segunda-feira, 7 de março de 2011

Faltam 781 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10).

TEMA: A minha cura é Jesus. A minha pregação é Jesus 8.


Eu já tentei colocar aqui algumas de minhas convicções, mas é difícil, pois nós mesmos vivemos em constantes dúvidas e necessitamos da ajuda das Escrituras e do Espírito Santo para nos levar ao conhecimento puro do evangelho puro de Cristo.

 

Quando eu afirmo que minha cura é Jesus e que a minha pregação é também Jesus, eu estou procurando ser o mais possível, cristocêntrico. Nele, em Jesus, o Pai colocou tudo o que necessitamos nesta vida até o momento em que ele nos leva por meio de nossa morte.

 

Minha esposa falou-me e fez diversas indagações sobre aqueles que não sabem se são homens ou não sabem se são mulheres por causa de suas opções sexuais. Como ajudar tais pessoas? Todos precisamos de Jesus! Todos nós tanto os que se acham certos como os que não se acham ou que acham os outros errados, todos nós carecemos de Cristo.

 

Na hora de minhas pregações, Deus me leva a crer nas seguintes coisas básicas:

 

-         Deus existe, é pessoa e se relaciona conosco;

-         Deus se revela nas Escrituras e nas suas coisas criadas;

-         Deus nos deu a Jesus e, com isso, nos apontou o caminho, a verdade e a vida;

-         o homem está perdido sem Cristo, tanto os que se dizem homens como os que não sabem se são ou não homens ou mulheres, por causa de suas opções sexuais;

-         nada pode satisfazer plenamente o homem sem Deus – o tamanho de seu vazio é do tamanho de Deus e somente Deus pode preenchê-lo;

-         o homem precisa de Cristo;

-         o homem conhece a Deus e sabe que ele também é além de Pai, juíz, e executará justiça e juízo;

-         todo homem, inclusive os que não sabem se são ou não homens ou as mulheres que não sabem se são ou não mulheres, por causa de suas opções sexuais,  pode ser alcançado para Cristo;

-         a cura de cada homem está dentro dele mesmo – não podemos nós curá-los, mas este quando alcançado pela palavra da pregação que pregamos, pode pela fé, vinda de Deus, se voltar para Deus e ser curado, inclusive de suas opções sexuais não condizentes com o que Deus preparou para nós;

-         que serão curados todos os que o Pai conduzir a Cristo e estes jamais se desviarão ou perderão a sua salvação.

 

Eu não preciso, portanto, revelar o pecado da pessoa ou fazer destaque para sua conduta, sabida, errônea, antes, devo apresentar-lhe o Cristo ressurrecto. Sinto que meu papel é este de revelar ou mostrar ao que me ouve, o Cristo da cruz que tem poder para curar, salvar. Depois, será entre ele e o Cristo. A cura brotará desse relacionamento, por isso que para mim a cura está dentro de cada um de nós.

 

Não faz bem o meu estilo sair por ai condenando ninguém ou me achando melhor e mais santo do que meus contemporâneos.

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.