domingo, 13 de março de 2011

Faltam 775 dias para 26/04/13


 TEMA: UNIDADE – Jo 17:19-23.

 

A UNIDADE DA IGREJA

 

 Amados, hoje vamos falar de um tema muito importante para o crescimento espiritual do crente e para a edificação da igreja. Para entendermos o que é unidade da igreja temos que em primeiro lugar entendermos a nossa condição como, antes, escravos do pecado, porém agora, liberto pelo sangue precioso do nosso senhor Jesus Cristo, em segundo lugar, o que é a unidade da igreja local, em terceiro lugar porque devemos buscar a unidade da igreja e, finalmente, quais as conseqüências na vida do crente e da igreja pela busca da unidade.

 

Vários textos bíblicos falam a respeito da unidade da igreja, vamos citar alguns deles, ao longo do nosso comentário.

 

"E a favor deles eu me santifico a mim mesmo, para que eles também sejam santificados na verdade. Não rogo somente por estes, mas, também por aqueles  que vierem a crer em mim por intermédio da sua palavra ; a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó pai em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido  a glória que me tens dado, para que sejam um como nos o somos; eu neles e tu em mim. A fim de que sejam aperfeiçoados na unidade , para que o mundo conheça que tu me enviaste, e o amaste como tu também amaste a mim." (Jo 17. 19-23)

 

1.         EM PRIMEIRO LUGAR, QUAL É A NOSSA CONDIÇÃO ANTES DA SALVAÇÃO? (Ef 2.1-3)

Em efésios 2.1-3, podemos ver claramente qual era a nossa condição antes da salvação.

"Ele vos deu vida, estando vós mortos em vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nos andávamos outrora, segundo a inclinação da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza, filhos da ira, como também os demais"

 

a.         O homem está morto em delitos e pecados. (V1)

b.         O homem anda de acordo com o curso deste mundo. (V2)

c.         O homem anda de acordo com os ditames de satanás. (v2)

d.         O homem anda nas concupiscências da carne e do mundo. (v3)

e.         Por natureza, o homem é filho da ira. (v3)

 

Amados, essa é a condição do homem antes de conhecer e aceitar a Cristo., vamos continuar em efésios.

 

"Mas Deus sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nos mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo- PELA GRAÇA SOIS SALVOS". (Ef 2.4,5)

 

Vemos claramente aqui, que o homem na queda, tornou-se completamente incapaz e sem poder, (morto) quer para desejar a Deus, quer para servi-lo, quer para conhecê-lo, quer para buscá-lo, a menos que Deus o capacite e lhe dê vida em Cristo.

 

Escreve Richard P. Belcher em seu livro " Uma Jornada na Graça". Sendo assim, a inclinação do homem natural é para o mal e não para o bem, essa é a natureza do homem, como Paulo diz: que não há um homem justo, um sequer. Daí por natureza não buscarmos por nós mesmo, a unidade da igreja, pois ela está relacionadacom a santificação, como veremos, adiante.

 

2.         O QUE É A UNIDADE DA IGREJA LOCAL?

 

Não vamos aqui entrar no mérito do significado da palavra "EKKLESIA" (chamado para fora), que muitos relacionam com o chamado missionário da igreja, ou como ASSEMBLEIA, para tratar de assuntos do povo. Gostei muito quando o pastor Marcelo, relacionou com a palavra comunidade , do latim "COMUNITATE", que nos da uma idéia de seres que vivem em um mesmo local, nos trazendo também a noção de estarmos juntos,com a mesma finalidade, com o mesmo fundamento.

 

Para entendermos o significado de unidade da igreja, vamos compará-la com um corpo onde cada membro vive em perfeita harmonia, auxiliando e mantendo uns aos outros, sendo essa comparação  amplamente utilizada pelo apóstolo Paulo em suas cartas:

 

"O certo é que há muitos membros, mas um só corpo". (1Co 12.20)

"Ora vós sois corpo de Cristo, e, individualmente, membro desse corpo". (1Co 12.27)

"Ele é o cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para em todas as coisas ter primazia" (Co 1.18)

 

O apóstolo Paulo, em 1Co.12, fala das diversidades dos dons e das realizações e, no verso 25, ele deixa claro que não pode haver divisão no corpo, mas pelo contrário, cooperem os membros com igual cuidado, em favor uns dos outros, (com perfeita unidade).

 

Não podemos entender unidade na igreja, como simplesmente estarem os membros reunidos em um local, ou até mesmo, passando momentos agradáveis, em pescarias, encontros, passeios. Claro que tudo isso é importante para a vida da igreja e faz parte de um melhor relacionamento entre os irmãos, porem a unidade da igreja se baseia  no grande propósito de servimos a Cristo, obedecê-lo e testemunhá-lo, para que o mundo saiba que ele é  o enviado de Deus seu único filho, e que morreu na cruz em nosso lugar, para nos salvar, para nos dar vida e vida em abundância.

 

3.         POR QUE DEVEMOS BUSCAR A UNIDADE DA IGREJA?

 

a)         Para testemunhar a Jesus Cristo. (Jo 17.21)

b)         Para fortalecimento da igreja. (At 2.47)

c)         Para que o mundo creia. (Jo 17.21)

d)         Para o crescimento espiritual do crente.( 1Co 12.12-31)

e)         Para que a igreja permaneça no seu único fundamento, Jesus Cristo.(1Co 12.27)

 

Uma igreja que busca a unidade é uma igreja que se submete a ação do Espírito Santo, tornando-se uma igreja operante, evangelizando o mundo, anunciando a Jesus Cristo, seus membros são alegres e atuantes, buscando e permitindo o derramar do Espírito, tendo como cabeça o nosso Senhor Jesus Cristo.

 

É necessário também deixarmos bem claro que a unidade será com aqueles que compartilham o mesmo fundamento, não significa passividade diante das trevas e da sagacidade de Satanás. Tiago nos ensina que a sabedoria Divina é primeiramente pura depois pacífica (Tg 3.17-18) e argumenta que é em paz que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a paz.

 

Para que haja unidade  é necessário que haja santificação, para que haja santificação é necessário que haja avivamento, para que haja avivamento é necessário o derramar do Espírito, para que haja o derramar do Espírito é necessário oração, oração,..., oração e mais oração. Louvamos a Deus por nossa igreja ser uma igreja de oração. Fraternalmente, em Cristo. Pb. Gilson dos Santos

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.