terça-feira, 9 de novembro de 2010

Faltam 899/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias: Começou: 31/07/2010. Acaba: 26/04/2013.

TEMA:  Que Fazes Aqui Elias? 6 - I Reis 19:9-21
 
Antes de responder à questão formulada ontem e deixada em aberto, permitam-me uma pausa:
 
Não podemos nos esquecer de nosso cotidiano, pois nele Deus nos fala e nos abençoa grandemente. “Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” (Pv 3:5-6). É importante lembrarmos, registrarmos e meditarmos nas ocorrências e aprendermos a reconhecer a mão do Senhor em tudo.
 
Sexta-feira, 5 de novembro de 2010, meu filho Miguel estava fazendo 17 anos, ou em dias, 6209 dias. Estávamos preparando uma festa surpresa e tínhamos tudo sobre controle.
 
Sai de casa em meu carro para buscá-lo com o pretexto de passar em casa para apanharmos a mãe, o irmão e a Bebel e irmos ao Park Shopping jogarmos boliche em comemoração ao seu aniversário. Tudo isso era apenas um blefe. A verdade é que tínhamos organizado uma festa surpresa e eu tinha ido buscar o aniversariante para que quando chegasse em casa: surpresa!
 
Sai com tudo e tendo tudo cronometrado. Eu estava vestido e preparado para festa e havia um buraco na pista, ou melhor, uma cratera! Entrei nela e quase fui parar no Japão! Foi horrível! Imediatamente aquele som de vazamento de ar: estorou o pneu! Meu Deus, exclamei! E agora?
 
Encostei o carro. Puxei o freio de mão e, estranhamente, não senti  aquele desespero característico que faz a gente lamentar e murmurar. De minha boca, graças a Deus, não saiu nenhuma maldição, imprecação, xingamento, ... apenas glórias a Deus e aleluias. Troquei o pneu calmamente e já quando estava no finalzinho apareceu socorro por todo lado. Admiraram-se de que eu tivesse trocado tão rápido. Agradeci aos amigos e fui buscar o Miguel.
 
Chegando em casa e aproveitando-me inclusive da história do pneu furado pude dar a história falsa maior originalidade, o que contribuiu para que a surpresa fosse um sucesso. Glórias a Jesus! Graças a Deus! Satanás deve ter ficado triste, pois esperava outro comportamento de minha parte.
 
É importante em nossas vidas confiarmos sempre no Senhor e reconhecer que ele é soberano, sábio e bondoso para conosco sempre, ainda que nossos pneus de nossos carros furem em momentos aparentemente tão impróprios e indesejáveis.
 
Ontem, segunda-feira, 8 de novembro, a tarde, estava eu caminhando de volta ao meu trabalho após ter fechado um contrato de viagem para Egito/Israel em outubro de 2011.
 
Eu vinha, confesso, apreensivo: - meu Deus como irei pagar isso? Estou dando um passo que não posso cumprir. Será que isso será mais uma “Isabel”? (explico: quando tivemos nosso segundo filho, críamos tanto, tanto, que era uma menina que declarávamos para todo mundo que a menininha do papai estava vindo. Era a declaração positiva de fé, mas Deus estava preparando para nós uma grande surpresa e uma grande lição. Fomos enganados sobre o sexo de nosso bebê até a hora do parto. O médico então disse a minha esposa: - não é uma menina, é uma varão! Minha esposa, então, imediatamente exclamou: - chamarás Miguel - quem é semelhante a Deus?. O fato pitoresco desse parto além disso foi que minha esposa esteve durante todo trabalho de parto tomada pelo Espírito Santo e transbordava em línguas estranhas e profecias tanto ao médico quanto ao anestesista que não entendendo nada, estava ficando preocupado com algum tipo de reação ao medicamento anestésico. Ela somente parou de orar e profetizar quando a criança, Miguel, foi colocada em seu colo e aconchegada em seu ventre.).
 
Embora tenha acontecido isso, nossa Isabel veio 10 anos mais tarde. Hoje ela está com quase 7 anos e é um xodó.
 
Enquanto vinha orando e falando com Deus pedindo-lhe um milagre financeiro para eu pagar minhas contas/dívidas, surge diante de mim uma jovem, Gladis, com uma criança de uns 2 anos no colo, Gabrieli. Ela me parou e me pediu ajuda para comprar uma passagem para uma cidade do Goiás. Eu mesmo não costumo dar muita atenção, principalmente por causa de muita gente que vive aplicando golpes. No entanto, a criança me encantou e ouvi sua história.
 
Ajudei-a e até orei por ela. Ela ficou tão grata, mas tão grata, que me abraçou e veio andando comigo um pequeno trecho. Ela não cansava de exaltar ao Senhor e a glorificá-lo. Eu fiquei sensibilizado com tudo. Senti a presença de meu Deus e lhe mostrei o caminho da rodoviária. Ela me deixou o seu endereço. Chamou-me de homem de Deus e seguiu o seu caminho e eu o meu.
 
Ajudei-a, sem ter com que ajudá-la. Socorri ela sem ter nem mesmo para mim, pois estava me desgastando em orações pedindo ao Senhor misericórdias para eu pagar minhas dívidas que eu contrai que estão além de minhas contas.
 
Tenho certeza e sei que não devemos fazer gastos maiores que os nossos orçamentos. No entanto, nesses tempos fui além, muito além. Estou com dívidas, mas não sei porque estou acreditando em um milagre financeiro para a minha vida nos próximos dias. De onde me vem essa fé? Ou eu estou sendo insensato?
 
===fim da pausa===
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Já li: Gn, Rm, I Co, II Co, Gl. Estou lendo Ef da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 420/545 (76%), do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 395/438 (89%) de Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
  • Estou na página 274/274 (100%) de Introdução à Hermenêutica Bíblica – Como ouvir a Palavra de Deus apesar dos ruídos de nossa época (An Introduduction to Biblical Hermeneutics)de Walter C. Kaiser, Jr. E Moisés Silva. Ed. Cultura Cristã. 1ª ed. 2002.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.