles que iriam substituir os juízes em Israel e levarem o povo de volta ao Senhor.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.